Claucia Fernanda Volken de Souza

Professora Titular da Universidade do Vale do Taquari - Univates, atuando como pesquisadora e docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia e no Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis. Possui doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2008), mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente - Ênfase em Microbiologia de Alimentos pela UFRGS (2002) e graduação em Química Industrial pela UFRGS (1997) e em Química - Licenciatura pela UFRGS (2002). Atualmente é Bolsista de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Nível 2. Desenvolve Projetos de PD&I em parceria com as empresas: Launer Química Indústria e Comércio Ltda., Milk Education and Quality (MEQ) (ambas empresas residentes do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari) e Quatro G Pesquisa & Desenvolvimento Ltda. (empresa residente do Tecnopuc/Parque Científico e Tecnológico da PUCRS), na linha de bioprocessos aplicados à indústria de alimentos. É membro do Comitê Institucional de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação da Univates. Atuou como Membro do Comitê de Assessoramento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS) - Área de Ciências Biológicas (2017-2019) e do Comitê Científico do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - Tecnovates (2012-2018). É autora de 6 patentes depositadas, sendo 5 na área de tecnologia de alimentos fermentados ou não, e 1 na área de bioprocessos enzimáticos. Coordena e atua como membro de equipe de projetos de pesquisa e desenvolvimento com apoio financeiro de órgãos de fomento (e.g. CNPq, FINEP, Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Sul e FAPERGS). Orientou/coorientou até o momento 17 dissertações de mestrado e 1 tese de doutorado; além de 14 monografias de curso de especialização, 62 iniciação científicas, e 67 trabalhos de conclusão de curso de graduação. Atualmente orienta/coorienta 6 doutorandos, 5 mestrandos, 3 iniciação científicas, e 1 trabalho de conclusão de curso de graduação. Tem experiência na área de Microbiologia Aplicada, com ênfase em Tecnologia de Bioprocessos e Tecnologia Enzimática. Atualmente atua nos seguintes temas: 1) Desenvolvimento de Estratégias Biotecnológicas para Aproveitamento de Soros Lácteos, tais como: microencapsulamento de componentes bioativos com soros lácteos; produção de peptídeos bioativos a partir dos soros; imobilização de B-galactosidases microbianas para hidrólise da lactose de soros lácteos; desenvolvimento de bioprodutos empregando soros lácteos como meio de cultivo; e elaboração e avaliação das características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de produtos lácteos fermentados elaborados com diferentes tipos de soros lácteos. 2) Isolamento, Identificação e Caracterização Tecnológica e Probiótica de Bactérias Lácticas visando a aplicação na elaboração de produtos lácteos fermentados.

Informações coletadas do Lattes em 12/07/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Biologia Celular e Molecular

2004 - 2008

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Produção em cultivo submerso e no estado sólido e caracterização da transglutaminase (EC 2.3.2.13) do isolado amazônico Bacillus circulans
Marco Antônio Záchia Ayub. Palavras-chave: biotecnologia de alimentos; tecnologia de bioprocessos; enzimas microbianas; transglutaminase.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.

Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente

2000 - 2002

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Evolução das características microbiológicas durante a elaboração e maturação do Queijo Serrano,Ano de Obtenção: 2002
Marco Antônio Záchia Ayub.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Queijo; Microrganismos; Maturação.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos / Especialidade: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares. Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Agricultura.

Graduação em Química - Licenciatura

1998 - 2002

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduação em Quimica Industrial

1993 - 1997

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Curso técnico/profissionalizante em Técnica Em Química

1988 - 1992

Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Encapsulamento de bioativos por extrusão com tecnologia de vibração. (Carga horária: 4h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2019 - 2019

Redação de Patentes, Além dos Guias e Oficinas Práticas. (Carga horária: 12h). , Axonal Consultoria Tecnológica, AXONAL, Brasil.

2018 - 2018

FÓRUM - TCCs das Engenharias: na perspectiva do desenvolvimento de habilida. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2017 - 2017

Metodologias ativas nos processos de ensino e de aprendizagem de Química. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2017 - 2017

Curso Prático de Operacionalização do Texturômetro. (Carga horária: 5h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2017 - 2017

Curso Teórico sobre Determinação da Textura de Alimentos. (Carga horária: 4h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2017 - 2017

Treinamento teórico e prático do sistema de digestão in vitro. (Carga horária: 12h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2016 - 2016

Tecnologias Educaionais I: Aplicação dos Métodos Team-Base Learning (TBL),. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2016 - 2016

Operacionalização de Biorreatores Automatizados. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2015 - 2015

Reconstruindo o ensino da Química na graduação. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2014 - 2014

Metodologias de ensino, prática e experiências. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2013 - 2013

Extensão universitária em Análise Sensorial. (Carga horária: 8h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2013 - 2013

Seminário de Microencapsulação Aplicada a Alimento. (Carga horária: 8h). , Instituto de Tecnologia de Alimentos, ITAL, Brasil.

2013 - 2013

Plano Nac. de Pós-Grad. Implicações para Univates. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2013 - 2013

Repensado a Química na Univates:proposta currículo. (Carga horária: 20h). , Centro Universitário Univates, UNIVATES, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Estatística Aplicada à Pesquisa. (Carga horária: 14h). , Centro Universitário Univates, UNIVATES, Brasil.

2012 - 2012

Pós-graduação Stricto Sensu: Criação, Avaliação. (Carga horária: 20h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Pesquisa e Pós-Graduação. (Carga horária: 16h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2005 - 2005

Extensão universitária em Análise Sensorial. (Carga horária: 8h). , Centro Universitário Univates, UNIVATES, Brasil.

2002 - 2002

Extensão universitária em Planejamento experimental e otimização de proc. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

1998 - 1998

Prevenção de acidentes do trabalho. (Carga horária: 18h). , Serviço Social da Indústria, SESI, Brasil.

1998 - 1998

Microscopia de alimentos. (Carga horária: 17h). , Instituto de Tecnologia de Alimentos, ITAL, Brasil.

1997 - 1997

Microscopia em trigo e derivados. (Carga horária: 30h). , Moinhos de Trigo Indígena S A, MOTRISA, Brasil.

1996 - 1996

Extensão universitária em Microbial genetics. (Carga horária: 160h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Industrial e de Fermentação.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Aproveitamento de Subprodutos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Microbiologia de Alimentos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Avaliação e Controle de Qualidade de Alimentos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Viagem de Estudos a Empresa Cervejaria Leopoldina. 2019. (Outro).

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Palestra: Positive and negative effects due to the growth of microorganisms in cheese ripening. 2019. (Outro).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Palestra - Fabricação de Queijos Finos: Aspectos Técnicos e Econômicos. 2018. (Outro).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Palestra - Farming 21st century: Environment, sustainability and consumer aspects in focus. 2018. (Outro).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Workshop de Fabricação de Queijos: Grupos de Pesquisa MEQ & Univates. 2018. (Outro).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; GOETTERT, M. I. . Curso: Treinamento teórico e prático do sistema de digestão in vitro. 2017. (Outro).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Curso Teórico sobre Determinação da Textura de Alimentos. 2017. (Outro).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Curso Prático de Operacionalização do Texturômetro. 2017. (Outro).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; HOEHNE, L. ; ETHUR, E. M. ; SPEROTTO, R. A. ; GRANADA, C. E. ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. ; FREITAS, E. ; FERLA, N. J. ; GOETTERT, M. I. . I Congresso de Biotecnologia da Região Sul - BiotecSul. 2016. (Congresso).

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; Maciel, M. J. ; LEHN, Daniel . Curso: Operacionalização de biorreatores automatizados. 2016. (Outro).

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; HOEHNE, L. . Minicurso: Determinação de Selênio por GF AAS. 2016. (Outro).

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; HOEHNE, LUCELIA . Palestra: Fundamentos e aplicações da técnica de espectrometria de absorção atômica com forno de grafite. 2016. (Outro).

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. . VI Biotechnology Workshop: focus on biotechnological processes. 2016. (Outro).

SOUZA, C.F.V. . Videoconferência do Mestrado em Biotecnologia da Univates e dos Mestrados em Biotecnologia Aplicada e Biotecnologia dos Recursos Marinhos do Instituto Politécnico de Leiria/Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar. 2014. (Outro).

Stulp, S. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; Oliveira, E. C. ; HOEHNE, L. ; ETHUR, E. M. ; Miriam Ines March . XX Encontro de Química da Região Sul - SBQSul. 2013. (Outro).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; JASPER, A. ; DULLIUS, M. M. . XI Salão de Iniciação Científica do Centro Universitário UNIVATES. 2012. (Outro).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . X Salão de Iniciação Científica do Centro Universitário UNIVATES. 2011. (Outro).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . II Simpósio Regional de Alimentos do Vale do Taquari. 2006. (Outro).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . I Simpósio Regional de Alimentos do Vale do Taquari. 2005. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

13° SLACA - Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos: ?O Futuro do Alimento.Growth and Encapsulation of Lactic Acid Bacteria in Dairy By-Products. 2019. (Simpósio).

13º CCTEC Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2019. (Congresso).

1º INOVABIOTEC: Congresso de Inovação e Biotecnologia. 2019. (Congresso).

9º Simpósio Interdisciplinar em Saúde e Ambiente - SISA, 8º Seminário de Educação Permanente em Saúde e 15º Semana Interdisciplinar em Saúde. 2019. (Simpósio).

A importância da empatia e do mindset colaborativo para empreender. 2019. (Outra).

Aula Inaugural dos Cursos de Engenharia de Alimentos, Engenharia Química e Química Industrial. 2019. (Outra).

Cultura do cuidado: Como prevenir riscos e crises em tempos de incerteza. 2019. (Outra).

Encontros Científicos do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia 2019/A. 2019. (Encontro).

Encontros Científicos do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia 2019B. 2019. (Encontro).

III Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento. 2019. (Congresso).

Lançamento do Inova RS Região dos Vales do Taquari e Rio Pardo. 2019. (Outra).

Palestra: Positive and negative effects due to the growth of microorganisms in cheese ripening. 2019. (Outra).

Seminário de Qualificação Docente: Personalização do Ensino Univates. 2019. (Seminário).

Seminário Institucional e Programa Institucional de Qualificação Docente 2019A. 2019. (Seminário).

VII Semana Acadêmica do Centro de Gestão Organizacional - CGO. 2019. (Outra).

12º CCTEC Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2018. (Congresso).

Biotransformação de Alimentos. 2018. (Outra).

Capacitação sobre os reflexos dos novos instrumentos de avaliação (e normativas) nos PPCS (decreto nº 9.235/2017). 2018. (Oficina).

Congresso SulBiotec 2018. Viability of probiotic bacteria encapsulated with ricotta whey and proteic materials. 2018. (Congresso).

Encontros Científicos do PPGBiotec 2018/B. 2018. (Encontro).

Encontros Cientificos do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia 2018/A. 2018. (Encontro).

Explanação sobre as alterações nas legislações da educação superior e novo instrumento de avaliação de cursos ? reconhecimento e renovação de reconhecimento. 2018. (Oficina).

II Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento. 2018. (Congresso).

Palestra: Médicos sem Fronteiras. 2018. (Outra).

Palestra: Nunca pare de aprender - Otelio Drebes. 2018. (Outra).

Palestra: O equilíbrio entre a sustentabilidade financeira e ambiental: um desafio a ser vencido. 2018. (Outra).

Palestra - Farming 21st century: Environment, sustainability and consumer aspects in focus. 2018. (Outra).

Reunião Técnica Estadual sobre Plantas Bioativas. 2018. (Outra).

Semana Acadêmica do CCHS. 2018. (Outra).

Semana Acadêmica do CGO. 2018. (Outra).

Treinamento da Plataforma Integrity. 2018. (Outra).

Workshop de Fabricação de Queijos: Grupos de Pesquisa MEQ & Univates. 2018. (Outra).

11º CCTEC CONGRESSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO VALE DO TAQUARI. 2017. (Congresso).

Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. 2017. (Outra).

Encontros Científicos do PPGBiotec 2017A. 2017. (Encontro).

ENCONTROS CIENTÍFICOS DO PPGBIOTEC 2017B. 2017. (Encontro).

I Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento. 2017. (Congresso).

II Seminário Nacional e I Seminário Internacional Formação Pedagógica e Pensamento Nômade: Currículo, Criação e Heterotopias. 2017. (Seminário).

INOVA TECNOVATES - 2° EDIÇÃO. 2017. (Seminário).

Orientações didático-pedagógicas: Estudos independentes e projeto integrador. 2017. (Oficina).

Seminário Institucional Univates. 2017. (Seminário).

VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA.CARACTERIZAÇÃO DA b-GALACTOSIDASE IMOBILIZADA EM IMMOBEAD 150. 2017. (Simpósio).

10º CCTEC CONGRESSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO VALE DO TAQUARI. 2016. (Congresso).

Agenda de formação - credenciamento da universidade: avaliação, regulação e excelência acadêmica. 2016. (Outra).

Aula Inaugural do Programa de Pós-graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis - PPGSAS. 2016. (Outra).

CRIEXP. 2016. (Outra).

Demonstração de equipamentos para aplicação tecnológica na área de alimentos. 2016. (Outra).

Encontros Científicos do PPG Biotecnologia. 2016. (Encontro).

Encontros Científicos PPGBiotec 2016B. 2016. (Encontro).

I BiotecSul - Congresso de Biotecnologia da Região Sul: Cenário atual e perspectivas futuras. 2016. (Congresso).

II SITUE - Seminário de Interação Tecnológica Universidade - Empresa.Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos. 2016. (Seminário).

I Mostra de Pós-graduação. 2016. (Outra).

Oficina - Google Drive: Explore os recursos de armazenamento do Google Drive. 2016. (Oficina).

Oficina - Redação de Patentes. 2016. (Outra).

Palestra - A importância da cultura da propriedade intelectual. 2016. (Outra).

Palestra - Citometria de Fluxo. 2016. (Outra).

