Leon Frederico Kaminski

Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense. Possui graduação e mestrado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto e graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realizou pesquisas nas áreas de História do Brasil Republicano, História Cultural, História Contemporânea, História Oral e História da Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura e política nos anos 1960-1970. Possui experiência docente na educação básica e no ensino superior. É professor da Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Campanha.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História

2014 - 2018

Universidade Federal Fluminense
Título: A revolução das mochilas: contracultura e viagens no Brasil ditatorial
Samantha Viz Quadrat. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em História

2010 - 2012

Universidade Federal de Ouro Preto
Título: Por Entre a Neblina: o Festival de Inverno de Ouro Preto (1967-1979) e a experiência histórica dos anos setenta,Ano de Obtenção: 2012
Mateus Henrique de Faria Pereira.Palavras-chave: contracultura; ditadura militar; vanguarda; circulação cultural; festival.

Graduação em História

2006 - 2012

Universidade Federal de Ouro Preto
Título: O Legado de Caim: o Living Theatre em Ouro Preto (1970-1971)
Orientador: Mateus Henrique Pereira

Graduação em Educação Física

2000 - 2005

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Histórias do Movimento Estudantil de Educação Física no Rio Grande do Sul (1956-1964)
Orientador: Silvana Vilodre Goellner

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Extensão universitária em Contracultura: modos de invenção, modos de uso. (Carga horária: 60h). , Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, CMAHO, Brasil.

2013 - 2013

Realização em Curta. (Carga horária: 30h). , Universo Produção - Cine OP, CINE OP, Brasil.

2012 - 2012

Bricolagem da memória: fontes orais e visuais. (Carga horária: 6h). , Associação Brasileira de História Oral, ABHO, Brasil.

2012 - 2012

Roteiro. (Carga horária: 12h). , Universo Produção - Cine OP, CINE OP, Brasil.

2012 - 2012

Subjetividade Objetiva: o documentário de criação. (Carga horária: 14h). , Universo Produção - Mostra de Cinema de Tiradentes, M. C. TIRADENTES, Brasil.

2011 - 2011

Lengua y Cultura Española. (Carga horária: 45h). , Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.

2010 - 2010

História do Cinema Brasileiro na década de 1930. (Carga horária: 10h). , Universo Produção - Cine OP, CINE OP, Brasil.

2010 - 2010

Revisitando a Contracultura no Brasil - ECS736. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2009 - 2009

História do Cinema Brasileiro na década de 1970. (Carga horária: 7h). , Universo Produção - Cine OP, CINE OP, Brasil.

2009 - 2009

Brasil, 1964-1988: cultura, mídia e política. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2008 - 2008

História Oral, Intertextualidade e Empoderamento. (Carga horária: 6h). , Associação Brasileira de História Oral, ABHO, Brasil.

2002 - 2002

Extensão universitária em Atividade Física e Trauma em Crianças em Idades Es. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

2002 - 2002

Basquete de Alto Nível. (Carga horária: 21h). , Grêmio Nautico União, GNU, Brasil.

2002 - 2002

Organização Social para a transformação e a EF. (Carga horária: 30h). , Executiva Nacional de Estudantes de Educação Física, EXNEEF, Brasil.

2002 - 2002

GF. Metodologia do treinamento de basquete. (Carga horária: 15h). , Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.

2001 - 2001

Extensão universitária em Iniação à Vela. (Carga horária: 90h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea/Especialidade: História do Tempo Presente.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea/Especialidade: História Oral.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: História da Educação Física.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

KAMINSKI, L. F. ; MELATI, F. ; BRASIL, E. ; RIBEIRO, A. P. . III Semana Acadêmica da Educação Física. 2003. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXX Simpósio Nacional de História.Longe daqui aqui mesmo: ditadura, exílio e teatro contracultural no Brasil. 2019. (Simpósio).

18th IUAES World Congress. Counterculture travel practices and transformations: space and gender in a historical-anthropological perspective. 2018. (Congresso).

