Maria Hilda Baqueiro Paraíso

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1971), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1983) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é Professora Titular da Universidade Federal da Bahia do Departamento e do Programa de Pós Graduação em História, , Diretora da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, membro de corpo editorial da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e da Universidade Federal de Uberlândia. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em História Indígena, atuando principalmente nos seguintes temas: História Indígena e da Bahia, Etnologia indígena e relações interetnicas.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História Social

1993 - 1998

Universidade de São Paulo
Título: O tempo de dor e do trabalho: a conquista dos territórios indigenas nos sertões do leste
Istvan Jancso. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Brasil - Bahia - Minas Gerais - Espírito Santo; século XIX; História Indígena; Etnologia Indígena; Guerra Justa; Relações interetcnicas. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena / Especialidade: História Indígena. Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História Regional do Brasil. Setores de atividade: Produtos e Serviços Recreativos, Culturais, Artísticos e Desportivos; Outros Setores.

Mestrado em Ciências Sociais

1979 - 1983

Universidade Federal da Bahia
Título: Caminhos de ir e vir e caminhos sem volta: índios, estradas e rios no sul da Bahia,Ano de Obtenção: 1983
Orientador: Pedro Agostinho
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil. Palavras-chave: Bahia; Brasil; Zona cacaueira; índios; Relações Interetnicas; História Indígena. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena / Especialidade: História Indígena. Setores de atividade: Produtos e Serviços Recreativos, Culturais, Artísticos e Desportivos.

Graduação em Ciências Sociais

1968 - 1971

Universidade Federal da Bahia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2013 - 2013

Pós-Doutorado. , Universidade de Salamanca, US, Espanha. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Italiano

, Lê Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

, Lê Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena/Especialidade: História Indígena.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Império.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena/Especialidade: Etnologia Indígena.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; SILVA, C Rafael da . Índios Korubo do Vale do Javari. 2018. (Exposição).

Braz, Arissana ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; SILVA, C Rafael da . Resistência: exposição da artista Arissana Pataxó. 2018. (Exposição).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; SILVA, C Rafael da ; SOTTO-MAIOR, L. S. B. ; CUNHA, R. T. . Exibição e debate sobre o filme "Pripikura". 2018. (Outro).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; SILVA, C Rafael da ; SOTTO-MAIOR, L. S. B. . Povos Indígenas no Fórum Social Mundial 2018. 2018. (Congresso).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . FFCH E OS 70 ANOS DA UFBA. 2016. (Congresso).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . História dos índios na Bahia: Diálogo entre pesquisa e ensino. 2014. (Outro).

REIS, A. D. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ADAN, Caio Figueiredo Fernandes . Seminário Estudos Coloniais: Territórios e Populações. 2013. (Outro).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; Fernandes, Hirton ; ACTIS, Maria Elizabete ; SANTOS, Anderson dos ; Scharmer, Lycia ; Braz, Arissana ; Kamarutê Pataxó . Os Tupinamná de Kirimuré. 2009. (Exposição).

SÁ, Antônio Fernando de Araújo ; SANTOS, Jocineide Cunha dos ; CRUZ, José Vieira da ; CRUZ, Josivaldo ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; SOUZA, Cristiane Vitório de ; BARROS, C. A. V. C. ; AZEVEDO, Dênio Santos ; CANCELA, Francisco Eduardo Torres . I Congresso Sergipano de História: História e Memória. 2008. (Congresso).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; CANCELA, Francisco Eduardo Torres . História dos Índios no Nordeste. 2008. (Congresso).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; Souza Júnior, Mauro Roque de ; SOARES, Gilson Soares . I Congresso Nacional de Educação Superior Indígena. 2007. (Congresso).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . III Encontro Estadual de História ANPUH - Ba: Poder, Cultura e Diversidade. 2006. (Congresso).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O retorno dos Kiriri-Sapuyá ao seu território de origem. 2004. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Cultura Indígena em Foco.O olhar sobre o descobrimento/Invasão do Brasil. 2019. (Oficina).

I Congresso Internacional Tomé de Souza. REVOLTAS INDÍGENAS, A CRIAÇÃO DO GOVERNO GERAL E O REGIMENTO DE 1548.. 2019. (Congresso).

IV Colóquio Regional de História Colonial. História dos Povos Indígenas na América Portuguesa: História e Historiografia. 2018. (Congresso).

Memória, História e Educação.História Indígena em perspectiva: ensino e pesquisa. 2018. (Encontro).

SBPC Educação 70 Reunião Anual da SBPC. Identidade, educação indígena e relações étnicas no Nordeste do Brasil. 2018. (Congresso).

II Conferência Nacional Educação Indígena.A UFBA e o Ensino Superior Indígena. 2016. (Outra).

II Semana Estadual de História - Os povos indígenas na Bahia:.A conquista dos povos do Sul e do Extremo Sul da Bahia e a sua trajetória. 2016. (Simpósio).

I Seminário de História Indígena.O Tempo da dor e do Trabalho: a conquista dos territórios indígenas nos Sertões do Leste. 2016. (Seminário).

I Seminário de História Indígena.História Indígena da Bahia. 2016. (Seminário).

Seminário de História Indígena.História Indígena da Bahia. 2016. (Seminário).

Abril Indígena 2015.Representação dos povos indígenas no imaginário nacional. 2015. (Encontro).

II Encontro Nacional de História do Sertão.História Indígena no Brasil. 2015. (Encontro).

I Semana Internacional de Direitos Humanos. Direitos Indígenas e a Ditadura Militar no Brasil: o caso do Presídio Krenak. 2015. (Congresso).

Pataxi Kuã - Encontro Cultural e Acadêmico.Diálogo Retomada Territorial e Direitos Indígenas. 2015. (Encontro).

Seminário Índios do Brasil: Vida, Cultura e Morte.Curumins e Kurukas e a escravidão: uma realidade oculta. 2015. (Seminário).

3 Colóquio Regional de História Colonial: a História Colonial e suas várias faces.Conferência de Encerramento do evento. 2014. (Outra).

3 Colóqui Regional de História Colonial: a História Colonial e suas várias faces.História Indígena na Bahia. 2014. (Outra).

Diálogos da História.Revolta indígena no Engenho de Santana na Capitania de Ilhéus: o Atlântico açucareiro e o trabalho indígena (1602). 2014. (Encontro).

I Encontro de Pesquisadores em Ditadura(s). 50 anos do golpe de 1964: violência, ditadura e Memória.Punir, reeducar e eliminar contestações: a política indigenista na Ditadura. 2014. (Encontro).

Semana de Meio Ambiente.Grandes obras e seus impactos sociais. 2014. (Encontro).

V Encontro do GT História das Religiões e das Religiosidades - Devoções, Festas e Sociabilidadades.Ritos e crenças do povo Krenak de Minas Gerais. 2014. (Encontro).

VII Encontro Estadual de História.Revolta Indígena no Engenho de Santana na Capitania de Ilhéus: o Atlântico Açucareiro e o trabalho indígena (1602).. 2014. (Encontro).

Conferência Brasileiras.Política Indígena y Indigenista en el Brasil Colonial. 2013. (Seminário).

Encontro do Povo Pataxó Hãhãhãe.Propostas dos anicões Paraxó Hãhãhãe em busca de uma solução para problemas fundiários em sua reserva. 2013. (Oficina).

Festa Literária Internacional de Cachoeira.Donos da Terra? Os neoíndios, velhos bons selvagens. 2013. (Seminário).

III Seminário de História Política.La província Cisplatina, un território federado en un império unitário. 2013. (Seminário).

II Seminário: Historicidade do Estado e do Direito. La Província Cisplatina, un território federado en un império uinitário. 2013. (Congresso).

II Seminário Historicidade do Estado e do Direito.A construção Histórica do conceito de quilombola e povos indígenas. 2013. (Seminário).

I Semana Estadual de História: Culturas e Sociedades na Contemporaneidade.Histórias do Brasil, Regional e Indígena e seu diálogo necessário.. 2013. (Encontro).

Seminário de Estudios Brasileos.Política Indígena e Indidenista en la Bahia Colonial. 2013. (Seminário).

Seminário de Estudos Coloniais: Territórios e Populações.Povos Indígenas e Territorialidades Coloniais. 2013. (Seminário).

Seminário Estudos Coloniais: Territórios e Populações.Povos Indígenas e territorialidades coloniais. 2013. (Seminário).

II Colóquio Regional de História Colonial. Revoltas Indígenas na capitania de Ilhéus colonial. 2012. (Congresso).

IV Simpósio Ibero-Americano de História da Cartografia.Os mapas e a construção do território. 2012. (Simpósio).

IV Simpósio Ibero Americano de História da Catografia.Preservação, descrição e difusão de informação cartográfica. 2012. (Simpósio).

?Cacau e Chocolate: percursos entre produtores e consumidores.O cultivo do cacau e seu caldeirão étnico. 2011. (Simpósio).

Colóquio O Ofício do Historiador: da pesquisa à sala de aula.História Indígena: um novo campo de pesquisa. 2011. (Outra).

Ensino da História da bahia: desafios e perspectivas.História Social e Cultural do Brasil Colônia. 2011. (Seminário).

III Encontro de Novos Pesquisadores em História.Revolta Indígena no Engenho de Santana na Capitania de Ilhéus: o Atlântico Açucareiro e o trabalho Indígena. 2011. (Encontro).

II Seminário de História Política.Revoltas indígenas, a criação do Governo Geral e o Regimento de 1548. 2011. (Seminário).

2 Encontro de Novos Pesquisadores em História.Novos Estudos sobre povos indígenas na Bahia. 2010. (Encontro).

3° Encontro Internacional de História Colonial - Cultura, Poderes e Sociabilidade no Mundo Atlântico (Sec. XVI-XVIII).REVOLTAS INDÍGENAS, A CRIAÇÃO DO GOVERNO GERAL. 2010. (Encontro).

A Urbanização de Salvador em três tempos: Colônia, Império e República.Índios na Salvador do século XVI. 2010. (Seminário).

Encontro de São Lázaro.Crianças Indígenas e as estratégias de negociação e dominação. 2010. (Encontro).

I Colóquio Regional de História Colonial.O índios nas Capitanias da Bahia, Ilhéus e Porto Seguro: conflitos e alianças. 2010. (Outra).

IV Semana de História: História e Cultura.História e Antropologia. 2010. (Encontro).

Seminário Lei Orgânica de Cultura da Bahia.A Lei de Cultura da Bahia e as populações indígenas. 2010. (Seminário).

Seminário O Pensamento de Darcy Ribeiro.A Obra e o Pensamento de Darcy Ribeiro. 2010. (Seminário).

V Encontro Estadual de História ANPUH/Ba - História e Memória: lugares, fronteiras, fazeres e políticas.Istvan Jansó e sua obra. 2010. (Encontro).

Encontro de Novos Pesquisadores em História.Outras Histórias da Colonia: formação territorial e história indígena no Sul da Bahia. 2009. (Encontro).

I Ciclo de Debates "Povos e Comunidades Tradicionais: inclusão, fortalecimento e desenvolvimento social".O Lugar do Índio na Sociedade Nacional. 2009. (Seminário).

I Seminário Internacional d Gênero, Raça, Classe e Identidade Social no Brasil e na França.A MULHER INDÍGENA, UM ENTE QUE FAZ HISTÓRIA. 2009. (Seminário).

I Simpósio de História Regional e Local.Historiografia Baiana e História Regional e Local: Trajetórias. 2009. (Simpósio).

XXV Simpósio Nacional de História: História e Ética.Marcellino José Alves: de índio a caboclo, de Lampião Mirim a comunista, uma trajetória de resistência e luta no Sul da Bahia. 2009. (Simpósio).

1888-2008: 120 Anos de abolição do trabalho escravo - uma reflexão sobre o negro no Brasil e na África.Raça e Racismo: debatendo práticas e conceitos. 2008. (Seminário).

História, Cultura e Turismo na Bahia de Todos os Santos.Presença Indígena na História da Baía de Todos os Santos. 2008. (Outra).

História, Cultura e Turismo na Baía de Todos os Santos.História Indígena da Baía de Todos os Santos. 2008. (Oficina).

I Congresso Internacional Chiquitano: La Missión Jesuítica en Territórios de Frontera en América. MISSÕES E MISSIONAMENTOS CAPUCHINHOS NA BAHIA, MINAS GERAIS E ESPÍRITO SANTO (1845-1890). 2008. (Congresso).