Palestra - Diagnóstico molecular na identificação de ácaros fitófagos. 2016. (Outra).

Palestra - Empreendendo o que aprendemos. 2016. (Outra).

Planejamento de disciplinas a distância ou híbridas. 2016. (Oficina).

Seminário Institucional da Univates. 2016. (Seminário).

VI BIOTECHNOLOGY WORKSHOP: FOCUS ON BIOTECHNOLOGICAL PROCESSES. 2016. (Outra).

XV SICTI - SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃ. 2016. (Outra).

9º CCTEC CONGRESSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO VALE DO TAQUARI,. 2015. (Congresso).

As atribuições do profissional da química e o mercado de trabalho na contemporaneidade. 2015. (Outra).

Curso de treinamento do Encapsulator B395 Pro. 2015. (Outra).

Encontros Científicos do PPGBiotec - Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. 2015. (Encontro).

Encontros Científicos do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - PPGBiotec. 2015. (Encontro).

III Biotechnology Workshop ? Frontiers in Biotechnology. 2015. (Outra).

III Mostra de Trabalhos do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. 2015. (Outra).

Seminário de Acompanhamento da área de Biotecnologia da Capes. 2015. (Seminário).

Tecnologias para sala de aula:ferramenta Prezi-Introdução. 2015. (Oficina).

16th International Biotechnology Symposium & Exhibition.Ethanol bio-production from ricotta cheese whey. 2014. (Simpósio).

8º Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2014. (Congresso).

Advances in Food Processing. Fermented dairy beverages produced with ricotta cheese whey. 2014. (Congresso).

Encontros Científicos do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. 2014. (Encontro).

II Biotechnology Workshop - Focus on Molecular and Cellular Processes. 2014. (Outra).

II Mostra de Trabalhos do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia. 2014. (Outra).

Palestra: Cenário Educacional Brasileiro. 2014. (Outra).

Palestra: Perícia forense - experiência profissional. 2014. (Outra).

Palestra sobre metrologia e qualidade para análise de alimentos e demais análises químicas. 2014. (Outra).

Seminário dos 20 anos do Paiung. 2014. (Seminário).

Videoconferência do Mestrado em Biotecnologia da Univates e dos Mestrados em Biotecnologia Aplicada e Biotecnologia dos Recursos Marinhos do Instituto Politécnico de Leiria/Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar. 2014. (Outra).

XV Workshop em Alimentos. 2014. (Outra).

7º Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2013. (Congresso).

I Biotechnology Workshop: focus on health and disease. 2013. (Outra).

II Seminário do Comung: Em uma época de mudanças, como fica a sala de aula?. 2013. (Seminário).

I Mostra de Trabalhos do PPGBiotec. 2013. (Outra).

IV Workshop de Polos Tecnológicos. 2013. (Outra).

Palestra: Biogás - princípios e biotecnologia. 2013. (Outra).

Palestra: Espectroscopia de Absorção Atômica com Fonte Contínua - histórico, fundamentos e aplicaçõesun. 2013. (Outra).

Palestra: Transformando conhecimento em riqueza. 2013. (Outra).

Semana Acadêmica do Centro de Gestão Organizacional. 2013. (Outra).

Seminário de Interação Tecnológica Universidade - Empresa - SITUE. 2013. (Seminário).

Seminário Institucional de Planejamento Estratégico. 2013. (Seminário).

XIV Workshop em Alimentos. 2013. (Outra).

XV Mostra de Ensino, Extensão e Pesquisa. 2013. (Outra).

XX Encontro de Química da Região Sul. 2013. (Encontro).

16º World Congress of Food Science and Technology. OPTIMIZATION OF FUNCTIONAL YOGURT PREPARATION PROCESS. 2012. (Congresso).

A Pesquisa no Rio Grande do Sul. 2012. (Outra).

Avanços em Biologia da Reprodução e Discussão sobre a Pesquisa nos EUA. 2012. (Outra).

Fórum de Discussão: Pós-graduação Stricto Sensu - criação, avaliação, acompanhamento. 2012. (Outra).

Fundamentos filosoficos e educacionais da proposta do Novo Ensino Médio no RS. 2012. (Outra).

História da Ciência na Pós-Graduação. 2012. (Outra).

Oficina: Google Docs: construção do conhecimento através da interação e colaboração. 2012. (Oficina).

Oficina: Qualidade de vida do professor: aspectos do trabalho e cuidados com a postura para docentes da Univates. 2012. (Oficina).

Oficina: Univates Virtual: Instrumentação I. 2012. (Oficina).

Oficina: Univates Virtual: Instrumentação II. 2012. (Oficina).

Os processos de regulação x avaliação x supervisão na educação superior - a perspectiva do Conselho Nacional de Educação (CNE). 2012. (Outra).

Palestra: Biotecnologia: Aplicações da Microbiologia e Bioinformática. 2012. (Outra).

Palestra: Enade, CPC e IGC - análise, sensibilização e estratégias para obter o resultado positivo no Enade, CPC e IGC. 2012. (Outra).

Palestra: Habilidades acadêmicas e competências profissionais. 2012. (Outra).

Seminário Academia - Empresa entre Coordenadores de PPGs da Área de Biotecnologia e Empresários da Bioindústria. 2012. (Seminário).

Seminário de Acompanhamento da Área de Biotecnologia da CAPES. 2012. (Seminário).

Seminário Univates: Universidade Nova. 2012. (Seminário).

VI Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2012. (Congresso).

VI Meeting de Inovação em Alimentos. 2012. (Encontro).

16° Encontro Nacional de Quimica Analitica.Avaliação de diferentes fibras de SPME para a extração de ftalatos de amostras de plasticos usados em alimentos. 2011. (Encontro).

34º Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Quimica.CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DE RICOTAS ELABORADAS COM PROBIÓTICOS E FIBRA SOLÚVEL. 2011. (Outra).

5º Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2011. (Congresso).

Disciplina Pesquisa e Pos-Graduação no Curso de Pos-Graduação em Gestão Universitaria. 2011. (Outra).

Fórum de Discussão: Jogos Teatrais para Professores. 2011. (Outra).

Oficina pedagógica: Diferenças de aprendizagem e diferenças de ensino. 2011. (Oficina).

Oficina pedagógica: Orientação de trabalho de conclusão. 2011. (Oficina).

Palestra: Desafios da ética. 2011. (Outra).

VII Semana Cientifica Unilasalle.Estudo das melhores condições para identificação e quantificação de HPAs utilizando a cromatografia liquida de alta eficiencia. 2011. (Outra).

VI Salão de Iniciação Cientifica e Extensão do Centro Universitario Metodista IPA.Caracteristicas fisico-quimicas de biscoitos enriquecidos com farinha de beterraba. 2011. (Outra).

VI Workshop de Engenharia e Tecnologia - WET no 5º Congresso de Ciencia e Tecnologia do Vale do Taquari. Hidrocarbonetos policiclicos aromaticos em alimentos defumados. 2011. (Congresso).

XIII Mostra de Ensino, Extensão e Pesquisa da Univates - XIII MEEP.Influência da alimentação do gado leiteiro sobre a qualidade do leite produzido no Vale do Taquari. 2011. (Outra).

XIII Mostra de Ensino, Extensão e Pesquisa da UNIVATES - XIII MEEP. 2011. (Outra).

XII Workshop em Alimentos. 2011. (Outra).

X Salão de Iniciação Cientifica da Univates.Otimização do processo de elaboração de iogurtes funcionais. 2011. (Outra).

Fórum: Reflexões pedagógicas sobre atuação do docente no ensino superior da Univates - relato de experiências. 2010. (Outra).

IV Congresso de Ciência e Tecnologia do Vale do Taquari. 2010. (Congresso).

IX Salão de Iniciação Científica.Utilização de diferentes ácidos orgânicos na coagulação das proteínas do soro para a fabricação de ricota. 2010. (Outra).

Nutrigenômica e Apresentação do Prêmio Alltech Young Scientist. 2010. (Outra).

Palestra: Estratégias de aprendizagem para alunos do ensino superior. 2010. (Outra).

Palestra: Tendências do Ensino Superior. 2010. (Outra).

Plataforma Lattes. 2010. (Oficina).

Univates Virtual - Primeira Parte. 2010. (Oficina).

Univates Virtual - Segunda Parte. 2010. (Oficina).

XII Mostra de Ensino, Extensão e Pesquisa da UNIVATES - XII MEEP.Otimização do processo de produção da ricota. 2010. (Outra).

15° Encontro nacional de Química Analítica e 3° Congresso Iberoamericano de Química Analítica.Avaliação de parâmetros de qualidade em aguardentes de cana produzidas na Vale do Taquari no Rio Grande do Sul. 2009. (Encontro).

1º Mostra de trabalhos da Unidade de Pesquisa Planejamento, Gestão e Inovação Organizacionais.Otimização do processo produtivo e da qualidade dos queijos do Vale do Taquari através da metodologia de planejamento experimental e análise de superfície de resposta. 2008. (Encontro).

Como trabalhar o resultado da avaliação institucional na sala de aula. 2008. (Oficina).

Fórum: Avaliação do Desempenho do aluno no Ensino Superior: por que, quando e como. 2008. (Outra).

I Simpósio Internacional de Alimentos Funcionais. 2008. (Simpósio).

Palestra: A língua de sinais e suas implicações no meio acadêmico. 2008. (Outra).

Palestra: O que significa pensar na educação?. 2008. (Outra).

Trabalho e subjetivação do professor: resoluções criativas para o sofrimento. 2008. (Oficina).

A voz e sua importância no trabalho docente. 2007. (Oficina).

Interação professor e aluno na sala de aula. 2007. (Oficina).

Sinaferm 2007 XVI Simpósio Nacional de Bioprocessos.Produção de trangutaminase por Bacillus circulans BL32 em cultivo no estado sólido. 2007. (Simpósio).

Sinaferm 2007 XVI Simpósio Nacional de Bioprocessos.Produção de Xilanase Bacteriana em Diferentes Biorreatores de Cultivo em estado sólido. 2007. (Simpósio).

8º Reunião Anual do Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular - PPGBCM.Produção de transglutaminase por Bacillus circulans BL32 em cultivo em estado sólido.. 2006. (Outra).

VII Seminário Brasileiro de Tecnologia Enzimática-Enzitec.Participante no VII Seminário Brasileiro de Tecnologia Enzimática-Enzitec. 2006. (Seminário).

7º Reunião Anual do Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular - PPGBCM.Otimização das condições de cultivo para a produção em sistema submerso da transglutaminase de Bacillus circulans BL32 isolado da Amazônia. 2005. (Outra).

6º Reunião Anual do Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular - PPGBCM.Otimização da composição do meio de cultura para a produção em cultivo submerso da transglutaminase em Bacillus circulans BL32 isolado da Amazônia. 2004. (Outra).

3º Reunião Anual do Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular - PPGBCM.Variações na composição química e nas caracterísitcas físico-quimicas do queijo serrano ao longo do processo de maturação.. 2001. (Outra).

Curso de Treinamento Qualidade de Águas Ambientais: Fontes Poluidoras e Alternativas de Tratamento. 2001. (Seminário).

XXI Congresso Brasileiro de Microbiologia. Participante no XXI Congresso Brasileiro de Microbiologia. 2001. (Congresso).

Palestra Controle integrado de pragas em indústrias, hospitais e áreas sensíveis: tecnologia, características e vantagens. 1998. (Outra).

VIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS.VIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS. 1996. (Outra).

VII Semana Acadêmica de Química. 1994. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Taís Rossato Silveira

Volken de Souza, Claucia Fernanda; MENEZES, E. W.; RODRIGUES, R. S. B.; MENEGUZZI, A.; KLEIN, M. P.. Imobilização de lacase em partículas magnéticas recobertas com quitosana para aplicação na degradação de corantes têxteis. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Cássio Schmidt

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenMaciel, M. J.; MENGUER, P. K.; GRANADA, C. E.; SPEROTTO, R. A.. Isolamento e caracterização de bactérias eficientes na biodegradação de corantes azo sintéticos. 2018. Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Elí Emanuel Esparza Flores

Claucia Fernanda Volken de SouzaVOLPATO, Giandra; AYUB, Marco Antonio Zachia. Genipina como agente ativador de esferas de quitosana para a imobilização enzimática. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Lilian de Fatima Ferreira da Silva

Claucia Fernanda Volken de SouzaLEHN, Daniel; HOELTZ, M.; FREITAS, E.;ETHUR, E. M.; LAZAROTTO, M.. Potencial alimentício de uma espécie nativa da família caricaceae. 2018. Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Luíza Merlini Garcia Dalagnol

Claucia Fernanda Volken de Souza; KLEIN, M. P.; RECH, R.. Avaliação do uso do ultrassom na extração do mosto da uva cabernet sauvignon e na atividade enzimática. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Anelise Stein Bellé

Volken de Souza, Claucia Fernanda; GURAK, P. D.;FLORES, Simone Hickmann. Extração de Genipina a partir do Jenipapo (Genipa americana L.) para imobilização de enzimas. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Gabriela Feix Pereira

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN; HERTZ, Plinho Francisco; CRUZ, L. H.. Aproveitamento do resíduo fibra de soja na produção de enzimas lignocelulósicas por Aspergillus nidulans recombinante e aplicação na produção de xilo-oligossacarídeos. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Thomas Muller Schmidt

COBELLINI, V. A.; HOELTZ, M.; SOUZA, D.;SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Aproveitamento de resíduos de Citrus sp. para obtenção de biomassa de Agaricus bisporus. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Ambiental) - Universidade de Santa Cruz do Sul.

Aluno: Elisangela Beatris da Rosa

COBELLINI, V. A.; HOELTZ, M.; SCHNEIDER, R. C. S.;SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Biorremediação e aproveitamento de resíduos de pó de fumo por Pycnoporus sanguineus. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Ambiental) - Universidade de Santa Cruz do Sul.

