Luana Queiroz Pinho

Professora Adjunta na Faculdade de Oceanografia (Departamento de Química) e Coordenadora de graduação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Terminou seu segundo Post Doc na Universidade de Linkoping (Suécia) em março de 2015, onde foi bolsista do Projeto de Cooperação Bilateral Brasil-Suécia (STINT), desenvolvendo seu trabalho com "Variações temporais e espaciais nas concentrações e fluxos de carbono orgánico volátil em lagos Suécos". Na Universidade Federal do Rio de Janeiro desenvolveu seu primeiro Post Doc entre julho de 2013 e março de 2014, onde também defendeu seu doutorado em 2013 com o título "Special features of the carbon cycle in tropical aquatic environments" e mestrado em 2009 com o título "Carbono Orgânico Dissolvido: Alta variabilidade espacial em lagos brasileiros e um estudo de caso de dinâmica temporal em uma lagoa costeira". A UFRJ também foi onde obteve o título de Licenciada em Ciências Biológicas (2006) e Bacharel em Ecologia (2007). Foi editora executiva do Boletim da Sociedade Brasileira de Limnologia e Editora Executiva do Periódico Oecologia Brasiliensis (ISSN 1980-6442). Efetuou intercâmbio nas Universidades de Uppsala e Linkoping (Suécia) e IMEDEA - UIB (Espanha) durante sua formação. Foi membro do Comite da ASLO (American Society of Limnology and Oceanographic) como Membro do Comite de Diversidade. Atua em linhas de pesquisa relacionada a Ciclo do Carbono em ambientes aquáticos (dulcícolas e marinho), onde trabalha com concentrações e fluxos de CO2, CH4 e VOC em diferentes ecossistemas. Atualmente leciona da graduação de Oceanografia onde também orienta 9 alunos de iniciação científica e coordena o projeto de extensão Oceano e Sociedade.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ecologia

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: New Pathways of the Carbon Cycle in Tropical Aquatic Environments
Orientador: em Mediterranean Institute for Advanced Studies ( Carlos M Duarte)
com Alex Enrich Prast. Coorientador: Carlos M Duarte. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Ciclo carbono; Lagos tropicais; oceanos tropicais; fluxo de co2; fluxo de VOC; produção de carbono. Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.

Mestrado em Ecologia

2007 - 2009

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: CARBONO ORGANICO DISSOLVIDO: ALTA VARIABILIDADE EM LAGOS TROPICAIS E UM ESTUDO DE CASO DE DINAMICA TEMPORAL EM UMA LAGOA COSTEIRA.,Ano de Obtenção: 2009
Orientador: em Uppsala University ( Lars Tranvik)
com Alex Enrich Prast.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Ecologia

2006 - 2007

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Orientador: Alex Enrich Prast
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas

2001 - 2006

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2014 - 2015

Pós-Doutorado. , Linköping University, LiU, Suécia. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

2013 - 2014

Pós-Doutorado. , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Carbonate systems: ODS 14.3 impacts of Ocean acidification. (Carga horária: 40h). , Ocean Teacher Global Academy, OTGA, Colômbia.

2017 - 2017

Operação no Analisador de Carbono modelo TOC-LCSH. (Carga horária: 20h). , SINC DO BRASIL, SB_FORN, Brasil.

2016 - 2016

Cambio Climatico. (Carga horária: 20h). , Organização Nações Unidas, UNO, Suiça.

2016 - 2016

Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2016 - 2016

Monitoramento da Qualidade das águas de rios e reservatórios. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2015 - 2015

Treinamento Pré-Antártico. (Carga horária: 168h). , Programa Antártico Brasileiro, PROANTAR, Brasil.

2013 - 2013

Oceans Solutions. (Carga horária: 40h). , The University of Western Australia, UWA, Austrália.

2006 - 2006

Ambiente, Natureza, Educação e correntes do Pensam. (Carga horária: 4h). , Congresso Ibero Americano de Educação Ambiental, CIAEA, Brasil.

2005 - 2005

A utilização de fósseis no ensino de biologia. (Carga horária: 5h). , Encontro Regional de Ensino de Biologia da Regional RJ/ES, EREBIO, Brasil.

2005 - 2005

Criança, Imaginário e a literatura infantil de 0 a. (Carga horária: 19h). , 5ª Jornada Internacional de Educação do Estado doRio de Janeiro, JIEERJ, Brasil.

2005 - 2005

Fluxo de Nutrientes - Ecologia de Manguezais. (Carga horária: 5h). , Congresso de Ecologia do Brasil, CEB, Brasil.

2005 - 2005

Pedagogia de projetos: Etapas, papéis e atores. (Carga horária: 14h). , Jornada de Educação do Estado do Rio de Janeiro, JIEERJ, Brasil.

2003 - 2003

Gerenciamento Ambiental nas Empresas. (Carga horária: 40h). , Núcleo de Ciências Ambientais, NADC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Lê Pouco.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ciclo do Carbono.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Limnologia.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Ecologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PINHO, L. ; CUNHA, L. C. ; FAERSTEIN, E. ; FELZENSZWALB, I. ; SILVA, P. N. ; KAPLAN, S. . Agenda 2030 na UERJ, UERJ na agenda 2030. 2019. (Outro).

ENRICH-PRAST, A. ; PINHO, L. ; VALLADARES, F. . II Escola Ibero Americana de Mudanças Globais. 2014. (Outro).

VALLADARES, F. ; ENRICH-PRAST, A. ; PINHO, L. . Simpósio de Mudanças Globais: Processos de retroalimentação. 2014. (Outro).

Bronk D. ; PINHO, L. . ASLO Meeting San Juan. 2011. (Congresso).

PINHO, L. ; ENRICH-PRAST, A. . II Simpósio em Ecologia - Ciclo do Carbono em Ambientes Aquáticos Continentais. 2008. (Outro).

ENRICH-PRAST, A. ; PINHO, L. . III Simpósio em Ecologia - Biomonitoramento. 2008. (Outro).

PINHO, L. ; ENRICH-PRAST, A. . I Simpósio em Ecologia - Ecologia Antartica. 2007. (Outro).

PINHO, L. . XXV Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia. 2004. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Semana de Meninas e Muoheres na CIência.Você teêm paixão pelos oceanos?. 2019. (Outra).

Oceano em Ação. Oceano e Sociedade. 2019. (Feira).

Oceano em Ação. Oceano e Sociedade. 2019. (Feira).

Workshop on the analysis and management of Ocean Acidification data.Presentations of Bica and PELD Projects developed at Guanabara Bay. 2018. (Oficina).

XII GEOUFF.A Baía de Guanabara sob uma perspectiva ecológica de longa duração. 2018. (Simpósio).

7th Hybam Scientific Meeting: The critical zone Observatory of the Amazon Basin. 2017. (Simpósio).

XVI Congresso Brasileiro de Geoquimica. VARIACOES FISICO-QUIMICAS NAS AGUAS SUPERFICIAIS NOS ULTIMOS 6 ANOS ? PELD BAIA DE GUANABARA. 2017. (Congresso).

ASLO Meeting. Semi volatile organic carbon uptake in the tropical ocean. 2015. (Congresso).

IX Simpósio em Ecologia: Baía de Guanabara. Monitoramento das variáveis hidrológicas da Baía de Guanabara nos últimos 5 anos.. 2015. (Congresso).