I Congresso Sergipano de História. Índios e Negros no Nordeste. 2008. (Congresso).

I Congresso Sergipano de História - História e Memória. TUPINAÊS, TUPINAMBÁS, FRANCESES E PORTUGUESES EM KIRIMURÉ: ALIANÇAS, CONFLITOS E MORTES. 2008. (Congresso).

IV Encontro Estadual de História. Saber e Inclusão. 2008. (Congresso).

IV Encontro Estadual de História -ANPUH BAHIA.Saber e Inclusão. 2008. (Encontro).

IV Encontro Estadual de História - História, sujeitos, saberes e práticas - ANPUH Bahia.Fontes e Arquivos: a questão da História Indígena. 2008. (Encontro).

Poderes e Sociabilidades na História.Construindo o Estado da exclusão: os índios brasileiros e a Constituição de 1824.. 2008. (Seminário).

Semana da Diversidade.Diversidade: a questão indígena. 2008. (Simpósio).

Seminário dos Programas de Pós Graduação em História do Norte, Nordeste e Centro-Oeste.MISSÕES E MISSIONAMENTOS CAPUCHINHOS NA BAHIA, MINAS GERAIS E ESPÍRITO SANTO (1845-1890). 2008. (Seminário).

Simpósio Internacional A Família Real na Bahia: 1808-2008.Os índios da Bahia e a política joanina. 2008. (Simpósio).

3 Encontro Cultura e Memória. História: cultura e sentimento.Territóriio, Identidade e Poder. 2007. (Seminário).

Capacitação para cadastramento de povos indígenas e comunidades quilombolas.Conceito de povos indígenas. 2007. (Seminário).

I Congresso Nacional de Educação Superior Indígena. Ações Afirmativas da Universidade Federal da Bahia. 2007. (Congresso).

Simpósio Internacional Arqueologia Marítima nas Américas: ocupações litorâneas, barcos e navios, portos e áreas portuárias.A conquista e colonização da Ilha de Itaparica. 2007. (Simpósio).

XXI Fórum de Coordenadores de Pós Graduação em História.O Porgrama de Pós Graduação em História da UfBa e seus desafios. 2007. (Outra).

XXXII Fórum de Coordenadores de Programa de Pós Graduação em História.Desafios da Pós Graduação em História. 2007. (Encontro).

História em Debate: fórum permanente de debates sobre trabalho, cultura e poder.Legislação Indígena portuguesa e brasileira: uma história de exclusão social. 2006. (Seminário).

II Encontro Cultura, Modernidade e Memória.História e Fronteira: a questão indígena. 2006. (Seminário).

I Seminário Prolind.Estudantes Universitários Indígenas na Bahia. 2006. (Seminário).

Seminários UFBA 60 Anos.A Pesquisa e os Estudos de Pós Graduação na Área de Cultura. 2006. (Seminário).

VII Seminário de Pesquisa e Pós Graduação e XXV Seminário Estudantil de Pesquisa.Fontes Bibliográficas: a questão da História Indígena. 2006. (Seminário).

.Simpósio Nacional de História: História: Guerra e Paz. 2005. (Simpósio).

Seminários sobre modelos arquitetônicos.Em busca da História Indígena em Salvador. 2005. (Oficina).

.2ª Reunião do Fórum Unesco. 2004. (Encontro).

.2a Reunião do Conselho Indigenista. 2004. (Encontro).

.1ª Reunião do Conselho Indigenista. 2004. (Encontro).

.A presença dos Pataxó no Sul da Bahia. 2004. (Outra).

1ª Conferência dos Povos Indígenas do Nordeste e Leste do Brasil.Palestra: Tutela Indígena e Critérios de Identificação Étnica. 2004. (Encontro).

3ª Reunião do Conselho Indigenista.3ª Reunião do Conselho Indigenista. 2004. (Encontro).

II Encontro Regional da ANPUH - Bahia. Coordenação de Seminário Temático - Povos e Populaçõe Indígenas na luta pela vida e pelo reconhecimento dos seus direitos. 2004. (Congresso).

XXVII Fórum de Coordenadores do Programa de Pós Graduação em História.XXVII Fórum de Coordenadores do Programa de Pós Graduação em História. 2004. (Encontro).

XXVIII Fórum dos Coordenadores dos Programas de Pós Graduação em História.Fórum dos Coordenadores dos Programas de Pós Graduação em História. 2004. (Encontro).

Encontro sobre Patrimônio Documental. 2003. (Seminário).

V Mercado Cultural. Brasil e suas Raízes: Cultura e Resistência Indígena. 2003. (Congresso).

XXVI Fórum Nacional de Coordenadores de Pós-Graduação em História.Avaliação da Política Nacional para os cursos de Pós-Graduação em História. 2003. (Outra).

. Associação Nacional de História - Regional Bahia - ANPUH/BA. 2002. (Congresso).

.Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós-Graduação em História. 2002. (Encontro).

.Avaliação da Pós-Graduação em História pela CAPES. 2002. (Outra).

Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Gradução do Nordeste.Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Gradução do Nordeste. 2002. (Seminário).

Fórum Nacional de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em História.Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós-Graduação em História. 2002. (Encontro).

III Fórum de Profissionais de Reservas Técnicas de Museus. Arte Sacra Indígena. 2002. (Congresso).

. Membro da Comissão executiva do V Congresso de História da Bahia. 2001. (Congresso).

. XXI Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós graduação em História. 2001. (Congresso).

II Seminário de História Política.Indigenismo e estratégias indígenas nas Américas. 2001. (Seminário).

XIX Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós Graduação em História. XIX Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós Graduação em História. 2001. (Congresso).

XX Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós Graduaçào em História. XX Fórum Nacional de Coordenadores dos Programas de Pós graduação em História. 2001. (Congresso).

Seminário Brasil 500 Anos.História Indígena: um objeto em construção. 1999. (Seminário).

I Seminário de Pesquisa da FFCH.O tempo da dor e do trabalho: a conquista dos territórios indígenas nos sertões do leste. 1998. (Seminário).

XXI Reunião da Associação Brasileira de Antropologia. Repensando as relações sociais dos grupos indígenas no Século XIX no sul do Estado da Bahia. 1998. (Congresso).

.Humanidades, Pesquisa e Universidade. 1994. (Seminário).

A Questão Pataxó-Hãhãhãi.Depoente ante a Comissão do Índio da Câmara de Deputados sobre a questão pataxó-Hãhãhãi. 1994. (Outra).

Seminário sobre Estudos da Herança Étnica Afro-Brasileira e Indígena.Herança Indígena no Brasil. 1994. (Seminário).

IX Jornada de Informação Profissional.Ciências Sociais: um curso em transformação. 1992. (Oficina).

.Evolução Humana. 1985. (Outra).

.Antropologia Aplicada. 1983. (Outra).

.A Questão Indígena Hoje. 1979. (Outra).

Curso. 1979. (Outra).

Curs. 1978. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Marlos Candido Souza Rezende

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MAGALHAES, P. A. I.; MEDICCI, A. P.; SANTOS, E.. ?PREMIAR CONFORME O MERECIMENTO?: SERVIÇO AO REINO E REQUISIÇÃO DE MERCÊS NA SOCIEDADE COLONIAL DE PORTO SEGURO (1796-1803). 2019. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Agla Mendes de Melo Lessa

SOARES, Emanoel do N; NASCIMENTO, Claudio O C;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Imagens e olhares: povos indígenas e a construção/reforço de estereótipos através de imagens dos séculos XVI-XVII e XIX-XX. 2016. Dissertação (Mestrado em Centro de Artes, Humanidade e Letras) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Gustavo Velloso

ZERON, Carlos A de M; PIMENTA, J. P. G.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. OCIOSOS E SEDICIONÁRIOS Populações indígenas e os tempos do trabalho nos Campos de Piratininga (século XVII). 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Alexandre Gonçalves do Bomfim

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MEDICCI, A. P.. AS CAPITANIAS DE ITAPARICA E TAMARANDIVA E DO PARAGUAÇU: terra, poder e administração na América portuguesa (c1530- c1630). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Maria José Barboza

BARBOSA, B. F.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, E. H.. Civilização e Moralização de Índios na Província de Pernambuco entre 1850-1889: Mão de Obra Indígena. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Jamille Macêdo Oliveira Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, M. A. N.; Magalhães, Pablo Antônio Iglesias. Ecos da Liberdade: a Santidade de Jaguaripe entre os alcances e limites da colonização cristã. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Uiá Freire Dias Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Magalhães, Pablo Antônio Iglesias; CANCELA, Francisco Eduardo Torres. Negociação e conflito na administração do Pau Brasil: a Capitania de Porto Seguro (1605-1650). 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rafael dos Santos Barros

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MARCIS, Teresinha; MEDICCI, A. P.. Da letra da lei às práticas coloniais: arranjos e conflitos na sesmaria dos jesuíta, 1700-1750. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Kelly Silva Prado Andrade

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, A. F. G.; MARCIS, Teresinha. Trocadilhos étnicos: a proposta de incorporação da política indigenísta e as resistências indígenas nos Postos do Sul da Bahia - 1926 - 1938. 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Luís Siqueira

MASCARENHAS, Maria José Rapasi; ALVES, F. J.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Homens de mando e de guerra no Brasil colonial: os capitães mores em Sergipe de Rei - 1648 -1743. 2014.

Aluno: Luís Antônio Pinto Cruz

ARAS, Lina Maria Brandão de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOUZA, A. L.. "A guerra já está entre nós"! O cotidiano de Aracaju durante a guerra submarina (1942-1945). 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Augusto Fagundes da Silva dos Santos

MASCARENHAS, Maria José Rapasi;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAUJO, L. A. S.. A Misericórdia da Bahia e o seu sistema de concessão de crádito (1701-1777). 2013. Dissertação (Mestrado em Imunologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Renata Ferreira de Oliveira

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; CANCELA, Francisco Eduardo Torres. Índios paneleiros no Planalto da Conquista: do massacre ao (quase) extermínio aos dias atuais. 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Luiz Antonio Pinto Cruz

ARAS, Lina M Brandão de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOUZA, A. L.. "A guerra já está entre nós!" O cotidiano de Aracaju durante a guerra submarina(1942-1945). 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Solon Natalício Araújp dos Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; PUNTONI, P. L.; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de. Conquista e resistência dos Payayá no Sertão das Jacobinas: Tapuias, Tupi, colonos e missionários (1651-1706). 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Tatiane Coelho dos Santos

ARAS, Lina M Brandão de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOUZA, C. M. C.. Lixos, entulhos e imundícies. A ordem nas ruas de Salvador (1834-18550. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: David Barbuda Guimarães de Meneses Ferreira

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAUJO, D. O.; NASCIMENTO, Vilma Maria do. Entre contactos, trocas e embates: missionários e outros atores sociais no sul da Bahia (Século XIX). 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Poliana Cordeiro Farias

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; DIAS, André Mattedi; Cruz, Christiane. Domingos Alves Branco Muniz Barreto: ciência, economia e poder na Bahia. 2010. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Halysson Gomes da Fonseca

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapassi; Santiago, Cybele Celestino. Devastação e conservação das florestas na Terra de Tinharé. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rejane Cristine Santana Cunha

Severs, Suzana;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Miranda, Carmélia A. Silva. O FOGO DE 51 ? REMINISCÊNCIAS PATAXÓ. 2010. Dissertação (Mestrado em História Regional e Local) - Universidade do Estado da Bahia.

Aluno: André de Almeida Rego

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; SARAIVA, L. F.. Cabilda de Facinorosos Moradores: uma reflexão sobre o levante dos índios da Pedra Branca em 1834. 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Caio Figueiredo Fernandes Adan

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; NEVES, E. F.. Soberania e Territorialidade na América Portuguesa: a Colonial Comarca dos Ilhéus (1763-1808). 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Friedrich Câmera Siering

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapasi; NEVES, E. F.. Conquista e Dominação dos povos indígenas: resistência no sertão dos Maracás (1650-1701). 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Danielle Moreira Brasileiro

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ALMEIDA, C. S.; Magalhães, Felipe Santos. O aldeamento Nossa Senhora dos Anjos do Itambacuri e a construção dos Botocudos e Civilizados na política de aldear. 2008. Dissertação (Mestrado em Cultura, Memória e Desenvolvimento Regional) - Universidade do Estado da Bahia.