Jornada 50 Anos de Maio de 68.1968 na historiografia - o nacional, o global e o transnacional. 2018. (Outra).

XIV Encontro Estadual de História.Contracultura e repressão no Brasil: as prisões de hippies no início dos anos 1970. 2018. (Encontro).

II Colóquio Internacional sobre Violência Política no Século XX.Contracultura e repressão no Brasil: as prisões de hippies no início dos anos 1970. 2017. (Outra).

I Colóquio Internacional Movimentos, Trânsitos e Memórias.?I walk down Portobello road... I?m alive?: a comunidade de exílio brasileira em Londres (1968-1972). 2016. (Outra).

XVII Encontro de História da Anpuh-Rio. 2016. (Encontro).

XX Encontro Regional de História da Anpuh-MG. 2016. (Encontro).

Palestra para alunos e professores visitantes da Escuela de Arquitectura y Diseo (Valparaíso, Chile).Ouro Preto dos artistas e dos poetas. 2015. (Outra).

Semana da Anistia.O fim do esquecimento - comentários sobre o filme. 2015. (Outra).

XXVIII Simpósio Nacional de História.Nas páginas do underground: a imprensa alternativa como fonte para o estudo da prática da viagem entre os jovens na década de 1970. 2015. (Simpósio).

IX Semana de História Política/VI Seminário Nacional de História Política, Cultura e Sociedade.Hippies vindos de Moscou: anticomunismo e repressão a práticas contraculturais no Brasil ditatorial. 2014. (Seminário).

Seminário NEC 20 anos.Na estrada: a prática da viagem entre os beatniks norte-americanos e jovens europeus do pós-guerra e a contracultura das décadas de 1960 e 1970. 2014. (Seminário).

X Jornada de Historia.Por ruas e estradas, corcel 73: juventude, cultura e política no Brasil dos anos 70. 2014. (Outra).

9 Encontro Nacional de História da Mídia.A aldeia global e a contracultura: os meios tradicionais e alternativos de comunicação e a experiência histórica dos anos sessenta e setenta. 2013. (Encontro).

II Encontro de Pesquisa em História da UFMG.Brigada do Vício: o imaginário anticomunista e o combate às drogas pelo DOPS mineiro. 2013. (Encontro).

VI Simpósio Nacional de História Cultural.O "Festival do Inferno": desbunde e repressão em Ouro Preto na década de 1970. 2012. (Seminário).

XI Encontro Nacional de História Oral.O Legado de Caim: contracultura, repressão e as memórias da passagem do Living Theatre por Ouro Preto (1971). 2012. (Encontro).

IV Simpósio Nacional de História da Historiografia.Usos e abusos do termo contracultura: problematizando o conceito/categoria. 2010. (Simpósio).

V Simpósio Nacional de História Cultural.?Jogue sua vida na estrada como quem abriu o seu coração?: a temática da ?viagem? na canção contracultural brasileira dos anos 1960-1970. 2010. (Simpósio).

X Encontro Nacional de História Oral.A Prata do Leite: identifdade e trabalho artesanal em Ouro Preto (MG). 2010. (Encontro).

XIV Encontro Nacional dos Estudantes de Artes.Arte e Contracultura nos anos 1960 e 1970 no Brasil. 2010. (Encontro).

Congresso Internacional de Educação: Neurociências, Aprendizagem e Formação do Professor. 2009. (Congresso).

III Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história?.Interpretações sobre a contracultura: questões espaço-temporais. 2009. (Seminário).

VIII Encontro Regional Sudeste de História Oral.História oral e bioética, uma relação inusitada: a resolução 196/96 do Ministério da Saúde e sua aplicabilidade à história oral. 2009. (Encontro).

Fórum das Letras. 2008. (Outra).

II Seminário Nacional de História da Historiografia.Arte e Pluralidade: uma análise da produação acadêmica brasileira sobre a contracultura. 2008. (Seminário).