II Escuela Iberoamericana em Mudanças Globais.Participação no workshop Mudanças Globais: Processos de retroalimentação. 2014. (Outra).

Simpósio de Mudanças Globais: Processos de retroalimentação. 2014. (Simpósio).

ASLO MEETING. 2012. (Congresso).

ASLO Meeting. 2011. (Congresso).

ASLO Meeting. 2010. (Congresso).

ASLO Meeting. What controls gobal anaerobic organic carbon minralization in leke sedmens. 2010. (Congresso).

ASLO Meeting. Spatial variation in DOC concenrations providing wide rage in tropical lakes. 2009. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Limnologia. Grande Ampitude de COD e ausência de relação significativa com a pCO2 em lagos do Brasil. 2009. (Congresso).

II Simpósio em Ecologia.Dissolved Organic Carbon concentration in lakes of Brazilian tropical forest. 2008. (Simpósio).

Congresso Brasileiro de Geoquímica. Ausência de correlações em uma lagoa mixotrófica tropical (Lagoa Iriry, RJ).. 2007. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Limnologia. Uso de bromélias tanquno ensino de ecologia. 2007. (Congresso).

I Simpósio em Ecologia. 2007. (Simpósio).

Seminário Brasileiro de Sequestro de Carbono e Mudanças Climáticas. 2007. (Seminário).

4ª Jornada Internacional de Educação do Rio de Janeiro. 2006. (Congresso).

Ecossitemas uma sala de aula.Ecossistemas uma sala de aula. 2006. (Outra).

Fórum Mundial de Educação. 2006. (Outra).

II SImpósio de Ecologia de Reservatórios.Metabolismo Aquático na Represa de Juturnaíba. 2006. (Simpósio).

II Simpósio de Ecologia teórica. 2006. (Simpósio).

V Ibero Americano de Educação Ambiental. Usando PET se aprende! O uso de garrafas PET no ensino de ecologia e educação ambiental.. 2006. (Congresso).

V Ibero Americano de Educação Ambiental. 2006. (Oficina).

XXVIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ.Quando o Aumento na Disponibilidade de Carbono Orgânico não Resulta em Intensificação da Liberação de Gás Carbônico em um Lago Húmico.. 2006. (Outra).

Bio na Rua.O que a Bromélia tem?. 2005. (Oficina).

Encontro Regional dos Estudantes de Biologia - SE. 2005. (Encontro).

Encontro Regional dos Estudantes de Biologia - SUL. 2005. (Encontro).

Expo Interativa - Ciência para todos. 2005. (Outra).

Fórum Social Mundial. 2005. (Outra).

I ENEBIO & III EREBIO. 2005. (Encontro).

III Jornada Internacional de Educação. 2005. (Outra).

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2005. (Oficina).

VII Congresso de Ecologia do Brasil. Coexistência de Supersaturação e Anoxia no Tanque de Bromélias.. 2005. (Congresso).

VIII Ibero americano de extensão Universitária. 2005. (Congresso).

X Congresso Brasileiro de Limnologia. Metabolismo da Coluna d?Água de Bromélia Tanque.. 2005. (Congresso).

Encontro Regional dos Estudantes de Biologia.Mutualismo Universidade - Sociedade. 2004. (Encontro).

III Encontro Verde das Américas. 2004. (Encontro).

IV Encontro Verde das Américas. 2004. (Encontro).

XXIV Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia.XXI, Uma cidade, Uma agenda e Um século - Discutindo Cidadanias. 2004. (Encontro).

XX III Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia.Ecópolis, Descontruindo a Sociedade do Espetáculo. 2003. (Encontro).

XXII Encontro Nacionalo dos Estudantes de Biologia.Envolvimento Sustentável. 2002. (Encontro).

Congresso da União Nacional dos Estudantes. 2001. (Congresso).

XXI Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia.Terra, estão te maltratando por dinheiro. 2001. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Raquel Avelina da Conceição dos Santos

Marotta, H.; FARIAS, C. O.;PINHO, L.. Concentrações de carbono orgânico dissolvido nas águas do Norte da Península Antártica. 2020. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Bruna Paixão Lutz

Bernardes, M.;PINHO, L.; VARELLA, J.. Variabilidade temporal da qualidade da água e importância da descarga do canal da Barra de Guaratiba. 2019. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Lívia Cosme dos Santos

PINHO, LUANA; ABRIL, G.; MACHADO, W. T. V.; FIGUEIREDO JR., A. G.. Produção Anaeróbia de Metano e Dióxido de Carbono Associada a Sísmica de Reflexão no Sedimento de uma Baía Urbana Tropical (Baía de Guanabara - RJ) e sua Relação com o Aquecimento Experimental. 2017. Dissertação (Mestrado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: LucieneEveline Semedo Vaz

MAINIER, F. B.;PINHO, L.; MOTTA, A. L. T. S.; LONGO, O. C.. Diagnóstico das lacunas existentes na gestão de resíduos da construção e demolição em Cabo Verde, tomando base o modelo adotado pelo Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Lais Barbosa

ENRICH-PRAST, A.; Bernardes, M.; Moreira, L.; Torres, J.P.;PINHO, L.. Relação entre a composição e a degradação anaeróbica da matéria orgânica em solos de planícies de inundação > da Bacia Amazônica.. 2018. Tese (Doutorado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Antonio da Cunha Nunes

PINHO, LUANA; MONTEIRO, L. P. C.; MAINIER, R. J.; NASCIMENTO, E. A.. Fatores Críticos de degradação de bacias hidrográficas urbanas: o caso do Rio Imboaçú, São Gonçalo, RJ.. 2017. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Gisele Costa

PINHO, L.. Desenvolvimento de biossensores microbianos para detecção e monitoração de metais pesados em amostras ambientais. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Glenda Camila Barroso

PINHO, L.; MACHADO, W. T. V.. Produção e Emissão de CO2 e CH4 nos Sedimentos de Manguezais. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Laís Rodrigues Barbosa

Marotta, H.PINHO, L.. Emissão de metano em solos da Amazônia. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Bruna Paixão Lutz

PINHO, L.; VARELLA, J.. Estudo da variação de nutrientes e carbono nos canais de maré de Barra de Guaratiba (RJ). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Carlos Augusto Musetti de Assis

PINHO, L.Marotta, H.. Relação entre alcalinidade total e salinidade em uma baía tropical entronizada (Baía de Guanabara-RJ). 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Tainan da Fonseca Fernandes

PINHO, L.; CAETANO, L.. Avaliação dos controles da qualidade da água pelas variáveis meteorológicas e de maré em uma praia de baía tropical eutrofizada (Praia do Catalão - Baía de Guanabara, RJ). 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Caroline Xavier da Silva Vieira

PINHO, L.. Risco e vulnerabilidade na orla urbanizada do Rio de Janeiro: Estudo de caso da Praia da Macumba. 2019.