Aluno: Juliana Brainer Barroso Neves

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOARES, Carlos Eugênio Libano; NEVES, E. F.. Colonização e resistência no Paraguaçu - Bahia, 1530-1678. 2008. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Luciano Campos Brunet

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapasi; NASCIMENTO, Vilma Maria do. De aldeados a súditos:viver, trabalhar e resistir em Nova Abrantes do Espírito Santo (1758 - 1760). 2008. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Telma Miriam Moreira de Souza

SOUZA, Telma Míriam Moreira de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; SILVA, Cândido da Costa e. Entre a cruz e a espada: exploração da mão-de-obra indígena no Sul da Bahia (1845-1875). 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Anderson dos Santos Paiva

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Barbosa ,Wallace de Deus; LINS, Eugênio. Corpos e Corpus da Poética Ornamental Tupinambá de Olivença. 2007. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Aldemir Barros da Silva Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; ALMEIDA, Luís Sávio de. Aldeando os sentidos: os Xukuri Kariri e o Serviço de Proteção aos Índios no Agreste de Alagoas. 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Edgard Mesquita de Oliva Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; RANGEL, Sônia Lúcia; SILVEIRA, Renato da. A Grande Arca de Jesus a Mateus: fotografias e instalação. Um estudo do imaginário de presépios atuais na Chapada Diamantina. 2006. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Sandra Regina Mendes

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MACEDO, Janete Ruiz de; OLIVEIRA, Carlos Alberto de. Nos caminhos das Tropas: História, Cultura e Turismo em Ipiaú e entorno. 2006. Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Aluno: LEONARDO THOMPSON DA SILVA

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BARROCO, Hélio Estrela; SOUZA, Regina Celeste de Almeida. CULTURA, TURISMO E IDENTIDADE LOCAL: impactos socioculturais sobre a comunidade receptora de turismo Trancoso, Porto Seguro, Bahia. CULTURA, TURISMO E IDENTIDADE LOCAL: impactos socioculturais sobre a comunidade receptora de turismo Trancoso, Porto Seguro, Bahia. CULTURA, TURISMO E IDENTIDADE LOCAL: impactos socioculturais sobre a comunidade receptora de turismo Trancoso, PS. 2006. Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Aluno: Ricardo Henrique Borges Behrens

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; RAPASSI, Maria José; SOUZA, Avanete Pereira. A capital colonial e a presença holandesa (1624-1625). 2005. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Telma Miriam Moreira de Souza

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; SOUZA, George Evergton Sales de. A administração dos índios pelos padres Capuchinhos no Rio Pardo, Bahia. 2005. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Genebaldo Pinto Ribeiro

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BARROCO, Hélio Estrela; ANSARAH, Marília Gomes dos Reis. "Não sabia que era coisa de judeo". Os cristãos-novos, sua história, seus espaços , suas resistências/permanências. 2004. Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Aluno: Lara de Melo dos Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; REIS, João José; CARVALHO, Marcus. Resistencia Indígena e Escrava em Camamu no século XVII. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Patrícia Verônica Pereira dos Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; OLIVEIRA, Mário Mendonça de. Trabalhar, defender e viver em Salvador no Século XVI. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Maria Elizabeth Brea Monteiro

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MOREL, Marcos; BESSA, Luís Carlos. O círculo de ferro da colonização. o Serviço de Proteção aos Índios e os Botocudos no Espírito Santo. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Terisinha Marcis

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MOTT, Luis Roberto de Barros; ALMEIDA, Luís Sávio de. : Construção e reconstruçõ da identidade étnica: a hecatombe de Olivença - 1904. 2004. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Maria Alice Accioly Dória

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BARROCO, Hélio Estrela; ANSARAH, Marília Gomes dos Reis. Olivença: uma estância hidromineral ?. 2003. Dissertação (Mestrado em Cultura e Turismo) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Eliane Pinheiro Navarro Sampaio

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; TREVIZAN, Salvador; ETCHVARNE, Carlos. Ventura: dos diamantes ao ecoturismo ? estudo de caso do potencial ecoturístico do Distrito de ventura, Morro do Chapéu, Chapada Diamantina, Bahia. 2003. Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Aluno: Sérgio Luís Murici de Almeida

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BELLINI, Lígia. Cônego Benigno José de Carvalho: uma visão da ciência baiana do século XIX. 2003. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: ARGEMIRO RIBEIRO DE SOUZA FILHO

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAÚJO, Ubiratan Castro de; JANCSÓ, I.. A Guerra de Independência na Bahia: manifestações políticas e violência na formação do Estado Nacional (Rio de Contas e Caetité). 2003. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Augusto Marcos Fagundes Oliveira

OLIVEIRA, A. M. F.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Ser Pataxó: Educação e Identidade Cultural. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Maria Ferreira Bittencourt

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; TRADI, L.; TEIXEIRA, C.. Distrito Sanitário Especial Indígena: a teoria no papel e a prática no território. 2002. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rosane Soares Santana

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; JANCSÓ, I.; TAVARES, L. H. D.. Centralização, descentralização e unidade nacional (1835-1841): o papel da elite política baiana. 2002. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Jose Ricardo Moreno Pinho

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, L.; NEVES, E. F.. Escravos, meeiros ou quilombolas? Escravidão e Cultura Política no Médio São Francisco. 2001. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Solon Natalício Araújo dos Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; PUNTONI, P. L.; FREITAS, A. F. G.. Conquista e resistência dos Payayá no Sertão das Jacobinas: Tupi, Tapuios, colonos e missionários (1651-1706). 2001. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Iordan queiroz gomes

LEITE, R. C. N.; CARDOSO, C. C.; FREITAS, A. F. G.; ARANHA, G. B.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. A família Pessôa, o prestígio e a tradição:encenações políticas e práticas oligárquicas na Paraíba (1889-1942). 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Aldemir Barros da Silva Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, E. H.; NEGRO, Antônio Luigi; MACIEL, Osvaldo; MACEDO, Michelle R de. A Província dos Trabalhadores Tutelados: trabalhadores indígenas diante do poder político e econômico na Província de Alagoas (1845-1872). 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Zeneide Rios de Jesus

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, E. H.; MOURA, M.; PEREIRA, C. L.; OLIVEIRA, Clóvis R. M.. Indígenas do Brasil na visão de Afonso Arinos. 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Luís Siqueira

Mascarenhas,, Maria José Rapassi;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, A.; Subrinho, Josué M dos Passos; Ricupero, Rodrigo. Homens de Mando e de Guerra: capitães mores em Sergipe del Rey (1648-1743). 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Adilson Amorim de Souza

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Montoya, Rodrigo R; GONZAGEZ, M. V. E.; COSTA, I. S.; VIEIRA, Mariana G. Movimento Indígena no Equador: a CONAIE na conformação de um projeto de Estado (1980-2000). 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Pedro Abelardo de Santana

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; ALVES, F. J.; MONTEIRO, Marina M; SILVA, E. H.. Os índios em Sergipe oitocentistas: catequese, civilização e alienação das terras indígenas. 2015. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Sérgio Armando Diniz Guerra Filho

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, Cândido da Costa e; ARAS, Lina M Brandão de; MASCARENHAS, Maria José Rapassi; TAVARES, P. V. B.. O Antilusitanismo na Bahia do primeiro Reinado. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Nilson Carvalho Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. ESTADO E POLÍCIA POLÍTICA: VIGILÂNCIA E CRIMINALIZAÇÃO NO BRASIL (1933-1944. 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: André de Almeida Rego

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; CANCELA, Francisco Eduardo Torres; SILVA, E. H.; ARAS, Lina M Brandão de; NASCIMENTO, Vilma Maria do; Alvarez, Izaskun. Terra, trabalho e identidade indígena na Província da Bahia (1822-1862). 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Teresinha Marcis

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MOTT, Luis Roberto de Barros; MAHONY, M. A.; SANTOS, C. J. F.; LOPES, F. M.. A integração dos índios como súditos do rei de Portugal: uma análise do projeto, dos autores e a implementação na Capitania de Ilhéus (1758-1822). 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Olivia Biasin Dias

COUTO, E. S.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BACELAR, J. A.; Santana. José Carlos Barreto; LEITE, R. C. N.. Olhares estrangeiros: impressões dos viajantes oitocentistas acerca da Bahia, sua diversidade racial e seu potencial para alcançar a civilização. 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Adilson Amorim de Souza

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; GONZALEZ, M. V. E.; COSTA, I. S.. Movimento Indígena no Equador e a CONAIE na conformação de um projeto de Estado (1980/2000). 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: João Batista Castro Júnior

PEREIRA, T. L. G.; SILVA, R. V. M. E.; FARACO, C. A.; BAXTER, A. N.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Língua portuguesa, língua tupi e língua geral: jesuítas, colonos e índios em São Paulo de Piratininga: o que entendiam, o que praticavam, o que conversavam... 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras e Lingüística) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Francisco Eduardo Torres Cancela

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MOTT, Luis Roberto de Barros; MONTEIRO, J. M.; DOMINGUES, A.; MEDEIROS, R. P.. De projeto a processo colonial: índios, colonos e autoridades régias na colonização reformista da antiga Capitania de Porto Seguro. 2012. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Pablo Antônio Iglesias Magalhães

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina M Brandão de; SILVA, Cândido da Costa e; PAIVA, J. P. M.; PUNTONI, P. L.. Equus Rusus: A Igreja Católica e as Guerras Neerlandesas na Bahia (1624-1654. 2010. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: ARGEMIRO RIBEIRO DE SOUZA FILHO

DOLHNIKOFF, M.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Berbel, Márcia Regina; Slemian, Andrea; Machado, Andre R. de Arruda. Confrontos políticos e redes da sociabilidade, Bahia (1821-1823). 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Maria Aparecida Silva de Souza

JANCSÓ, I.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BERNARDES, D. A. M.; COSTA, W. P.; PIMENTA, J. P. G.. Bahia: de Capitania a província, 1808-1823. 2009. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Shirley Maria Silva Nogueira

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOARES, Carlos Eugênio Libano; ARAUJO, D. O.; MARIN, R. E. A.; PIRES, Antônio Liberac Cardoso Simões. "A soldadesca desenfreada": a politização militar no Grão Pará (1790-1850). 2009. Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rosana Muñoz

OLIVEIRA, Mário Mendonça de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Dumet, Tatiana; Presa, Herundin; Souza, Vicente Custódio Moreira de. Acidentes e desastres em um trecho da Falha de Salvador: um estudo na busca da preservação dos edfícios de interesse cultural. 2009. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Francisco Eduardo Torres Cancela

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; Medeiros. Ricardo Pinto de. Projetos Coloniais, experiências indígenas. 2009. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rosana Andrade Dias do Nascimento

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina M Brandão de; SIQUEIRA, Maria Isabel de; MASCARENHAS, Maria José Rapasi; CHAGAS, Mário Souza. O "Brasil Colonial" e a Exposição do Mundo Português de 1940. 2008. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: JORGE ALMEIDA UZEDA

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; CALDAS, Alcides dos Santos; VASCONCELOS, Pedro; SAMPAIO, Consuelo Novaes. O Aguaceiro da Modernidade na Cidade de Salvador, 1935-1945. 2007. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Marina Helena Chaves Silva

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; Ferreira, Muniz; GERTZ, R. E.; Lemos, Maria Teresa Toribio Mendes Brittes. Vivendo com o outro: os alemães na Bahia no período da II Guerra Mundial. 2007. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rosana Munhoz

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; OLIVEIRA, Mário Mendonça de; Dumet, Tatiana; Presa, Herundin. Acidentes e desastres na Encosta de Salvador: Entendendo os fatores naturais e antrópicos na busca da conservção dos monumneots históricos. 2007. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Dilton Oliveira de Araújo

ARAUJO, D. O.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; ALVES, Lizir Arcanjo; SOARES, Carlos Eugênio Libano; SILVA, Eduardo. O Tutu da Bahia (Bahia: transição conservadora e formação da nação (1838-1850). 2006. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Edmundo Cunha Monte Bezerra

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, E. H.; NEGRO, Antônio Luigi. História Ambiental dos Agrestes em Pernambuco: processos históricos, memórias indígenas,. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Zeneide Rios de Jesus