I Seminário de Prática de Pesquisa Histórica: Fontes e Aborgagens. 2008. (Oficina).

IX Encontro Nacional de História Oral.Artesanato e Memória: a formação de uma comunidade alternativa em Ouro Preto. 2008. (Encontro).

VII Festival Tudo é Jazz (Oficina: Jazz e Cinema). 2008. (Oficina).

V Seminário do CEMEF e II Encontro do GTT Memórias do CBCE (Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte).Estudantes versus Gaelzer: tensões e reivindicações na Escola Superior de Educação Física do Rio Grande do Sul (1958). 2008. (Seminário).

XVI Enconto Regional de História.Artesanato e Contracultura: alternativas do tempo e do espaço. 2008. (Encontro).

XVI Seminário de Iniciação Científica da UFOP.História Oral e Ética: incompatibilidades teórico-metodlógicas no conteúdo da resolução 196-96 do Ministério da Saúde. 2008. (Seminário).

História e Cultura Africana (Workshop). 2007. (Oficina).

I Seminário Nacional de História da Historiografia. 2007. (Seminário).

I Simpósio Impérios e Lugares no Brasil. 2007. (Simpósio).

Semana de Recepção aos novos estudantes de História e Letras 2007/1.A reforma universitária e o movimento estudantil. 2007. (Outra).

VII Encontro Regional Sudeste de História Oral.A trajetória de Salin: memória, artesanato e comunidade alternativa. 2007. (Encontro).

X Bienal de Arte, Ciência e Cultura da UNE. 2007. (Outra).

XXIV Simpósio Nacional de História. 2007. (Simpósio).

IV Bienal de Arte e Cultura da UNE. 2005. (Outra).

VI Jornada de História Cultural - Anpuh/RS. 2005. (Outra).

XVII Salão de Iniciação Científicada UFRGS.Histórias do movimento estudantil de educação física no Rio Grande do Sul (1956-1964). 2005. (Outra).

XXVI Encontro Nacional de Estudantes de Educação Física.O movimento estudantil na escola Superior de Educação Física do Rio Grande do Sul (1956-1964). 2005. (Encontro).

II Seminário de Teoria da História. 2004. (Seminário).

XVI Salão de Iniciação Científicada UFRGS.DAEFI e UNEEF: histórias do movimento estudantil de educação física no Rio Grande do Sul (1965-1964). 2004. (Outra).

XXV Encontro Nacional de Estudantes de Educação Física.Histórias do movimento estudantil de Educação Física no RS (1956-1964). 2004. (Encontro).

III Semana Acadêmica da Educação Física - ESEF/UFRGS.Perspectivas para o novo currículo de Educação Física. 2003. (Outra).

III Semana Acadêmica da Educação Física - ESEF/UFRGS.ME: sua importância para a formação profissional. 2003. (Outra).

Conselho Nacional de Entidades de Educação Física. 2002. (Outra).

VIII Encontro regional de Estudantes de Educação Física. 2002. (Encontro).

VII Encontro regional de estudantes de Educação Física. 2001. (Encontro).

VII Encontro Regional de Estudantes de Educação Física.Agressividade. 2001. (Encontro).

A psicologia da esporte - palestra. 2000. (Outra).

XII Salão de Iniciação Cientifica UFRGS.Sessão especial de Apresentação de Trabalhos. 2000. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mateus Henrique de Faria Pereira

MOTTA, R. P. S.; FLECHET, A.; QUELER, J.;Mateus Pereira. POR ENTRE A NEBLINA: O FESTIVAL DE INVERNO DE OURO PRETO (1967-1979) E A EXPERIÊNCIA HISTÓRICA DOS ANOS SETENTA. 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Mateus Henrique de Faria Pereira

VANNUCCI, A.; TERTO, C.;Mateus Pereira. O legado de Caim: o Living Theatre em Ouro Preto. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Maria Paula Nascimento Araujo

NAPOLITANO, M.; QUADRAT, S. V.; VANNCUCCI, A.; GUIMARAES, V. L.;ARAUJO, M. P. N.. A revolução das mochilas: contracultura e viagens no Brasil ditatorial. 2018. Tese (Doutorado em DOUTORADO EM HISTÓRIA) - Universidade Federal Fluminense.