Aluno: Thais Erbas da Silva

PINHO, L.. Fuxos de CO2 na interface Oceano-Atmosfera no Atlântico Norte Tropical. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Diana Rocco Albernaz

PINHO, L.. Explorando águas profundas do Atlântico Equatorial - Uma análise físico-química. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Raquel Avelina da Conceição dos Santos

Fernandes, A;PINHO, L.; HAMACHER, C.. Nutrientes pré-formados e regenerados na Água Central do Atlântico Sul. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Henrique Chrisóstomo de Alencar Machado

PINHO, L.; Silva, F; AMORA, L.. MAGNITUDE E VARIABILIDADE DIURNA DO FLUXO DE CO2 DE LAGOS DA PLANÍCIE DE INUNDAÇÃO DE RIOS DE ÁGUAS CLARAS, PRETAS E BRANCAS DA AMAZÔNIA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Lays Gonçalves de Souza

PINHO, L.; FERNANDEZ, M.. Avaliação da Distribuição de Nutrientes ao longo de Dois Ciclos de Maré na Baía de Guanabara (RJ). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Thais Erbas da Silva

PINHO, L.. Fluxos de CO2 na Interface Oceano-Atmosfera no Atlântico Norte Tropical. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Carlos Augusto Musetti de Assis

PINHO, L.; MAROTTA, Humberto. Variação espaço temporal da alcalinidade total na Baía de Guanabara. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Alexandre Carlos Barreto

PINHO, L.; Farias, C.. Alternativa para a despoluição do complexo lagunar de Jacarepaguá: Unidades de tratamento de esgoto.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Leonardo Amora Nogueira

PINHO, L.; CARRIELLO, F.. Variação da pCO2 relacionada ao uso e cobertura do solo no litoral do Rio de Janeiro. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal Fluminense.

PINHO, L.; VARELLA, J.; Fernandes, Alexandre; Bisi, Tatiana. Comissão de seleção de mestrado e doutorado do PPGONC. 2019. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

PINHO, L.. Mostras de Estagio Interno Complementar e Iniciacao a Docencia,. 2017. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rodolfo Pinheiro da Rocha Paranhos

Paranhos, R.; Farjalla, V F. Concentração de Carbono Orgânico Dissolvido em Lagos Tropicais. 2008. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Alex Enrich Prast

ENRICH-PRAST, A.. Carbono orgânico dissolvido: Origem, distribuição, regulação e implicações ecológicas em lagos brasileiros. 2009. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Vinicius Fortes Farjalla

FARJALLA, V. F.. Carbono Orgânico Dissolvido: Alta variabilidade espacial em lagos brasileiros e um estudo de caso de dinâmica temporal em uma lagoa costeira. 2009. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Gizyelle Costa Miguel

Padrão de distribuição do COT na região da Confluencia Brasil-Malvinas e sua relação com asconcentrações de CO2; Início: 2020; Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Coorientador);

Carlos Augusto Musseti de Assis

Reconstrução do sistema carbonato marinho no oceano atlântico tropical oeste; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Julia Figueiredo de Arouca Monteiro

NAVEGANDO PELO OCEANO DAS FAKE NEWS (Verdades e Mentiras da Oceanografia em Meio a Pandemia de COVID-19); Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Mylena Pereira

Avaliação de variações nas concentrações e fluxos de Carbono Orgânico Volátil (COV) em curta e longa escala de tempo em uma lagoa costeira urbana: Lagoa Rodrigo de Freitas ? Rio de Janeiro ? RJ; ; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA-UERJ; (Orientador);

João Vitor da Silva Bittar

Avaliacao da influencia da ACAS sobre as concentracoes e fluxos de Carbono Organico Volatil em uma Baia do litoral do Estado do Rio de Janeiro (PELD-Baia de Guanabara); ; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Pibic UERJ; (Orientador);

Fernanda Ferreira

Contribuição das lagoas costeiras tropicais para os fluxos globais de carbono(CO2 e VOCs); Início: 2017; Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA-UERJ; (Orientador);

Vitor Hugo de Souza Terra

Oceano e Sociedade; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Douglas Fellipe Sampaio Lima

Oceano e Sociedade; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Oceano e Sociedade

Mariana Castro; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Mylena Pereira Rocha

Oceano e Sociedade; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Taline Nazaré Chaves

Avaliação das concentrações e fluxos de carbono orgânico volátil na Baía de Guanabara - RJ; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Camilla Caetano da Silva

Variações Ambientais associadas as concentrações de carbono orgânico na Baía de Guanabara; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Luiza Gonçalves de Brito

Caracterização química das massas de água presentes nos vortices formados pela retroflexão da corrente das agulhas; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Julia Arouca

Caracterização química das massas de água presentes nos vortices formados pela retroflexão da corrente das agulhas; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Isabela de Vilar Moreira Vieira

Fluxos de CO2 na interface água-ar num gradiente latitudinal de temperatura e nutrientes no Atlântico Sul: Revelando fatores direcionadores das mudanças globais; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Rodrigo Albuquerque Costa

AVALIAÇÃO DE VARIAÇÕES NAS CONCENTRAÇÕES DE CARBONO INORGÂNICO DISSOLVIDO (CID) E FLUXOS DE CO2 EM CURTA E LONGA ESCALA DE TEMPO EM UMA BAÍA COSTEIRA URBANA: BAÍA DE GUANABARA ? RIO DE JANEIRO ? RJ; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA-UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Taline Nazaré Chaves

Avaliação de variações nas concentrações e fluxos de carbono orgânico volátil em curta e longa escala de tempo em uma Baía costeira urbana: Baía de Guanabara; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA-UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Larissa Corso Veloso

Fluxos de CO2 na interface água - ar num gradiente latitudinal de temperatura e nutrientes no Atlântico Sul: Revelando fatores direcionadores das mudanças globais; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Luiza Gonçalves de Brito

Verificação de possível entrada de águas do oceano Índico no oceano Atlântico através da caracterização química das águas de 3 vórtices formados na região da corrente das Agulhas; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Lucas Ambrosio de Paula

AVALIAÇÃO DE VARIAÇÕES NAS CONCENTRAÇÕES E FLUXOS DE CARBONO ORGÂNICO VOLÁTIL (COV) EM CURTA E LONGA ESCALA DE TEMPO EM UMA LAGOA COSTEIRA URBANA: LAGOA RODRIGO DE FREITAS ? RIO DE JANEIRO ? RJ; ; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA-UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Camila Caetano

MONITORAMENTO DE LONGA DURAÇÃO DAS CONCENTRAÇÕES E FLUXOS DE CARBONO ORGÂNICO VOLÁTIL EM UMA BAÍA DO LITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (PELD BAÍA DE GUANABARA); ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Beatriz Roma

AVALIAÇÃO DE VARIAÇÕES NAS CONCENTRAÇÕES E FLUXOS DE CARBONO ORGÂNICO VOLÁTIL (COV) EM CURTA E LONGA ESCALA DE TEMPO EM UMA LAGOA COSTEIRA URBANA: LAGOA RODRIGO DE FREITAS ? RIO DE JANEIRO ? RJ; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, CETREINA-UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Ana Carina Ferreira Feitosa

Concentrações e fluxos de COV na Baía de Guanabara; 2019; Orientação de outra natureza; (Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Pibic UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Aynã Felix da Silva

Concentrações e fluxos de COV na Baía de Guanabara; 2019; Orientação de outra natureza; (Curso técnico em Química) - Instituto Federal do Rio de Janeiro, Pibic UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Rafael de Abreu Rodrigues

Concentrações e fluxos de COV na Baía de Guanabara; 2018; Orientação de outra natureza; (Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Pibic UERJ; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Livia Cosmos

