Renan Pinna Nascimento

Graduado em Antropologia com enfâse em Diversidade Cultural na América Latina na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Mestrando em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Seus principais temas de pesquisa são: cosmopolíticas ameríndias, fronteiras entre antropologia e filosofia, antropologia política e ecologia política. Tem experiência indigenista com os povos Mbya-Guarani (sul do Brasil) e Ava-Guarani (oeste do Paraná).

Informações coletadas do Lattes em 06/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Antropologia Social

2017 - Atual

Universidade Federal de Santa Catarina
Título: A palavra e a ação: por uma política das redes Guarani,Orientador:
Esther Jean Langdon.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: etnologia indígena; teoria das redes; cosmopolítica; Guarani.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Social. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.

Graduação em Antropologia - Diversidade Cultural Latino-Americana

2011 - 2016

Universidade Federal da Integração Latino-Americana
Título: Memória e Etnografia: lógica do sarambi e a territorialidade Avá-Guarani
Orientador: Spensy Kmitta Pimentel

Graduação interrompida em 2011 em Ciências Sociais

2011 - Interrompido

Universidade Federal do Espírito Santo
Ano de interrupção: 2011

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2009

Escola Estadual de Ensino Médio Rubens Rangel

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Situando a Antropologia Simétrica. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

2016 - 2016

Produção Executiva. (Carga horária: 30h). , XII Panorama Internacional Coisa de Cinema, PANORAMA, Brasil.

2016 - 2016

Marxismo na América Latina. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Brasil.

2015 - 2015

Pueblos originarios, Estado y ciudadanía. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Brasil.

2014 - 2014

Conformación estructural de las sociedades latinas. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Curso de Extensão e Capacitação Técnica em Música. (Carga horária: 90h). , Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Guarani

Compreende Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: América Latina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PINNA, R. ; LEITE, I. B. ; IORIS, E. M. ; MONBELI, R. ; CESARINO, L. M. C. N. ; CARIAGA, D. E. . Seminário Ética, Ciência e Direitos: por uma sociedade civil soberana. 2017. (Outro).

PINNA, R. ; KISS, F. D. . Seminário: Terra: Tecendo as reXistências. 2015. (Outro).

BRIGHENTI, C. A. ; PINNA, R. ; SANCHEZ, D. G. G. ; CARDENAS, L. O. G. . Memória Indígena e reparações pedagógicas em região de fronteira.. 2015. (Outro).

FRIGERI, F. P. ; DULCI, T. M. S. ; BRIGHENTI, C. A. ; PINNA, R. ; CARDENAS, L. O. G. . I Seminário de Construção da Licenciatura Intercultural Indígena: Diálogo e Consulta aos Guarani.. 2015. (Outro).

ARISI, B. M. ; PINNA, R. . 1964-2014: 50 anos do Golpe Militar - Não esqueceremos! No olvidaremos!. 2014. (Outro).

RAVERA, T. R. ; PINNA, R. . XXVI Encontro dos Estudantes de Ciencias Sociais. 2014. (Outro).

ARISI, B. M. ; PINNA, R. . V Mostra de Artes Indígenas "Expandindo Fronteiras" - Mobilização Nacional Indígena. 2013. (Exposição).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

18º Congresso Mundial IUAES. The state of things: cosmopolitics on the Paraná River. 2018. (Congresso).

Escritas femininas, gêneros da biografia e da história. 2018. (Outra).

Colóquio Etnologia Indígena no Brasil Meridional. 2017. (Outra).

Lutas das Mulheres em Moçambique: entre o local e o global. Discursos, Prática e Desafios Epistemológicos.. 2017. (Outra).

Colômbia ? Conflito Armado e Cenários de Paz. Jornada de debates do Projeto de Extensão LatinoAmérica también es Andina. 2015. (Outra).

I Seminário de Construção da Licenciatura Intercultural Indígena: Diálogo e Consulta aos Guarani. 2015. (Outra).

IV Encontro Continental da Nação Guarani. 2015. (Outra).

Workshop Regional sobre Comunidades Indígenas e Projetos Produtivos Rurais - A experiência da América do Sul. 2015. (Outra).

1964-2014: 50 anos do Golpe Militar - Não esqueceremos! No olvidaremos! (Encontro).Violações contra os Povos Indígenas no Oeste do Paraná - Mediador da Palestra. 2014. (Outra).

Audiência Pública da Comissão Estadual da Verdade em Cascavel. 2014. (Outra).

Colóquio Internacional Os Mil Nomes de Gaia: Do Antropoceno à Idade da Terra. 2014. (Outra).

I Congresso: A questão Indígena no oeste do Paraná e a reconstrução do território Avá-Guarani. 2014. (Congresso).

Juventude - Relações entre África e América Latina. 2014. (Outra).

Audiência Pública da Comissão Estadual da Verdade em Foz do Iguaçu. 2013. (Outra).

I Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade. 2013. (Outra).

I Encontro de Estudos Sociais da América Latina. 2013. (Outra).

II Semana da Consciência Negra e Diversidade Cultural da UNILA. 2013. (Outra).