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; OLIVEIRA, Clóvis R. M.; PEREIRA, C. L. Povos Indígenas entre intelectuais e manuais didáticos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Pedro Abelardo de Santana

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Araújo, Dilton; ALVES, F. J.. O Crepúsculo de um povo: vida e cotidiano dos índios de Sergipe entre 1750 e 1850. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Aldemir de Barros da Silva Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; MACIEL, Osvaldo. Os indígenas e a transição do trabalho escravo para o trabalho livre na Província de Alagoas: a construção da cidade e de riquezas, a mão de obra indígena em obras públicas e particulares. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Teresinha Marcis

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; MOURA, Milton de Araújo. Trajetórias indígenas no projeto de civilização implantado na Capitania e Comarca de Ilhéus, 1758-1828. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Olivia Biasin Dias

COUTO, Edilece Souza;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BACELAR, J. A.. Olhares estrangeiros:impressões dos viajantes na construção da identidade brasileira. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Roque Felipe de Oliveira Filho

OLIVEIRA FILHO,Roque Felipe de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; MASCARENHAS, Maria José Rapassi. Crimes e perdões: negociação e conflito na ordem jurídica colonial (Bahia - 1750-1808). 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Pablo Antônio Iglesias Magalhães

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina M Brandão de; MOTT, Luis Roberto de Barros; SOUZA, George Evergton Sales de. Eqqus Rusus: Guerras Religiosas na Bahia Colonial (1624-1638). 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Aldo José Morais Silva

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de. O Instituto Geográfico e Histórico da Bahia e a Política de Imigração na 1ª República. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Rosana Andrade Dias Nascimento

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; PINHEIRO, Israel de Oliveira. O Museu Histórico Nacional. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Marina Helena Chaves Silva

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; FERREIRA, Muniz Gonçalves. Vivendo com o outro: os alemães na Bahia no período da II Guerra Mundia. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Dilton de Oliveira Araújo

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de. Bahia: nem tão pacífica nem tão rebelde (inquietude política entre 1838-1848. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Milena Pirilloos Prisco Teixeira

VALIM, P.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; PEREIRA, L. F. L.. Ao sabor das circunstâncias: justiça e poder na Capitania da Bahia (1788-1801). 2019.

Aluno: Ramon Queiroz Souza

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; JESUS, Z. R.; SANTOS, F. L.. O Diretório dos Índios: "civilizando" os indígenas da Vila Santarém. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Jamille Macêdo Oliveira Santos

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; LYRIO, F. S.; SILVA, M. A. N.. Construindo o cenário: a Bahia quinhetista, uma nova sociedade em formação.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Caio Adan

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; Santana. José Carlos Barreto; NEVES, E. F.. Repercussão do Gabinete Pombalino na América Portuguesa 1750 - 1787 - o caso de Ilhéus. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em História da Bahia) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Aluno: Alexandre Gonçalves do Bonfim

ADAN, Caio Figueiredo Fernandes;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; REIS, A. D.. As capitanias donatárias de Itaparica e Tamarandiva e do Paraguaçu: política, administração e ocupação territorial na Bahia quinhentista. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Aluno: Luciana Santos Arruda

BORGES, M. E. S.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; PEREIRA, D. V. L.. Mulheres Indígenas e a participação política: uma análise do Conselho Estadual dos Direitos dos Povos Indígenas da Bahia - Copiba (2010-2012). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Edvaldo Nascimento de Jesus

SILVA, M. A. N.; SOUZA, G. B.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Da fé à liberdade: Santidade e a desarticulação do sistema religioso e escravista no Recôncavo da Bahia - Século XVI. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Jamille Macêdo Oliveira Santos

SILVA, M. A. N.; SOUZA, G. B.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. A antítese ao colonialismo cristão: a Santidade de Jaguaribe e a aculturação às avessas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Washigton José dos Santos (Ãpohá Hãhãhae)

SANTANA, Selma Pereira;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; VIDA, Samuel Santana; ROCHA, Júlio César de Sá da. Índio Brasileiro: a possibilidade de tratamento jurídico-penal diferenciado. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Mirella Santos Ribeiro

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, Pedro Manuel Agostinho da; OLIVEIRA, Antônio. As violências da (in)segurança; experiências de indivíduos num bairro de classe média de Salvador. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Andrija Oliveira Almeida

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, Pedro Manuel Agostinho da; NORONHA, Ceci Vilar. Padrões de Policiamento e Violência em Bairro Popular de Salvador. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Francisco Eduardo Torres Ancela

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ANDRADE, Maria José; TORRES, Yone. Um novo instrumento para uma velha prática: a Ouvidoria de Porto Seguro e seu Projeto de Civilização no Século XVIII. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Católica do Salvador.

Aluno: Helyom Rogério Viana da Silva Telles

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SARDEMBERG, Cecíla Maria; ARAS, Lina Maria Brandão de. O um Brasil - cultura e ideologia: o lugar da história. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Gisela Rogério Freire de Carvalho

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SERRA, Ordep; SOARES, Carlos Albeerto Caroso. Vênus de Milo: um estudo antropológico sobre garotas de programa. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: MANOELA FREIRE DE OLIVEIRA

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SERRA, Ordep; CUNHA, E. L.. Imagem indígena e nacionalidade na mídia impressa. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Emmanuel Von Himhoff

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; BACELAR, J. A.; CAROSO, C. A.. Manuel Bomfim, sua obra e importância na discussão da questão racial no Brasil. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Claudia Cristina de Souza

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SARDENBERG, Maria Cecília. Mulher de Maré: as marisqueiras de Maragogipe. 1991. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: ANTONIO JONAS DIAS FILHO

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. O Outro Aprendizado: a história do presídio entre os Krenak. 1990. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Núbia Guimarães

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; LIMA, Vivaldo da Costa; SARDENBERG, Cecília Maria. Quem são os filhos e netos do capitão Krenak? Um estudo sobre manipulação étnica - a árdua trajetória dos Botocudos do Rio Doce.. 1989. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Anderson dos Santos Paiva

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; LINS, Eugênio. Corpos e corpus da poética ornamental Tupinambá de Olivença. 2006. Outra participação, Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Friedrich Câmera Siering

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapassi; SOUZA, George Evergton Sales. A Conquista dos Sertões de Maracás. 2006. Outra participação, Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Edgard Mesquita de Oliva Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; RANGEL, Sônia; BEZERRA, Antônia Pereira. Arquitetura da Fé: Leitura e Criação. Um Estudo do Imaginário de Presépios Atuais da Chapada Diamantina. 2005. Outra participação, Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Edgard Mesquita Oliva Júnior

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; PEREIRA, Antônia; RANGEL, Sõnia. Figuras, personagens e simbolismo no estético contemporêneo dos presépios da Chapada Diamantina. 2004. Outra participação, Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Lucas de Faria Junqueira

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina Maria Brandão de; TAVARES, Luis Henrique Dias. A Bahia na Guerra Cisplatina. 2004. Outra participação, Universidade Federal da Bahia.

SODRE, L. G. P.; RIBEIRO, M. W.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Progressão de carreira. 2019. Universidade do Estado da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; CASTELLUCI, A.; SILVA, P. S.; DUARTE, R. H.; PEREIRA, R. C. M.. Banca de progressão funcional. 2018. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; CASTELLUCCI, A.; SILVA, P. S.; DUARTE, R. H.; PEREIRA, R. C. M.. A queixa e a mágoa da falta de aviso e de indenização ou socorro e auxílio. A contrariedade senhorial ante a revolução ou golpe fatal do 13 de maio de 1888 e suas complicações (Bahia, Brasil, e um pouco além).. 2018. Universidade Federal da Bahia.

jESUS, iVES l; ARAS, Lina M Brandão de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MOURA, M.; MOREIRA, R. N. P.. Concurso para Professor Titular. 2017. Instituto Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SERRA, Ordep; SOARES, Carlos Alberto Caroso. Membro da Banca de Seleção para Professor Substituto do Departamento de Antropologia da UFBA. 2003. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; OLIVEIRA, Maria Inês Côrtes de; PINHEIRO, Israel de Oliveia. Membro Presidente da Banca de Seleção para Ingresso no Mestrado em História. 1999. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Concurso para Professor Assistente do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Espírito Santo. 1993. Universidade Federal do Espírito Santo.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Concurso para Professor Auxiliar do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Espírito Santo. 1992. Universidade Federal do Espírito Santo.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Concurso para Professor Assistente do Departamento de Ciências Sociais da Universidade do Espírito Santo. 1989. Universidade Federal do Espírito Santo.

TAVARES, F. R. G.; CAROSO, C. A.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; LARA, A. E. M.. Exame de qualificação de mestrado. 2020. Universidade Federal da Bahia.

RIBEIRO, J. L. S.; ALVARENGA, P.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Progressão Funcional. 2020. Universidade Federal da Bahia.

ARAS, L.; LIMA, Marcelo C;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Progressão Funcional. 2020. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; CARDEL, L. M. P.; Macedo, Márcia dos S. Progressão Funcional de docente. 2018. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina M Brandão de; FIGUEIREDO, L. R.. A Intendência da Marinha e Armazéns Gerais (1770-1808). 2018. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MEDICCI, A. P.; MAGALHAES, P. A. I.. Premiar conforme o merecimento: serviço ao reino e requisição de mercês na sociedade colonial de Porto Seguro (1796-1803). 2018. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAUJO, D. O.; ALVES, F. J.. O crepúsculo de um povo: vida e cotidiano dos "últimos" índios sergipanos entre 1750 e 1850. 2014. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MEDICCI, A. P.; MARCIS, Teresinha. Índios Guerén na sesmaria dos jesuítas: arramjos e conflitos na Barra do Rio de Contas (Bahia século XVIII). 2014. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SILVA, M. A. N.; LYRIO, F. S.. Construíndo o cenário: a Bahia quinhentista, uma nova sociedade em formação. 2014. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; RAPASSI, Maria José; Magalhães, Pablo Antônio Iglesias. Negociação e conflito na administração do pau brasil: a Capitania de Porto Seguro (1605-1650). 2014. Universidade Federal da Bahia.

MASCARENHAS, Maria José Rapasi;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ALVES, F. J.. Homens de mando e de guerra no Brasil Colonial: os capitães mores de Sergipe del Rey: 1648-1743. 2014. Universidade Federal da Bahia.

BARBOSA, B. F.; SILVA, E. H.;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. "Civilização" e "moralização" de índios na província de Pernambuco entre 1850-1889: a Ordem dos Capuchinhos. 2014. Universidade Federal de Pernambuco.

PINHEIRO, Israel de Oliveia;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ANDRADE, C. M. P.. Polícira e Polícia Política: Estado e Segurança Pública e Nacional (1930-1945). 2013. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; GONZAGEZ, M. V. E.; COSTA, I. S.. Movimento Indígena no Equador e a CONAIE na conformação de um projeto de Estado (1980/2000). 2013. Universidade Federal da Bahia.

MASCARENHAS, Maria José Rapassi;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAUJO, L. A. S.. A Misericórdia da Bahia e o seu sistema de concessão de crédito (1701-1777). 2012. Universidade Federal da Bahia.

MASCARENHAS, Maria José Rapasi;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAUJO, L. A. S.. A Misericórdia da Bahia e o seu sistema de concessão de crédito. 2012. Universidade Federal da Bahia.

Severs, Suzana;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAUJO, Miguel Almir Lima de Araújo. O Fogo de 51 - reminiscências pataxó. 2010. Universidade do Estado da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapassi; NEVES, E. F.. Os Payayá do Sertão das Jacobinas (1656-1706). 2010. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; ARAUJO, D. O.. Seleção para Doutorado PPGH - UFBA. 2010. Universidade Federal da Bahia.

FREITAS, A. F. G.; NEGRO, Antônio Luigi;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Seleção de Doutorado para PPGH UFBA. 2009. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; DIAS, André Mattedi; Barreto, José Carlos. A história natural a serviço de uma estratégia econômica. 2009. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapasi; NEVES, E. F.. Colonial Comarca dos Ilhéus (1750-1815): soberania e territorialidade na América portuguesa. 2008. Universidade Federal da Bahia.

