Viviane Cristina Arzani

Graduada em Engenharia Têxtil (2016) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), com período de graduação sanduíche no instituto Politecnico di Milano (2014) pelo programa Ciência sem Fronteiras (CsF) e especializada em Engenharia de Produção pela UNIASSELVI (2018).

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em Engenharia de Produção

2017 - 2018

Centro Universitário Leonardo da Vinci
Título: Implantação do Programa 5S em uma Indústria Têxtil
Orientador: Emerson Strutz

Graduação em Engenharia Têxtil

2011 - 2016

Universidade Estadual de Maringá
Orientador: em Politecnico di Milano ( Maria Renata Moraes)
com Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Black Belt. (Carga horária: 60h). , R&L Associados, R&L, Brasil.

2016 - 2016

Green Belt Six Sigma. (Carga horária: 40h). , RL&Associados, RL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Engenharia Têxtil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

ARZANI, V. C. . XV Semana de Engenharia Têxtil (SEENTEX). 2014. (Outro).

SANTOS, J.C.O ; ARZANI, V. C. ; GONCALVES, I. F. R. ; GUIMARÃES, L. F. ; BUSSOLA, L. M. ; NAKANO, V. H. ; LACERDA, M. F. ; GUIMARÃES, T. F. ; CARLI, L. F. L. ; SOUZA, L. R. ; SILVA, L. M. ; AMARAL, T. M. . II Semana Acadêmica do Programa de Educação Tutorial do curso de Engenharia Têxtil (II SEAPET). 2014. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX JOPARPET. 2015. (Outra).

II Semana Acadêmica do Programa de Educação Tutorial do curso de Engenharia Têxtil- (II SEAPET). 2014. (Outra).

XV Semana de Engenharia Têxtil (XV SEENTEX). 2014. (Outra).

XIII Semana de Engenharia Têxtil (XIII SEENTEX). 2012. (Outra).

I Semana da Física. 2011. (Outra).

XII Semana de Engenharia Têxtil (XII SEENTEX). 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Danielly Silva de Aquino

AQUINO, D. S.; TORRES, D. E.. Estágio Curricular Supervionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Têxtil) - Universidade Estadual de Maringá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Caroline Apoloni Cionek

Estágio Não Obrigatório (Unipanos Indústria Têxtil Ltda); Início: 2015; Orientação de outra natureza; Universidade Estadual de Maringá; (Orientador);

RONALDO CELSO VISCOVINI

Desenvolvimento de um equipamento automatizado de aquisição de dados de evaporação de água do tanque Classe A - PIBITI; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Têxtil) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ronaldo Celso Viscovini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, M. G. ; SILVA, A. B. ; GIACOMINI. F. ; ARZANI, V. C. ; FERREIRA, F. L. ; RUGGERI, T. . TINGIMENTO DE TÊXTEIS COM O CORANTE NATURAL EXTRAÍDO DOS EXCREMENTOS DO BICHO-DA-SEDA. QUÍMICA TÊXTIL , v. 124, p. 38-44, 2016.

  • SILVA, M. G. ; SILVA, A. B. ; ARZANI, V. C. ; GIACOMINI. F. ; FERREIRA, F. L. ; RUGGERI, T. . TINGIMENTO DE TÊXTEIS COM O CORANTE NATURAL EXTRAÍDO DOS EXCREMENTOS DO BICHO-DA-SEDA. In: 4º CONTEXMOD - Congresso Científico Têxtil e Moda, 2016, Blumenau. 4º Congresso Científico Têxtil e Moda, 2016.

  • VISCOVINI, R. C. ; ARZANI, V. C. . Tanque de Evaporação Classe A. In: 4º Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2014, Guarapuava. ANAIS DO 4º EAITI, 2014.

  • CIONEK, C. A. ; MENDES, S. S. ; ARZANI, V. C. . Avaliação da influência da composição de artigos de malha na formação de pilling. In: Segundo Encontro Paranaense de Moda, Design e Negócios, 2013, Maringá. REDE MODA, 2013.

