Maryane Dias Araujo da Silva

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Pelotas (2018). Participou de projetos de pesquisa como Bolsista de Iniciação Científica PROBIC/FAPERGS e projetos de extensão como Bolsista de Extensão em Clínica Médica de Pequenos Animais, com ênfase no atendimento a pequenos animais de comunidades em vulnerabilidade social. Foi bolsista de Graduação Sanduíche pela CAPES, através do programa Ciência sem Fronteiras, na University of Kentucky - EUA (2015). Atualmente é Pós Graduanda em Clínica Médica e Cirúrgica pelo Instituto Qualittas.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Medicina Veterinária

2011 - 2018

Universidade Federal de Pelotas
Orientador: Marlete Brum Cleff
com Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Sistema COC de Educação e Comunicação

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Plantonista Veterinário Abordagem Clínica e Cirúrgica do Paciente Politraum. (Carga horária: 3h). , Associação Brasileira de Veterinários Especialistas, ABVET, Brasil.

2017 - 2017

Curso de Interpretação do Hemograma Completo. (Carga horária: 7h). , Instituto Qualittas, QUALITTAS, Brasil.

2016 - 2016

Curso de Baleias e Golfinhos. (Carga horária: 15h). , IO Júnior ? Consultoria e Educação Ambiental, IO JÚNIOR, Brasil.

2016 - 2016

Minicurso de Manejo e Enriquecimento Ambiental de Pequenos Recintos. (Carga horária: 4h). , Clínica Veterinária Toca Dos Bichos, TOCA DOS BICHOS, Brasil.

2016 - 2016

Minicurso de Medicina avançada de animais marinhos. (Carga horária: 8h). , Associação Brasileira de Veterinarios de Animais Selvagens, ABRAVAS, Brasil.

2015 - 2015

Planeta Azul: Introdução a Oceanografia. , University of Kentucky, UK, Estados Unidos.

2015 - 2015

Biologia dos Animais Domésticos. , University of Kentucky, UK, Estados Unidos.

2015 - 2015

Ideias Básicas sobre Biologia. , University of Kentucky, UK, Estados Unidos.

2015 - 2015

Biologia da Conservação. , University of Kentucky, UK, Estados Unidos.

2015 - 2015

Introdução a Conservação de Animais Silvestres. , University of Kentucky, UK, Estados Unidos.

2014 - 2014

Curso de Inglês ? Center for English as a Second Language. (Carga horária: 340h). , University of Kentucky, UK, Estados Unidos.

2013 - 2013

Medicina Veterinária de Animais Selvagens -Teórico. (Carga horária: 16h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso MEDVEP de Especialidades Veterinárias. 2017. (Congresso).

II Congresso Internacional de Medicina Veterinária Legal. 2017. (Congresso).

I Ciclo de Palestras Clínica Toca dos Bichos. 2016. (Outra).

VI Encontro Anual do GEAS Brasil. 2016. (Encontro).

XIX Congresso e o XXV Encontro da ABRAVAS. 2016. (Congresso).

: XI Jornada Paulista de Plantas Medicinais I Encontro Paulista dos Estudantes de Farmácia.Uso da infusão de Bauhinia forficata no tratamento de ferida em bovino. 2013. (Simpósio).

1º Ciclo de Palestras em Nutrição de Cães e Gatos. 2013. (Outra).

XII Mostra da Produção Universitária. Ação antifúngica do óleo essencial de Origanum majorana em leveduras isoladas de otite externa canina.. 2013. (Congresso).

XI Jornada Paulista de Plantas Medicinais I Encontro Paulista dos Estudantes de Farmácia. Resgate do uso de plantas medicinais. 2013. (Congresso).

XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. Avaliação do potencial de irritação/corrosão cutânea do óleo essencial de Origanum majorana. 2013. (Congresso).

II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP. Principais zoonoses diagnosticadas em pequenos animais provenientes de comunidades em vulnerabilidade social. 2012. (Congresso).

Simpósio de Bovinocultura de Leite da Região Sul. 2012. (Simpósio).

XI Mostra da Produção Universitária.ENFERMIDADES COM POTENCIAL ZOONÓTICO EM PEQUENOS ANIMAIS ATENDIDOS NO AMBULATÓRIO VETERINÁRIO, PELOTAS/RS. 2012. (Outra).

XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. SENSIBILIDADE DE ISOLADOS CLÍNICOS DE Malassezia pachydermatis AO ÓLEO ESSENCIAL DE Origanum vulgare. 2012. (Congresso).

5º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. MEDICINA VETERINÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE HUMANA E ANIMAL:DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES EM COMUNIDADES CARENTES COMO ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO DA DESIGUALDADE SOCIAL. 2011. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marlete Brum Cleff

Cleff, M.B.MEINERZ, A.R.M.; CAVALCANTI, G.. Estagio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Marlete Brum Cleff

Potencial antifúngico e toxicidade dos óleos essenciais de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Marlete Brum Cleff

Potencial antifúngico e toxicidade dos óleos essenciais de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Marlete Brum Cleff

Aluno Participante do Programa Ciências Sem Fronteiras; 2015; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Marlete Brum Cleff

Bolsista de Extensão; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Priscylla Tatiana Chalfun Guimaraes-Okamoto

Estágio curricular; 2017; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Unesp-Faculdade de Medicina Veterinaria e Zootecnia - Botucatu; Orientador: Priscylla Tatiana Chalfun Guimaraes Okamoto;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ROSA JUNIOR, A. S. ; ARAUJO, M. D ; ANANA, D. C. ; BATISTA, M. S. ; ACOSTA, G. S. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, C. C. ; ATHAIDE, C. ; STELMAKE, L. L ; CLEFF, M. B. . Medicina Veterinária na promoção da saúde humana e animal: Desenvolvimento de ações em comunidades carentes como estratégias de enfrentamento da desigualdade social.. In: 30º Simpósio de Extensão Universitária da Região Sul - SEURS, 2012, Rio Grande - RS. anais do 30º Simpósio de Extensão Universitária da Região Sul - SEURS, 2012, 2012.

  • MORAES, T. B. ; SILVA, M. D. A. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; FARIA, R. O. ; CLEFF, M. B. . Sporothix brasiliensis como agente de esporotricose em canino. In: XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, Pelotas - RS. Anais do XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • GIORDANI, C. ; SANTIN, R. ; SILVA, M. D. A. ; ANANA, D. C. ; CLEFF, M. B. . Plantas tóxicas para pequenos animais encontradas na comunidade Ceval, Pelotas-RS. In: XIV Encontro de Pós-Graduação, 2012, Pelotas- RS. Anais do XIV Encontro de Pós-Graduação - UFPel, 2012.

  • ROSA JUNIOR, A. S. ; ANANA, D. C. ; GUTERRES, K. A. ; STELMAKE, L. L ; BATISTA, M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; ACOSTA, G. S. ; GIORDANI, C. ; SILVA, C. C. ; SILVA, M. D. A. ; CLEFF, M. B. . Ações direcionadas para redução da desigualdade social, perspectivas na Medicina Veterinária. In: XI Mostra da Produção Universitária, 2012, Rio Grande - RS. Anais do XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal do Rio Grande, 2012., 2012.

  • ROSA JUNIOR, A. S. ; SILVA, M. D. A. ; ANANA, D. C. ; BATISTA, M. S. ; ACOSTA, G. S. ; GUTERRES, K. A. ; ATHAIDE, C. ; STELMAKE, L. L ; CLEFF, M. B. . Medicina Veterinária na promoção da saúde humana e animal: Desenvolvimento de ações em comunidades carentes como estratégias de enfrentamento da desigualdade social. In: II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP, 2012, São Paulo - SP. Anais do II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP, 2012.

  • AZAMBUJA, R. H. M. ; SILVA, M. D. A. ; ANANA, D. C. ; ACOSTA, G. S. ; ROSA JUNIOR, A. S. ; SILVA, C. C. ; CLEFF, M. B. ; ROSA, C. S. . Homeopatia: terapêutica complementar para o tratamento de animais de companhia.. In: II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP, 2012, São Paulo - SP. Anais do II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP, 2012.

  • SILVA, M. D. A. ; BATISTA, M. S. ; ROSA JUNIOR, A. S. ; FERNANDES, L. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; MEINERZ , A. R. M. ; SILVA, C. C. ; CLEFF, M. B. . Principais zoonoses diagnosticadas em pequenos animais provenientes de comunidades em vulnerabilidade social. In: II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP, 2012, São Paulo - SP. Anais do II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP, 2012.