SOARES, Carlos Eugênio Libano;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi. O Brasil na II Guerra Mundial: o imaginário dos veteranos da FEB. 2008. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; NEGRO, Antônio Luigi; MOURA, M. A.. Cabilda de facinorosos moradores (uma reflexão sobre os levantes dos índios de Pedra Branca no Século XIX. 2008. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOUZA, George Evergton Sales; MASCARENHAS, Maria José Rapasi. Banca de seleção para curso de doutorado. 2008. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MOTT, Luis Roberto de Barros; RAPASSI, Maria José. Diretório Pombalino e as vilas indígenas na Comarca de Porto Seguro. 2008. Universidade Federal da Bahia.

ARAS, Lina M Brandão de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de. Cabroeiros, coiteiros e volantes: nomadismo e territorialidade no Sertão do Cangaço (1928-1941). 2008. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ARAS, Lina M Brandão de; MASCARENHAS, Maria José Rapassi. Sancti Sipiritus. Interesses e conflitos na disputa de terras entre índios e colonos na primeira vila indígena do Brasil (1758-1760). 2007. Universidade Federal da Bahia.

ARAS, Lina Maria Brandão de;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapassi. Crimes e Perdões: negociação e conflito na ordem jurídica colonial (Bahia - 1750-1808). 2007. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; SOARES, Carlos Eugênio Libano; MASCARENHAS, Maria José Rapassi. Percorrendo o Paraguaçu: os conflitos indígenas. 2007.

Magalhães, Felipe Santos;PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; ALMEIDA, C. S.. O aldeamento de Nossa Senhora dos Anjos de Itambacuri: Civilizados e Botocudos. A política de indigenista e a construção da fé. 2007. Universidade do Estado da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; SOUZA, George Evergton Sales de. Concurso para professor substituto nas disciplinas Cultura Brasileira. 2006. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; NEGRO, Antônio Luigi. O encontro entre índios e Estado no Agreste Alagoano: a construção de significados para uma assistência ambivalente do SPI e da Funai (1910-88). 2006. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; SOUZA, George Evergton Sales de. Banca de Qualificação de Dissertação de Mestrado. 2005. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; FREITAS, Antônio Fernando Guerreiro de; ZAMPARONI, Valdemir Donizete. Banca de Exame de Qualificação de Dissertação. 2003. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; REIS, João José; MASCARENHAS, Maria José Rapassi. Banca de Exame de Qualificação de Dissertação. 2003. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; MASCARENHAS, Maria José Rapassi; ARAÚJO, Ubiratan Castro de. Banca de exame de Qualificação de Dissertação. 2003. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro; OLIVEIRA, Mário Mendonça de; MASCARENHAS, Maria José Rapasi. Banca de Exame de Qualificação de Dissertação. 2003. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. Divisão Sexual do Trabalho e Relações de Poder nas Camadas Médias de Salvador. 1991. Universidade Federal da Bahia.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. A Imagem da Corporação perante a Sociedade. 1988. Polícia Militar.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro. O Diretor de Índios, Análises Preliminares dos Diretores Parciais das aldeias Indígenas: Bahia 1845-1889. 1988. Universidade Federal da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Renata Ferreira de Oliveira

"O vasto teatro da civilização": os índios e o problema da mão de obra no Brasil Imperial entre 1845 e 1880 no Rio Jequitinhonha; Início: 2018; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia; (Orientador);

Rafael dos Santos Barros

Sertanismo e conquista territorial pelo Rio de Contas (Bahia, Século XVIII); Início: 2018; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia; (Orientador);

Uiá Freire Dias dos Santos

Entre o litoral e o sertão: índios, jesuítas e sertanistas na Capitania de Porto Seguro (1640- 1701); Início: 2017; Tese (Doutorado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; (Orientador);

Jamille Oliveira dos Santos Bastos Cardoso

Entre aldeamentos, vilas e engenhos e reconfiguração social indígena no Recôncavo baiano; Início: 2016; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Halysson Gomes da Fonseca

A Intendência da Marinha e Aramzéns Reais do Arsenal da Bahia (1770-1808); Início: 2015; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Edmundo Cunha Monte Bezerra

História Ambiental dos Agrestes em Pernambuco: processos históricos, memórias indígenas e mudanças socioambientais (1850-1950); Início: 2015; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia; (Orientador);

Marlos Candido Souza Rezende

Premiar conforme o merecimento: serviço ao reino e requisição de Mercês na sociedade colonial de Porto Seguro (1796-1803); 2019; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia,; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Alexandre Gonçalves do Bonfim

AS CAPITANIAS DE ITAPARICA E TAMARANDIVA E DO PARAGUAÇU: terra, poder e administração na América portuguesa (c1530- c1630); 2016; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Uiá Dias dos Santos

Negociação e conflito na administração do pau brasil: a Capitania de Porto Seguro (1605-1650); 2015; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Rafael dos Santos Barros

Rafael dos Santos Barros; 2015; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Jamille Macêdo Oliveira Santos

Ecos da liberdade: a Santidade de Jaguaripe entre os alcances e limites da colonização cristã (1580-1595); 2015; Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Kelly Silva Prado Andrade

TROCADILHOS ÉTNICOS:A PROPOSTA DE ?INCORPORAÇÃO? DA POLÍTICA INDIGENISTAE AS RESISTÊNCIAS INDÍGENAS NOS POSTOS DO SUL DA BAHIA; -1926-1938; 2014; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Renata Ferreira de Oliveira

Índios paneleiros no Planalto da Conquista: do massacre ao (quase) extermínio aos dias atuais; 2012; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

David Barbuda Guimarães de Meneses Ferreira

Entre contatos , trocas e embates: índios, missionários e outros atores sociais no sul da Bahia (século XIX); 2011; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Solon Natalício Araújo dos Santos

Conquista dos Payayá no Sertão das Jacobinas: Tapuias, Tupi, colonos e missionários (1651-1706); 2011; Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Renata Ferreira de Oliveira

RESISTÊNCIA E IDENTIDADE INDÍGENA NA BATALHA: TRAJETÓRIA HISTÓRICA DE UMA COMUNIDADE RURAL VITÓRIA DA CONQUISTA; 2010; Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia,; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Friedrich Câmera Siering

Conquista e dominação dos povos indígenas: resistência no Sertão dos Maracás (1650-1701); 2008; Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Juliana Brainer Barroso Neves

Colonização e Resistência no Paraguaçu - Bahia - 1530-1678; 2008; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Luciano Campos Brunet

De aldeados a súditos: viver, trabalhar e resistir em Nova Abrantes do Espírito Santo - Bahia (1758-1760); 2008; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Halysson Gomes da Fonseca

Devastação e conservação das florestas na Terra de Tinharé (1780-1801); 2008; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Aldemir Barros da Silva Júnior

Aldeando os sentidos: os Xukuru Kariri e o Serviço de Proteção aos Índios no Agreste Alagoano; 2007; 0 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

André de Almeida Rego

Cabilda de Facinorosos moradores: uma reflexão sobre os levantes dos índios de Pedra Branca no Século XIX; 2007; 0 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Caio Figueiredo Fernandes Adan

Soberania e Territorialidade na América Portuguesa: a Colonial Comarca de Ilhéus (1763-1808); 2007; 0 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Telma Mirian Moreira de Souza

Entre a cruz e o trabalho: a exploração da mão-de-obra indígena no Sul da Bahia (1845-1875); 2007; 186 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia,; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

LEONARDO THOMPSON DA SILVA

CULTURA, TURISMO E IDENTIDADE LOCAL: impactos socioculturais sobre a comunidade receptora de turismo - Trancoso, Porto Seguro, Bahia; 2006; 179 f; Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Sandra Regina Mendes

Nos caminhos das tropas: História Cultura e Turismo em Ipiaú e entorno; 2006; 127 f; Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz,; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Luciano Brunet

Sancti Spiritus: Abrantes; Os interesses econoômicos em torno da administração dos índios e suas terras (1758-1760); 2006; 0 f; Dissertação (Mestrado em Programa de Pos Graduação Em História) - Universidade Federal da Bahia,; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Teresinha Marcis

A Hecatombe de Olivença": construção e reconstrução da identidade étnica - 1904; 2004; 140 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Ricardo Henrique Borges Behrens

A capital colonial e a presença holandesa de 1624 - 1625; 2004; 144 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Lara Melo dos Santos

Resistência indígena e Escrava em Camamu no século XVII; 2004; 103 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Patrícia Verônica Pereira dos Santos

Trabalhar, defender e viver em Salvador; 2004; 144 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Genebaldo Pinto Ribeiro

"Não sabia que era coisa de judeo"; Os cristãos-novos, sua história, seus espaços, suas resistências/permanências; 2004; 154 f; Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz,; Coorientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Eliane Pinheiro Navarro Sampaio

Ventura: dos diamantes ao ecoturismo ? Estudo de caso do Potencial Ecoturístico do Distrito de Ventura, Morro do Chapéu, Chapada Diamantiba, Bahia; 2003; 210 f; Dissertação (Mestrado em Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba) - Universidade Estadual de Santa Cruz,; Coorientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Maria Alice Aciolly Dórea

Olivença: uma estãncia Hidromineral ?; 2003; 155 f; Dissertação - Universidade Estadual de Santa Cruz,; Coorientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Rosane Santana

Centralização, descentralização e unidade nacional (1835-1841): o papel da elite política baiana; 2002; 128 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Augusto Oliveira

Um modelo para pensar a educação indígena - o caso dos Pataxó- Hãhãhãi da Fazenda Vida Nova; ; 1999; 189 f; Dissertação (Mestrado em Pos Graduação Em Educação) - Universidade Estadual de Santa Cruz,; Coorientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Iordan queiroz gomes

A família Pessôa, o prestígio e a tradição: encenações políticas e práticas oligárquicas na Paraíba (1889-1942); 2018; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Zeneide Rios de Jesus

Indígenas do Brasil na visão de Afonso Arimos; 2016; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Adilson Amorim de Souza

Movimento Indígena no Equador: a CONAIE na conformação de um projeto de Estado (1980-2000); 2015; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Pedro Abelardo de Santana

Os índios em Sergipe oitocentistas: catequese, civilização e alienação das terras indígenas; 2015; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

André Almeida Rego

TERRA, TRABALHO E IDENTIDADE INDÍGENA NA PROVÍNCIA DA BAHIA (1822-1862); 2014; Tese (Doutorado em Pós-Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Teresinha Marcis

A integração dos índios como súditos do rei de Portugal: uma análise do projeto, dos autores e da implementação na Capitania de Ilhéus (1758-1822); 2013; Tese (Doutorado em Doutorado em História Social do Brasil) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Francisco Eduardo Torres Cancela

De projeto a processo colonial: índios, colonos e autoridades régias na colonização reformista da antiga Capitania de Porto Seguro (1726-1808); 2012; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Pablo Antônio Iglesias Magalhães

Equus Rusus: A Igreja Catóilica e as Guerras Neerlandesas na Bahia (1624-1654); 2010; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Pablo Antônio Iglesias Magalhães

Equus Russus : A Igreja Católica e as Guerras Neerlandesas na Bahia (1624-1654); 2006; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Pablo Antônio Iglesias Magalhães

Equus Rusus: A Igreja Católica e as Guerras Holandesas na Bahia (1624-1654); ; 2005; Tese (Doutorado em Pos Graduação em História - UFBA -Doutorado) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Gleyka Teles

Os últimos habitantes de Pindorama: os Tupinambás; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Bacharelado em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

ANDERSON DOS SANTOS

Kaxinawá: a arte do sonho e da alucinação ameríndia; 2004; 25 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Catédra Andrés Bello) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Dora Alícia Gama Seymor

A Conquista pelo Pão: da Guerra Justa à política de civilização dos índios Botocudos do Rio Doce; 1997; 256 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação Lato Sensu em Teoria da História) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Lucidalva Oliveira de Andrade

Missionários ou agentes infiltrados ? suspeições e denúncias contra missões protestantes entre os povos Zo'é e Suruwasha (1980-1991); 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Lisbela Lessa Cohen Braga

A CRIMINALIZAÇÃO DAS LIDERANÇAS INDÍGENAS TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Lisbela Lessa Cohen Braga

A criminalização das lideranças indígenas Tupinambá de Olivença? Bahia; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Luna Brasil de Brito

Atendimento Sanatorial do SPI em Retiro do Azuk; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Gleyca Telles

Trabalho indígena no Brasil Quinhentista; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Raimundo Cruz

A Guerra dp Paraguaçu; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Wahington José dos Santos

Índio Brasileiro: a possibilidade de tratamento jurídico-penal diferenciado; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Rodrigo Costa de Almeida