O papel do carbono orgânico volátil na emissão de carbono para a atmosfera oriundo da Lagoa Rodrigo de Freitas; 2013; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Marcelo Loreto

Dinâmica da concentração de nutrientes em Bromélias-Tanque; 2008; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Luciene Valladares

Variações diárias de oxigênio em Bromélias-Tanque; 2007; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas - Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Luana Queiroz Pinho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Alex Enrich Prast

Luana Queiroz Pinho; Carbono orgânico dissolvido: Origem, distribuição, regulação e implicações ecológicas em lagos brasileiros; 2009; Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Alex Enrich Prast;

Alex Enrich Prast

New Pathways of the Carbon Cycle in Tropical Aquatic Environments; 2013; Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Alex Enrich Prast;

Alex Enrich Prast

Fluxos de carbono orgânico volátil em ecossistemas aquáticos marinhos e continentais; 2013; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Alex Enrich Prast;

Alex Enrich Prast

Metabolismo da coluna d'água de bromélias-tanque; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Alex Enrich Prast;

Humberto Marotta Ribeiro

Carbono Organico Dissolvido em Ambientes Tropicais; 2009; Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Humberto Marotta Ribeiro;

Humberto Marotta Ribeiro

A Relação entre as Concentrações de Carbono Organico Dissolvido e o Fluxo de Dióxido de Carbono Água-Ar em Lagos húmicos; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Humberto Marotta Ribeiro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Marotta, H. ; PEIXOTO, R. B. ; FERNANDEZ, T. ; CUNHA, L. C. ; OLIVEIRA, V. P. ; MOSER, G. A. O. ; POLLERY, R. ; MUSSETI, C. ; COSTA, R. A. ; PINHO, L. . BIOMONITORAMENTO CONTÍNUO DE ÁGUAS DO PELD-BAÍA DE GUANABARA: O ENCONTRO DAS ESCALAS DE CURTO E LONGO PRAZOS NA VARIABILIDADE DAS ÁGUA TROPICAIS. Oecologia Australis , v. 24, p. 365-388, 2020.

  • PINHO, L. ; Duarte, C. M. ; Marotta, H. ; ENRICH-PRAST, A. . Temperature dependence of the relationship between p CO 2 and dissolved organic carbon in lakes. Biogeosciences , v. 13, p. 865-871, 2016.

  • JI, YANG ; ANGEL, ROEY ; KLOSE, MELANIE ; CLAUS, PETER ; MAROTTA, Humberto ; PINHO, LUANA ; ENRICH-PRAST, ALEX ; CONRAD, RALF . Structure and function of methanogenic microbial communities in sediments of Amazonian lakes with different water types. Environmental Microbiology (Print) , v. online, p. 00-00, 2016.

  • Marotta, H. ; PINHO, L. ; Gudasz, C. ; Bastviken, D. ; TRANVIK, L. J. ; ENRICH-PRAST, A. . Greenhouse gas production in low-latitude lake sediments responds strongly to warming. Nature Climate Change , v. 4, p. 467-470, 2014.

  • Bastviken, D. ; Santoro, A.L. ; Marotta, H. ; PINHO, L. ; Calheiros, D. ; Crill, P. ; ENRICH-PRAST, A. . Methane Emissions from Pantanal, South America, during the low water season: Toward more comprehensive sampling. Environmental Science & Technology , v. 44, p. 5450-5455, 2010.

  • Marotta, H. ; PINHO, L. ; Duarte, C. M. ; ENRICH-PRAST, A. . Rainfall leads to increased pCO2 in Brazilian Coastal Lakes. Biogeosciences (Katlenburg-Lindau. Print) , v. 7, p. 1607-1614, 2010.

  • ENRICH-PRAST, A. ; PINHO, L. . Ciclo do Carbono em Ecossistemas Aquáticos Continentais Brasileiros. Oecologia Brasiliensis (Impresso) , v. 12, p. 3-5, 2008.

  • Marotta, H. ; PINHO, L. ; ENRICH-PRAST, A. . Relação positiva entre pluviosidade, carbono orgânico dissolvido e a supersaturação de co2 em uma lagoa costeira tropical. Oecologia Brasiliensis (Impresso) , v. 12, p. 92-99, 2008.

  • PINHO, L. ; GUIMARÃES-SOUZA, B. A. ; ENRICH-PRAST, A. . Bromélias-Tanque: Instrumento para o ensino de ecologia aquática. Boletim da Sociedade Brasileira de Limnologia , v. 35, p. 34-37, 2006.

  • GUIMARÃES-SOUZA, B. A. ; MENDES, G.B. ; BENTO, L. ; SANTORO, A. L. ; ESTEVES, F.A. ; PINHO, L. ; Farjalla, V. F. ; ENRICH-PRAST, A. . Limnological parametres in the water accumulated in tropical bromeliads.. ACTA LIMNOLÓGICA BRASILIENSIA , v. 18, p. 47-53, 2006.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PINHO, L. ; BASTOS, M. ; CUNHA, L. C. ; FERNANDES, A. ; VARELA, J. . Oceanografia em tempos de Pandemia. 2020. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

PINHO, L. ; BRANDAO, G. . Oceano o quê?. 2020. (Programa de rádio ou TV/Outra).

MAROTTA, Humberto ; PINHO, L. ; OLIVEIRA, V. P. . Meio ambiente: Poluição na Baía de Guanabara é tema de estudo na UFF. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

OLIVEIRA JUNIOR, A. ; PINHO, L. ; URBANCG, A. A. ; POLLERY, R. . Brasil Ciência: Navio Hidro-oceanográfico Vital de Oliveira. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

PINHO, L. . Oceano e Sociedade. 2018; Tema: Inter-relações entre a sociedade e os oceanos. (Rede social).

PINHO, L. . Oceano & Sociedade. 2018; Tema: Inter-relações entre a sociedade e os oceanos. (Rede social).

ENRICH-PRAST, A. ; PINHO, L. . Oecologia Brasiliensis- Ciclo do Carbono em Ambientes Aquáticos Continentais. 2008. (Editoração/Periódico).

PINHO, L. . Não fuja da ARRAIA, fuja do HOMEM!. 2006. Composição (estréia).

PINHO, L. ; PEREIRA, M. ; TERRA, V. ; LIMA, D. ; CASTRO, M. . Jogo dos ODS, Oficina de PET. 2019 (Oficina).