Aluno: Micheli Maria Bueno

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenRODRIGUES, Rafael Costa; THYS, R. C. S.; KECHINSKI, C. P.;FLORES, Simone Hickmann. Avaliação de enzimas microbianas para tratamento e adequação de farinhas de trigo em substituição ao uso de oxidantes químicos: Efeitos sobre as propriedades reológicas de dois perfis de farinha. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Franciele Zaluski

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; GARAVAGLIA, J.; MANFROI, V.. Imobilização e aplicação de enzimas responsáveis por modificar e melhorar o perfil aromático dos vinhos. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Mariano Rodrigues

HOEHNE, L.ETHUR, E. M.; Miriam Ines March;VENZKE, Janaína GuimarãesSOUZA, Claucia Fernanda Volken. Obtenção de hidrolisados enzimáticos de minhoca e estudo das suas propriedades funcionais. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Luis Alberto Pereira Machado

BUSTAMANTE FILHO, I. C.Pozzobon, A.SOUZA, Claucia Fernanda VolkenBIOLCHI, V.; KRETZMANN, N. A.. Incidência dos genes eaeA e stx1 em Escherichia coli isolada de carcaça suína abatida em frigoríficos comerciais na região sul do Brasil. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Ruthineia da Luz Funke

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenOliveira, E. C.; COLOSSI, F.;BOSCO, S. M. D.. Bioprodução de ácido lático a partir do resíduo de isolado proteico de soja. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Bruna Cristina Jordon

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; ASSUNCAO, J. M. P.;DULLIUS, C. H.Pozzobon, A.. Isolamento, identificação e caracterização molecular de bactérias ácido lácticas para uso na elaboração de produtos lácteos. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: André Soibelmann Glock Lorenzoni

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; AYUB, Marco Antonio Zachia; MACEDO, A. J.. Produção de fruto-oligossacarídeos e açúcar invertido utilizando enzimas imobilizadas. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Odimar Lorini da Costa

JASPER, A.; PERICO, E.;SOUZA, Claucia Fernanda Volken; ROSA, A. A. S.; KONRAD, O.. Identificação de charcoal em nível de roof-shale no afloramento Quitéria, formação Rio Bonito, permiano da Bacia do Paraná, e suas consequências para o passado, presente e futuro. 2013. Dissertação (Mestrado em Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Caroline Lima Zanatta

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenVENZKE, Janaína GuimarãesBOSCO, S. M. D.ETHUR, E. M.. Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica de farinhas obtidas a partir de vegetais não conformes à comercialização. 2009. Dissertação (Mestrado em Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Monique Deon

Volken de Souza, Claucia Fernanda; CATAFESTA, J.; RODEMBUSCH, F.; SANTOS, J. F. L.. Sistemas combinados de magnetita e sílica: mobilidade magnética e porosidade elaboradas para bioaplicações. 2019. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Daniel Neutzling Lehn

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; PINTO, L. A. A.; SOARES, L. A. S.; CADAVAL JUNIOR, T. R. S.; ESQUERDO, V. M.. Microencapsulamento de óleos alimentícios com subproduto da indústria de laticínios utilizando. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia e Ciência de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Natália Guilherme Graebin

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; KLEIN, M. P.; MARTINS, V. G.. Imobilização e engenharia de proteínas de glucansucrases e suas aplicações. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Jéssie da Natividade Schöffer

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKENVOLPATO, Giandra; AYUB, Marco Antonio Zachia. Imobilização dirigida de ciclodextrina glicosiltransferase e produção modulada de ciclodextrinas por cultivo em batelada e reator contínuo de leito fixo. 2017. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Natalia Carminatti Ricardi

Volken de Souza, Claucia Fernanda; RODRIGUES, R. S. B.. Suportes porosos de óxidos mistos de Si/Ti contendo quitosana: desenvolvimento de biocatalisadores enzimáticos. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Monique Deon

Claucia Fernanda Volken de Souza; RODRIGUES, R. S. B.; LIMA, E. C.. Desenvolvimento de novos materiais porosos e magnéticos à base de sílica como suportes recuperáveis para bioaplicações. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Joyce Cristina Gonçalvez Roth

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; COSTA, A. B.; SCHNEIDER, R. C. S.; BENITEZ, L. B.; HOELTZ, M.. Aproveitamento do resíduo de pó de tabaco como substrato para a prospecção e o crescimento de microrganismos produtores de celulases. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologia Ambiental) - Universidade de Santa Cruz do Sul.

Aluno: Rita Tatiane Leão da Silva

Claucia Fernanda Volken de Souza; HORN, T. B.; FERLA, N. J.; FREITAS, E.; JOHANN, L.. Aspectos ecológicos e importância econômica de ácaros associados a videira (Vitis vinifera) nos Vales do Taquari no RS. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Lucas Dal MAgro

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenAYUB, Marco Antônio Zachia; MARTINS, V. G.. Clarificação contínua de sucos de frutas com pectinases, celulases e hemicelulases imobilizadas em nanopartículas magnéticas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Natália Guilherme Graebin

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN; MARTINS, V. G.; CASSINI, A. S.. Imobilização de dextransucrase para síntese de oligossacarídeos em reatores enzimáticos. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Gabriela Quadros Nunes

Volken de Souza, Claucia Fernanda; VALADAO, N. K.. Desenvolvimento de um leite fermentado contendo bactéria ácido lácticas enriquecidas com selênio. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Lilian de Fatima Ferreira da Silva

FREITAS, E.;ETHUR, E. M.; LAZAROTTO, M.;SOUZA, Claucia Fernanda VolkenMaciel, M. J.. Potencial alimentício de uma espécie nativa da família caricaceae. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Cássio Schmidt

GRANADA, C. E.;SPEROTTO, RAUL ANTONIOMaciel, M. J.DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN. Isolamento e caracterização de bactérias eficientes na biodegradação de corantes azo sintéticos. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Luis Alberto Pereira Machado

BUSTAMANTE FILHO, I. C.SOUZA, Claucia Fernanda Volken; SPEROTTO, R. A.. Uso de PCR Multiplex na avaliação de contaminação de carcaças suínas por STEC em abatedouro frigorífico na região do Vale do Taquari. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Ruthineia da Luz Funke

BOSCO, S. M. D.Oliveira, E. C.SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Produção de ácido lático a partir do resíduo de isolado proteico de soja. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Mariano Rodrigues

HOEHNE, L.ETHUR, E. M.SOUZA, Claucia Fernanda Volken; HILGEMANN, M.. Obtenção de Hidrolisados Enzimáticos de Minhoca. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Caroline Lima Zanatta

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenETHUR, E. M.; KONRAD, O.. Avaliação físico-química, microbiológica e aplicação de vegetais não-conformes à comercialização visando o reaproveitamento nas redes mercadistas e CEASA-RS. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Aidaiane Freire de Lima

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenETHUR, E. M.Oliveira, E. C.. Determinação de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos em Produtos Defumados de Origem Animal Comercializados no Vale do Taquari/ RS. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Rui Rotava

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Dejetos fecais de animais domesticos: revisao bibliografica e caracterizacao destes dejetos no municipio de Carlos Barbosa, RS.. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Jéssica Barbieri de Oliveira

Volken de Souza, Claucia FernandaLEHN, Daniel; BORSOI, C.. Avaliação da qualidade de suco de fruta minimamente processado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Ariane da Rosa Parahiba Chaves

Volken de Souza, Claucia FernandaLEHN, Daniel; CATTO, A. L.. Avaliação da Qualidade Microbiológica de Saneantes Destinados à Higienização de Sistemas de Ordenha. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Sarah Zonatto Ribeiro

Volken de Souza, Claucia FernandaLEHN, Daniel; BORSOI, C.. Obtenção e Caracterização de Extrato de Erva-Mate (Ilex paraguariensis) Obtidos Utilizando Diferentes Solventes. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Francine Silva da Rosa

Volken de Souza, Claucia FernandaLEHN, Daniel; REISDORFER, G.. Estudo da Secagem de Soro de Diferentes Tipos de Queijos Produzidos no Vale do Taquari. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Elis Jennifer Jaeger Laissmann

REISDORFER, G.;LEHN, DanielClaucia Fernanda Volken de Souza; BORSOI, C.. Avaliação do potencial conservante do extrato etanólico de erva-mate aplicado em linguiça suína frescal. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Cristina Sommer

Claucia Fernanda Volken de SouzaLEHN, DanielOliveira, E. C.. Comparação de métodos microbiológicos para controle de qualidade em laticínios. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: JONATHAN ALBERTO SPIES

Claucia Fernanda Volken de Souza; REISDORFER, G.;LEHN, Daniel. Estudo sobre a isomerização de alfa-ácidos de lúpulo na produção de cerveja artesanal em diferentes condições de processo. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Jênifer Jennrich

Claucia Fernanda Volken de Souza; BECCHI, C. S.;LEHN, Daniel. Elaboração, aceitabilidade e valor nutricional de massas de brigadeiro isentas de lactose, produzidas a partir de vegetais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Cheila Pedroso Castro

Claucia Fernanda Volken de SouzaBUSTAMANTE FILHO, I. C.; FALLAVENA, P. R. V.. Avaliação do efeito da adição do soro de queijo na motilidade do sêmen suíno. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Ingrid Santos dos Santos

Claucia Fernanda Volken de Souza; CONDE, S. R.; CONTINI, V.. Avaliação do consumo de alimentos ultraprocessados e sua influência na ingestão de nutrientes e em parâmetros antropométricos e bioquímicos de indivíduos adultos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Fernando Belotti

Claucia Fernanda Volken de SouzaMaciel, M. J.. Caracterização probiótica de bactérias ácido-lácticas isoladas de leite in natura e queijo da região sul do Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Jéssica Taís Fell

Claucia Fernanda Volken de Souza; BECCHI, C. S.;LEHN, Daniel. Determinação do tempo de mistura necessário à obtenção da homogeneidade na dieta total para bovinos de leite da Granja Fell, do município de Bom Retiro do Sul/RS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Bruna Suelen de Vargas

Volken de Souza, Claucia Fernanda; BOCKEL, W. J.; HERBER, J.. Avaliação das características nutricionais de chocolates com adição de amora vermelha frente a variação do teor de cacau. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Fernando Belotti

Volken de Souza, Claucia FernandaMaciel, M. J.; DREBES, T.. Caracterização probiótica de bactérias ácido-lácticas isoladas de leite in natura e queijo da região sul do Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Sibele Kunze Kehl

Volken de Souza, Claucia Fernanda; BORSOI, C.;LEHN, Daniel. Desenvolvimento de produto tipo "hambúrguer" vegetal elaborado a partir de proteína texturizada de soja, aveia e espinafre. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Tamires Lansing

Volken de Souza, Claucia Fernanda; BECCHI, C. S.;LEHN, Daniel. Elaboração, aceitabilidade e valor nutricional de barras de cereais produzidas a partir de farelo de torrone. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Mariana Cardoso Gonçalves

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKENLEHN, Daniel; BOCKEL, W. J.. Avaliação das propriedades físico-químicas de suco de uva integral orgânico e convencional produzido na serra gaúcha. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Patrícia Engster

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN; BORSOI, C.;LEHN, Daniel. Estudo do encapsulamento de óleo de castanha-do-Brasil com soro de queijo por secagem em spray drying. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Ingrid Santos dos Santos

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN; CONTINI, V.. Alimentos processados. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Rosemeri Scherer

BOCKEL, W. J.;LEHN, DanielDE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN. Avaliação dos teores de ácidos graxos presentes em azeites de oliva extravirgem comercializados no Vale do Taquari. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Karin Freitag

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenLEHN, Daniel; CONDE, S. R.. Desenvolvimento e análise sensorial de massa alimentícia isenta de glúten. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Emanuele Hoss

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenLEHN, Daniel; ASSUNCAO, J. M. P.. Avaliação do shelf-life de carne bovina resfriada embalada a vácuo e em embalagem PVC. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Simone Kappler Salvadori

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenLEHN, Daniel; ASSUNCAO, J. M. P.. Estabilidade da embalagem para conservação de salsicha cozida. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Tailize De Carli

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenLEHN, Daniel; BRUXEL, J.. Desenvolvimento de produto cárneo reestruturado como alternativa de reaproveitamento de aparas cárneas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: João Batista Dalmoro

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; ASSUNCAO, J. M. P.;LEHN, Daniel. Reaproveitamento de resíduos de folhosos incorporados em formulação de biscoitos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Camila Juliana Fredrich

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; ASSUNCAO, J. M. P.;LEHN, Daniel. Contribuição para o estudo do resfriamento de carcaças de frango em chiller. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Cristina Arend Wolf

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenHOEHNE, L.; REISDORFER, G.. Bioacumulação de selênio em bactérias ácido lácticas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Josoé Fernando Krüger

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenPozzobon, A.; SCHEID, L. J.. Verificação da presença de microrganismos e toxina shiga I em amostras de leite bovino através da reação em cadeia da polimerase (PCR), obtidas na região do Vale do Taquari, RS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Alana Kolling

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenLEHN, DanielADAMI, F. S.. Aceitação de iogurte de soja com adição de probióticos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Centro Universitário Univates.

Aluno: Guilherme Mallmann

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenHOEHNE, L.; CAVASAN, F. A.. Caracterização físico-química de farinha de pena e sangue de frango, variando tempo e pressão no processo de produção. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Eliana Marilda Eckert

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenLEHN, Daniel; MACHADO, I. C. K.. Determinação do teor de micronutrientes em amostras vegetais de alimentos orgânicos e convencionais cultivados por produtores do Vale do Taquari. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Jonéia Scheibel

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenETHUR, E. M.; MACHADO, I. C. K.. Quantificação de Na, K e P em cenoura e batata submetidas a cinco métodos de cocção para a utilização na dieta do portador de doença renal crônica. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Aluno: Ieda Maria Salvi

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; Rempel, Claudete; Gräff, Tânia. Equivalência de dulçor, amargor e aceitação em sobremesa de gelatina diet com esteviosídeo. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Centro Universitário Univates.