  • SILVA, M. G. ; SILVA, A. B. ; ARZANI, V. C. ; RUGGERI, T. ; FERREIRA, F. L. ; GIACOMINI. F. . Tingimento de têxteis com o corante natural extraído dos excrementos do bicho-da-sed. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • VISCOVINI, R. C. ; ARZANI, V. C. . Tanque de evaporação classe A. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2016

    Análise estrutural do modelo matemático do índice de fiabilidade com aplicação à linguagens computacionais, Descrição: O desenvolvimento de novas estratégias na produção de fios de algodão está diretamente atrelado ao comprimento das fibras, pois dela dependerá o tipo de maquinário a ser utilizado, bem como a forma de planejar o consumo dos fardos de algodão (CO). Neste contexto, um planejamento adequado demanda conhecer as propriedades que esta fibra possui, permitindo que sua escolha seja a que forneça fios de alta tenacidade, para que não haja interrupções ao longo dos processos na fabricação de tecidos de malharia e de teares planos, numa garantia de produção sem prejuízo e de alta qualidade. Neste contexto, o processo de classificação envolve todas as características das fibras para que estabeleçam das classes, para uma mistura equilibrada. Entretanto, para que isso ocorra, exige-se medição das características das fibras ao nível de 100%, o que se torna impraticável dentro da realidade de um laboratório convenciona, ou seja, equipado com aparelhos individuais. Para que essas medições sejam feitas faz-se necessário um Sistema HVI - High Volume Instrument, que muitas fiações de algodão dispõe.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Viviane Cristina Arzani Frost - Integrante / José Celso Oliveira dos Santos - Coordenador / Tailla Fernanda Guimarães - Integrante / Luís Fernando Lorenceti Carli - Integrante / Thaís Monteiro do Amaral - Integrante / Marcela Alvim Albino - Integrante / Maria Clara Micali Martines - Integrante / Patrícia Lopes da Silva de Araújo - Integrante / Priscila Pasti Barbosa - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Tingimento de lã e algodão com o corante natural extraído das fezes do bicho-da-seda, Descrição: É cada vez mais clara a tendência mundial de preservação dos recursos ambientais e da qualidade de vida, assim o retorno dos corantes naturais está cada vez mais relacionado à sustentabilidade e a diversos aspectos da sociedade. O tingimento com o corante natural extraído das fezes do bicho-da-seda é um processo bastante empírico, desenvolvido por empresas de tingimento têxteis com corantes naturais, porém não existindo citações em literatura do processo em si. Neste estudo, o tingimento de tecidos 100 % lã e 100% algodão com o corante natural extraído das fezes do bicho-da-seda visará à determinação das melhores condições de tingimento, como pH, temperatura e concentração inicial de corante, além da análise de solidez dos tecidos tintos, verificando a viabilidade do emprego de mordentes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Viviane Cristina Arzani Frost - Integrante / Caroline Apoloni Cionek - Integrante / Andréia Bortoluzzi - Integrante / Márcia Gomes da Silva - Coordenador / Fernando Giacomini - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento de um equipamento automatizado de aquisição de dados de evaporação de água do tanque Classe A, Descrição: A água de qualidade e disponível é hoje o recurso natural mais cobiçado do mundo. É fato que o setor mais impactante no consumo de água no mundo é a irrigação. No Brasil, aproximadamente 70% de toda água consumida é destinada à irrigação, e apenas 10% às cidades e 7% à indústria. Além disso, o aproveitamento da água usada na irrigação é muito baixo, em torno de 40%. Para aumentar isto, além de melhoras nos equipamentos de campo usados de fato para irrigar as superfícies vegetadas, é necessário estimar com maior precisão a quantidade de água a ser irrigada. O equipamento mais utilizado para este fim é o tanque Classe A, recomendado pela Organização Meteorológica Mundial e usado nas Estações Climatológicas Principais do Instituto Nacional de Meteorologia. Normalmente, neste tanque é feito uma leitura por dia da água evaporada. Dessa forma, este projeto busca desenvolver um equipamento automatizado para quantificar a água ao longo do tempo em um tanque Classe A.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Viviane Cristina Arzani Frost - Integrante / Ronaldo Celso Viscovini - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento de um equipamento automatizado de aquisição de dados de evaporação de água do tanque Classe A, Descrição: A água de qualidade e disponível é hoje o recurso natural mais cobiçado do mundo. É fato que o setor mais impactante no consumo de água no mundo é a irrigação. No Brasil, aproximadamente 70% de toda água consumida é destinada à irrigação, e apenas 10% às cidades e 7% à indústria. Além disso, o aproveitamento da água usada na irrigação é muito baixo, em torno de 40%. Para aumentar isto, além de melhoras nos equipamentos de campo usados de fato para irrigar as superfícies vegetadas, é necessário estimar com maior precisão a quantidade de água a ser irrigada. O equipamento mais utilizado para este fim é o tanque Classe A, recomendado pela Organização Meteorológica Mundial e usado nas Estações Climatológicas Principais do Instituto Nacional de Meteorologia. Normalmente, neste tanque é feito uma leitura por dia da água evaporada. Dessa forma, este projeto busca desenvolver um equipamento automatizado para quantificar a água ao longo do tempo em um tanque Classe A.