Jefferson José Queler

FARIA, M. H. P.; MOTTA, R. P. S.;QUELER, Jefferson J.. Por entre a neblina: o festival de inverno de Ouro Preto (1967-1979) e a experiência histórica dos anos setenta. 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Valeria Lima Guimaraes

NAPOLITANO, M.; ARAUJO, M. P. N.;GUIMARAES, V. L.; Vanucci, A.; Quadrat, S.V.. A revolução das mochilas: contracultura e viagens no Brasil ditatorial. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal Fluminense.

Valeria Lima Guimaraes

Quadrat, S.V.; Vanucci, A.;GUIMARAES, V. L.. A revolução das mochilas: contracultura e viagem no Brasil do AI-5. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal Fluminense.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Márcio Alexandre dos Santos Machado

Música e representações no Grunge; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais; (Orientador);

Matheus Barbosa Martins

Os ciganos na região de sul de Minas Gerais; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais; (Orientador);

Flávio Henrique Costa Costanti

Diferentes censuras entre o Estado Novo e o Golpe de 1964; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais; (Orientador);

Juliano Borges Fonseca

A imagem do diabo no heavy metal; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais; (Orientador);

Andreza de Souza Silva

Histórias da MOSCA - Mostra de Cinema de Cambuquira (MG); Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Minas Gerais; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mateus Henrique de Faria Pereira

POR ENTRE A NEBLINA: O FESTIVAL DE INVERNO DE OURO PRETO (1967-1979) E A EXPERIÊNCIA HISTÓRICA DOS ANOS SETENTA; 2012; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto,; Orientador: Mateus Henrique de Faria Pereira;

Mateus Henrique de Faria Pereira

O legado de Caim: o Living Theatre em Ouro Preto; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Mateus Henrique de Faria Pereira;

Helena Miranda Mollo

No rastro da memória: alternativas o tempo e contracultura; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Helena Miranda Mollo;

Samantha Viz Quadrat

A revolução de mochilas: contracultura e viagem no Brasil do AI-5; 2018; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense,; Orientador: Samantha Viz Quadrat;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • KAMINSKI, Leon ; VIEIRA, Danusa . Rosa dos ventos no peito: mulheres, viagens e contracultura. REVISTA EQUATORIAL - REVISTA DOS ALUNOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL , v. 7, p. 1-29, 2020.

  • KAMINSKI, L. F. . -O movimento hippie nasceu em Moscou-: imaginário anticomunista, contracultura e repressão no Brasil dos anos 1970. Revista Antíteses , v. 9, p. 437, 2017.

  • KAMINSKI, L. F. . Teatro, liberdade e repressão nos Festivais de Inverno de Ouro Preto, 1967-1979. Varia Historia (UFMG. Impresso) , v. 32, p. 327-355, 2016.

  • KAMINSKI, L. F. ; GOELLNER, S. V. . Corpo discente em movimento: reivindicaÃÃes estudantis na Escola Superior de EducaÃÃo FÃsica do Rio Grande do Sul (1957-1964). Motriz : Revista de Educação Física (Online) , p. 984-994, 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

KAMINSKI, L. F. . Parecerista Ad Hoc - Revista Cantereira. 2017.

KAMINSKI, L. F. . Parecerista Ad Hoc - Revista Cadernos de História. 2012.