Aluno: Débora Krüger Padrão

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; HERTZ, Plinho Francisco; Jong, E. V.. Avaliação do uso de alternativas tecnológicas em produto embutido de frango para melhora da fatiabilidade. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Andréia Eliane Oliveira Rocha

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Incidência de Clostridium perfringens em Farinha de Carne-Osso e Farinha de Vísceras Usadas em Rações para Alimentação de Animais. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates.

Volken de Souza, Claucia Fernanda. Comissão Avaliadora do Seminário de Iniciação Científica CNPq 2019. 2019. Universidade Feevale.

Volken de Souza, Claucia Fernanda; KONRAD, O.;ETHUR, E. M.HOEHNE, L.. Defesa de Projeto: Avaliação da degradação do micropoluente amoxicilina utilizando processo químico e biotecnológico. 2019. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Volken de Souza, Claucia Fernanda. Avaliadora dos trabalhos na modalidade pôster no 1º Congresso de Inovação e Biotecnologia - InovaBiotec promovido pela Univates. 2019. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Volken de Souza, Claucia Fernanda. Avaliadora dos resumos dos trabalhos no 1º Congresso de Inovação e Biotecnologia - InovaBiotec promovido pela Univates. 2019. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Volken de Souza, Claucia Fernanda. Avaliadora dos artigos e resumos expandidos no XIV Workshop de Engenharia e Tecnologia - WET promovido pela Univates. 2019. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Claucia Fernanda Volken de Souza; SPEROTTO, R. A.; VALIATI, V. H.. Comissão Avaliadora do Seminário de Iniciação Científica CNPq 2018. 2018. Universidade Feevale.

Claucia Fernanda Volken de SouzaADAMI, F. S.HOEHNE, L.; FREITAS, E.. Defesa de Projeto: Desenvolvimento de um leite fermentado contendo bactérias ácido láticas enriquecidas com selênio. 2018. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Volken de Souza, Claucia Fernanda. Avaliadora dos trabalhos do II Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento. 2018. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

FERLA, N. J.; JOHANN, L.; FREITAS, E.;SOUZA, Claucia Fernanda Volken; BOTTON, M.. Defesa de Projeto: Aspectos ecológicos e importância econômica de ácaros associados a videiras (Vitis vinifera) nos Vales do Taquari e Vinhedos do Rio Grande do Sul, Brasil. 2017. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN. Avaliadora dos trabalhos do I Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento. 2017. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliadora dos resumos dos trabalhos no 1º Congresso de Biotecnologia da Região Sul - BiotecSul promovido pela Univates. 2016. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN. Avaliadora dos trabalhos na modalidade pôster no 1º Congresso de Biotecnologia da Região Sul - BiotecSul promovido pela Univates. 2016. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

GRANADA, C. E.; SPEROTTO, R. A.;DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKENMaciel, M. J.. Defesa do Projeto: Isolamento e caracterização de bactérias eficientes na biodegradação de corantes sintéticos. 2016. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliadora no XV SICTI - Salão de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação. 2016. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN. Membro da Comissão Avaliadora do XI Workshop de Engenharia e Tecnologia. 2016. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliadora no XIV SICTI - Salão de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação. 2015. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliadora do XIII Salão de Iniciação Científica da Univates. 2014. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken; CYRNE, C. C. S.. Avaliadora no XII Salão de Iniciação Científica da Univates. 2013. Centro Universitário Univates.

SOUZA, Claucia Fernanda VolkenBUSTAMANTE FILHO, I. C.. Avaliadora no X Salão de Iniciação Científica da Univates. 2011. Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliação de projetos apresentados na 25ª MOSTRATEC. 2010. Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Membro da comissão julgadora da sessão Análise Química de Alimentos no XX Salão de Iniciação Científica. 2008. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliação de projetos apresentados na 23ª MOSTRATEC. 2008. Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliação de projetos apresentados na 19ª MOSTRATEC. 2004. Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Membro da comissão julgadora da sessão Microbiologia e Toxicologia de Alimentos no XVI Salão de Iniciação Científica. 2004. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliação de projetos apresentados na 18ª MOSTRATEC. 2003. Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Membro da comissão julgadora da sessão Microbiologia e Toxicologia de Alimentos II no XV Salão de Iniciação Científica. 2003. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken. Avaliação de projetos apresentados na 17ª MOSTRATEC. 2002. Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Plinho Francisco Hertz

HERTZ, P. F.AYUB, Marco Antônio Záchia; CARLINI, C. R.. Produção em cultivo submerso e no estado sólido de caracterização da trnasglutaminase do isolado amazônico Bacillus circulans. 2008. Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Alexandre José Macedo

Oliveira, D.; Hertz, P. F.;MACEDO, A. J.. Produção em cultivo submerso e no estado sólido e caracterização da transglutaminase (EC 2.3.2.13) do isolado Amazônico Bacillus circulans. 2008. Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Eduardo César Tondo

TONDO, E. C.. Evolução das características microbiológicas durante a elaboração e maturação do queijo serrano.. 2002. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Marisa Ribeiro de Itapema Cardoso

SOUZA, C. F. V.;CARDOSO, M. R. I.; SAND, S. V. D.; TONDO, E.. Evolução das caracterísiticas microbiológicas durante a elaboração e maturação de queijo serrano. 2002. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Jeverson Frazzon

FRAZZON, J.. biotecnologia. 2007. Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Sueli Teresinha Van Der Sand

SOUZA, C. F. V.;VAN DER SAND, S. T.; CARDOSO, Marisa Itapema Ribeiro; TONDO, E. C.. Evolução das caracteristicas microbiológicas durante a elaboração e maturação do queijo serrano. 2002. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Gabriela Rabaioli Rama

a definir; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Luana Tirloni

a definir; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Carla Regina Horst

Gastronomia sustentável; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; (Coorientador);

Maiara Giroldi

Encapsulamento de hidrolisados proteicos; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

José Silva Machado

Aproveitamento do óleo do coco babaçu na produção do biodiesel; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; (Orientador);

Cláudia Schlabitz

Aproveitamento da levedura da produção da cerveja para a alimentação animal; Início: 2019; Tese (Doutorado em Doutorado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Daniel Kuhn

Elaboração de queijos finos com bactérias lácticas isoladas do leite da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, SP; Início: 2019; Tese (Doutorado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Empresa Milk Education & Quality; (Orientador);

Adriano Gennari

Clonagem, produção e imobilização da b-galactosidase de Kluyveromyces marxianus; Início: 2018; Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Mônica Cerutti Martellet

Potencial biotecnológico de produtos naturais: associação de Plantago ovata (Psyllium) com Kluyveromyces marxianus em modelos experimentais in vitro; Início: 2017; Tese (Doutorado em Doutorado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; (Coorientador);

Patricia Fassina

Efeitos de hidrolisados proteicos de soros lácteos na nutrição esportiva; Início: 2017; Tese (Doutorado em Doutorado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; (Orientador);

Anja Dullius

Peptídios bioativos de soro lácteo: Avaliação dos potenciais antimicrobiano e antioxidante; Início: 2016; Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Sabrina Halmenschlager

Efeito do congelamento do leite de cabra nas características do queijo; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; (Orientador);

Manuela Araujo Costa

Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; (Orientador);

Renate Simon

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Lauren Mazutti Grando

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Marcio Alves de Sousa

ldentificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de Ieite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado; 2019; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES,; Coorientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Angélica Vincenzi

Investigação do mecanismo de ação de bactérias ácido-lácticas com potencial probiótico na atividade anti-inflamatória; 2019; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Coelho de Andrade

Desenvolvimento de suportes a base de níquel para a imobilização orientada de enzimas recombinantes; 2019; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Michele Fangmeier

Tolerância às condições adversas de Lactobacillus spp; microencapsulados por extrusão com tecnologia de vibração; 2019; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Adriano Gennari

Imobilização da enzima b-galactosidase de origem microbiana em diferentes suportes; 2018; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES,; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva

Microencapsulamento de Lactobacillus sp; por spray drying utilizando soros lácteos de diferentes espécies; 2018; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES,; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Grasciele Tamara Kemerich

Perfil de compostos bioativos de uvas mantidas com e sem controle biológico de ácaros; 2018; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ana Paula Mörschbächer

Determinação da bioacumulação de selênio em bactérias ácido-láticas por espectrofotometria de absorção molecular na região do ultravioleta-visível; 2017; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Camila Agostini

Caracterização molecular e tecnológica de bactérias ácido-lácticas isoladas de leite in natura e queijo colonial; 2016; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Camila Eckert

Bactérias láticas: avaliação da resistência ao trato gastrintestinal simulado e encapsulamento com soros lácteos; 2016; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Débora Mara Kich

Potencial biotecnológico de produtos naturais em modelos experimentais in vitro; 2016; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Michele Dutra Rosolen

Estudo da hidrólise enzimática e da imobilização da β-galactosidase de Aspergillus oryzae em nanotubos de carbono de múltiplas camadas; 2015; Dissertação (Mestrado em BIOTECNOLOGIA) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

André Luiz de Mello Araújo

Produção e avaliação da qualidade de queijo petit suisse adicionado de soro lácteo; 2015; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Biotecnologia) - Centro Universitário Univates, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ruan da Silva Rafael

Imobilização de b-galactosidase em suporte comercial Immobead 150; 2014; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Élvio Leandro Burlani

Avaliação do potencial da levedura Kluyveromyces ssp; para biotransformação da lactose do soro de ricota e permeado de soro de queijo em etanol; 2014; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cláudia Andréia Graff

Produção enzimática de fungos filamentosos e a sua influência sobre ácaros herbívoros e predadores (acari) da cultura da videira; 2014; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES,; Coorientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cláudia Schlabitz

Aplicação de soro de ricota na elaboração de bebida láctea fermentada funcional; 2014; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES,; Coorientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cristiane Inês Musa

Caracterização físico-química de morangos de diferentes cultivares em sistemas de cultivo distintos no município de Bom Princípio/RS; 2016; Tese (Doutorado em Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Franciele Scatola Mendes

Qualidade microbiológica de soro de queijo e soro de ricota de laticinios do Vale do Taquari, RS; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Claudia Graff

Características físico-químicas e sensoriais de Queijo Tipo Camembert produzido com diferentes concentrações de esporos; 2011; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Luisana Oliveira Vieira

Avaliação dos procedimentos higiênico-sanitários em um frigorífico da região do Vale do Taquari; 2011; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Eduardo Flores Bueno

Avaliação do processo de higienização de hortaliças in natura; 2011; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

André Grün

A segurança alimentar no processo de abate de suínos e as principais causas de não-conformidade das carcaças; 2009; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Paula Roberta Miguel

Caracterização de ?iogurte? de soja sabor morango produzido com extrato de soja desengordurado enriquecido com cálcio; 2009; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ivane Giacobbo

Exigências do mercado da união européia para a carne suina e a rastreabilidade; 2009; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Graziela Claudia Caliari Botega

Elaboração de reestruturado suíno com adição da enzima transglutaminase; 2009; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Andréa Luisa Schneider

Estudo da adição de gelatina à barra de chocolate ao leite; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Caroline Dalla Lana Porto

Farinha de arroz como substituto de gordura em hambúrguer de carne bovina; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Claudia Oliveira da Silveira

Variações do método de quantificação da proteína solúvel em soja desativada utilizada na alimentação animal; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Doris Batista Fachinetto

Avaliação da qualidade microbiológica de queijo colonial, produzido e comercializado por pequenos produtores no Vale do Taquari, RS; ; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Marciane Borguetti

Avaliação do controle de qualidade e da implantação das boas práticas de fabricação do creme de leite pasteurizado (nata) produzido em uma indústria do Vale do Taquari, RS; ; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Tatiana Krey

Avaliação da qualidade microbiológica e físico-química do leite em pó integral produzido numa indústria da região do Vale do Taquari, RS; ; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologia de Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Graciela Manica

Utilização de Microrganismo Autógeno para a Recuperação de Fissuras em Corpos de Prova de Argamassa de Cimento Portland; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gabriela Rabaioli Rama

Bioprodução e bioproteção de bactérias lácticas com soros lácteos; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Marília Bagatini

Desenvolvimento de chocolate com óleo essencial de pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi); 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Marcela de Oliveira Duarte

Efeito da farinha de soja com semente de uva nas características da linguiça tipo calabresa; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gerson Herrmann

Aproveitamento de bagaço de malte de cevada na produção de linguiça frescal; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Francielle Herrmann Mobayed

Produção de b-galactosidase recombinante em biorreator; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daniela Dullius

Utilização de soro de ricota no encapsulamento de bactérias lácticas probióticas; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Elisa Mallmann

Elaboração de linguiça com soro de queijo in natura; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Deborah Breda da Silva

Influência do aquecimento nas propriedades nutricionais, tecnológicas e sensoriais de uma formulação de bolo com soro de queijo; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Djenifer Webers

Avaliação do teor residual de nitrito de sódio em formulações de salsicha; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Silvilene Hinchinck

Uso de ozônio gasoso para sanitização de estabelecimento industrial de embutidos cárneos; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Adriani Cristina Felipe dos Santos

Efeito das condições de emulsão do óleo de chia com soro de queijo no encapsulamento por spray drying; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Angélica Vincenzi

Caracterização de microrganismos isolados de leite e queijo da Região Sul do Brasil quanto ao perfil de resistência a antibióticos e atividade antibacteriana contra patógenos; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Michele Fangmeier

Efeitos dos leites de vaca, cabra e búfala na composição de cream cheese com retenção de soro; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Adriano Gennari

Imobilização da enzima β-galactosidase de Kluyveromyces lactis; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Machado Lenhardt

Análise de atividade antioxidante de bactérias ácido lácticas; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Grasciele Tamara Kemerich

Efeito da não dessoragem na produção de cream-cheese; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ana Paula Mörschbächer

Imobilização da β-galactosidase de Kluyveromyces lactis em esferas de alginato de cálcio e gelatina visando à hidrólise da lactose presente no soro de queijo; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Letícia Dante