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Viviane Cristina Arzani - Integrante / Ronaldo Celso Viscovini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento de um equipamento automatizado de aquisição de dados de evaporação de água do tanque Classe A, Descrição: A água de qualidade e disponível é hoje o recurso natural mais cobiçado do mundo. É fato que o setor mais impactante no consumo de água no mundo é a irrigação. No Brasil, aproximadamente 70% de toda água consumida é destinada à irrigação, e apenas 10% às cidades e 7% à indústria. Além disso, o aproveitamento da água usada na irrigação é muito baixo, em torno de 40%. Para aumentar isto, além de melhoras nos equipamentos de campo usados de fato para irrigar as superfícies vegetadas, é necessário estimar com maior precisão a quantidade de água a ser irrigada. O equipamento mais utilizado para este fim é o tanque Classe A, recomendado pela Organização Meteorológica Mundial e usado nas Estações Climatológicas Principais do Instituto Nacional de Meteorologia. Normalmente, neste tanque é feito uma leitura por dia da água evaporada. Dessa forma, este projeto busca desenvolver um equipamento automatizado para quantificar a água ao longo do tempo em um tanque Classe A.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Viviane Cristina Arzani - Integrante / Ronaldo Celso Viscovini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento de um equipamento automatizado de aquisição de dados de evaporação de água do tanque Classe A, Descrição: A água de qualidade e disponível é hoje o recurso natural mais cobiçado do mundo. É fato que o setor mais impactante no consumo de água no mundo é a irrigação. No Brasil, aproximadamente 70% de toda água consumida é destinada à irrigação, e apenas 10% às cidades e 7% à indústria. Além disso, o aproveitamento da água usada na irrigação é muito baixo, em torno de 40%. Para aumentar isto, além de melhoras nos equipamentos de campo usados de fato para irrigar as superfícies vegetadas, é necessário estimar com maior precisão a quantidade de água a ser irrigada. O equipamento mais utilizado para este fim é o tanque Classe A, recomendado pela Organização Meteorológica Mundial e usado nas Estações Climatológicas Principais do Instituto Nacional de Meteorologia. Normalmente, neste tanque é feito uma leitura por dia da água evaporada. Dessa forma, este projeto busca desenvolver um equipamento automatizado para quantificar a água ao longo do tempo em um tanque Classe A.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Viviane Cristina Arzani - Integrante / Ronaldo Celso Viscovini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento de um equipamento automatizado de aquisição de dados de evaporação de água do tanque Classe A, Descrição: A água de qualidade e disponível é hoje o recurso natural mais cobiçado do mundo. É fato que o setor mais impactante no consumo de água no mundo é a irrigação. No Brasil, aproximadamente 70% de toda água consumida é destinada à irrigação, e apenas 10% às cidades e 7% à indústria. Além disso, o aproveitamento da água usada na irrigação é muito baixo, em torno de 40%. Para aumentar isto, além de melhoras nos equipamentos de campo usados de fato para irrigar as superfícies vegetadas, é necessário estimar com maior precisão a quantidade de água a ser irrigada. O equipamento mais utilizado para este fim é o tanque Classe A, recomendado pela Organização Meteorológica Mundial e usado nas Estações Climatológicas Principais do Instituto Nacional de Meteorologia. Normalmente, neste tanque é feito uma leitura por dia da água evaporada. Dessa forma, este projeto busca desenvolver um equipamento automatizado para quantificar a água ao longo do tempo em um tanque Classe A.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Viviane Cristina Arzani - Integrante / Ronaldo Celso Viscovini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2016

Universidade Estadual de Maringá

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Membro PET- Engenharia Têxtil, Carga horária: 20

2012 - 2012

Universidade Estadual de Maringá

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Monitoria na disciplina Cálculo Diferencial e Integral.

2017 - 2018

Rovitex

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Supervisora de Beneficiamento JR, Carga horária: 44

2017 - 2017

Rovitex

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Analista do Processo de Beneficiamento Jr, Carga horária: 44

2016 - 2016

Rovitex

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.