PINHO, L. ; KISTLER, F. L. ; BREDARIOL, I. ; MONTEIRO, R. F. . O que é que a Bromélia tem?. 2005 (Organização Estudantil - BIO na Rua) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Efeitos da eutrofização sobre os fluxos de gases do efeito estufa na interface água-atmosfera em baias do Estado do Rio de Janeiro, Descrição: Descrição: A fertilização antrópica da zona costeira é reconhecida como um fator de influência sobre a emissão de gases do Efeito Estufa (GEE) para a atmosfera, embora os processos envolvidos ainda sejam escassamente estudados no litoral do Brasil. A presente proposta tem como objetivo geral dimensionar e identificar os processos controladores das trocas de CO2 e CH4 na interface água-atmosfera ao longo de gradientes de condições oceanográficas contrastantes de duas baías da costa do Estado do Rio de Janeiro ? a Baía de Sepetiba (BS) e a Baía de Ilha Grande (BIG). Enquanto áreas internas da BS já apresentam um processo de eutrofização preocupante, a BIG representa um cenário mais preservado de qualidade da água. Como ambas baias estão sujeitas a incremento de expansão urbana nas bacias de drenagem nas próximas décadas, a comparação da ciclagem de nutrientes (sob condições naturais e impactadas) e de suas relações com as funções destes sistemas como fontes ou sumidouros de GEE pode trazer informações valiosas sobre a influência das atividades antrópicas sobre o sistema carbonato marinho e ciclo do carbono, representando tipologias de sistemas costeiros pouco estudados a nível global quanto a estes aspectos. Pretende-se avaliar quais fatores são os mais importantes sobre as variações da pressão parcial aquática do CO2 (pCO2) e pH das águas ? fatores termodinâmicos (variações da temperatura) ou fatores biológicos (metabolismo do sistema). A metodologia para a quantificação do CO2 inclui medições contínuas com intervalos de 1 min, o que promove alta resolução espacial e temporal para a base de dados. Adicionalmente, também se pretende estudar o processo de acidificação costeira, estado de saturação dos minerais de carbonato de cálcio (), análises isotópicas do carbono inorgânico dissolvido (13C-CID) e quantificação de fatores de tamponamento. As coletas biogeoquímicas serão realizadas conjuntamente com levantamentos das propriedades físicas e óticas da coluna de água com o intuito de se estabelecer algoritmos visando a utilização de técnicas de sensoriamento remoto para investigação do ciclo do carbono... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Humberto Marotta Ribeiro - Integrante / ENRICH-PRAST, ALEX - Coordenador / Wilson Machado - Integrante / Bastian Knoppes - Integrante / Gabriel Nuto Nobrega - Integrante / Rut Amélia Dias Ramos - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    Da Zona Costeira ao Oceano: desvendando o sistema CO2 marinho na Amazônia Azul brasileira - CO2 Mar Azul, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Leticia Cotrim da Cunha em 23/06/2020., Descrição: A proposta CO2MarAzul caracteriza-se utilizar, de forma inédita no país, uma embarcação de cabotagem como navio voluntário de observação (Voluntary Observing Ship ? VOS) de dióxido de carbono (CO2) na superfície do oceano na zona econômica exclusiva (ZEE) brasileira, a Amazônia Azul. Esta proposta é fruto de um acordo de cooperação em pesquisa iniciado em 2015 entre a UERJ e o Centro Helmholtz de Pesquisa Oceanográfica GEOMAR (Kiel, Alemanha), e da parceria com a Aliança Navegação e Logística, que opera linhas de cabotagem ao longo de toda a costa brasileira. As medidas contínuas de CO2 e outros parâmetros oceanográficos, como temperatura, salinidade, oxigênio dissolvido, pH, fluorescência, turbidez, são realizadas através de um sistema autônomo, desenvolvido pelo GEOMAR, conectado diretamente à caixa de mar da embarcação (i.e. entrada de água para fins de resfriamento da máquina), que não interfere na navegação. Apesar do caráter autônomo das observações, o sistema permite amostragens discretas, se houver pesquisadores a bordo, permitindo estudos de processos marinhos específicos. A proposta inicial de 36 meses, é sustentável a longo prazo, possibilitando a criação de uma climatologia de dados e fluxos de CO2 oceano ? atmosfera para o país, fundamental para identificar áreas sensíveis à acidificação ou desoxigenação ao longo da ZEE. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Letica Cotrim da Cunha - Coordenador / Claudia Hamacher - Integrante / Cassia de Oliveira farias - Integrante / Gleyci A O Moser - Integrante / Humberto Marotta - Integrante / Tobias Steinhoff - Integrante / Christa Marandino - Integrante / Arne Körtzinger - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Avaliação da Intrusão da Água Central do Atlântico Sul (ACAS) sobre as concentrações e fluxos de Carbono Orgânico Volátil na Baía de Guanabara (RJ, Brasil)., Descrição: O presente estudo visa avaliar se esta ocorrendo influência da ACAS na água da Baía de Guanabara e como esta possível entrada pode influenciar as concentrações de COV na água e seu fluxo com a atmosfera. Para tal, iremos efetuar o monitoramento mensal das concentrações de COV e das variáveis chave (temperatura, salinidade e nutrientes) para identificação da entrada da ACAS na Baía de Guanabara. Após o monitoramento, iremos comparar os meses, as características gerais das massas de água e o comportamento das concentrações e dos fluxos de COV neste ecossistema.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Coordenador / Ricardo Pollery - Integrante / Claudia Hamacher - Integrante / Cassia de Oliveira farias - Integrante / Gleyci A O Moser - Integrante / Humberto Marotta - Integrante / Letícia Cotrim da Cunha - Integrante / Vinícius Perruzzi de Oliveira - Integrante., Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro / Pibic UERJ - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    Retroalimentação entre Aquecimento e Gases Estufa nos Sedimentos Aquáticos: Subsídio ao Planejamento, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Humberto Marotta Ribeiro em 15/02/2019., Descrição: O objetivo de linha de pesquisa do professor proponente é avaliar os diferentes efeitos do aquecimento experimental sobre as taxas de produção anaeróbica de CO2 e CH4 nos sedimentos desses típicos ecossistemas de deposição na bacia de drenagem, comparando latitudes tropicais quentes da Amazônia ou da costa fluminense aquelas subpolares frias da Antártica Marítima. Além disso, avaliar o balanço entre essas taxas de mineralização e de acumulação orgânica dos mesmos ecossistemas lacustres quentes e frios, uma abordagem de eficiência de acumulação orgânica ainda pouco compreendida na literatura. A presente proposta de bolsa de produtividade encontra-se inserida em projetos de pesquisa coordenados pelo professor proponente e em colaboração com pesquisadores pertencentes a conceituadas universidades nacionais e internacionais, os quais apresentam estreitas parcerias que já resultaram em publicações em importantes revistas científicas.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Humberto Marotta - Coordenador / Alex Enrich Prast - Integrante / Vinícius Perruzzi de Oliveira - Integrante / Christian Sanders - Integrante / Tainan Fernandez - Integrante.