KAMINSKI, L. F. . Novos olhares sobre a repressão no Brasil ditatorial (VIII EPHIS-UFMG). 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

KAMINSKI, L. F. . Repressão no Brasil ditatorial: outros sujeitos, novos olhares (XXX Simpósio Nacional de História). 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

KAMINSKI, Leon . Repressão no Brasil Ditatorial: outros sujeitos, novos olhares (XVIII Semana de História da UFSJ). 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

KAMINSKI, Leon . Contracultura no Brasil: história e historiografia (XX Encontro Regional de História da ANPUH-MG). 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

KAMINSKI, L. F. . Arte e Contracultura nos anos 1960 e 1970 no Brasil (XIV Encontro Nacional dos Estudantes de Artes). 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Drogas, ditadura e repressão: anticomunismo e combate aos entorpecentes no Brasil, Descrição: A repressão consiste em um dos temas recorrentes nos estudos sobre o período ditatorial no Brasil e sobre ela foi produzida uma vasta e importante bibliografia. A repressão política exercida pelo regime, contudo, não se restringiu às esquerdas tradicionais, à militância institucional, a organizações armadas clandestinas, a jornalistas e artistas engajados. Tanto estudos recentes quanto os relatórios das Comissões da Verdade (nacional, estaduais, institucionais...) demonstram que a violência estatal e as violações dos direitos humanos protagonizadas pela ditadura atingiram diferentes setores da sociedade, como os povos indígenas, a população negra da periferia, homossexuais e parte da juventude ligadas a movimentos e práticas contraculturais). Violências permeadas por interesses econômicos, racismos estruturais e ideais moralistas e conservadores, mas também pelo imaginário anticomunista, que permitia construir esses grupos como inimigos internos a serem combatidos e, se possível, eliminados. Partindo deste quadro, o estudo proposto tem como problema principal investigar os processos de implementação de políticas de combate aos entorpecentes, seja através da estruturação de um aparato repressor especializado, de mudanças na legislação ou de ações no campo educacional, e sua relação com a emergência do discurso anticomunista contra as drogas no contexto ditatorial brasileiro. Sem perder de vista aspectos transnacionais, averiguar o quanto essas políticas estiveram vinculadas às ações norte-americanas nesse tema, em meio à Guerra Fria, e sua presença na América Latina.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leon Frederico Kaminski - Coordenador., Número de produções C, T & A: 3

  • 2014 - 2018

    A Revolução das Mochilas: viagens e contracultura no Brasil ditatorial, Descrição: No Brasil ditatorial, marcado pela repressão em diferentes âmbitos e representada de forma recorrente através da metáfora do ?sufoco?, as viagens foram incorporadas por uma parte da juventude como uma forma de resistência, na esfera do cotidiano, ao sistema e ao regime militar. A estrada era vista e vivida como um espaço de liberdade. O projeto de pesquisa procura investigar o que chamamos de estilo de viagem contracultural, com seus elementos e características específicos, tal qual itinerários, discursos, rituais, métodos e formas de ver, diretamente relacionados ao imaginário da contracultura e às práticas de automarginalização, bem como o forte vínculo identitário decorrente deste processo. Procura-se demonstrar como o deslocamento territorial realizado por viajantes através do país, atuando como mediadores, proporcionou a circulação do imaginário da contracultura para além das capitais e a apropriação da mesma por setores da juventude que não faziam parte da classe média dos grandes centros urbanos. A pesquisa dialoga com uma historiografia que procura compreender de forma mais ampla as complexas relações entre sociedade e a ditadura militar. Para tal, este estudo explora uma gama variada de fontes e investiga as viagens como prática cultural, de como era realizada e vivida a experiência naquele contexto histórico, nacional e internacional, assim como seu papel na circulação do imaginário e das expressões socioculturais da contracultura, revelando seu caráter subversivo e transformador, em uma perspectiva libertadora. (Projeto de pesquisa desenvolvido durante o Doutorado, sob orientação da professora Samantha Viz Quadrat.). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Leon Frederico Kaminski - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa., Número de produções C, T & A: 24