Elaboração e avaliação da qualidade de cerveja sem glúten; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ângela Gerhardt

Desenvolvimento de bebida láctea fermentada utilizando soro de ricota; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Janaina de souza

Caracterização físico-química e sensorial de petit suisse elaborado com soro de queijo e gomas; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Emanuele Livinali

Alterações físico-químicas e nutricionais nas plantas do morango induzidas pela infestação de Tetranychus urticae Koch; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Patricia Scheeren

Aproveitamento de maçãs não-conformes à comercialização na elaboração de pães; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Lucinéia Chiesa

Caracterização e aceitabilidade de barras de cereais adicionadas de erva-mate; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cristine Giovannella

Propriedades sensoriais de biscoito sem gúten; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Francisco de Barros

Avaliações bromatológicas e microbiológica de linguiça colonial suína e light; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daniela Luísa Scheibel

Listeria monocytogenes: monitoramento no processo de abate de frangos; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Elaine Closs

Avaliação do teor de caseínomacropeptídeo (CMP) no leite cru e UHT ao longo do tempo de armazenamento; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daniel Kreutz

Desenvolvimento e análise de bebida láctea tratada termicamente com adição de resveratrol; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Fabiane Antonia Dullius Hauschild

Avaliação de diferentes ácidos na coagulação das proteínas do soro de leite no processo de fabricação da ricota; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Claudia Capitani

Caracterização de iogurtes elaborados com probióticos e fibra solúvel; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gabriela Jacinto

Aspectos sensoriais e nutricionais de pães isentos de glúten contendo farinhas de casca de batata, semente de abóbora e quinoa; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cláudia Schlabitz

Estudo da vida-de-prateleira de doces em pasta caseiros; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Roberto Crippa

Carne Suína PSE: incidência e reflexos no processo de elaboração do bacon em uma indústria do Vale do Taquari; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cleimar da Silva

Características físico-químicas e microbiológicas de linguiça frescal resfriada em diferentes embalagens plásticas; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Juliana Bergonsi da Silva

Biscoitos enriquecidos com farinha de semente de abóbora como fonte de fibra alimentar; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Andréia Maria Slaghenaufi

Desenvolvimento de cortes marinados resfriados de frango; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Eder Niumar Gärtner

Estudo da viabilidade técnica da utilização de uma cera e um óleo alternativos como produtos de acabamento nos artigos crazy fat e crazy fat bio leather; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Leila Konrad

Desenvolvimento de uma mortadela Tipo Bologna; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Julio Cesar Invernizzi

Desenvolvimento de uma linguiça frescal tipo salsichão com adição de tomate desidratado proveniente do descarte de venda em supermercados do Vale do Taquari/RS; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Aline Blume Walter

Desenvolvimento de uma lingüiça de carne de frango com cubos de queijo; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Anderso Stieven

Avaliação da variação da concentração de nitratos e nitritos em lingüiça de frango; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Carin De Bortoli

Estudo da viabilidade de utilização do colagenato de cromo como recurtente no processo de recromagem; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Diana Bagatini Soga

Avaliação das condições higiênico-sanitárias do tanque de escaldagem no processo de abate de suínos; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Leonardo Guilherme Ferreira

Efeito do método castrativo em suínos sobre o perfil de ácidos graxos, colesterol e composição química da carne; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Georgia Ane Raquel Sehn

Efeito da qualidade microbiológica da água do sistema de pré-resfriamento nas condições higiênico-sanitárias das carcaças de frango; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Anacélia Predebon

Avaliação da eficiência antimicrobiana de diferentes marcas de desinfetantes químicos de uso geral; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

André Grün

Detecção de possíveis causas de alteração da qualidade da salsicha resfriada; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Elaine Mariza Brentano

Interferência da temperatura no crescimento bacteriano em carne de frango; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Michele Mallmann

Estudo do efeito da cultura starter durante a fabricação de salame tipo italiano; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Paula Roberta Miguel

Desenvolvimento de um embutido cru tipo hambúrguer a base de ingredientes de origem vegetal; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Carine Raquel Hamester

Avaliação do leite pasteurizado tipos B e C a partir da utilização de um sistema enzimático; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Michel Machado

Influência do processamento na composição da erva-mate beneficiada; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Pedro Edgar Jung

Efeito da temperatura e do tempo de cozimento na qualidade da salsicha; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Caroline Kipper

Estudo da degradação microbiológica de proteínas em efluente industrial; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Jamile Diedrich

Perfil tecnológico e polifenólico de uvas e vinhos de diferentes regiões vitivinícolas; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Cristiano Weizenman

Treinamento de equipe para analise sensorial de mortadela e salsicha; 2005; 106 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Rejane de Almeida

Elaboracao de vinho licoroso com a cultivar BRS-Lorena e selecao CNPUV 149-456; 2005; 115 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ana Cristina Krause

Estudo de parametros de qualidade do peito de frango marinado; 2005; 88 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daniela Fronchetti

Processo de sulfatação de óleo de mócoto para aplicação no recurtimento de couros; 2005; 81 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Henrique Gerhardt

Elaboração de linguiça frescal de filé de traíra; 2005; 79 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

André Felipe Zeni

Avaliação microbiológica e físico-química das manteigas do tipo extra sem sal comercializadas no Vale do Taquari; 2005; 61 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Marciane Borguetti

Desenvolvimento de uma mortadela de frango com azeitona; 2005; 64 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Sandriane Salvadori

Caracterização de efluente de curtume; 2005; 72 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Veranice Parisotto

Estudo da variação das características físico-químicas e microbiológicas de uma erva-mate ao longo do seu processo de elaboração; 2005; 76 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Simone Bianchini Dalmoro

Treinamento de Equipe para Análise Sensorial de Balas e Pirulitos; 2004; 99 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química Industrial com Ênfase em Alimentos) - Centro Universitário Univates; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Fernanda Gomes de Freitas Vidal

Utilização de Agentes Branqueadores de Farinha em Pães de Forma; 2004; 65 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gabriela Rabaioli Rama

Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ana Júlia Führ

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Francielle Herrmann Mobayed

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ariel Rodrigues Marca

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Lucas Pedralli

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Júlia Nilsson Stroher

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Rafael Steffler Kohl

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Vitória Claro

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Natália Neitzke

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

João Pedro de Paula dos Reis

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Scherer

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Maiara Giroldi

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Anderson Meira

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

[Nome removido após solicitação do usuário]

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Viviane Dalpubel

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Simone Marines da Costa

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Francielle Herrmann Mobayed

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Wendell Dall'Agnol

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Leticia Hanauer

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Marcos Aurélio Dahlem Júnior

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ana Júlia Führ

Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gabriela Quadros Nunes

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gabriela Maria Bratti Volken

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Vanessa Garcia Serpa

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Roberta Stefani Halmenschlager

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Graziela Schmitz

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Júlia Weber Ferreira da Silva

Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Mariana Dammann

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Lenhardt Machado

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Grasciele Tamara Kemerich

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Guilherme Escobar

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Julio Andre Bald

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Patricia Koch

Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Centro Universitário Univates, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Adriani Cristina Felipe dos Santos

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Tanise Piletti

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Angélica Vincenzi

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daiana Maisa Rosana Kehrwald Heisler

Desenvolvimento de bioprodutos com aproveitamento de resíduos agroindustriais; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Fátima Ulsenheimer

Desenvolvimento de bioprodutos com aproveitamento de resíduos agroindustriais; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Amanda Silveira Borges

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Emanuele Hoss

Desenvolvimento de formulações e otimização da qualidade de produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Raquel Piccinini Castoldi

Desenvolvimento de formulações e otimização da qualidade de produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Rosecler Ribeiro

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ana Paula de Quadros

Desenvolvimento de formulações e otimização da qualidade de produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Ricardo Filipe Pinto Weissheimer

Desenvolvimento de formulações e otimização da qualidade de produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Adriano Gennari

Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Fabiane Antonia Dullius Hauschild

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Camila Juliana Fredrich

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Claudia Capitani

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Wissmann Monteiro

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Everton Maciel Horlle

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Luciara Pereira Chaves Sartori

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em farmácia) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Emanuele Hoss

Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Mônica Manfroi

Desenvolvimento de metodologias analíticas utilizando o planejamento experimental e a análise de superfície de resposta para a quantificação de disruptores endócrinos em amostras de águas e alimentos; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Centro Universitário Univates, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Claudete Kirsch

Avaliação da composição de produtos lácteos produzidos no Vale do Taquari; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Anderso Stieven

Avaliação da composição de produtos lácteos produzidos na Vale do Taquari; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Priscila Silveira Saraiva

Produção biotecnológica da enzima transglutaminase para aplicação em produtos alimentícios; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Técnico em Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Mateus de Oliveira Negreiro

Produção biotecnológica da enzima transglutaminase para aplicação em produtos alimentícios; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Técnico em Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Michele Koch

Estudo das características químicas e microbiológicas de embutidos artesanais elaborados por produtores rurais da região do Vale do Taquari; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Débora Amorim Bosse

Estudo das características químicas e microbiológicas de embutidos (copa e salame) elaborados por produtores rurais na região do Vale do Taquari; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Centro Universitário Univates, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Melina Noschang

Estudo das características químicas e microbiológicas de embutidos (copa e salame) elaborados por produtores rurais na região do Vale do Taquari; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Quimica Industrial) - Centro Universitário Univates, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Francisco de Barros

Estudo das características químicas e microbiológicas de embutidos (copa e salame) elaborados por produtores rurais na região do Vale do Taquari; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Química Industrial) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Hemilliano Lemos

Produção biotecnológica da enzima transglutaminase para aplicação em produtos alimentícios; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Técnico em Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Francielle Herrmann Mobayed

Encapsulamento de aminoácidos; 2019; Orientação de outra natureza; (Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gerson Herrmann

Avaliação físico-química de embutidos frescais e defumados; 2018; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Gerson Lieske

Produção de cerveja; 2018; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daniela Dullius

Implantação de melhorias no programa de qualidade de um laticínios; 2017; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Jênifer Jennrich

Desenvolvimento de metodologia para determinação de lactose por cromatografia líquida de alta eficiência para análise de produtos em geral; 2017; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Daniela Stefani

Estudo do processo de agitação e mistura de uma suspensão de álcool gel; 2017; Orientação de outra natureza; (Engenharia Química) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Tamires Lansing

Implantação de laboratório de análises de aflatoxinas em amendoins; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Alimentos) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Mônica Jachetti Maciel

Desenvolvimento de formulações e otimização da qualidade de produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari; 2011; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Camila Taliotto

Métodos e equipamentos de conformação da borracha; 2009; Orientação de outra natureza; (Técnico em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Bruna Porto Marra

Processo de malteação da cevada; 2008; Orientação de outra natureza; (Técnico em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Claucia Fernanda Volken de Souza;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Marco Antônio Záchia Ayub

Evolução das Características Microbiológicas Durante a Elaboração e Maturação do Queijo Serrano; 2002; 139 f; Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marco Antonio Zachia Ayub;

Marco Antônio Záchia Ayub

PRODUÇÃO EM CULTIVO SUBMERSO E NO ESTADO SÓLIDO E CARACTERIZAÇÃO DA TRANSGLUTAMINASE (EC 2; 3; 2; 13) DO ISOLADO AMAZÔNICO Bacillus circulans; 2008; Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul,; Orientador: Marco Antonio Zachia Ayub;

Marco Antônio Záchia Ayub

Produção, caracterização e clonagem de Transglutaminase de Bacillus circulans; 2004; 0 f; Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul,; Orientador: Marco Antonio Zachia Ayub;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • 2020 RAMA, G. R. ; KUHN, D. ; BEUX, S. ; MARTELLET, M. C. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Cheese whey and ricotta whey for the growth and encapsulation of endogenous lactic acid bacteria. Food and Bioprocess Technology , v. 13, p. 308-322, 2020.

  • 2020 DULLIUS, A. ; FASSINA, P. ; GIROLDI, M. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . A Biotechnological Approach for the Production of Branched Chain Amino Acid containing Bioactive Peptides to Improve Human Health: A Review. FOOD RESEARCH INTERNATIONAL , p. 109002, 2020.

  • 2019 FASSINA, P. ; NUNES, G. Q. ; ADAMI, F. S. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Importance of Cheese Whey Processing: Supplements for Sports Activities. POLISH JOURNAL OF FOOD AND NUTRITION SCIENCES , v. 69, p. 83-99, 2019.

  • 2019 KICH, D. M. ; BITENCOURT, S. ; FALEIRO, D. ; IMMICH, S. M. ; MARMITT, D. J. ; BALDASSO, T. ; LAUFER, S. ; PEDROSA, R. F. P. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda ; GOETTERT, M. I. . Adjunctive role of Calyptranthes tricona extract with probiotic Kluyveromyces marxianus on colorectal adenocarcinoma Caco-2 cells. Phytochemistry Letters , v. 30, p. 1-5, 2019.

  • 2019 DULLIUS, A. ; ROCHA, C. M. ; LAUFER, S. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda ; GOETTERT, M. I. . Are peptides a solution for the treatment of hyperactivated JAK3 pathways?. INFLAMMOPHARMACOLOGY , v. 27, p. 433-452, 2019.

  • 2019 RAMA, G. R. ; KUHN, D. ; BEUX, S. ; Maciel, M. J. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Potential applications of dairy whey for the production of lactic acid bacteria cultures. INTERNATIONAL DAIRY JOURNAL , v. 98, p. 25-37, 2019.

  • 2019 GENNARI, ADRIANO ; MOBAYED, FRANCIELLE H. ; DA ROLT NERVIS, BRENDA ; BENVENUTTI, EDILSON V. ; NICOLODI, SABRINA ; DA SILVEIRA, NÁDYA PESCE ; VOLPATO, Giandra ; VOLKEN DE SOUZA, CLAUCIA F. . Immobilization of β-Galactosidases on Magnetic Nanocellulose: Textural, Morphological, Magnetic, and Catalytic Properties. BIOMACROMOLECULES , v. 20, p. 2315-2326, 2019.