  • SILVA, M. D. A. ; SANTIN, R. ; MEIRELES, M. C. A. ; MELLO, J. R. B. ; CLEFF, M. B. . Sensibilidade de isolados clínicos de Malassezia pachydermatis ao óleo essencial de Origanum vulgare.. In: XXI Congresso de Iniciação Científica, 2012, Pelotas- RS. Anais do XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2012., 2012.

  • SILVA, M. D. A. ; BATISTA, M. S. ; ROSA JUNIOR, A. S. ; GUTERRES, K. A. ; SANTIN, R. ; GIORDANI, C. ; CLEFF, M. B. . Enfermidades com potencial zoonótico em pequenos animais atendidos no ambulatório veterinário, Pelotas/RS. In: XI Mostra da Produção Universitária,, 2012, Rio Grande - RS. Anais do XI Mostra da Produção Universitária, 2012.

  • ROSA JUNIOR, A. S. ; TOLEDO, J. M. ; OLIVEIRA, A. C. ; SILVA, M. D. A. ; COSTA, R. M. ; SANTIN, R. ; STELMAKE, L. L ; CLEFF, M. B. . Atenção domiciliar à saúde animal: Perspectivas em Medicina Veterinária. In: 20º Congresso de Iniciação Científica, 10ª Mostra de Pós-Graduação e 3º Congresso de Extensão Universitária, 2011, Pelotas- RS. Anais 20º Congresso de Iniciação Científica, 10ª Mostra de Pós-Graduação e 3º Congresso de Extensão Universitária, 2011.

  • MATOS, C. S. ; SILVA, M. D. A. ; LAVADOURO, J. H. B. ; CLEFF, M. B. . Hepatite crônica em um cão jovem ? Relato de caso. In: II Congresso de Extensão e Cultura da 2ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPel, 2016, Pelotas - RS. Anais II Congresso de Extensão e Cultura da 2ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPel, 2016.

  • SILVA, M. D. A. ; GIORDANI, C. ; SANTIN, R. ; MELLO, J. R. B. ; FREITAG, R. A ; CLEFF, M. B. . Avaliação do potencial de irritação/corrosão cutânea do óleo essencial de Origanum majorana. In: XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, Pelotas - RS. Anais do XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • SILVA, M. D. A. ; SANTIN, R. ; GIORDANI, C. ; MATOS, C. B. ; MELLO, J. R. B. ; CLEFF, M. B. . Ação antifúngica do óleo essencial de Origanum majorana em leveduras isoladas de otite externa canina.. In: XII Mostra da Produção Universitária, 2013, Rio Grande - RS. Anais da XII Mostra da Produção Universitária, 2013.

  • SILVA, M. D. A. ; GUTERRES, K. A. ; SCHERER, B. ; ACOSTA, G. S. ; FERREIRA, C. M. ; CLEFF, M. B. . Uso da infusão de Bauhinia forficata no tratamento de ferida em bovino. In: XI Jornada Paulista de Plantas Medicinais I Encontro Paulista dos Estudantes de Farmácia, 2013, São Paulo - SP. Anais do XI Jornada Paulista de Plantas Medicinais I Encontro Paulista dos Estudantes de Farmácia, 2013.

  • ARAUJO, M. D ; GIORDANI, C. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; LAVADOURO, J. H. B. ; RATSLAFF, K. ; ALBUQUERQUE, G. ; CLEFF, M. B. . Resgate do uso de plantas medicinais. In: XI Jornada Paulista de Plantas Medicinais I Encontro Paulista dos Estudantes de Farmácia, 2013, São Paulo - SP. Anais do XI Jornada Paulista de Plantas Medicinais I Encontro Paulista dos Estudantes de Farmácia, 2013.

  • GIORDANI, C. ; SANTIN, R. ; SILVA, M. D. A. ; FREITAG, R. A ; MEIRELES, M. C. A. ; CLEFF, M. B. . Atividade antifúngica de extratos vegetais em Malassezia pachydermatis. In: VI Simpósio Brasileiro de Microbiologia Aplicada e II Encontro Latino-Americano de Microbiologia Aplicada, 2012, Porto Alegre - RS. Anais do VI Simpósio Brasileiro de Microbiologia Aplicada e II Encontro Latino-Americano de Microbiologia Aplicada. Porto Alegre - RS, 2012., 2012.