  • 2017 - Atual

    A Baía de Guanabara: retrato e perspectivas socio-ecológicas de um ecossistema ameaçado, Descrição: A presente proposta contempla linhas interligadas de pesquisas nas áreas da biologia e ecologia marinhas visando um melhor entendimento da estrutura e do funcionamento do ecossistema da Baia de Guanabara e de suas respostas aos impactos antrópicos e climáticos. O registro, a preservação e a restauração da diversidade específica constituem metas em conexão com o uso sustentado dos recursos biológicos desse ecossistema. Trata-se de um projeto complementar ao projeto vigente ?A Baia de Guanabara numa perspectiva ecológica de longa duração?, financiado pelo edital MCT/CNPq No 59/2009, no âmbito do Programa de Pesquisas Ecológicas de Longa Duração ? PELD. A Baía de Guanabara integrou este programa como sitio PELD No 19... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Integrante / Humberto Marotta - Integrante / Jean Louis Valentin - Coordenador / Gleyci A O Moser - Integrante / Paulo Cesar Paiva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Biomonitoramento Continuo de Águas - BICA, Descrição: Este trabalho tem como objetivo monitorar as variações nas concentrações de carbono (orgânico e inorgânico) da Baía de Guanabara e avaliar como elas podem estar relacionadas a demais parâmetros ambientais, como: temperatura, salinidade, oxigênio dissolvido, pH, nutrientes inorgânicos, COD, COP, clorofila, comunidade fitoplanctônica, ciclos de maré e pluviosidade. Buscando compreender como as alterações no ciclo do carbono podem estar intrinsicamente correlacionadas com os demais fatores estudados. Além disso, pretendemos calcular os fluxos de dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e carbono orgânico volátil (COV) com o intuito de compreender como se dá o balanço de carbono destes gases estufa entra as águas da Baía de Guanabara e a atmosfera. As medições serão em fluxo contínuo e considerarão curtas (24h) e longas (mensais) escalas de tempo. Por estar localizada em uma região de alta densidade populacional, a Baía de Guanabara é fortemente impactada por atividades antropogênicas, e apresenta áreas com distintos níveis de poluição e aporte de matéria orgânica, gerando alterações significativas nos processos biogeoquímicos aquáticos. As coletas serão realizadas através de um esquema de bombas com fluxo de água contínuo instalado na parte superficial de um píer localizado na porção de menor renovação de águas da Baía, onde a qualidade das águas é considerada ruim em grande parte do ano. Este projeto faz parte do Programa Ecológico de Longa Duração (PELD) Baía de Guanabara (RJ).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Coordenador / Humberto Marotta - Integrante / Ricardo Pollery - Integrante / Claudia Hamacher - Integrante / Cassia de Oliveira farias - Integrante / Gleyci A O Moser - Integrante / Letícia Cotrim da Cunha - Integrante / Vinícius Perruzzi de Oliveira - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Avaliação de variações nas concentrações e fluxos de Carbono Orgânico Volátil (COV) em curta e longa escala de tempo em uma lagoa costeira urbana: Lagoa Rodrigo de Freitas ? Rio de Janeiro ? RJ, Descrição: A realização de estudos a respeito da qualidade da água na lagoa Rodrigo de Freitas é imprescindível uma vez que este ambiente é um local bastante utilizado para fins de lazer e turismo. Além de ser usada para lazer a lagoa Rodrigo de Freitas também é uma atração turística, Uma das variáveis ambientais que podem ser acompanhadas é a concentração de carbono orgânico volátil (COV). O objetivo deste projeto é avaliar as variações de COV em suas águas, assim como o seu fluxo entre a água e a atmosfera e sua possível regulação por fatores ambientais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Coordenador / ENRICH-PRAST, A. - Integrante / Beatriz Roma - Integrante / Camila Caetano - Integrante., Financiador(es): Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa.Número de orientações: 3

  • 2016 - Atual

    A Baía de Guanabara sob uma perspectiva ecologica de longa duração, Descrição: A presente proposta visa dar continuidade às pesquisas realizadas na Baia de Guanabara no âmbito do Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração. São conhecidos de longa data os problemas ambientais que este ecossistema vem sofrendo ao longo dos anos. Sabe-se, pelos estudos fragmentados da biota das ultimas décadas e pelos primeiros resultados obtidos pelo edital PELD anterior, que ocorrem alterações significativas da qualidade das suas águas e substratos, com perda de biodiversidade, aumento da eutrofisação, alterações das comunidades planctônicas e bentônicas, diminuição dos estoques pesqueiros. Uma resposta à pergunta ?o programa de despoluição da Baía de Guanabara poderá contribuir a uma melhoria desse ecossistema?? exige um monitoramento contínuo e de longo duração das suas variáveis bióticas e abióticas. A proposta tem como meta principal monitorar durante a próxima década o comportamento das variáveis chaves do ecossistema, suas comunidades planctônicas, bentônicas e nectônicas, sua biodiversidade, produção e capacidade de renovação e recuperação em decorrência do Programa de Despoluição. Os aspectos sócio-econômicos foram introduzidos na presente proposta visando o levantamento de indicadores socioeconômicos da baía e sua articulação com os conflitos socioambientais. Será ampliado, com isso, o acervo de dados e informações que está atualmente em fase de armazenamento em um banco de dados e metadados, com transferência para disponibilização publica no Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiB-Br) do MCTI. Paralelamente esses dados estão contribuindo para a elaboração de modelos ecológicos de simulação e previsão, fornecendo uma ferramenta objetiva aos órgãos responsáveis do meio ambiente para formular uma política eficaz de gerenciamento. O envolvimento de alunos de graduação e pós-graduação no projeto e a interação com os demais PELD aquáticos do Brasil estão dando uma abrangência nacional e acadêmica a esta proposta de continuidade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Humberto Marotta - Integrante / Jean Louis Valentin - Coordenador / Alex Enrich Prast - Integrante / Paulo Cesar Paiva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Fluxos das formas voláteis de carbono (CO2 e COV) na interface água-ar num gradiente latitudinal de temperatura e nutrientes no Atlântico Sul: Revelando fatores direcionadores das mudanças globais, Descrição: Tem sido cada vez mais reconhecido o papel das emissões de carbono no processo de efeito estufa. Além das formas gasosas inorgânicas como o CO2, compostos orgânicos voláteis (COV) também possuem elevado potencial para intensificar o aquecimento global. Estudos prévios tem evidenciado que estoques de C nas águas oceânicas podem ser ainda mais sensíveis aos efeitos das mudanças globais do que os ecossistemas terrestres, consequência de fatores físico-químicos que incrementam a evasão de CO2 pelo processo de acidificação uma vez que reduz a solubilidade deste gás no meio aquoso marinho. O Atlântico sul é uma região de muito dinamismo, onde as instabilidades causadas pela interação entre as águas quentes da corrente do Brasil com as águas frias da corrente das Malvinas resultam em características de mesoescala muito distintas. Seja através do transecto ou mais localmente na costa fluminense, as variações de temperatura e nutrientes nos permitirá avaliar as interferencias do aquecimento das águas e o grau de eutrofização sobre a regulação das concentrações de CO2 e COV e avaliar os seus possíveis impactos sobre os fluxos de carbono.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Rosemary Vieira - Integrante / Humberto Marotta - Coordenador / Letícia Cotrim da Cunha - Integrante / Rodrigo Coutinho Abuchacra - Integrante / Thais Baptista da Rocha - Integrante / Vinícius Perruzzi de Oliveira - Integrante., Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2