  • 2019 GENNARI, ADRIANO ; MOBAYED, FRANCIELLE HERRMANN ; CATTO, ANDRÉ LUIS ; BENVENUTTI, EDILSON VALMIR ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Kluyveromyces lactis β-galactosidase immobilized on collagen: catalytic stability on batch and packed-bed reactor hydrolysis. Reaction Kinetics Mechanisms and Catalysis , v. 127, p. 583-599, 2019.

  • 2019 GENNARI, A. ; MOBAYED, F. H. ; RAFAEL, R. S. ; CATTO, ANDRÉ LUIS ; BENVENUTTI, E. V. ; RODRIGUES, Rafael Costa ; SPEROTTO, R. A. ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . STABILIZATION STUDY OF TETRAMERIC Kluyveromyces lactis β-GALACTOSIDASE BY IMMOBILIZATION ON IMMOBEAD: THERMAL, PHYSICO-CHEMICAL, TEXTURAL AND CATALYTIC PROPERTIES. BRAZILIAN JOURNAL OF CHEMICAL ENGINEERING , v. 36, p. 1403-1417, 2019.

  • 2019 FANGMEIER, MICHELE ; LEHN, DANIEL NEUTZLING ; MACIEL, MÔNICA JACHETTI ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Encapsulation of Bioactive Ingredients by Extrusion with Vibrating Technology: Advantages and Challenges. Food and Bioprocess Technology , v. 12, p. 1472-1486, 2019.

  • 2019 SOUSA, M. A. ; RAMA, G. R. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda ; GRANADA, CAMILLE EICHELBERGER . Acid Lactic Lactobacilli as a biotechnological toll to improve food quality and human health. Biotechnology Progress , p. x, 2019.

  • 2018 GENNARI, ADRIANO ; MOBAYED, FRANCIELLE HERRMANN ; VOLPATO, Giandra ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Chelation by collagen in the immobilization of Aspergillus oryzae β-galactosidase: A potential biocatalyst to hydrolyze lactose by batch processes. INTERNATIONAL JOURNAL OF BIOLOGICAL MACROMOLECULES , v. 109, p. 303-310, 2018.

  • 2018 DULLIUS, A. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Whey protein hydrolysates as a source of bioactive peptides for functional foods - Biotechnological facilitation of industrial scale-up. Journal of Functional Foods , v. 42, p. 58-74, 2018.

  • 2018 MÖRSCHBÄCHER, ANA PAULA ; DULLIUS, ANJA ; DULLIUS, CARLOS HENRIQUE ; BANDT, CASSIANO RICARDO ; KUHN, DANIEL ; BRIETZKE, DÉBORA TAIRINI ; MALMANN KUFFEL, FERNANDO JOSÉ ; ETGETON, HENRIQUE PRETTO ; ALTMAYER, TACIÉLEN ; GONÇALVES, TAMARA ENGELMANN ; ORESTE, ELIÉZER QUADRO ; RIBEIRO, ANDERSON SCHWINGEL ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; HOEHNE, LUCÉLIA . Validation of an analytical method for the quantitative determination of selenium in bacterial biomass by ultraviolet-visible spectrophotometry. FOOD CHEMISTRY , v. 255, p. 182-186, 2018.

  • 2018 LEHN, DANIEL NEUTZLING ; ESQUERDO, VANESSA MENDONÇA ; DAHLEM JÚNIOR, MARCOS AURÉLIO ; DALL'AGNOL, WENDELL ; DOS SANTOS, ADRIANI CRISTINA FELIPE ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; DE ALMEIDA PINTO, LUIZ ANTONIO . Microencapsulation of different oils rich in unsaturated fatty acids using dairy industry waste. JOURNAL OF CLEANER PRODUCTION , v. 196, p. 665-673, 2018.

  • 2018 ECKERT, CAMILA ; AGNOL, WENDELL DALL ; DALLÉ, DANIELI ; SERPA, VANESSA GARCIA ; MACIEL, MÔNICA JACHETTI ; LEHN, DANIEL NEUTZLING ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Development of alginate-pectin microparticles with dairy whey using vibration technology: Effects of matrix composition on the protection of Lactobacillus spp. from adverse conditions. FOOD RESEARCH INTERNATIONAL , v. 113, p. 65-73, 2018.

  • 2018 GENNARI, ADRIANO ; MOBAYED, FRANCIELLE H. ; DA SILVA RAFAEL, RUAN ; RODRIGUES, RAFAEL C. ; SPEROTTO, RAUL A. ; VOLPATO, Giandra ; VOLKEN DE SOUZA, CLAUCIA F. . Modification of Immobead 150 support for protein immobilization: Effects on the properties of immobilized Aspergillus oryzae β-galactosidase. BIOTECHNOLOGY PROGRESS , v. 34, p. 934-943, 2018.

  • 2018 MÖRSCHBÄCHER, ANA PAULA ; DULLIUS, ANJA ; DULLIUS, CARLOS HENRIQUE ; BANDT, CASSIANO RICARDO ; KUHN, DANIEL ; BRIETZKE, DÉBORA TAIRINI ; JOSÉ MALMANN KUFFEL, FERNANDO ; ETGETON, HENRIQUE PRETTO ; ALTMAYER, TACIÉLEN ; GONÇALVES, TAMARA ENGELMANN ; SCHWEIZER, YTAN ANDREINE ; ORESTE, ELIÉZER QUADRO ; RIBEIRO, ANDERSON SCHWINGEL ; LEHN, DANIEL NEUTZLING ; Volken de Souza, Claucia Fernanda ; HOEHNE, LUCÉLIA . Assessment of selenium bioaccumulation in lactic acid bacteria. JOURNAL OF DAIRY SCIENCE , v. 101, p. 10626-10635, 2018.

  • 2018 AGOSTINI, CAMILA ; ECKERT, CAMILA ; VINCENZI, ANGÉLICA ; MACHADO, BRUNA LENHARDT ; JORDON, BRUNA CRISTINA ; KIPPER, JOÃO PEDRO ; DULLIUS, ANJA ; DULLIUS, CARLOS HENRIQUE ; LEHN, DANIEL NEUTZLING ; SPEROTTO, RAUL ANTONIO ; POZZOBON, ADRIANE ; GRANADA, CAMILLE EICHELBERGER ; MACIEL, MÔNICA JACHETTI ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Characterization of technological and probiotic properties of indigenous Lactobacillus spp. from south Brazil. 3 Biotech , v. 8, p. 1-12, 2018.

  • 2018 DE ANDRADE, BRUNA COELHO ; MIGLIAVACCA, VICTÓRIA FURTADO ; OKANO, FELIPE YUJI ; GRAFULIN, VANESSA YUKI ; LUNARDI, JULEANE ; ROTH, GUSTAVO ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; SANTOS, DIÓGENES SANTIAGO ; CHIES, JOCELEI MARIA ; RENARD, GABY ; VOLPATO, Giandra . Production of recombinant β -galactosidase in bioreactors by fed-batch culture using DO-stat and linear control. BIOCATALYSIS AND BIOTRANSFORMATION , v. 37, p. 1-7, 2018.

  • 2018 FANGMEIER, MICHELE ; KEMERICH, GRASCIELE TAMARA ; MACHADO, BRUNA LENHARDT ; MACIEL, MÔNICA JACHETTI ; SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN DE . Effects of cow, goat, and buffalo milk on the characteristics of cream cheese with whey retention. Food Science and Technology , v. 39, p. 122-128, 2018.

  • 2017 HOEHNE, LUCELIA ; GENNARI, A. ; ETHUR, E. M. ; HILGEMANN, M. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; SPRANDEL, C. ; SCHLABITZ, C. ; KUHN, D. ; ALTMAYER, T. ; GONCALVES, T. E. . Electrochemical evaluation of the stability of ascorbic acid in whey from cheese and ricotta. PERIÓDICO TCHÊ QUÍMICA , v. 14, p. 51-55, 2017.

  • 2017 GRAFF, C. A. ; JOHANN, L. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; FERLA, NOELI JUAREZ . Pathogenicity of Isaria fumosorosea to European red mite in the laboratory. Biotemas , v. 30, p. 73-78, 2017.

  • 2017 KICH, DÉBORA MARA ; BITENCOURT, SHANNA ; CAYE, BRUNA ; FALEIRO, DALANA ; ALVES, CELSO ; SILVA, JOANA ; PINTEUS, SUSETE ; MERGENER, MICHELLE ; MAJOLO, FERNANDA ; BOLIGON, ALINE AUGUSTI ; SANTOS, ROBERTO CHRIST VIANNA ; PEDROSA, RUI ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; GOETTERT, MÁRCIA INÊS . Lymphocyte genotoxicity and protective effect of Calyptranthes tricona (Myrtaceae) against H2O2-induced cell death in MCF-7 cells. Molecular and Cellular Biochemistry , v. 424, p. 35-43, 2017.

  • 2017 RODRIGUES, MARIANO ; CARLESSO, WAGNER MANICA ; KUHN, DANIEL ; ALTMAYER, TACIÉLEN ; MARTINI, MAIRA CRISTINA ; TAMIOSSO, CAMILA DURLO ; MALLMANN, CARLOS AUGUSTO ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; ETHUR, EDUARDO MIRANDA ; HOEHNE, LUCÉLIA . Enzymatic hydrolysis of the Eisenia andrei earthworm: Characterization and evaluation of its properties. Biocatalysis and Biotransformation (Print) , v. 35, p. 1-10, 2017.

  • 2017 ECKERT, C. ; SERPA, V. G. ; SANTOS, A. C. F. ; COSTA, S. M. ; DALPUBEL, V. ; LEHN, Daniel ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Microencapsulation of Lactobacillus plantarum ATCC 8014 through spray drying and using dairy whey as wall materials. LWT-FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY , v. 82, p. 176-183, 2017.

  • 2017 DUTRA ROSOLEN, MICHELE ; GENNARI, ADRIANO ; VOLPATO, Giandra ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Biocatalytic characterization of β-galactosidase immobilized on functionalized multi-walled carbon nanotubes. BIOCATALYSIS AND BIOTRANSFORMATION , v. 35, p. 260-268, 2017.

  • 2017 SCATOLA, F. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Qualidade microbiológica de soro de queijo e soro de ricota de laticínios do Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. Revista brasileira de tecnologia agroindustrial , v. 11, p. 2437-2450, 2017.

  • 2016 MORSCHBACHER, A. P. ; VOLPATO, Giandra ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Kluyveromyces lactis β-galactosidase immobilization in calcium alginate spheres and gelatin for hydrolysis of cheese whey lactose. CIÊNCIA RURAL , v. 46, p. 921-926, 2016.

  • 2016 KICH, D. M. ; BITENCOURT, S. ; ALVES, C. ; SILVA, J. ; PINTEUS, S. ; PEDROSA, R. F. P. ; LAUFER, S. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; GOETTERT, M. I. . Neuromodulatory effects of Calyptranthes grandifolia extracts against 6-hydroxydopamine-induced neurotoxicity in SH-SY5Y cells. Biomedicine & Pharmacotherapy , v. 84, p. 382-386, 2016.

  • 2016 KICH, DÉBORA MARA ; VINCENZI, ANGÉLICA ; MAJOLO, FERNANDA ; Volken de Souza, Claucia Fernanda ; GOETTERT, MÁRCIA INÊS . Probiotic: effectiveness nutrition in cancer treatment and prevention. Nutrición Hospitalaria , v. 33, p. 1430-1437, 2016.

  • 2015 KONDORFER, K. ; Maciel, M. J. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Determinação de minerais em hortaliças orgânicas e convencionais cultivadas no Vale do Taquari, RS. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 9, p. 1637-1646, 2015.

  • 2015 Pozzobon, A. ; EIFLER, S. C. ; KICH, D. M. ; VEIT, G. ; VENDRAMIN, T. ; KIPPER, J. P. ; BUTZGE, J. C. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. . Molecular screening for the presence of Streptococcus agalactiae, Escherichia coli and Listeria monocytogenes in samples of milk from dairy herds. African Journal of Microbiology Research , v. 9, p. 1189-1194, 2015.

  • 2015 MUSA, C. I. ; WEBER, B. ; GALINA, J. ; LAGEMANN, C. A. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; Oliveira, E. C. . Teor de compostos bioativos em três cultivares de morangos cultivados em solo convencional no município de Bom Princípio/RS: sua importância para a saúde humana. Caderno Pedagógico (Lajeado. Impresso) , v. 12, p. 56-66, 2015.

  • 2015 MUSA, C. I. ; WEBER, B. ; GONZATI, H. C. ; BIGUELINI, C. B. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; Oliveira, E. C. . Avaliação do teor de Vitamina C em morangos de diferentes cultivares em sistemas de cultivo distintos no município de Bom Princípio/RS. Ciência e Natura , v. 37, p. 368-373, 2015.

  • 2015 ADAMI, F. S. ; BOSCO, S. M. D. ; ALTENHOFEN, G. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; Oliveira, E. C. . Avaliação da qualidade microbiológica de linguiças e queijos. Caderno Pedagógico (Lajeado. Impresso) , v. 12, p. 46-55, 2015.

  • 2015 DUTRA ROSOLEN, MICHELE ; GENNARI, ADRIANO ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Lactose Hydrolysis in Milk and Dairy Whey Using Microbial -Galactosidases. Enzyme Research (Online) , v. 2015, p. 1-7, 2015.

  • 2015 Souza, Claucia Fernanda Vol ; PESTANA, JOSE MIGUEL ; GENNARI, ADRIANO ; MONTEIRO, BRUNA WISSMANN ; LEHN, DANIEL NEUTZLING . Effects of Pasteurization and Ultra-High Temperature Processes on Proximate Composition and Fatty Acid Profile in Bovine Milk. American Journal of Food Technology , v. 10, p. 265-272, 2015.