  • MATOS, C. B. ; MADRID, I. M. ; SILVA, M. D. A. ; DAVILA, C. A. ; FARIA, R. O. ; MEIRELES, M. C. A. ; CLEFF, M. B. . Atividade de soluções desinfetantes de Origanum vulgare em Sporothrix schenckii. In: VI Simpósio Brasileiro de Microbiologia Aplicada e II Encontro Latino-Americano de Microbiologia Aplicada, 2012, Porto Alegre - RS. Anais do VI Simpósio Brasileiro de Microbiologia Aplicada e II Encontro Latino-Americano de Microbiologia Aplicada. Porto Alegre - RS, 2012., 2012.

  • ACOSTA, G. S. ; CLEFF, M. B. ; FERREIRA, C. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; ARAUJO, M. D ; FERNANDES, L. M. ; ARAUJO, L. . Determinação da atividade da infusão de Bauhinia forficata no tratamento de ferida aberta em equino. In: XXII Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil, 2012, Bento Gonçalves - RS. Anais do XXII Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil, 2012.

  • MATOS, C. S. ; SILVA, M. D. A. ; LAVADOURO, J. H. B. ; CLEFF, M. B. . Hepatite crônica em um cão jovem ? Relato de caso. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; GIORDANI, C. ; SANTIN, R. ; MELLO, J. R. B. ; FREITAG, R. A ; CLEFF, M. B. . Avaliação do potencial de irritação/corrosão cutânea do óleo essencial de Origanum majorana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; SANTIN, R. ; GIORDANI, C. ; MATOS, C. B. ; MELLO, J. R. B. ; CLEFF, M. B. . Ação antifúngica do óleo essencial de Origanum majorana em leveduras isoladas de otite externa canina.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; GUTERRES, K. A. ; SCHERER, B. ; ACOSTA, G. S. ; FERREIRA, C. M. ; CLEFF, M. B. . Uso da infusão de Bauhinia forficata no tratamento de ferida em bovino. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; GIORDANI, C. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; LAVADOURO, J. H. B. ; RATSLAFF, K. ; ALBUQUERQUE, G. ; CLEFF, M. B. . Resgate do uso de plantas medicinais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; BATISTA, M. S. ; ROSA JUNIOR, A. S. ; FERNANDES, L. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; MEINERZ , A. R. M. ; SILVA, C. C. ; CLEFF, M. B. . Principais zoonoses diagnosticadas em pequenos animais provenientes de comunidades em vulnerabilidade social. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; SANTIN, R. ; MEIRELES, M. C. A. ; MELLO, J. R. B. ; CLEFF, M. B. . Sensibilidade de isolados clínicos de Malassezia pachydermatis ao óleo essencial de Origanum vulgare. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ROSA JUNIOR, A. S. ; SILVA, M. D. A. ; ANANA, D. C. ; BATISTA, M. S. ; ACOSTA, G. S. ; GUTERRES, K. A. ; ATHAIDE, C. ; STELMAKE, L. L ; CLEFF, M. B. . Medicina Veterinária na promoção da saúde humana e animal: Desenvolvimento de ações em comunidades carentes como estratégias de enfrentamento da desigualdade social.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. D. A. ; BATISTA, M. S. ; ROSA JUNIOR, A. S. ; GUTERRES, K. A. ; SANTIN, R. ; GIORDANI, C. ; CLEFF, M. B. . Enfermidades com potencial zoonótico em pequenos animais atendidos no ambulatório veterinário, Pelotas/RS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - 2017