O impacto das epidemias de 1560 e 1563 nos índios aldeados no litoral da Bahia; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Vladimir Costa Pinheiro

A incorporação da Comarca do São Francisco à Capitania da Bahia; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Rosara Durval Valente Lopes

O aldeamento de Santo Antônio de Jesus do Recôncavo da Bahia; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Zélia Neto da Silva

OCUPAÇÃO DE TERRAS INDÍGENAS NO SUL DA BAHIA COM A EXPANSÃO DA LAVOURA CACAUEIRA: Conflitos entre índios, fazendeiros e posseiros - 1926-1937; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Andrija Oliveira Almeida

Padrões de Policiamento e Violência em Bairro Popular de Salvador; 2006; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Mirella Santos Ribeiro

As violências da (in)segurança: experiências de indivíduos num bairro de classe média de Salvador; 2006; 151 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

MANOELA FREIRE DE OLIVEIRA

Imagem Indigena e Nacionalidade na Mídia Impressa; 2002; 61 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Emannuel von Himhoff

Manuel Bonfim, sua obra e importância na discussão da questão racial no Brasil; 2000; 67 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

ANTONIO JONAS DIAS FILHO

O Outro Aprendizado: a história do presídio entre os Krenak; 1990; 103 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Núbia Guimarães

Quem são os filhos e netos do Capitão Krenak? Um estudo sobre manipulação étnica; A árdua trajetória dos Botocudos do rio Doce; ; 1989; 89 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Nilda mary Pereira Gonçalves

Alimentação e saúde na Bahia oitocentista; 2004; 50 f; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Alison Queiroz Mustafá

Alimentação e saúde na Bahia oitocentista; 2004; 40 f; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Mônica Munhoz Pereira

A Santidade de Jaguaripe: uma releitura antropológica; 1992; 56 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Cecília Maria Ribeiro da Silva

Os Botocudos em Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo; 1992; 56 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal da Bahia, Fundação Banco do Brasil; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Ana Paula da Silva Santos

Os Botocudos em Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo: em busca do Passado; 1992; 68 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Débora Kelman de Lima

Guia de Fontes para a História Indígena e do Indigenismo; 1991; 98 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Cecília Maria Ribeiro da Silva

Guia de Fontes para a História Indígena e do Indigenismo; 1991; 87 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Raimundo Nonato Mauro

Guia de Fontes para a História Indígena e do Indigenismo; 1991; 95 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Maria Hilda Baqueiro Paraiso;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Pedro Manuel Agostinho da Silva

CAMINHOS DE IR E VIR E CAMINHOS SEM VOLTA; 1982; Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Bahia,; Orientador: Pedro Manuel Agostinho da Silva;

István Jancsó

O Tempo da Dor e do Trabalho - A Conquista dos Territórios Indígenas Nos Sertões do Leste; 1998; Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: István Jancsó;

Juliana Brainer Barroso Neves

Resistência indígena e escrava africana no sertão do Paraguaçu ? 1650-1700; Início: 2005; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Revolta Indígena no Engenho de Santana na Capitania de Ilhéus: o Atlântico Açucareiro e o trabalho indígena (1602). DOI:10.5752/P.2237-8871.2015v16n24p103 , v. 16, p. 103-123, 2015.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Crianças indígenas e as estratégias de dominação e negociação. Revista do Arquivo Publico Mineiro , v. XLVII, p. 78-97, 2011.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; Magalhães, Pablo Antônio Iglesias . Muros do Recôncavo: A Capital da América portuguesa transferida para aldeamentos indígenas. Clio (Recife) , v. 25.2, p. 09-38, 2009.

  • Magalhães, Pablo Antônio Iglesias ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Cartas do Padre Fernão Cardim (1608-1618). Clio (Recife) , v. 2, p. 206-246, 2009.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . As crianças indígenas e a formação de agentes transculturais: o comércio de kurukas na Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais. Revista de Estudos e Pesquisas (Fundação Nacional do Índio) , v. 3, p. 41-106, 2006.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . De Kirymure a Baía de Todos os Santos e de todos os homens. Anais do V Congresso de História da Bahia, Bahia, v. 1, p. 238-252, 2005.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os esquecidos de Salvador: índios e negros na cidade fortaleza e a conquista das terras das aldeias do seu entorno. Revista do Instituto Geográphico e Histórico da Bahia , Salvador, v. 98, p. 129-158, 2004.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os botocudos do Leste na ótica dos viajantes do século XIX. Índios do Nordeste Temas e Problemas, Alagoas, v. 3, n.1, p. 97-128, 2002.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Imigrantes europeus e índios: duas soluções para a questão da substituição da mão-de-obra escrava africana no Brasil na década de 1850. Inquice Revista Cultural Eletrônica, UFBa, v. 2, 2000.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A visão indígena e portuguesa na descoberta do Brasil: a formação da primeira família brasileira.. Revista da Fundação Pedro Calmon , Salvador - Bahia, v. 05, n.05, p. 79-86, 2000.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Aldeamentos de Salvador no século XVI. Um primeiro esboço.. Revista Eletrônica Orbis, Salvador - Bahia, v. 02, p. 01-15, 2000.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Maxakalí. Enciclopédia dos Povos Indígenas Brasileiros, São Paulo, 1999.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Krenak. Enciclopédia Eletrônica dos Povos Indigenas Brasileiros, São Paulo, p. 1-13, 1999.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . As corridas de Mastro de Olivença: as transformações Impostas pelo Contacto Interétnico. Revista do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, Bahia, v. 1, n.2, p. 211-226, 1996.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Maxakali, o Povo do Canto. Intervalo Produtora, Belo Horizonte, 1994.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . De como se obter Mão-de-obra Indígena na Bahia entre os Séculos XVI e XVIII. Revista de História (Porto) , São Paulo, v. 129-31, p. 179-208, 1994.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Amixokori, Pataxó, Monoxó, Kumanaxó, Kutaxó, Kutatoi, Maxakali, Malali e Makoni. Povos Indígenas Diferenciados ou Subgrupos de uma mesma Nação? Uma Proposta de Reflexão. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia , São Paulo, v. 4, p. 173-187, 1994.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Repensando a Política Indigenista para os Botocudos no Século XIX. Revista de Antropologia (São Paulo) , São Paulo, v. 35, p. 75-90, 1992.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Resenha de CUNHA, Mª M C da - A Política Indigenista no Século XIX. Revista de História (Porto) , São Paulo, p. 153-156, 1992.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Krenak do rio Doce, a Pacificação, o Aldeamento e a Luta pela Terra. Revista de Filosofia e Ciências Humanas, Salvador, v. II, p. 12-23, 1991.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Aldeamentos de Salvador no Século XVI - um primeiro esboço. Revista da Bahia , Salvador, v. XVIIII, p. 39-48, 1990.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Botocudos em Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo. Dédalo, São Paulo, v. 28, p. 63-95, 1990.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Resenha, MOREIRA NETO , C. A.: Os índios nos séculos XVIII e XIX. Revista Ciência e Cultura, São Paulo, v. 41, p. 409-410, 1989.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Índios de Olivença e a Zona de Veraneio dos Senhores de Cacau da Bahia. Revista de Antropologia (São Paulo) , Sâo Paulo, v. 30-32, p. 79-110, 1989.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Pataxó - Hãhãhãi do Posto Indigena Caramuru-Paraguaçu. Cultura O Índio na Bahia, Salvador, v. I, p. 53-61, 1988.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Capuchinhos e os Índios no Sul da Bahia: uma Análise Preliminar de sua Atuação. Revista do Museu Paulista, São Paulo, v. XXXI, p. 148-196, 1986.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Kiriri-Sapuyá de Pedra Branca. Revista do Centro de Estudos Baianos, Salvador, v. 112, p. 01-96, 1985.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os índios do rio Pardo e a Implantação da imperial vila da Vitória.. Gente I, Salvador, v. 01, p. 107-123, 1984.

  • PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Qual o Futuro dos Pataxó?. Boletim Informativo da Funai XVII, Brasília, v. XVII, p. 32-39, 1976.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Elaboração do Projeto Político Pedagógico do Curso de Licenciatura em História com ênfase em História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena. 2015.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Assessoria Acadêmica na Elaboração de Projeto Político Pedagógico. 2015.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Consultoria Adhoc. 2015.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Protagonismos indígenas na História de Anchieta (Reritiba), ES- Brasil. 2015.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer n 28945114119. 2014.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Solicitação 4434-14-5. 2014.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Medicina e Antropologia: a Saúde no Serviço de Proteção aos Índios (1942-64). 2012.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Processo número 1118-09-9. 2009.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Processo 2766-06-0. 2009.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Processo n} 1479-09-1. 2009.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Literatura, Cultura e Viagen: bens simbólicos e mapas - a região sul baiana. 2003.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Avaliação do projeto de Capacitação de Professores das áreas indígenas em Pernambuco. 2000.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Avaliação do Projeto de Curso de Formação dos Educadores Indígenas do Distrito de Iauaretê. 2000.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Rebelião, Resistência e Consciência Histórica dos Povos Indígenas do Brasil. 1992.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Máscaras Indígenas do Brasil. 1984.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Organização do acervo audiovisual do Museu Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina. 1983.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Concessão de medalha Reitor Edgard Santos pela Reitoria da UFBA. 2018.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Concessão de Medalha Honorífica Reitor Edgard Santos. 2018.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Concessão de título honorífico. 2018.

CARDEL, L. M. P. S. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ARAS, Lina M Brandão de . Estágio Probatório. 2018.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Programa de Financiamento Interno de Projetos de Pesquisa. 2011.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Navegação a vapor na Bahia Oitocentista. 2011.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Avaliação de Recursos Administrativos do Edital Fapesb n 010/2009. 2010.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Relatório Avaliativo do Relatório Circunstanciado de Identificação e Delimitação da Terra Indígena Barra Velha. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Karo-Ikoló. 1999.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Pericial Kaxixó. 1999.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Pericial Maxakali. 1992.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Pericial Maxakali. 1989.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Pericial Xakriabá. 1987.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Pericial Pataxó Hãhãhãe. 1976.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Relatório das atividades da FFCH 2019. 2019.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer para artigo submetido à apreciação da revista Almanack. 2018.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Movimento Indígena no Equador: do movimento étnico para o movimento étnico-popular. 2018.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Kanaxywe e o mundo das coisas Karajá: patrimônios, museus e o estudo etnográfico da coleção de William Lipkind do Museu Nacional (RJ). 2015.

SOUZA, E. C. ; SOUZA, I. C. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Progressão. 2014.

SOUZA, E. C. ; SOUZA, I. C. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Progressão. 2014.

SOUZA, J. J. ; COUTO, E. S. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Estágio Probatório. 2013.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; FREITAS, J. M. ; S. FILHO, A. O. . Estágio Probatório. 2013.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; RISTUM, M. ; Freitas, Joseane M . Estágio Probatório. 2013.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . TRABALHO INDÍGENA NA PROVÍNCIA DE MATO GROSSO. 2013.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; RISTUM, M. ; Freitas, Joseane M . Estágio Probatório. 2013.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Medicina e Antropologia: a Saúde no Serviço de Proteção aos Índios (1942-64). 2012.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; Freitas, Joseane M ; RISTUM, M. . Comissão de Estágio Probatório. 2012.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; FREITAS, J. M. ; SANCHES FILHO, A. O. . Estágio Probátório. 2012.

SOUZA, J. J. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; COUTO, E. S. . Estágio Probatório. 2012.