IV Jornadas Antropológicas da UNILA.. 2013. (Outra).

VII Encontro Regional Sul de História Oral "História Oral e a Integração Latini-Americana".. 2013. (Encontro).

V Jornadas Antropológicas da UNILA.. 2013. (Outra).

Bruno Latour no projeto Fronteiras do Pensamento da USP. 2012. (Outra).

Cúpula dos Povos. 2012. (Outra).

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL - Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental.. 2012. (Encontro).

Fronteiras em Movimento: Descolamentos e Outras Dimensões do Vivido. 2012. (Outra).

Rio+20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. 2012. (Outra).

16º Congreso Latino-Americano y Caribeño de Estudiantes. 2011. (Outra).

I Semana da Consciência Negra e Diversidade Cultural da UNILA. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Júlio da Silveira Moreira

PIMENTEL, S. K.MOREIRA, Júlio da SilveiraPARMIGIANI, J.. Memória e Etnografia: lógica do sarambi e a territorialidade Guarani. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia - Diversidade Cultural Latino-Americana) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Senilde Alcântara Guanaes

Para além da integração: movimentos de reintegração da Nação Guarani; Início: 2016; Dissertação (Mestrado em Integração Contemporânea da América Latina - Ical) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana; (Orientador);

Spensy Kmitta Pimentel

Memória e Etnografia: a lógica do sarambi e a territorialidade Avá-Guarani; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Antropologia - Diversidade Cultural Latino-Americana) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana; Orientador: Spensy Kmitta Pimentel;

Spensy Kmitta Pimentel

Trabalho de Conclusão de Curso II; 2014; Orientação de outra natureza; (Antropologia - Diversidade Cultural Latino-Americana) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do; Orientador: Spensy Kmitta Pimentel;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PINNA, R. . Quanto vale um rio?. Revista Peabiru, Unila, p. 16 - 17, 31 dez. 2015.

  • PINNA, R. . Das terras sem males aos males sem terras. Revista Peabiru, Unila, p. 6 - 7, 24 abr. 2015.

  • PINNA, R. . Brasil, um país de todos. De todos quem?. La Espada. Boletim de Economia e Política da Unila, , v. 15, p. 12 - 13, 26 dez. 2013.

  • PINNA, R. . The state of things: cosmopolitics on the Paraná River. In: 18º Congresso Mundial IUAES, 2018, Florianopólis. Analls of the 18th IUAES World Congress, 2018.

  • PINNA, R. . Terra, Corpo, Água e Pó: A memória como orientação do presente dos Avá-Guarani.. In: I ENICECULT - Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo, 2017, Recôncavo da Bahia. Anais do I ENICECULT - Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo, 2017.

  • PINNA, R. . A percepção dos Avá-Guarani sobre as transformações do meio ambiente a partir da apreensão do conceito de ?sarambi?.. In: IV Congresso Brasileiro de Direito Socioambiental, 2017, Curitiba. Anais do IV Congresso Brasileiro de Direito Socioambiental, 2017.

  • PINNA, R. . O sarambi entre os Avá-Guarani como via de acesso para pensar ás disputas contemporâneas de demarcação de terras. In: Seminário Internacional de Etnologia Guarani: Diálogos e Contribuições, 2017, Dourados. Anais do Seminário Internacional de Etnologia Guarani: Diálogos e Contribuições, 2016.

  • PINNA, R. . The state of things: cosmopolitics on the Paraná River. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PINNA, R. . A natureza reduzida e a destruição redundante. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PINNA, R. . Os desafios de uma educação intercultural para os povos indígenas na América Latina. A Universidade Intercultural del Estado de México: proposta e prática.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • PINNA, R. . Comunidades Indígenas e Projetos de Investimento Produtivo e Acesso a Mercados. Caso da Comunidade Indígena: Xucuru de Ororubá no Estado de Pernambuco, Brasil. Word Bank Group. 2015 (Estudo de Caso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PINNA, R. . Trabalho de campo para pesquisa de Graduação.. 2015.

PINNA, R. . Apresentação de Termo de anuência prévia para a realização de consulta aos Guarani da TI Itamarã/Añetete sobre o first order draft (versão preliminar) do Relatório sobre Polinização para a Plataforma Intergovernamental da Biodiversidade e Serviços Ecosistêmicos (IPBES). 2015.

PINNA, R. ; PIMENTEL, S. K. ; CERO, B. . Trabalho de Campo para complementar o desenvolvimento do Relatório sobre Polinização para a Plataforma Intergovernamental da Biodiversidade e Serviços Ecosistêmicos (IPBES). 2015.

PINNA, R. . Trabalho de campo para pesquisa de Graduação.. 2014.

PINNA, R. ; SILVA, P. R. . Golpe Militar no Brasil é tema de evento realizado em Foz do Iguaçu. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

PINNA, R. . V Mostra de Artes Indígenas 'Expandindo Fronteiras' - Mobilização Nacional Indígena.. 2013; Tema: Mobilização Nacional Indígena. (Blog).