    Bioprospecção com extratos vegetais de plantas da família Lamiacea e Fabaceae em microrganismos resistentes, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marlete Brum Cleff em 08/05/2016., Descrição: Com a crescente problemárica envolvendo a resistência desenvolvida por parte dos microorganismos e, principalmente, devido à atividade satisfatória das plantas medicinais que vem sendo testadas, este projeto tem como objetivo avaliar a ação antimicrobiana de extratos vegetais de Bauhinia forficata, Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis frente a bactérias multirresistentes isoladas de feridas contaminadas de animais e frente ao fungo Sporothrix brasiliensis. Para tal, num primeiro momento será realizado o isolamento e identificação de bactérias provenientes de feridas contaminadas de animais, assim como, análise do perfil de resistência dessas bactérias. Em seguida, será realizada a avaliação da atividade in vitro do extrato hidroalcoólico de Bauhinia forficata e óleo essencial de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis frente as bactérias multirresistentes isoladas, através do teste de microdiluição em caldo. Da mesma forma, será realizada a avaliação da atividade in vitro do extrato hidroalcoólico de Bauhinia forficata frente o Sporothrix brasiliensis, também sendo realizado através da técnica de microdiluição em caldo com isolados pertencentes a micoteca do Laboratório de Doenças Infecciosas, Setor de Micologia, da UFPel. Espera-se que ao final do projeto o extrato hidroalcoólico de Bauhinia forficata, assim como os óleos essenciais de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis, apresentem atividade antimicrobiana frente aos microrganismos testados, servindo, desta forma, como uma possível nova opção terapêutica, principalmente nos casos de patologias em que os produtos utilizados normalmente para o tratamento não sejam efetivos, necessitando, para isto, futuros testes in vivo, avaliando-se principalmente a toxicidade e citotoxicidade destes produtos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maryane Dias Araujo da Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / Débora de campos añaña - Integrante / Marlete Brum Cleff - Coordenador / FREITAG, Rogério Antônio - Integrante / Mário Carlos Araújo Meireles - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Cristine Cioato da Silva - Integrante / Caroline Bohnen de Matos - Integrante / Renata Osório Faria - Integrante / Marcelle Senhorinho Batista - Integrante / Rosária Helena Machado Azambuja - Integrante / SILVIA REGINA LEAL LADEIRA - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / Gabriela de Almeida Capella - Integrante / TASSIANE BRASIL DE MORAES - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Prospecção do potencial anti-helmíntico dos óleos essenciais da família Lamiaceae,sobre a eclodibilidade de ovos de Ancylostoma spp.na espécie canina., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marlete Brum Cleff em 28/10/2016., Descrição: Na medicina veterinária é conhecida a problemática acerca do controle e tratamento das parasitoses. Os endo e ectoparasitas acometem rebanhos e levam a grandes perdas econômicas na cadeia produtiva brasileira, sendo que esta também é a realidade quando se trata de animais de companhia, onde se tem uma alta casuística de endoparasitos com maior prevalência para o gênero Ancylostoma spp. na espécie canina. O nematódeo Ancylostoma pertence à família Ancylostomatidae, sendo o agente etiológico mais freqüente causador da Larva Migrans cutânea-LMC no homem. Associado a alta taxa de parasitismo, temos as dificuldades enfrentadas em relação ao tratamento dos animais infectados devido ao fenômeno adaptativo de resistência aos anti-helmínticos. Diante desta realidade tem-se incentivado as pesquisas com novas moléculas e novos métodos de tratamento, destacando-se o uso de óleos essenciais. Assim, nesse estudo pretende-se, como objetivo geral, avaliar in vitro a atividade dos óleos essenciais da família Lamiaceae sobre a eclodibilidade de ovos de Ancylostoma spp. de cães e os específicos: verificar qual dos óleos possui maior poder de inibição da eclodibilidade de ovos, avaliar diferentes concentrações dos óleos essenciais sobre ovos de Ancylostoma spp.,a fim de determinar a melhor concentração ovicida e determinar accomposição fitoquímica e os constituintes majoritários dos óleos essenciais através de análise ccromatográfica. Com o estudo pretende-se demonstrar que os óleos essenciais podem ser uma boa opção para o tratamento e controle de ancilostomose canina.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maryane Dias Araujo da Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / Débora de campos añaña - Integrante / Marlete Brum Cleff - Coordenador / FREITAG, Rogério Antônio - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Cristine Cioato da Silva - Integrante / Caroline Bohnen de Matos - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Cristiano Silva da Rosa - Integrante / Marcelle Senhorinho Batista - Integrante / Rosária Helena Machado Azambuja - Integrante / LUANA BORTOLINI GIESTA - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / Gabriela de Almeida Capella - Integrante / TASSIANE BRASIL DE MORAES - Integrante / GEFERSON FISCHER - Integrante / MARIA ELISABETH AIRES BERNE - Integrante / MARCO AURELIO ZIEMANN DOS SANTOS - Integrante / Soliane Carra Perera - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2016