  • 2010 - 2012

    Por entre a Neblina: os Festivais de Inverno de Ouro Preto e a experiência histórica dos anos 1970, Descrição: O Festival de Inverno de Ouro Preto (MG), promovido anualmente, nos meses de julho, entre 1967 e 1979, foi uma experiência singular na vida cultural brasileira, mas, ao mesmo tempo, relacionada diretamente a diferentes transformações culturais e políticas que ocorriam naqueles anos. Promovido pela UFMG, tornou-se uma das maiores experiências de extensão universitária do país e estava diretamente ligada ao processo de modernização promovido pela reforma universitária de 1968. Atraía à cidade histórica, anualmente, centenas de cursistas, professores e artistas, além de milhares de visitantes. Paralela às atividades oficiais do evento, havia uma intensa movimentação, na qual se destacava a vida noturna e as manifestações da crítica aos costumes, como a liberdade sexual e o uso de substâncias alteradoras de consciência. O que provocou a reação dos setores mais conservadores da cidade e a repressão do Estado. Neste trabalho, analisamos algumas das transformações culturais e políticas que ocorreram nas décadas de 1960 e 1970, assim como as experiências históricas oriundas dessas mudanças e suas relações com os Festivais de Inverno de Ouro Preto. A partir dessas transformações e experiências procuramos analisar o cotidiano destes Festivais nas suas diferentes esferas e identificar os processos de circulação cultural, assim como os conflitos e as tensões presentes na cidade durante a realização do evento. (Projeto de pesquisa desenvolvido durante o curso de Mestrado, sob a orientação do professor Mateus Henrique Pereira.). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Leon Frederico Kaminski - Coordenador., Número de produções C, T & A: 11

  • 2008 - 2009

    No Rastro da Memória: Alternativas do tempo e contracultura, Descrição: Determinadas coletividades, em momentos específicos, promovem experiências de retirar-se de um tempo e de um espaço experienciados pela sociedade em que estão inseridos e organizam uma outra forma de experiência do tempo e do espaço. Assim podem ser caracterizadas as chamadas ?comunidades alternativas?, que, a partir da década de 1960, promoveram determinados cortes na experiência do tempo. Neste trabalho, tivemos como objetivos realizar leituras que organizassem a contracultura na perspectiva de uma experiência de tempo específica, analisar em uma perspectiva interdisciplinar a contracultura, assim como, a formação de formas de vida comunitária alternativa no distrito ouro-pretano de Santo Antônio do Leite e o papel desempenhado pelo artesanato em sua manutenção e desenvolvimento, assim como, as relações sociais, econômicas e culturais entre a comunidade tradicional da localidade e os hippies/artesãos que passaram a morar e frequentar a região. Através da análise e discussão das entrevistas, podemos perceber que a produção artesanal, além de ter tornado-se importante fonte de trabalho e renda na localidade, foi ponto de convergência entre diversas culturas e espaço de experienciações de diferentes temporalidades tanto dos hippies/artesãos que buscavam vivenciar formas pré-industriais de tempo quanto para a os artesãos locais, formados no ofício pelos que vinham de fora do distrito, que procuram introduzir técnicas mais modernas em seus trabalhos, vivenciando, assim, uma outra temporalidade. Consideramos que o artesanato em prata de Santo Antônio do Leite é resultado de vários processos de hibridação cultural ocorridos em diferentes momentos e resultado das vivências temporais de seus produtores. (Projeto de Iniciação Científica orientado pela professora Helena Mollo - Bolsa PIVIC/UFOP). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Leon Frederico Kaminski - Integrante / Helena Miranda Mollo - Coordenador., Número de produções C, T & A: 23