  • 2015 HOEHNE, LUCELIA ; SCHLABITZ, CLAUDIA ; GENNARI, ADRIANO ; MELLO ARAU, ANDRE LUIZ DE ; BALD, JULIO ANDRE ; Volken de, Claucia Fernanda . Shelf Life of a Synbiotic Fermented Dairy Beverage Using Ricotta Cheese Whey. American Journal of Food Technology , v. 10, p. 254-264, 2015.

  • 2015 MUSA, C. I. ; WEBER, B. ; GONZATI, H. C. ; BARBOSA, L. N. ; GALINA, J. ; LAGEMANN, C. A. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; Oliveira, E. C. . Cultivo Orgânico em Substrato: uma experiência inovadora no cultivo do morangueiro no município de Bom Princípio/RS. InterfacEHS (Ed. português) , v. 10, p. 38-46, 2015.

  • 2015 Silva, J.B. ; SCHLABITZ, C. ; GRAFF, C. A. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Biscoitos enriquecidos com farinha de semente de abóbora como fonte de fibra alimentar. Destaques Acadêmicos , v. 7, p. 174-184, 2015.

  • 2015 MORSCHBACHER, A. P. ; SILVA, A. M. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Determinação do teor de sódio, potássio e cálcio em amostras de água mineral comercializadas no Vale do Taquari, RS. Destaques Acadêmicos , v. 7, p. 150-157, 2015.

  • 2015 FLORES, A. B. ; GRAFF, A. ; CORNELIUS, E. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Perfil sensorial e avaliações físico-químicas de cerveja artesanal de chocolate e caramelo. DESTAQUES ACADÊMICOS , v. 7, p. 158-166, 2015.

  • 2014 HAUSCHILD, F.A.D. ; CAPITANI, C. ; FREDRICH, C. J. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . AVALIAÇÃO DE DIFERENTES ÁCIDOS NA COAGULAÇÃO DAS PROTEÍNAS DO SORO DE QUEIJO NO PROCESSO DE FABRICAÇÃO DA RICOTA. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 8, p. 1165-1176, 2014.

  • 2014 CAPITANI, C. ; HAUSCHILD, F.A.D. ; FREDRICH, C. J. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . CARACTERIZAÇÃO DE IOGURTES ELABORADOS COM PROBIÓTICOS E FIBRA SOLÚVEL. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 8, p. 1285-1300, 2014.

  • 2014 MOLINA, R. D. ; KICH, D. M. ; VENDRAMIN, T. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel ; Pozzobon, A. ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. . Polymorphisms in SNP CGIL4: association stuty on the phenotype of clinical mastitis resistance in Holstein cows. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal , v. 8, p. 17-28, 2014.

  • 2014 ESCOBAR, G. P. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel . Avaliação de β ? Galactosidase livre e imobilizada na hidrólise da lactose do permeado de soro de queijo. Caderno Pedagógico (Lajeado. Impresso) , v. 11, p. 117-129, 2014.

  • 2014 GRAFF, C. A. ; HEISLER, D. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Características físico-químicas e sensoriais de queijo tipo camembert produzido com diferentes concentrações de esporos. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 8, p. 1452-1465, 2014.

  • 2014 BUENO, E. F. ; SCHLABITZ, C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação do processo de higienização de hortaliças in natura. Higiene Alimentar , v. 28, p. 120-125, 2014.

  • 2014 VINCENZI, A. ; Maciel, M. J. ; BURLANI, E. L. ; Oliveira, E. C. ; VOLPATO, Giandra ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Ethanol Bio-production from Ricotta Cheese Whey by Several Strains of the Yeast Kluyveromyces. American Journal of Food Technology , v. 9, p. 281-291, 2014.

  • 2014 VENDRAMIN, T. ; KICH, D. M. ; MOLINA, R. D. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; SALVATORI, Rosangela Uhrig ; Pozzobon, A. ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. . Molecular screening of bovine raw milk for the presence of Shiga toxin-producing Escherichia coli (STEC) on dairy farms. Ciência e Tecnologia de Alimentos (Online) , v. 34, p. 604-608, 2014.

  • 2014 LIVINALI, EMANUELE ; SPEROTTO, RAUL ANTONIO ; FERLA, NOELI JUAREZ ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Physicochemical and nutritional alterations induced by two-spotted spider mite infestation on strawberry plants. Electronic Journal of Biotechnology , v. 17, p. 193-198, 2014.

  • 2014 KONDORFER, K. ; WEIZENMANN, M. ; KREUTZ, D. H. ; Maciel, M. J. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel . Quantificação de minerais, nitratos e nitritos em hortaliças orgânicas e convencionais. Revista CIATEC-UPF , v. 6, p. 31-39, 2014.

  • 2014 BALD, J. A. ; VINCENZI, A. ; GENNARI, A. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Características físico-químicas de soros de queijo e ricota produzidos no Vale do Taquari, RS. Revista Jovens Pesquisadores , v. 4, p. 90-99, 2014.

  • 2014 KOLLING, A. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Elaboração, caracterização e aceitabilidade de ?iogurte? de soja com adição de prebiótico. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 8, p. 1545-1556, 2014.

  • 2014 GENNARI, A. ; GRAVE, E. ; WAGNER, E. ; MALLMANN, G. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação físico-química e microbiológica do leite durante o processamento. Destaques Acadêmicos , v. 6, p. 91-95, 2014.

  • 2014 CAMINI, A. ; Müller, Cristine Sippel ; BILDHAUER, D. C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Características físico-químicas de ricotas comercializadas no Vale do Taquari. Destaques Acadêmicos , v. 6, p. 96-100, 2014.

  • 2014 SCHWAN, A. M. ; MALDONADO, J. G. S. ; PIVATTO, L. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Elaboração e avaliação da qualidade de queijos funcionais. Destaques Acadêmicos , v. 6, p. 101-107, 2014.

  • 2014 RODRIGUES, M. ; HOEHNE, L. ; ETHUR, E. M. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; CARLESSO, W. M. . Obtenção de hidrolisados enzimáticos de minhoca com o uso da enzima Flavourzyme. Destaques Acadêmicos , v. 6, p. 76-84, 2014.

  • 2013 Steffler, F. ; Stevens, D. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação da qualidade microbiológica do leite comercializado na região do Vale do Taquari, RS.. Higiene Alimentar , v. 27, p. 161-165, 2013.

  • 2013 Gerhardt, Â. ; Monteiro, B.W. ; GENNARI, A. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Efeito da adição de soro de ricota e colágeno hidrolisado nas características físico-químicas e sensoriais de bebidas lácteas fermentadas. Revista do Instituto de Latícinios Cândido Tostes , v. 68, p. 41-50, 2013.

  • 2013 MULLER, A. J. ; HUEBNER, L. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA DE DIFERENTES MARCAS DE CAFÉ TORRADO SOLÚVEL E EM PÓ COMERCIALIZADAS NA REGIÃO DO VALE DO TAQUARI/RS. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 7, p. 1004-1012, 2013.

  • 2013 GIOVANELLA, C. ; SCHLABITZ, C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . CARACTERIZAÇÃO E ACEITABILIDADE DE BISCOITOS PREPARADOS COM FARINHA SEM GLÚTEN. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial , v. 7, p. 965-976, 2013.

  • 2013 SOUZA, J. ; SOUZA, J. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Development, physicochemical parameters and sensory evaluation of dairy dessert prepared with whey cheese and gums. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 68, p. 16-25, 2013.

  • 2013 BATHKE, L. D. ; DRESCH, M. R. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Elaboração e avaliação de alguns aspectos da qualidade de cerveja isenta de glúten. Estudos Tecnológicos (Online) , v. 9, p. 11-19, 2013.

  • 2013 SLAGHENAUFI, A. M. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Carne de aves refrigerada: Desenvolvimento e avaliação da qualidade de cortes de frango marinados resfriados. Revista Nacional da Carne , v. 37, p. 42-52, 2013.

  • 2013 CRIPPA, R. L. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Carne suína PSE: reflexos no processo de elaboração do bacon. Revista Nacional da Carne , v. 37, p. 98-108, 2013.

  • 2013 DIEDRICH, C. ; Pozzobon, A. ; KICH, D. M. ; AGOSTINI, C. ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Detecção de Staphylococcus aureus através da técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR), em amostras de leite bovino in natura obtidas de produtores no sul do Brasil. Alimentos e Nutrição (UNESP. Marilia) , v. 24, p. 291-296, 2013.

  • 2013 HEINECK, B. K. ; WOLF, C. A. ; KEMERICH, G. T. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Desenvolvimento de linguiça frescal tipo toscana com teor de sódio reduzido. Revista Nacional da Carne , v. 37, p. 52-57, 2013.

  • 2013 SCHEIBLER, J. R. ; MARCHI, M. I. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Análise dos teores de nitritos e nitratos de embutidos produzidos em municípios do Vale do Taquari ? RS. Destaques Acadêmicos , v. 5, p. 201-207, 2013.

  • 2013 KRUGER, J. F. ; PORTELLA, W. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Determinação da composição centesimal de rações para cães filhotes e adultos. Destaques Acadêmicos , v. 5, p. 231-235, 2013.

  • 2013 BITELLO, A. R. ; VINCENZI, A. ; FACCIN, C. ; GRAFF, C. A. ; SCHLABITZ, C. ; BURLANI, E. L. ; WILDNER, G. R. ; MACHADO, L. A. P. ; RODRIGUES, M. ; Maciel, M. J. ; RAFAEL, R. S. ; FUNKE, R. L. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Aproveitamento do soro de ricota para produção de diferentes biomoléculas utilizando a Kluyveromyces marxianus. Destaques Acadêmicos , v. 5, p. 209-216, 2013.

  • 2013 GRACIOLI, F. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Análise comparativa de custo e rendimento da fabricação de queijo tipo camembert e queijo colonial em pequena escala. Destaques Acadêmicos , v. 5, p. 15-30, 2013.

  • 2012 STIEVEN, Anderso ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Variação das concentrações de nitrato e nitrito em linguiça frescal adicionada de diferentes concentrações de eritorbato de sódio. Higiene Alimentar , v. 208, p. 180-186, 2012.

  • 2012 Vieira, L. O. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação dos Procedimentos Higiênico-Sanitários em um Frigorifico da Região do Vale do Taquari. Revista Nacional da Carne , v. 423, p. 52-65, 2012.

  • 2012 SCHEIBEL, D. L. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Listeria monocytogenes: monitoramento no processo de abate de frangos. Revista Nacional da Carne , v. 421, p. 56-65, 2012.

  • 2012 KREUTZ, D. H. ; WEIZENMANN, M. ; Maciel, M. J. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação das concentrações de nitrato e nitrito em hortaliças produzidas em cultivos convencionais e orgânicos na Região do Vale do Taquari - RS. UNOPAR Científica. Ciências Biológicas e da Saúde , v. 14, p. 105-110, 2012.

  • 2012 CHIESA, L. ; SCHLABITZ, C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Efeito da adição de erva-mate nas características sensoriais e físico-químicas de barras de cereais. Revista do Instituto Adolfo Lutz (Impresso) , v. 71, p. 105-110, 2012.

  • 2012 Closs, E. ; Wolshick, M. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Comparação da qualidade dos leites UHT e UHT ultra fresh de uma usina de leite da Região do Vale do Taquari, no RS.. Higiene Alimentar , v. 26, p. 98-103, 2012.

  • 2012 AGOSTINI, C. ; KRELING, C. ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; BIOLCHI, V. ; Pozzobon, A. . Detecção de Listeria monocytogenes pela técnica da reação em cadeia da polimerase (PCR) em amostras de leite bovino in natura. Revista do Instituto de Latícinios Cândido Tostes , v. 67, p. 15-20, 2012.

  • 2012 SCHEEREN, P. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Aproveitamento de maçãs não conformes à comercialização na elaboração de pães. Destaques Acadêmicos , v. 4, p. 67-75, 2012.

  • 2012 KREUTZ, D. H. ; LEHN, Daniel ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Efeito da adição de soro de queijo sobre as características sensoriais de bebidas lácteas fermentadas sabor uva. Destaques Acadêmicos , v. 4, p. 77-85, 2012.

  • 2011 SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; VENZKE, Janaína Guimarães ; ROSA, R. M. ; HENRIQUES, João Antônio Pegas ; Dallegrave, E. ; FLORES, Simone Hickmann ; AYUB, Marco Antônio Zachia . Toxicological Evaluation for Food Applications of Transglutaminase from a Newly Isolated Bacillus circulans BL32. American journal of food technology , v. 6, p. 460-471, 2011.

  • 2011 SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; VENZKE, Janaína Guimarães ; Flôres, Simone Hickmann ; AYUB, Marco Antônio Zachia . Enzymatic properties of transglutaminase produced by a new strain of Bacillus circulans BL32 and its action over food proteins. Lebensmittel-Wissenschaft + Technologie / Food Science + Technology , v. 44, p. 443-450, 2011.

  • 2011 GRUN, A. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Principais causas de não-conformidade das carcaças no processo de abate de suínos. Higiene Alimentar , v. 25, p. 126-131, 2011.

  • 2011 SEHN, G. A. R. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Efeito da qualidade microbiológica da água do sistema de pré-resfriamento nas condições higiênico-sanitárias das carcaças de frango. Higiene Alimentar , v. 25, p. 189-194, 2011.

  • 2011 DRESCH, M. R. ; Oliveira, E. C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação da contaminação por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos nas etapas de fabricação da cerveja. Destaques Acadêmicos , v. 3, p. 35-42, 2011.

  • 2011 MORSCHBACHER, A. P. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Determinação do teor de aditivos em preparados sólidos para refresco sabor abacaxi comercializados na Região do Vale do Taquari, RS. Destaques Acadêmicos , v. 3, p. 49-54, 2011.

  • 2011 Perachi, J. ; Cavalleri, R. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Monitoramento da higienização de facas e tesouras utilizadas na desossa de frangos em um frigorífico do Vale do Taquari, RS. Interbio , v. 5, p. 56-61, 2011.