    Eficácia de extratos vegetais na desinfecção de superfícies contaminadas com fungos do complexo Sporothrix schenckii, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marlete Brum Cleff em 08/05/2016., Descrição: A atividade antimicrobiana dos diferentes extratos e óleo essencial do orégano (Origanum vulgare) e do alecrim (Rosmarinus officinalis) vem sendo investigada frente a bactérias e fungos. Os fungos pertencentes ao complexo Sporothrix schenckii são causadores de uma micose denominada esporotricose, de importância em saúde pública pelo fato de acometar tanto os animais quanto ao homem. O isolamento desses fungos do ambiente já é comprovado e favorece a contaminação cruzada, sendo que, no mercado, são escassos os produtos que eliminam efetivamente esses fungos do ambiente. Com isso, pretende-se avaliar a ação antimicrobiana dos extratos hidroalcoólico, aquoso (infusão e decocção) e tintura de Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis frente à fase filamentosa de fungos do complexo Sporothrix schenckii, através da técnica de exposição direta e testes de desinfecção de superfícies.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maryane Dias Araujo da Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / Débora de campos añaña - Integrante / Marlete Brum Cleff - Coordenador / FREITAG, Rogério Antônio - Integrante / Mário Carlos Araújo Meireles - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Caroline Bohnen de Matos - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Renata Osório Faria - Integrante / Marcelle Senhorinho Batista - Integrante / Rosária Helena Machado Azambuja - Integrante / OTAVIA DE ALMEIDA MARTINS - Integrante / LUANA BORTOLINI GIESTA - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Determinação da atividade antifúngica de plantas medicinais encontradas em Pelotas, RS, Descrição: A utilização de plantas para tratamento, cura e prevenção de doenças é uma das práticas mais antigas da humanidade. O uso de fitoterápicos pode reduzir os gastos com medicamentos obtendo-se resultados satisfatórios, atuando como sinergistas ou até mesmo substituindo os medicamentos alopáticos, no caso de resistência microbiana. A investigação das propriedades medicinais de espécies vegetais tem demonstrado inúmeras atividades, como ação antimicrobiana, antiulcerogênica, anticancerígena, anti-inflamatória, anti-helmíntica e carrapaticida. Entretanto, muitas plantas são consumidas pela população ou oferecidas aos animais sem nenhuma orientação, expondo-os muitas vezes a riscos, já que várias espécies são potencialmente tóxicas. Na cidade de Pelotas há um grande número de famílias que vivem na periferia em convívio direto com animais doentes. Em vista desta realidade, a realização de estudos avaliando as plantas nesta região, e identificando suas potencialidades como terapêutica torna-se fundamental, visando contribuir com a saúde humana e animal. Assim, este projeto objetiva fazer um resgate de plantas medicinais e tóxicas, e determinação da atividade antifúngica das plantas usadas como medicinais na região de Pelotas-RS.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maryane Dias Araujo da Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / rosema santin - Integrante / Débora de campos añaña - Integrante / Marlete Brum Cleff - Coordenador / FREITAG, Rogério Antônio - Integrante / Mário Carlos Araújo Meireles - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Lenara L STELMAKE - Integrante / Caroline Bohnen de Matos - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Renata Osório Faria - Integrante / João Roberto Braga de Mello - Integrante / Marcia Oliveira Nobre - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Cristiano Silva da Rosa - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Ângela Leitzke Cabana - Integrante / Maria Elvira Sica Cruzeiro - Integrante / Luiza da Gama Osório - Integrante / Gabriela Hörnke Alves - Integrante / Daiane Einhardt Blank - Integrante / Marcelle Senhorinho Batista - Integrante / Rosária Helena Machado Azambuja - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Investigação da Citotoxicidade e Atividade Anti-Viral dos Extratos de Plantas da Família Lamiaceae, Descrição: Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis, são plantas pertencentes a família Lamiaceae, apreciadas por suas propriedades aromáticas. Também são descritas diversas atividades biológicas, dentre elas antifúngica, antibacteriana, e antiviral devido ao potencial dos componentes presentes nos extratos e óleos essenciais. Sendo assim, o presente estudo teve como objetivo identificar a composição química e determinar uma concentração não tóxica dos óleos essenciais, extratos aquoso e etanólico de Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis em diferentes linhagens celulares e avaliar a atividade