PINNA, R. . Exposição de Fotográfia 'Da água ao pó. Do agro ao pó: resistências na territorialidade Guarani' em V Conversas da Kata (DAN/UnB). 2017. Fotografia.

PINNA, R. . Exposição de Fotografia 'Lutas limítrofes: dos Avá aos Kaiowá em resistências no território Guarani' em VI Seminário de Alunos do (PPGAS/Museu Nacional). 2016. Fotografia.

PINNA, R. ; RAVERA, T. R. . ?Ayotzinapa? em memória aos 43 estudantes mexicanos. 2014. Instalação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2015

    Conhecimentos de Povos Indígenas e Comunidades Locais do IPBES, Descrição: O Painel Intergovernamental para a Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES) visa organizar o conhecimento científico sobre a biodiversidade acumulado no mundo para subsidiar decisões políticas em âmbito mundial ? trabalho semelhante ao que tem sido feito sobre mudanças climáticas nos últimos 20 anos pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). No âmbito do IPBES concentra-se uma rede de organizações e pesquisadores do mundo todo para que em uma ?força tarefa? (task force) se criem condições de participação e trabalho conjunto com as populações indígenas, bem como se construam protocolos e se facilite a promoção de sistemas de conhecimentos tradicionais para que esses possam ser incorporados em sua agenda e plataforma. Este projeto visou a realização de uma breve pesquisa junto aos Avá-Guarani para a versão preliminar do Relatório sobre Polinização para o Painel Intergovernamental da Biodiversidade e Serviços Ecosistêmicos (IPBES). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

I Prêmio Claudia Andujar de Ensaio Fotográfico. V Conversas da Kata (DAN/UnB)., UnB.

2016

I Prêmio Lola Alvarez Bravo de Ensaio Fotográfico, Museu Nacional - UFRJ.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História (ILAACH). , AC Parque Tecnológico Itaipu, Conjunto B, 85867970 - Foz do Iguaçu, PR - Brasil, Telefone: (45) 35767307, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana

    Vínculo: Estágio Docência, Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Estágio Docência em Fundamentos da América Latina III (FAL III) sendo tema do semestre "Meio Ambiente e Recursos Naturais na América Latina" ministrada pela prof.ª Senilde Guanaes.

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 42

  • 2015 - 2016

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Colaborador de projetos indígenistas.

  • 2011 - 2016

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana

    Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 42, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2014 - 2014

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitor da disciplina "Trabalho de Conclusão de Curso II: Técnicas e Práticas de Escrita", ministrada pelo prof. Spensy Kmitta Pimentel.

  • 2012 - 2013

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Extensionista, Carga horária: 20

    Atividades

    • 06/2015 - 06/2016

      Extensão universitária , UNILA, .,Atividade de extensão realizada, Criador, organizador e colaborador no projeto "Aty Mirim" do programa "Mais Cultura nas Universidades"..

    • 06/2014 - 02/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, UNILA, .,Cargo ou função, Membro titular da Comissão de Implantação do curso de Licenciatura Intercultural Indígena.

    • 06/2015 - 12/2015

      Extensão universitária , UNILA, .,Atividade de extensão realizada, Organizador de Seminário de Educação Indígena.

    • 02/2015 - 12/2015

      Extensão universitária , UNILA, .,Atividade de extensão realizada, Memórias de Fronteiras: As ações do Estado Brasileiro junto aos Guarani do Oeste Paranaense no século XX.

  • 2014 - 2015

    Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

  • 2017 - 2017

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Aluno especial

  • 2017 - Atual

    Universidade Federal de Santa Catarina

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador

  • 2016 - 2016

    Noctua - Ideias e Conteudo

    Vínculo: Prestação de serviços, Enquadramento Funcional: Produtor local e assessoria

    Outras informações:
    Produtor local e assessor na produção de Fronteiras Fluidas - projeto de série documental televisiva, de treze episódios, sobre os mundos indígenas que coexistem com muitos outros mundos: negros, brancos, mestiços, entre outros, compondo este multimundo chamado Brasil. São inúmeras as fronteiras com as quais esses povos se deparam: políticas, territoriais, sociais, econômicas, étnicas, entre outras. A série acompanha dez lideranças indígenas, de quatro regiões do Brasil, que trafegam na linha tênue desses limites. Em parceria com a Pólofilme/Imagética, foi selecionada no Programa Brasil de Todas as Telas - formulado pela ANCINE, para a produção da série televisiva ?Fronteiras Fluidas? que tem a consultoria dos antropólogos Eduardo Viveiros de Castro e Spensy Pimentel.

  • 2014 - 2014

    Noctua - Ideias e Conteudo

    Vínculo: Prestação de serviços, Enquadramento Funcional: Acessoria

    Outras informações:
    Fotógrafo e colaborador na gravação da série documental Gente Awá financiado pelo edital de Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A série faz um paralelo entre os dois casos: os Awá-Guajá, do Maranhão, e os Guarani-Kaiowá, do Mato Grosso do Sul e, por meio do diálogo com lideranças indígenas, pensadores e especialistas no assunto, busca mostrar que o desafio pelo território continua marcando as comunidades indígenas.