  • 2015 - 2018

    Produção de Metano e Dióxido de Carbono nos Sedimentos Aquáticos Costeiros em um Mundo mais Quente: Uma Abordagem Experimental entre as Regiões Tropical Fluminense e Subpolar Antártic, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Humberto Marotta Ribeiro em 26/09/2019., Descrição: O objetivo é analisar as taxas de sedimentação de C e o efeito do aquecimento experimental de diferentes cenários do IPCC sobre as taxas de produção anaeróbica de CO2 e CH4 nos sedimentos de baías e lagoas, comparando áreas tropicais quentes da costa fluminense com subpolares frias susceptíveis ao descongelamento pelo aquecimento na Antártica Marítima. Também se pretende avaliar os fluxos de C à atmosfera em ecossistemas aquáticos de diferentes temperaturas. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Marotta, H. - Coordenador / ENRICH-PRAST, A. - Integrante / Bastviken, David - Integrante / Rosemary Vieira - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Da Zona Costeira ao Oceano: Implementação de boas práticas na determinação do sistema CO2 marinho na plataforma continental brasileira, Descrição: Esta proposta envolve o estabelecimento de um programa de cooperação científica bilateral entre a equipe do LAGOM/LABOQUI (Laboratórios de Geoquímica Orgânica Marinha e Oceanografia Química) da Faculdade de Oceanografia (UERJ) e o Departamento de Oceanografia Química do Instituto Helmholtz de Pesquisa Oceanográfica (GEOMAR), na Alemanha. O projeto está inteiramente centrado na implementação de boas práticas para a determinação do sistema CO2 marinhos para o estudo da plataforma continental interna brasileira. O objetivo principal é capacitar pesquisadores brasileiros para operar sistemas autônomos de aquisição de dados de CO2 e adotar na UERJ todas as técnicas utilizadas internacionalmente para o sistema CO2 marinho. Por outro lado, pesquisadores alemães terão contato com ecossistemas marinhos tropicais, além de dividirem e aprimorarem a sua experiência sobre os fluxos de CO2 oceano ? atmosfera em regiões de plataforma tropical. Para estabelecer a cooperação bilateral, estão previstas atividades de intercâmbio acadêmico, através da visita de pesquisadores alemães à UERJ, e a participação da equipe do LAGOM/LABOQUI num workshop prático-teórico organizado pela equipe do GEOMAR em Kiel (incluído na proposta alemã enviada ao DFG concomitante a esta). Esta proposta integra pesquisadoras brasileiras com experiência em processos biológicos e químicos que controlam a dinâmica do carbono no oceano e os fluxos de CO2 e outros gases entre o oceano e a atmosfera, e o grupo do GEOMAR, altamente especializado em diferentes técnicas analíticas para o sistema CO2 marinho (discretas e contínuas). O principal resultado científico esperado é a capacitação de pessoal nos dois institutos para o estabelecimento de uma futura cooperação de longo prazo, visando a instalação de sistemas autônomos para CO2 em navios voluntários, cobrindo uma grande extensão da plataforma interna brasileira sob influência de grandes cidades, como o Rio de Janeiro até a região do Rio Amazonas e sua foz. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / Letica Cotrim da Cunha - Coordenador / Claudia Hamacher - Integrante / Cassia de Oliveira farias - Integrante / Gleyci A O Moser - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Cooperação.

  • 2013 - 2017

    Concentrações e fluxos de COV na Baía de Guanabara, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alex Enrich Prast em 08/02/2014., Descrição: Novas abordagens sobre o ciclo do Carbono. O presente projeto tem como objetivo avaliar as concentrações e os fluxos de carbono orgânico volátil entre água e atmosfera na Baía de Guanabara. Com os resultados obtidos, verificar os padrões de fluxo tanto num panorama temporal (ao longo de um ano) quanto espacial (em diferentes pontos da Baía), além de comparar áreas com maior influência oceânica e áreas de maior influência antropogênica. Baseando este projeto, contamos com a colaboração de vários pesquisadores que já possuem projetos em andamento, os quais nos fornece um bom conhecimento prévio das áreas e variações ambientais existentes nesta baía. A metodologia e temática proposta neste projeto fazem parte de uma discussão recente na literatura e até o momento muito pouco explorada. O que destaca os avanços das pesquisas realizadas no Estado do Rio de Janeiro e o pioneirismo de seus grupos de pesquisa sobre a temática de ciclagem de carbono.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Coordenador / Humberto Marotta - Integrante / Eliane Cristina da Silva - Integrante / Ricardo Pollery - Integrante.

  • 2010 - 2016

    Estrutura e funções do ecossistema da baia de Guanabara. Pesquisa Ecologica de Longa Duração, Descrição: O projeto tem como metas principais monitorar durante a próxima década o comportamento das variáveis chaves do ecossistema da Baia de Guanabara, suas comunidades planctônicas, bentônicas e nectônicas, sua biodiversidade, produção e capacidade de renovação e recuperação em decorrência do Programa de Despoluição. Uma metodologia moderna baseada em estudos in situ e experimentais será aplicada dando origem a um importante acervo de dados e informações. Esses dados darão subsídios para a elaboração de modelos ecológicos de simulação e previsão, fornecendo uma ferramenta objetiva aos órgãos responsáveis do meio ambiente para formular uma política eficaz de gerenciamento. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Integrante / Humberto Marotta - Integrante / Jean Valentin - Coordenador., Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2010 - 2014

    Expedición de circunnavegación Malaspina 2010: Cambio global y expploración de la biodiversidad del Océano Global, Descrição: Este proyecto desarrolará la campaa de circunnavegación Malaspina 2010 con los objetivos de (1) generar un inventario coherente y de alta resolución del impacto del cambio global en el ecosistema del océano y explorar su biodiversidad, particularmente en el océano profundo; (2) crear, a partir de la participación de una amplia representación de la comunidad cientifica oceanografica espaola, liderazgo y plataformas de cooperación en su seno, combatiendo así la fragmentación y la pérdida de relevancia que acoje a esta comunidad actualmente; (3) formar una nueva generación de jóvenes investigadores con una perspectiva global en el funcionamento de los ecosistemas marinos; (4) celebrar el 200 aniversario del nacimento de Charles Darwin (1809-2009 declarado Ao Internacional de la Biodiversidad) y de la muerte de Alejandro Malaspina (1810), que dirijó la primeira expedición cientifica espaola de circunnavegacion, y aumentar el conocimento de la sociedad sobre el papel que Espaa jugó en la exploración de los recursos del planeta; (5) informar a la sociedad de los aspectos precedentes, aumentando su conocimento sobre los impactos del cambio global sobre el océano y sobre las oprotunidades de descubrimientos importantes con la exploración de la biodiversidad del oceano profundo. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Integrante / Humberto Marotta - Integrante / Carlos M Duarte - Coordenador.

  • 2008 - 2011

    Avaliação do Potencial de Florestas de Mangue como Sequestradoras de Carbono, Descrição: Avaliar o papel de florestas de Mangue como sequestadoreas de carbono como potencial via de investimento da indústria de óleo e gás para minimizar as emissões de carbono causadas pela queima de combustíveis fósseis.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Coordenador / Santoro, A.L. - Integrante / Humberto Marotta - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Condições Limnológicas para Ocorrência de Aedes aegypti em Reservatórios Aquáticos Naturais Artificiais, Descrição: Verificar em quais condições limnológicas o A.aegypti se estabelece, utilizando fitotelmos, principalmente bromélias-tanque e recipientes artificiais como instrumentos de estudo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Coordenador / Luciene Valladares - Integrante / Marcelo Loretto - Integrante / Leandro de Souza - Integrante / Rodolpho Paranhos - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Mitigação dos Problemas Ecológicos da Lagoa Rodrigo de Freitas através de Estudos sobre o Metabolismo Aquático e da Conscientização dos Frequentadores da Lagoa., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alex Enrich Prast em 08/02/2014., Descrição: Analisar o metabolismo da LRF frente a eventos pluviométricos, alteração de marés e ação de ventos para identificar em que compartimento, coluna d água e/ou sedimento, ocorrem maior depleção de oxigênio. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Coordenador.