antiviral frente a vírus de importância veterinária. As identificações químicas dos óleos essenciais serão realizadas com o método da cromatografia gasosa com ionização por chama e os compostos dos extratos identificados com cromatográfica líquida de alta eficiência. No ensaio de citotoxicidade serão utilizadas as linhagens celulares MDBK, MDCK, CRFK e RK13, sendo confirmada a viabilidade celular pelo método MTT. A presença de atividades antivirais serão analisadas pelo método de Behrends & Kärber (MAYR, 1982). Após a formação de uma monocamada celular, o meio de crescimento será removido e realizadas titulações dos vírus herpesvírus bovino (BoHV), vírus da diarréia viral bovina (BVDV), vírus da arterite equina (EAV), vírus da influenza equina (EIV), calicivírus felino (FCV), vírus da cinomose canina (CDV), adenovírus canino (CAV) e coronavírus canino (CCoV), na presença ou ausência de cada extrato. As placas serão mantidas em estufa com 5% de CO2 a 37 °C por 72 horas até a realização da leitura, tendo como base a ausência ou presença de efeito citopático. O título será determinado como dose infectante para cultivo celular a 50% (DICC50/100µL). De acordo com os resultados obtidos na determinação da dose não tóxica dos extratos e sua composição química, espera-se definir a concentração dos extratos que apresentam atividade antiviral, para o uso da planta de forma segura eficiente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maryane Dias Araujo da Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / rosema santin - Integrante / Débora de campos añaña - Integrante / Marlete Brum Cleff - Coordenador / FREITAG, Rogério Antônio - Integrante / Anacleto de Souza Rosa Júnior - Integrante / Marcelle Batista - Integrante / Caroline Bohnen de Matos - Integrante / Renata Osório Faria - Integrante / Marcia Oliveira Nobre - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Gabriela Hörnke Alves - Integrante / Daiane Einhardt Blank - Integrante / Silvia de Oliveira Hübner - Integrante / Rayra Almeida Corrêa - Integrante / Clarissa Caetano Corrêa - Integrante / Maureen Hoch Vieira Fernandes - Integrante / Chaiene Andréia Rosa - Integrante / Ana Rutz Devantier - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Potencial antifúngico e toxicidade dos óleos essenciais de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marlete Brum Cleff em 28/07/2013., Descrição: Em animais, o estudo de fitoterápicos no tratamento de infecções causadas por leveduras e até mesmo por bactérias ainda são escassos, todavia vem despertando interesse, principalmente por se tratar de fármacos naturais, com custos menores e também por se apresentarem de forma geral com menores efeitos tóxicos, principalmente quando comparados aos antimicrobianos disponíveis para uso. Neste contexto, os vegetais da família Lamiaceae, com destaque para o Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis vêm sendo avaliados principalmente quanto a sua atividade antimicrobiana, antiinflamatória e quimioterápica demosntrando resultados satisfatórios. A busca por melhor qualidade de vida e, o crescente número de animais de estimação estimula o estudo destas plantas com potencial terapêutico, visto que em humanos esta linha de pesquisa está sendo bem desenvolvida. Assim, a determinação do potencial tóxico dos extratos vegetais a serem utilizados em um estudo, se torna de suma importância, pois a possibilidade de toxicidade pode ser um limitante para a aplicação prática dos fitoterápicos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maryane Dias Araujo da Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / rosema santin - Integrante / Marlete Brum Cleff - Coordenador / FREITAG, Rogério Antônio - Integrante / Mário Carlos Araújo Meireles - Integrante / Anacleto de Souza Rosa Júnior - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / João Roberto Braga de Mello - Integrante / Marcia Oliveira Nobre - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Ângela Leitzke Cabana - Integrante / Maria Elvira Sica Cruzeiro - Integrante / Luiza da Gama Osório - Integrante / Gabriela Hörnke Alves - Integrante / Eduardo Negri Mueller - Integrante / Antonella Souza Mattei - Integrante / Taiane Rita Carnevali - Integrante / Flávia Biasoli de Araújo - Integrante / Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Anelise Oliveira da Silva Fonseca - Integrante / Alessandra Jacomelli Teles - Integrante / Emanoele Figueiredo Serra - Integrante / Laura Garcia Storino - Integrante / Stefanie Bressan Waller - Integrante / Nathália Batista Lima - Integrante / Anna Luiza Silva - Integrante / Débora Zatt Reckziegel - Integrante / Fernanda Bastos de Mello - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / Melissa Orzechowski Xavier - Integrante / Luiz Filipe Damé Schuch - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