  • 2004 - 2005

    Garimpando memórias: esporte. educação física, lazer e dança em Porto Alegre, Descrição: Integrando as atividades desenvolvidas pelo Centro de Memória do Esporte da Escola de Educação Física, cuja principal função é recuperar, preservar e divulgar memórias referentes às práticas corporais e esportivas gaúchas e brasileiras, este projeto apresenta os seguintes objetivos: - Recuperar histórias referentes ao esporte, ao lazer, à dança e à educação física na cidade de Porto Alegre através depoimentos de pessoas cuja memória nos auxilia reconstruir o passado permitindo, então, melhor compreender o presente. - Organizar um acervo de história oral sobre os primórdios do esporte, do lazer, da dança e da educação física em Porto Alegre para disponibilizá-lo à consulta in loco e via recursos computacionais (e-mail e home-page); - Organizar um acervo visual através da gravação e posterior catalogação das entrevistas que serão realizadas em vídeo cassete para diponibilizá-la à consulta; - Reunir um banco de dados referente a temas relacionados com os primórdios das práticas corporais e esportivas na cidade de Porto Alegre servindo como fontes para pesquisas que abordam esses assuntos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (4) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Leon Frederico Kaminski - Integrante / silvana Vilodre goellner - Coordenador / Daniel Brauner - Integrante / Johanna Coelho von Muhlen - Integrante / Karine Dalsin - Integrante / Luanda dos Santos Dutra - Integrante / Bárbara Calza - Integrante / Giovani Felipe Ernst Filho - Integrante / Anna Maurmann - Integrante / amile Saldanha de Barros Bueno Romero - Integrante / Thais Almeida - Integrante / Jorge Alba - Integrante / André Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro / Ministério do Esportes - Auxílio financeiro / Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa., Número de produções C, T & A: 8

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG - Unidade Campanha. , Praça Dom Ferrão, 167, Centro, 37400000 - Campanha, MG - Brasil, Telefone: (35) 32612020

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2020 - Atual

Universidade do Estado de Minas Gerais

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40

Atividades

  • 03/2020

    Pesquisa e desenvolvimento , UEMG - Unidade Campanha, .,Linhas de pesquisa

  • 03/2020

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil Pós-1964, Introdução aos Estudos Históricos, Historiografia Brasileira, Metodologia Científica

2019 - 2020

Universidade Federal de São João Del-Rei

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Atividades

  • 07/2019 - 12/2019

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cultura e Política no Brasil, 1960-1980, História do Brasil IV

  • 02/2019 - 07/2019

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Contemporânea II, História da América III, História da África

2015 - 2018

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando

2017 - 2017

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio docência

Atividades

  • 03/2014 - 03/2018

    Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2017 - 09/2017

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Contracultura no Brasil: aspectos históricos e historiográficos (GTH00554 - Seminário Cultura e Mentalidades III)

2013 - 2013

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 4

2007 - 2009

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: graduando, Carga horária: 12

Atividades

  • 03/2013 - 08/2013

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Introdução à História Econômica do Brasil (HIS177)

  • 01/2007 - 12/2012

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, .,Linhas de pesquisa

  • 05/2007 - 03/2008

    Extensão universitária , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Letras.,Atividade de extensão realizada, Projeto "Sarau Itinerante".

2007 - Atual

Prefeitura Municipal de Ouro Preto

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 22

2001 - 2005

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Vínculo: aluno graduação, Enquadramento Funcional: bolsista

Atividades

  • 03/2004 - 06/2005

    Pesquisa e desenvolvimento , Escola Superior de Educação Física, .,Linhas de pesquisa

  • 04/2004 - 08/2004

    Estágios , Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .,Estágio realizado, Bolsista SAE - Comissão de Graduação.

  • 01/2002 - 12/2002

    Extensão universitária , Escola Superior de Educação Física, .,Atividade de extensão realizada, Projeto "Basquete: oportunizando a sua prática V".

  • 03/2001 - 12/2001

    Extensão universitária , Escola Superior de Educação Física, .,Atividade de extensão realizada, Projeto "Basquete: oportunizando sua prática IV".

2004 - 2004

Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 12

2003 - 2003

Serviço Social do Transporte

Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 20