MAGALHAES, M. O. ; COUTO, E. S. ; PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Estágio Probatório. 2012.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; FREITAS, J. M. ; RISTUM, M. . Estágio Probatório. 2012.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Território das Águas no Norte de Minas Gerais: os povos indígenas Xakriabá. 2010.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ALVES, Ivia I. D ; PRÁ, Jussara Reis . Comissão de Avaliação Interna do Corpo Docente do PPG Núcleo de Estudos Interdisciplinares da Mulher. 2009.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Concessão de incentivo por produção científica - Adilson Amorim Souza. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O Estado Plurinacional e o Movimento Indígena no Equador: o Projeto Político da CONAIE in Cadernos do CEAS. M1. Salvador, Centro de Estudos e Ação Social, Outubro/Dezembro, 2006. N 224, PP. 65-88.. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . DESÍGNIOS DA LEI DE TERRAS: IMIGRAÇÃO, ESCRAVISMO E PROPRIEDADE. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A ?crise? de mão-de-obra e a criação de colônias agrícolas na Bahia: 1850-1889 in DIAS, Marcelo Henrique e CARRARA, Ângelo Alves (orgs) Um lugar na História: a capitania de Ilhéus antes do cacau. Ilhéus, Editus, 2007, PP.233-322.. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O ouro, o nome e o sangue:ser nobre na Capitania de Goiás - 1736 - 1822. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Avaliação do Relatório Circinstanciado de Identificação e Delimitação da Terra Indígena de Barra Velha, Bahia. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Pedido de renovação de bolsa de doutorado de Bianca Hennies Brigidi. 2008.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A Literatura De Viajantes E Cronistas: Um Documento Escrito E Suas Possibilidades E Limites Para A Arqueologia. 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer sobre a criação do Programa Intersdisciplina de Pós Graduação em Estudos Étnicos e da África. 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Proposta de Criação do Curso de Doutorado em Psicologia. 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O INSTITUTO DAS IRMÃS CATEQUISTAS DE N. SRA. DA VISITAÇÃO:organização da documentação escrita(1983 - 2003). 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O INSTITUTO DAS IRMÃS CATEQUISTAS DE N. SRA. DA VISITAÇÃO:organização da documentação escrita(1962-1982). 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O INSTITUTO DAS IRMÃS CATEQUISTAS DE N. SRA. DA VISITAÇÃO: organização da documentação escrita(1983 - 2003). 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O INSTITUTO DAS IRMÃS CATEQUISTAS DE N. SRA. DA VISITAÇÃO: avaliação, degravação e organização da documentação fonográfica (1962-2003). 2006.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ARAS, Lina Maria Brandão de ; PINHEIRO, Israel de Oliveira . Comissão de Avaliação de Progressão Funcional. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer acerca do Projeto de Criação do Programa de Pós Graduação em Estudos Interdisciplinares da Mulher. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ARAS, Lina Maria Brandão de ; PINHEIROS, Israel Oliveira . Progressão Funcional - Antônio Luigi Negro. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; PINHEIRO, Israel Oliveira ; CARLETTO, Cássia Maria Muniz . Parecer Progressão Funcional de Dilton Oliveira de Araújo. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; CARLETTO, Cássia Maria Muniz ; PINHEIRO, Israel de Oliveira . Porgressão Funcional de Gabriela dos Reis Sampaio. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Imigrantes alemães na Imprensa Baiana. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Identidade Étnica e os índios no Brasil. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Nem cidadãos, nem brasileiros. Indígenas na formação do Estado nacional brasileiro e conflitos na Província de São Paulo (1822-1845). 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer sobre solicitação de bolsa para realização de Pós Doutorado de Maria Regina Celestino de Almeida. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer sobre solicitação de bolsa de Iniciação Científica. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ACTIS, Maria Elizabete ; RIBEIRO, Maria de Fátima Maia ; ALMASSY JÚNIOR, Alexandre Américo . Projeto PROLIND: Índios Pataxó na luta pela Educação Superior. 2005.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A conversão dos Tupinambá. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; CARLETTO, Cássia Maria Muniz ; PINHEIRO, Israel Oliveira . Progressão Funcional - Valdemir D. Zamparoni. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; RAPASSI, Maria José ; PINHEIRO, Israel Oliveira . Estágio probatório. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ARAS, Lina Maria Brandão de ; COSTA, Heloisa Helena da . Progressão Funcional de Joseania Freitas. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ATAS, Lina Maria Brandão de ; COSTA, Heloísa Helena da . Progressão Funcional de Marcelo Nascimento da Cunha. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . As mulheres, viabilizadoras e preservadoras da identidade judaica no Recôncavo Baiano colonial. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; PINHEIRO, Israel Oliveira ; RAPASSI, Maria José . Parecer de progressão funcional de Carlos Eugênio Libano Soares. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ARAS, Lina M Brandão de ; COSTA, Ana Alice . Estágio Probatório. 2004.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Programa de Qualificação Docente. 2003.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer sobre solicitação de incentivo por produção científica. 2003.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Comissões Temáticas. 2002.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Ser Pataxó: Educação e Identidade Cultural. 2002.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Regras de aceitação de alunos estrangeiros nos Cursos de Pós-Graduação da UFBA. 2002.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Projeto de Implantação de Jovens Doutores. 2002.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Programa de Qualificação de Docentes da UFBA. 2002.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . O indígena brasileiro e as outras culturas indígenas da América in As terras do Brasil e o mundo dos descobrimentos.. 2000.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Programa de Qualificação Docente. 2000.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . WALLACE, Anthony F. C. - Jefferson and the indians: the tragic fate of the first americans. 1999.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Elaboração do Laudo Antropológico dos Denominados Índios Kaxixó. 1994.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Antropológico dos Kaxixó. 1994.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Elaboração do Laudo Antropológico sobre os índios Maxakali de Minas Gerais. 1992.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Primeiros Aldeamentos Goianos e a Mineração. 1992.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Guia de Fontes para a História Indígena e Do Indigenismo. 1991.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudo Krenak. 1990.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Botocudos em Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo - em busca do passado.. 1988.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Elaboração do Laudo Antropológico sobre a Identidade Étnica dos Índios Xakriabá. 1987.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Breve Resumo Historiográfico do Antigo Colégio da Companhia de Jesus e sua Sucessora, a Faculdade da Medicina da Bahia. 1983.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A antiga Aldeia de Nossa Senhora da Conceição dos Índios Gren: Parecer sobre a Ocupação Pré-Histórica de Almada. 1983.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Projeto de Implantação do Museu de Arqueologia da Universidade Federal da Bahia e sua Localizacão. 1981.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Projeto Escola Aberta do Calabar. 1981.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Situação Demográfica e Econômica e da Ocupação De Terras Indígena Catarina Paraguaçu - Caramuru. 1976.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Levantamento sócio-econômico e demográfico entre os Índios pataxó-Hã-hã-hã. 1976.

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Representação dos povos indígenas no imaginário nacional. 2015. (Mesa).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Parecer sobre projeto. 2015. (Parecer).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . História indígena. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático para EaD - Licenciatura Indígena).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; CANCELA, Francisco Eduardo Torres . História dos ìndios no Brasil: subsídios para o Ensino de História sob a orientação da Lei 11.645/08. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . História e Antropologia. 2007. .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro ; ACTIS, Maria Elizabete ; RIBEIRO, Maria de Fátima Maia ; ALMASSY JÚNIOR, Alexandre Américo . O povo pataxó em busca da educação superior. 2007. (Relatório de pesquisa).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . História e Antropologia. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Índios Puri, Coroado e Coropó na ótica dos viajantes. 2006 (Parecerista) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Curso de Atualização em Historiografia. 2006 (Professora Visitante) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Conselho Indigenista/Funai. 2004 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Curso de Pós-Graduação - Especialização em História Regional. 2004 (Professora Visitante) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . As mulheres viabilizadoreas e preservadoras da identidade judaica no Recôncavo Baiano Colonial. 2004 (Pareceirista) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Curso de Pós-Graduação - Especialização em História Regional. 2004 (Professora Visitante) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Conselho Consultivo da Sede Fórum UNESCO, Bahia. 2003 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Projeto Interdisciplinar Estágio de Vivência em Aldeias Indígenas. 2001 (Assessora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Pareceirista para publicações. 2000 (Pareceirista) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Comissão Temática de Ciências Sociais. 2000 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Coordenação Geral de Apoio às Escolas Indígenas. 1999 (Consultora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Ser Pataxó: Educação e Identidade Cultural. 1999 (Parecerista) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A Guerra Justa e a conquista dos territórios indígenas do leste brasileiro. 1999 (Coordenadora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Coordenação Geral de Apoio às Escolas Indígenas. 1999 (Consultora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Maxakali, o Povo do Canto. 1994 (Consultora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Projeto Emergencial Krenak; a luta pela vida. 1992 (Coordenadora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os Boruns do Watu. 1992 (Consultora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Os índios de Minas Gerais. 1991 (Assessora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Laudos Periciais Antropológicos na XVIII Reunião da Associação Brasileira de Antropologia. 1990 (Coordenadora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Assessora para Assuntos Indígenas do Estado de Mato Grosso. 1990 (Assessora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Centro Regional de Pesquisa de Antropologia Urgente - Comission on Urgent Anthropological Ressearch International Union of Anthropological Sciencies. 1990 (Sócia Efetiva) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Reestruturação do Currículo do Departamento de Ciências Humanas e Sociais do Curso de Formação de Oficiais da Academia da Polícia Militar do Estado da Bahia. 1988 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Instituto Geográfico e Histórico da Bahia. 1988 (Sócia Efetiva) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . CNPQ. 1988 (Pesquisadora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Curso de Indigenismo. 1985 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Assessora para Questões Relativas aos Índios do Nordeste. 1984 (Assessora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . I Semana do Índio. 1984 (Coordenadora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . A Questão Indígena no Brasil. 1983 (Coordenadora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Semana do Índio. 1983 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Exposição Semana do ïndio. 1983 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Associação de Arqueologia e Pré-História da Bahia. 1983 (Sócia Efetiva) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Conselho Fiscal da Associação de Arqueologia e Pré-História da Bahia. 1982 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Comissão Organizadora da 1ª e 2ª Semana de Antropologia. 1981 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Conselho Científico da Associação de Arqueologia e Pré-História da Bahia. 1980 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Associação Nacional de Apoio ao Índio, Secção Bahia. 1979 (Secretária) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Departamento de Estudos, Atividades Culturais e Treinamento da Associação de Arqueologia e Pré-História da Bahia. 1976 (Diretora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Associação Brasileira de Antropologia. 1976 (Sócia Efetiva) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . X Reunião da Associação Brasileira de Antropologia. 1976 (Secretária) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Projeto de Pesquisa sobre as Populações Indígenas da Bahia. 1976 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Convênio Fundação Nacional do Índio (Funai). 1975 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Movimento de Pau de Colher. 1974 (Colaboradora) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Escavações Arqueológicas dos Sítios da Fazenda Cedro. 1972 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Índios do Brasil. 1972 (Membro) .

PARAISO, Maria Hilda Baqueiro . Levantamento Sócio-demográfico dos Índios Pataxó da Aldeia de Barra Velha. 1971 (Membro) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    As cartas dos Povos Indígenas ao Brasil, Descrição: rata-se da criação e publicização do primeiro arquivo digital de cartas escritas por indígenas e encaminhadas ao Brasil em três importantes períodos da nossa história literária e política: 1630-1680 (antes do Brasil), 1888-1930 (na nação Brasil) e entre 2000-2018 (no presente Brasil). Com a criação desse arquivo pretende-se analisar as composições desse tipo de escrita, discutindo quem é o Brasil destinatário dessas cartas, tanto para apresentar os modos como diferentes líderes indígenas, ao biografar suas próprias vidas, narram uma outra história do Brasil, quanto para demonstrar como nessas correspondências os povos indígenas nos apresentam a uma outra concepção de autoria: a noção de povo-autor. Para tanto, partiremos das 664 cartas já selecionadas e catalogadas durante a execução do projeto Autobiografias indígenas em trinta anos de cartas (projeto financiado pelo CNPq no Edital Universal 2013), analisando o destinatário Brasil e os contornos da autoria individual e coletiva dos indígenas durante o período de 2000-2018. Em seguida, nos dedicaremos à análise das cartas produzidas pelos indígenas Antonio Paraopeba e Felipe Camarão (cartas escritas no período colonial), presentes nos Arquivos da Real Biblioteca (Koninklijke Bibliotheek) da Holanda, em Haia (Nationale Bibliotheek van Nederland), bem como das cartas em defesa da terra, produzidas entre as décadas de 1888-1930. Após seleção, tradução e análise dessas correspondências, partiremos para a revisão bibliográfica das noções de autor e autoria no espaço biográfico até chegarmos às leituras sobre formas e funções do gênero epistolar na literatura brasileira. Como resultado final desta pesquisa, além da sua comunicação em congressos nacionais e internacionais e da publicação de artigos em revistas indexadas, pretendemos apresentar dois produtos principais: 1. Um arquivo dessas cartas em uma plataforma digital: espaço para outros estudos sobre a história literária do Brasil através das correspondências dos indígenas; 2. Uma exposição foto(áudio)biográfica dessas cartas, que possa promover uma discussão estética/política da autoria indígena em escolas públicas e museus nacionais e internacionais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Carlos Rafael da Silva - Integrante / SUZANE LIMA COSTA - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2005 - Atual

    Projeto Memória, Cultura e Identidade da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, Descrição: Projeto CTI Infra 1 - Implantar o Centro de Digitalização do Programa de Pós Graduação em História da UFBA. O grande objetivo foi o de criar um centro de documentação que permitisse a formação de um banco documental de teses, dissertações, obras raras, jornais digitalizado para atender alunos, professores e pesquisadores, inclusive com prestação de serviços aos interessados.Atualmente estamos em fase final de negociações para digitalizar as obras raras da Faculdade de Medicina da Bahia, do Instituto Histórico e Geográfico e da Comissão da Verdade da UFBA. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / João José Reis - Integrante / Lina M Brandão de Aras - Integrante / George Evergton Sales de Souza - Integrante / Dilton Oliveira de Araújo - Integrante / Edilece Souza Couto - Integrante / Marcelo Lima - Integrante.