MEDICINA VETERINÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE HUMANA E ANIMAL:DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES EM COMUNIDADES CARENTES COMO ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO DA DESIGUALDADE SOCIAL, II Congresso Paulista de Extensão I Congresso de Extensão Universitária da UNIFESP.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Monitor

    Outras informações:
    Monitoria Voluntária da Disciplina de Tecnologia de Produtos de Origem Animal sob orientação Prof. Dr. Wladimir Padilha da Silva

  • 2012 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista PROBIC-FAPERGS. Desenvolvimento de atividades em laboratório, busca de artigos de referencia para projeto, auxilio na confecção de materiais para experimentos, acompanhamento de experimentos e auxilio na leitura de dados obtidos.

  • 2012 - 2012

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Estágio Voluntário Hospital de Clínicas Veterinária ? Setor de Grandes Animais. Acompanhamento e auxílio nas consultas clínicas, medicações, coleta de amostras laboratoriais e procedimentos da rotina clínica hospitalar, totalizando 90 horas.

  • 2012 - 2012

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Estágio Voluntário Laboratório de Micologia Veterinária ? MICVet. Acompanhamento da rotina laboratorial de diagnóstico micológico e auxilio no processamento de amostras clínicas, bem como na execução de projetos de pesquisas, totalizando 60 horas.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Extensão Universitária, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Acompanhamento e auxílio nas consultas clínicas de pequenos animais, medicações, coleta de amostras laboratoriais e procedimentos da rotina clínica ambulatorial; organização de fichas de atendimento, planilhas com casuísticas e produção textual para exposição em congressos.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Estágio Voluntário no Ambulatório Ceval. Desenvolvimento de atividades como acompanhamento e auxílio nas consultas clínicas de pequenos animais, medicações, coleta de amostras laboratoriais e procedimentos da rotina clínica ambulatorial, totalizando 90 horas.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Estágio Voluntário Hospital de Clínicas Veterinária ? Setor de Diagnóstico por Imagem. Acompanhamento de procedimentos radiográficos e ultrassonográficos, interpretação de imagens e produção de laudos, totalizando 112 horas.

  • 2014 - 2014

    Hospital Veterinário Lorenzoni

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Desenvolvimento de atividades como acompanhamento e auxílio nas consultas clínicas, medicações, coleta de amostras laboratoriais, acompanhamento de exames complementares em especialidades veterinárias como oftalmologia, cardiologia e imagem, acompanhamento de procedimentos da rotina clínica e cirúrgica hospitalar, totalizando 90 horas.

  • 2015 - 2015

    Nacional Oceanic and Atmospheric Administration

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Pesquisa, Carga horária: 35, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Estágio em pesquisa no The National Marine Mammal Laboratory, Alaska Fisheries Science Center, NMML/AFSC/NOAA, Estados Unidos orientada pelo PhD. Alexandre Novaes Zerbini totalizando 525 horas

  • 2016 - 2016

    Clínica Veterinária Del Poente

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiáio

    Outras informações:
    Acompanhamento e auxílio nas consultas clínicas, medicações, coleta de amostras laboratoriais, acompanhamento de procedimentos da rotina clínica e cirúrgica, totalizando 200 horas.

  • 2016 - 2016

    Clínica Veterinária Del Poente

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Acompanhamento e auxílio nas consultas clínicas, medicações, coleta de amostras laboratoriais, acompanhamento de procedimentos da rotina clínica e cirúrgica, totalizando 240 horas.

  • 2017 - 2017

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Estágio Curricular, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Realização do estágio curricular supervisionado na Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Campus Botucatu - SP, no setore de Clínica Médica de Pequenos Animais, auxiliando em atendimentos clínicos, procedimentos de enfermagem, realização de exames de imagem, coletas de materiais e auxilio em procedimentos emergenciais, durante período de 1° a 29 de Setembro de 2017, totalizando 168 horas.

  • 2017 - 2017

    Universidade Federal de Lavras

    Vínculo: Estágio Curricular, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Realização do estágio curricular supervisionado na Universidade Federal de Lavras, no setor de Clínica Médica de Pequenos Animais, auxiliando em atendimentos clínicos, procedimentos de enfermagem, realização de exames de imagem, coletas de materiais, tratamento de animais internados e auxilio em procedimentos de urgência e emergência no centro de tratamento intensivo, durante período de 2 de Outubro a 1 de Dezembro de 2017, totalizando 320 horas.