  • 2005 - 2005

    Lagoa Iriry : Diagnóstico Ecológico e Propostas Mitigadoras, Descrição: O objetivo deste projeto é realizar um diagnóstico sanitário e ecológico da Lagoa Iriry (Rio das Ostras/RJ) e caso suas condições não estejam satisfatórias, propor medidas mitigadoras para solucionar problemas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Luana Queiroz Pinho - Integrante / ENRICH-PRAST, A. - Coordenador., Financiador(es): Prefeitura do Município de Rio das Ostras - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2005

Painel - Metabolismo Aquático na coluna d'água de bromélia tanque, Sociedade Brasileira de Limnologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Oceanografia - Departamento de Química. , Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, Maracanã, 20550900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (021) 23340812

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - 2016

Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2015 - 2015

Ministério de Ciência, Tecnologia e Informação

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2015 - Atual

Ministério de Ciência, Tecnologia e Informação

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2015 - Atual

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Faculdade de Oceanografia Departamento de Oceanografia Química

Atividades

  • 02/2019

    Extensão universitária , Faculdade de Oceanografia, .,Atividade de extensão realizada, Oceano e Sociedade.

  • 07/2018

    Direção e administração, Faculdade de Oceanografia, .,Cargo ou função, Coordenação de Graduação.

  • 08/2019 - 12/2019

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geoquimica Marinha

  • 08/2019 - 12/2019

    Ensino, Pós Graduação em Oceanografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Oceano e Sociedade

  • 07/2019 - 08/2019

    Ensino, Pós Graduação em Oceanografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Topicos especiais - Práticas no ciclo do carbono

  • 02/2019 - 07/2019

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Qualidade de águas em estuários

  • 09/2018 - 01/2019

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geoquimica Marinha

  • 11/2018 - 12/2018

    Ensino, Pós Graduação em Oceanografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos Especiais em Oceanografia - Oceano e Sociedade

  • 03/2018 - 08/2018

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Qualidade de água em estuários

  • 06/2018 - 07/2018

    Ensino, Pós Graduação em Oceanografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos Especiais em OCeanografia - Práticas em Biogeoquímica do Carbono

  • 08/2017 - 01/2018

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geoquímica Marinha, Qualidade de água de Estuários

  • 08/2017 - 09/2017

    Ensino, Oceanografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos Especiais em Oceanografia: Oceano e Sociedade

  • 04/2017 - 07/2017

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geoquímica Marinha

  • 09/2016 - 12/2016

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Qualidade de água em estuários, Geoquímica Marinha

  • 08/2015 - 12/2015

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geoquímica Marinha, Análises Físico Químicas

  • 04/2015 - 07/2015

    Ensino, Oceanografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Qualidade das águas de estuários

2014 - 2015

Linköping University, LiU

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Post Doc, Carga horária: 40

2009 - 2010

Linköping University, LiU

Vínculo: estudante, Enquadramento Funcional: estudante

Outras informações:
Estagio de curta duração durante o doutorado

Atividades

  • 11/2009 - 01/2010

    Estágios , Departament of Thematic estudies - Environmental Changes, .,Estágio realizado, Estagio de curta duração durante o Mestrado.

2013 - 2014

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Post Doc, Carga horária: 40

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

2007 - 2009

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Mestrado, Enquadramento Funcional: Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

2006 - 2007

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Bolsista, Carga horária: 20

Outras informações:
Estagiária Bolsista no Laboratório de Biogeoquímica da UFRJ

2004 - 2005

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Bolsista, Carga horária: 20

Outras informações:
Estagiária no Laboratório de Limnologia da UFRJ

2001 - 2004

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Aluna de graduação, Enquadramento Funcional: Aluna de graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estágio de iniciação científica no Laboratório de Biogeoquímica, Departamento de Ecologia, Instituto de Biologia ? UFRJ. Orientador: Prof. Dr. Alex Enrich Prast.

Atividades

  • 12/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, UMMA - Unidade Multiusuário de Análises Ambientais, .,Cargo ou função, Membro Externo do Comitê Consultivo.

  • 03/2007

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biologia, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2010 - 07/2010

    Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tutoria na Disciplina Elementos de Ecologia IBE 121, ministrada para Biologia

  • 02/2010 - 07/2010

    Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tutoria na disciplina Ecologia Geral, ministrada para Engenharia Ambiental

  • 02/2007 - 07/2007

    Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tutoria na Disciplina Elementos de Ecologia IBE 121, ministrada para Biologia

  • 01/2006 - 03/2007

    Estágios , Lab Biogeoquímica, .,Estágio realizado, Estagio realizado no Inst. Biologia sob orientação do Prof Alex Enrich Prast.

  • 03/2003 - 12/2006

    Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Monitoria da Disciplina Elementos de Ecologia IBE 121, ministrada para Biologia

  • 06/2005 - 12/2005

    Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Monitoria na Disciplina Ecologia Geral IBE 122, ministrada para Engenharia Ambiental

  • 07/2004 - 12/2005

    Estágios , Laboratório de Limnologia, .,Estágio realizado, Estagio realizado no Lab de Limnologia, Inst. Biologia.

  • 01/2005

    Extensão universitária , Instituto de Biologia, .,Atividade de extensão realizada, Bio na Rua.

  • 01/2005

    Extensão universitária , Instituto de Biologia, .,Atividade de extensão realizada, Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na UFRJ.

  • 01/2004

    Extensão universitária , Instituto de Biologia, .,Atividade de extensão realizada, XXV Encontro Nacional de Estudantes de Biologia.

2011 - 2012

Mediterranean Institute for Advanced Studies

Vínculo: Doutorado Sanduiche, Enquadramento Funcional: Doutorado Sanduiche

2008 - 2008

Mediterranean Institute for Advanced Studies

Vínculo: Estágio de Curta duração, Enquadramento Funcional: Estágio de curta duração

2009 - 2013

Amercan Sciety of Limnology and Oceanography

Vínculo: Membro do Comite Geral, Enquadramento Funcional: Representante dos Estudantes

Atividades

  • 06/2009 - 02/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, American Society of Limnology and Oceanographer, .,Cargo ou função, Membro do Comitê de Diversidade.

2011 - 2012

Consejo Superior de Investigaciones Científicas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Doutorada sanduiche, Carga horária: 40

2009 - 2010

Uppsala University

Vínculo: Mestrado Sanduiche, Enquadramento Funcional: Mestrado Sanduiche

2008 - 2008

Uppsala University

Vínculo: Estágio de Curta duração, Enquadramento Funcional: Estágio de curta duração

2011 - 2011

Pontificia Universidad Javeriana - Cali

Vínculo: Professora Convidada, Enquadramento Funcional: Professora Convidada

Outras informações:
Professora convidada para ministrar parte da disciplina Ecohidrologia e Ecohidráulica da pós graduação do Instituto Geofísico

2011 - 2011

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Professora convidada, Enquadramento Funcional: Professora Convidada

Outras informações:
Participação na disciplina Processos Ecológicos em Zonas Ripárias

2005 - 2005

Sociedade brasileira de Ensino em Biologia

Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitora

Outras informações:
Monitora do I Encontro Nacional de Ensino de Biologia / III Encontro Regional de Ensino de Biologia da Regional RJ/ES.

2002 - 2002

Fundação Oswaldo Cruz

Vínculo: estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária

Outras informações:
Estágio de cultura de células glias mistas do sistema nervoso, Departamento de Ultra-Estrutura e Biologia Celular, Instituto Oswaldo Cruz ? FIOCRUZ. Orientador: Prof. Dr. Wagner Baetas.