  • 1991 - 1993

    Guia de Fontes para a História Indígena e do Indigenismo em Arquvos Brasileiros - Acervo das Capitais, Descrição: Levantar as fontes documentais relativas às populações indígenas no Brasil para elaborar e publicar um guia de fontes para pesquisadores. Coordenei a pesquisa referente ao Estado da Bahia. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Integrante / John Manuel Monteiro - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2011 - Atual

    FORMAÇÃO TERRITORIAL DA BAHIA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM ATLAS, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de caráter interinstitucional e multidisciplinar, que pretende compreender o processo de formação do território baiano no período colonial, a fim de levantar subsídios para o desenvolvimento de um "Atlas Histórico da Bahia Colonial", obra de referência destinada a sistematizar elementos de informação relativos ao processo de conquista e ocupação do território baiano no período, utilizando-se para tanto de recursos literários e visuais (sobretudo cartográficos), a fim de enfatizar o processo de formação territorial da Bahia e a inseparabilidade das experiências histórica e espacial. Para tanto, será de fundamental importância a cooperação acadêmica entre os pesquisadores da área de História Colonial e de Geoprocessamento, com vistas a desenvolver instrumentais capazes de representar, com o auxílio das geotecnologias, a dinâmica de conquista e colonização do território baiano. O projeto prevê ainda o desenvolvimento de um produto final a ser disponibilizado digitalmente via internet, em formato de livro eletrônico, garantindo sua ampla acessibilidade, dotado também de elementos que permitam aos usuários interagir com a obra, fazer dela um instrumento de informação e também uma ferramenta de ensino-aprendizagem a ser utilizada pela comunidade docente e discente, nos níveis fundamental, médio e superior de ensino.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Hilda Baqueiro Paraiso - Coordenador / Erivaldo Fagundes Neves - Integrante / Caio Figueiredo Fernandes Adan - Integrante / Jocimara Souza Britto Leão - Integrante / Raquel de Matos Cardoso Vale - Integrante / Elane Fiuza Borges - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Paraninfa de Formatura, Universidade Católica de Salvador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Antropologia e Etnologia. , Estrada de São Lazaro, 197 - Federação, Federação, 40210-730 - Salvador, BA - Brasil, Telefone: (71) 2377574, Fax: (71) 2377574, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - Atual

Secretaria de Estado de Cultura

Vínculo: Conselheira, Enquadramento Funcional: Colegiado Setorial de Culturas Indígenas, Carga horária: 4

2013 - Atual

Conselho Indigenista Missionário

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2011 - Atual

Universidade Estadual de Feira de Santana

Vínculo: grupo de pesquisa, Enquadramento Funcional: sem vínculo, Carga horária: 0

2010 - 2010

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia

Vínculo: Pareceirista, Enquadramento Funcional: colaborador, Carga horária: 0

Outras informações:
Parecerista ad hoc do processo de Avaliação dos Recursos Administrativos do Edital Fapesb - Pró Pesquisa número 010/2009

2008 - 2010

Associação Nacional de Professores Universitários de História - Bahia

Vínculo: Secretária Geral, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 4

2008 - 2009

Ministerio da Educacao e Cultura

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2008 - 2008

Faculdade São Bento da Bahia

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 4

Outras informações:
Curso de Especialização em Arte e Patrimônio Cultural Disciplina: O Patrimônio Cultural e sua Diversidade - a questão indígena

2008 - Atual

Universidade Federal de Uberlância

Vínculo: Membro de Comitê Editorial, Enquadramento Funcional: nenhum, Carga horária: 4

Outras informações:
Membro do Comitê Editorial da Ravista História e Perspectivas

2005 - 2008

Universidade de São Paulo

Vínculo: Membro de Comitê Editorial, Enquadramento Funcional: Nenhum, Carga horária: 0

Outras informações:
Membro do Comitê Editorial da Revista Almanak Brazil

2005 - 2007

Ministério da Justiça

Vínculo: Membro do Conselho Indigenista, Enquadramento Funcional: Participante, Carga horária: 2

Atividades

  • 02/2004 - 02/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação Nacional do Índio, Conselho Indigenista.,Cargo ou função, Membro do Conselho Indigenista.

2005 - Atual

Financiadora de Estudos e Projetos

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2004 - 2004

Arquidiocese de Amargosa

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2004 - Atual

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Vínculo: Nenhum, Enquadramento Funcional: Membro de Corpo Editorial, Carga horária: 2

Outras informações:
Membro do Conselho Editorial da Revista Politéia

2010 - 2010

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: consultor, Carga horária: 4

Outras informações:
Projeto Interdisciplinar Estágio de Vivência em Aldeias Indígenas. Avaliação da viabilidade da proposta e orientação e capacitação dos executores do projeto.

2000 - 2006

Universidade Estadual de Santa Cruz

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
Professor do Convênio UFBA - UESC para o Mestrado em Cultura e Turismo

Atividades

  • 03/2000 - 11/2006

    Ensino, Cultura & Turismo - Parceria Uesc/Ufba, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Cultura, identidade e Contemporaneidade

  • 03/2000 - 11/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Mestrado Interisntitucional Em Cultura e Turismo Ufba Uesc, Cultura e Turismo.,Cargo ou função, Professor.

  • 04/2004 - 09/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Colegiado de Curso, Mestrado Interisntitucional Em Cultura e Turismo Uesc Ufba.,Cargo ou função, Membro de Colegiado de Curso.

  • 10/2004 - 12/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Mestrado Interisntitucional Em Cultura e Turismo Ufba Uesc, Cultura e Turismo.,Cargo ou função, Suplente da Comissão de Seleção do Mestrado em Cultura e Turismo.

  • 01/2004 - 01/2004

    Ensino, História Regional, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Seminário sobre Temas Selecionados em História Regional

  • 01/2004 - 01/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Curso de Pós Graduação Especialização Em História Regional.,Cargo ou função, Professor visitante.

1999 - 2000

Ministério da Educação

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 4

Outras informações:
Emissão de pareceres relativos a projetos apresentados na área de Educação Indígena

Atividades

  • 02/1999 - 03/2000

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenação geral de Apoio ás Escolas Indígenas, .,Cargo ou função, Consultor - Avaliação de projetos de pesquisa para concessão de financiamento.

1985 - 1985

Fundação Nacional do Índio

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 10

Outras informações:
Curso de Formação de Indigenistas

Atividades

  • 08/1985 - 09/1985

    Ensino, Curso de Indigenismo, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, História Indígena

1983 - 1983

Universidade Federal de Santa Catarina

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/1983 - 06/1983

    Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Teoria Antropológica

1999 - 1999

Fundação Israel Pinheiro

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 4

Outras informações:
Acompanhar e assessorar a pesquisa sobre as condições de vida das populações indígenas no Estadio de Minas Gerais e elaborar relatório circunstanciado. O objetivo é o de formulção de políticas e assistência para os indígenas.

2004 - 2004

Intervalo Cinema e Video

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 4

Outras informações:
Vídeo para compor a campanha internacional para a reunificação da Área Indígena Maxakali.

1992 - 1992

Centro de Documentação Eloy Ferreria da Silva

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 10

Outras informações:
Assessoria para elaboração do livro Os Boruns do Watu

2005 - 2006

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Membro do Colegiado Provisório de Instalação, Carga horária: 10

1987 - Atual

Fundação Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Outras informações:
Diretora da FFCH

2014 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

2014 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 8

Outras informações:
Membro do Colegiado de Curso do Program de Pós Graduação em História

2014 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

1997 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2014

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro do Colegiado do Programa de Pós Graduação em História

2011 - 2014

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Vice Coordenadora do Programa de Pós Graduação em História

2013 - 2013

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto

Outras informações:
Membro de Colegiado do Programa de Pós Graduação em História

2001 - 2003

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto

Outras informações:
Coordenadora do Mestrado em História da UFBA

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Progressão Funcional da Profa. Dra. Lina Maria Brandão de Aras

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Progressão Funcional da Profa Dra. Acylene Maria Cabral Ferreira

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da UFBA Membro do Comitê de Enquadramento do Programa de Apoio à Instalação de Doutores no Estado da Bahia - Prodoc - Oitava Chamada - Segunda Etapa

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Progressão Funcional da Profa. Dra. Marilena Ristum de Adjunto III para Adjunto IV

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão para progressão funcional da Profa. Dra. Marilena Rustim de Adjunto II para Adjunto III

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Avaliação de Progressão Funcional da Profa. Dra. Eulina da Rocha Lordelo

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Avaliação de Progressão Funcional da Professora Júlia Cristina Lobão

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Ensino: Mestrado de Cultura e Turismo UFBA/UESC - Ensino de Pós Graduação - Cultura e Contemporaneidade

2002 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Ensino de Graduação - Curso de Ciências Sociais - Disciplina: Antropologia I

2001 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Coordenadora do Programa de Pós Graduação em História

2000 - 2002

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro do Fórum de Coordenadores dos Programas de Pós Graduação em História.

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas ministradas: Ciências Sociais. Antropologia III

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Avaliação de Progressão Funcional da Profa. Heloisa Helena da Costa do Departamento de Museologia

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Seleção de Professor Substituto para as disciplinas Teoria da História e História da Bahia

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Progressão Funcional da Profa. Dra. Heloísa Helena da Costa do Departamento de Museologia

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de elaboração do Projeto Memória, Cultura e Identidade da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas Ministradas - Ciências Sociais - Graduação: Antropologia I

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas Ministradas: Ciências Sociais - Graduação: Antropologia I, Seminário Temático 6 - História e religião

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Presidente da Comissão de Bolsas do Mestrado em História

2001 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Inquérito Administrativo do Instituto Coletivo de Saúde da UFBA

1999 - 2001

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Relatório Capes Relatório Capes Relatório Capes

2000 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas ministradas: Departamento de Antropologia - Antropologia III

2000 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Ensino - graduação em Ciências Sociais - Antropologia III, Prática de Pesquisa em Antropologia

2000 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Elaboração do Projeto de Implantação do Doutorado em História

2000 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Elaboração do Relatório Datacapes

2000 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Avaliação da Progressão Funcional da Professora Dra. Lina Maria Brandão de Aras

2000 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão de Avaliação de Progressão Funcional da Profa. Dra. Acylene M. C. Ferreira

1999 - 2000

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Vice Coordenadora do Mestrado em História

1999 - 1999

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas ministradas Ciências Sociais: Prática de Pesquisa em Antropologia, Etnologia do Brasil

1999 - 1999

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Ensino - Ciências Sociais - Graduação - Antropologia I

1998 - 1998

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas ministradas: Pós Graduação em História: Cultura e Sociedade, História e Região, Nova História da Escravidão no Brasil

1983 - 1985

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Diretora do Museus de Arqueologia e Etnologia

1976 - 1980

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Ensino. Curso de Ciências Sociais. Graduação. Disciplinas Ministradas Antropologia I, Antropologia II, Etnohistória Indígena, Etnologia do Brasil.

Atividades

  • 03/2014

    Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .,Cargo ou função, Diretora da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

  • 03/2015 - 04/2015

    Serviços técnicos especializados , Reitoria, .,Serviço realizado, Membro de Comissão de Inquérito sobre maus tratos e agressões sofridas por animais que vivem nos campi da UFBA.