  • 2011 Closs, E. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação do teor de caseínomacropeptídeo (CMP) nos leites cru e UAT ao longo do tempo de armazenamento. Revista Brasileira de Pesquisa em Alimentos - REBRAPA , v. 2, p. 111-119, 2011.

  • 2010 FACHINETTO, Doris Batista ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação da qualidade microbiológica de queijo colonial, produzido e comercializado por pequenos produtores no Vale do Taquari, RS. Higiene Alimentar , v. 24, p. 64-67, 2010.

  • 2010 Silva, J.B. ; SCHLABITZ, C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Utilização tecnológica de semente de abóbora na elaboração de biscoitos fontes de fibra alimentar e sem adição de açúcar. Revista brasileira de tecnologia agroindustrial , v. 4, p. 58-71, 2010.

  • 2010 SCHLABITZ, C. ; Silva, S.A.F. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação de parâmetros físico-químicos e microbiológicos em mel. Revista brasileira de tecnologia agroindustrial , v. 4, p. 80-90, 2010.

  • 2010 Botega, G. C. C. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliação de um reestruturado suíno elaborado com adição de enzima transglutaminase. Revista Nacional da Carne , v. 404, p. 88-97, 2010.

  • 2010 MIGUEL, P.R. ; MARMITT, T. ; SCHLABITZ, C. ; HAUSCHILD, F.A.D. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Desenvolvimento e caracterização de "iogurte" de soja sabor morango produzido com extrato de soja desengordurado enriquecido com cálcio. Alimentos e Nutrição (UNESP. Marilia) , v. 21, p. 57-63, 2010.

  • 2010 Vedoy da Silva, Cleimar ; de Barros, Francisco ; Fernanda V Souza, Claucia . QUALIDADE NUTRICIONAL DE RAÇÕES SECAS PARA CÃES ADULTOS COMERCIALIZADAS EM LAJEADO-RS. Revista brasileira de tecnologia agroindustrial , v. 4, p. 153-160, 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SCHLABITZ, C. ; GENNARI, A. ; ARAUJO, A. L. M. ; BALD, J. A. ; HOEHNE, L. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Bebida láctea fermentada com soro de ricota e polidextrose. 2014.

SOUZA, J. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Sobremesa Láctea com Soro de Queijo. 2013.

Gerhardt, Â. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Bebida láctea com soro de ricota e colágeno hidrolisado. 2013.

HARTMANN, J. E. ; HEISLER, D. ; LEHN, Daniel ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Sobremesa Láctea com Soro de Ricota. 2012.

Monteiro, B.W. ; FREDRICH, C. J. ; LEHN, Daniel ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Ricota funcional. 2011.

CHIESA, L. ; SCHLABITZ, C. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Barra de cereais com erva-mate. 2011.

JACINTO, G. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Pães sem gluten com farinhas de casca de batata, semente de abóbora e quinoa. 2010.

CAPITANI, C. ; FREDRICH, C. J. ; HAUSCHILD, F.A.D. ; LEHN, Daniel ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Iogurte com probióticos e prebióticos. 2010.

JACINTO, G. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Pão sem glúten com farinha de soja. 2010.

Silva, J.B. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Biscoitos com farinha de semente de abóbora. 2009.

ROSOLEN, M. R. D. ; GENNARI, A. ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Produção da b-galactosidase de Aspergillus oryzae imobilizada em nanotubos de carbono. 2017.

MORSCHBACHER, A. P. ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Produção da b-galactosidase de Kluyveromyces lactis imobilizada em esferas de alginato. 2016.

ROSOLEN, M. R. D. ; GENNARI, A. ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Processo de hidrólise da lactose do leite, soro de queijo e permeado de soro com diferentes B-galactosidases microbianas. 2016.

BURLANI, E. L. ; VINCENZI, A. ; Maciel, M. J. ; Oliveira, E. C. ; LEHN, Daniel ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Processo de produção de bioetanol empregando soro de ricota como matéria-prima. 2014.

Volken de Souza, Claucia Fernanda ; Ayub, Marco Antônio Záchia . Processo de produção em cultivo submerso da enzima transglutaminase por Bacillus circulans. 2008.

Volken de Souza, Claucia Fernanda ; Ayub, Marco Antônio Záchia . Processo de produção de transglutaminase por Bacillus circulans em cultivo no estado sólido. 2008.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Food Research International. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Food Biotechnology. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Food Hydrocolloids. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Journal of the Brazilian Chemical Society. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Journal of Food Safety. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Avaliador ad hoc de projetos submetidos ao National Fund for Scientific and Technological Development Program of the Chilean National Commission for Scientific and Technological Research (CONICYT). 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Avaliador ad hoc de propostas da Fase 1 - Ideia Inovadora do Programa Centelha/RS. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Frontiers in Bioengineering and Biotechnology. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Avaliador ad hoc de propostas da Fase 2 - Projeto de Empreendimento do Programa Centelha/RS. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Avaliador ad hoc de projetos submetidos ao Edital 06/2019 - FAPERGS-FAPESP. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Avaliador ad hoc de propostas da Fase 3 - Projeto de Fomento do Programa Centelha/RS. 2019.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Avaliador ad hoc de projetos submetidos à Chamada CNPq Nº 29/2019 - Bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora - DT. 2019.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Annals of the Brazilian Academy of Sciences. 2018.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Annals of the Brazilian Academy of Sciences. 2018.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Avaliador ad hoc dos Projetos de Ensino submetidos ao Edital IFRS nº 080/2017 - Bolsas de Ensino 2018. 2018.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Food Science and Technology. 2018.

Claucia Fernanda Volken de Souza . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Frontiers in Microbiology. 2018.

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Biotechnology Progress. 2018.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico African Journal of Microbiology Research. 2017.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Microbiology Research Journal International. 2017.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes. 2017.

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Parecer ad hoc sobre manuscrito submetido para publicação no periódico Food Science and Technology. 2017.

Claucia Fernanda Volken de Souza ; BUSTAMANTE FILHO, I. C. ; KONRAD, O. ; Stulp, S. ; JOHANN, L. . Avanços na pesquisa tecnológica em ambiente, sustentabilidade e biotecnologia na Univates. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; SPEROTTO, R. A. ; ETHUR, E. M. ; HOEHNE, L. . Biotecnologia de Alimentos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel ; FREDRICH, C. J. ; FERLA, N. J. ; Oliveira, L. J. . Biotecnologia. 2010. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

RAMA, G. R. ; KUHN, D. ; BEUX, S. ; Maciel, M. J. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Utilização de culturas lácticas endógenas para o desenvolvimento de produtos alimentícios. 2019; Tema: Bactérias lácticas endógenas. (Site).

GRANDO, L. M. ; FASSINA, P. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Potencial de aproveitamento do soro de queijo de búfala. 2019; Tema: Aproveitamento de soros lácteos. (Site).

GENNARI, A. ; FUHR, A. J. ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Biotecnologia aplicada à cadeia leiteira: Biossensores para a identificação de diferentes compostos. 2019; Tema: Biotecnologia de alimentos. (Site).

ANDRADE, B. C. ; VOLPATO, Giandra ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Utilização de peptidases para redução da alergenicidade do leite. 2019; Tema: Biotecnologia aplicada a cadeia leiteira. (Site).

RAMA, G. R. ; KUHN, D. ; BEUX, S. ; Maciel, M. J. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Estratégias de reaproveitamento dos soros lácteos na indústria de laticínios. 2019; Tema: Aproveitamento Soros Lácteos. (Site).

MOBAYED, F. H. ; ANDRADE, B. C. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Biofilme na indústria de lácteos. 2019; Tema: Microrganismos na indústria de laticínios. (Site).

DULLIUS, A. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . O multitalento soro de queijo: ao encontro de peptídeos antitumorais. 2019; Tema: Peptídios bioativos obtidos a partir do soro de queijo. (Site).

KUHN, D. ; RAMA, G. R. ; KOHL, R. S. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Bactérias ácido-lácticas e sua contribuição na formação de sabor e aroma. 2019; Tema: Bactérias lácticas. (Site).

VINCENZI, A. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Probióticos como terapia adjuvante no tratamento do câncer colorretal e de doenças inflamatórias. 2019; Tema: Potencial probiótico de bactérias lácticas. (Site).

VINCENZI, A. ; GOETTERT, M. I. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Probióticos na prevenção de doenças inflamatórias intestinais. 2019; Tema: Probióticos. (Site).

RAMA, G. R. ; KUHN, D. ; Maciel, M. J. ; Claucia Fernanda Volken de Souza . Isolamento e caracterização de bactérias ácido-láticas para a elaboração de lácteos típicos. 2018; Tema: Isolamento e caracterização de bactérias lácticas. (Site).

ECKERT, C. ; MORSCHBACHER, A. P. ; HOEHNE, L. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Potencial de bioacumulação de selênio por bactérias láticas. 2018; Tema: Caracterização de bactérias lácticas. (Site).

ANDRADE, B. C. ; VOLPATO, Giandra ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Produção de galacto-oligossacarídeos a partir do soro de queijo. 2018; Tema: Aplicação do soro de queijo. (Site).

VINCENZI, A. ; GOETTERT, M. I. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Bactérias ácido-lácticas e aspectos probióticos. 2018; Tema: Caracterização de bactérias lácticas. (Site).

GENNARI, A. ; FUHR, A. J. ; VOLPATO, Giandra ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Enzima β-galactosidase: Aplicações na indústria de laticínios. 2018; Tema: Aplicações da B-galactosidase. (Site).

GRANDO, L. M. ; GIROLDI, M. ; FASSINA, P. ; GOETTERT, M. I. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Benefícios das proteínas comerciais do soro de queijo na nutrição esportiva: Whey Protein Concentrado, Isolado e Hidrolisado. 2018; Tema: Aplicação do soro de queijo. (Site).

NEITZKE, N. ; LEHN, Daniel ; Claucia Fernanda Volken de Souza . Aplicações do processo de spray drying na fabricação de produtos lácteos. 2018; Tema: Aplicação spray dryer. (Site).

DULLIUS, A. ; NYLAND, A. E. ; Claucia Fernanda Volken de Souza . Porque o soro de queijo vale ouro?. 2018; Tema: Aplicação do soro de queijo. (Site).

ECKERT, C. ; SANTOS, A. C. F. ; LEHN, Daniel ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Produção de microcápsulas de Lactobacillus plantarum ATCC 8014 por spray drying. 2017; Tema: Encapsulamento de bactérias lácticas. (Site).

ECKERT, C. ; LEHN, Daniel ; Maciel, M. J. ; Claucia Fernanda Volken de Souza . Resistência ao TGI simulado do Lactobacillus plantarum ATCC 8014 bioencapsulado com soro lácteo. 2017; Tema: Microencapsulamento de bactérias lácticas. (Site).

FANGMMEIER, M. ; Maciel, M. J. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Soro de queijo - 'o ouro branco'. 2017; Tema: Soro de Queijo. (Site).

FASSINA, P. ; NUNES, G. Q. ; ADAMI, F. S. ; GOETTERT, M. I. ; Claucia Fernanda Volken de Souza . Consumo de soro de queijo hidrolisado e sua importância na nutrição esportiva. 2017; Tema: Aplicação dos hidrolisados de soros lácteos. (Site).

DALLE, D. ; VINCENZI, A. ; Maciel, M. J. ; Volken de Souza, Claucia Fernanda . Bactérias ácido-lácticas: principais características e aplicações tecnológicas em alimentos. 2017; Tema: Bactérias ácido-lácticas. (Site).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; SCHLABITZ, C. ; HOEHNE, L. . Aplicação de soro de ricota na elaboração de bebida láctea fermentada funcional. 2016; Tema: Uso de subprodutos dos laticínios na elaboração de produtos lácteos. (Site).

GENNARI, A. ; ROSOLEN, M. R. D. ; VOLPATO, Giandra ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Hidrólise enzimática da lactose em soros lácteos utilizando β-galactosidases microbianas. 2016; Tema: Hidrólise enzimática da lactose de subprodutos da indústria de laticínios. (Site).

GENNARI, A. ; ROSOLEN, M. R. D. ; VOLPATO, Giandra ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Utilização da enzima β-Galactosidase na hidrólise da lactose do leite. 2016; Tema: Hidrólise enzimática da lactose do leite. (Site).

VOLKEN, G. M. B. ; DALLAGNOL, W. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Peptídeos bioativos do soro de queijo: benefícios para a saúde. 2016; Tema: Bioatividade de peptídios de soro de queijo. (Site).

GENNARI, A. ; CENCI, A. ; CONTI, R. M. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Elaboração de rapadura com adição de soro de queijo. 2016; Tema: Uso de subprodutos dos laticínios na elaboração de produtos lácteos. (Site).

FANGMMEIER, M. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Cream cheeses encontrados nos mercados: avaliação físico-química. 2016; Tema: Avaliação da qualidade de produtos lácteos. (Site).

ECKERT, C. ; DALLAGNOL, W. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Bactérias lácticas probióticas: importância do encapsulamento. 2016; Tema: Microencapsulamento de probióticos. (Site).

SANTOS, A. C. F. ; DAHLEM JUNIOR, M. A. ; LEHN, Daniel ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN . Proteínas do leite e processo de encapsulamento de substâncias ativas. 2016; Tema: Encapsulamento Substâncias Bioativas. (Site).

DALLE, D. ; DECKER, L. ; ECKERT, C. ; DE SOUZA, CLAUCIA FERNANDA VOLKEN ; Maciel, M. J. . Potencial de acidificação de bactérias lácticas microencapsuladas com soros lácteos. 2016; Tema: Encapsulamento de bactérias lácticas. (Site).

GONCALVES, T. E. ; HOEHNE, L. ; ETHUR, E. M. ; Stulp, S. ; FREITAS, E. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel ; MARTINI, M. C. ; ALTMAYER, T. ; BRIETZKE, D. T. ; SCHEIBEL, M. ; COLLING, M. . Caracterização físico-química de biofertilizantes oriundos da vermicompostagem. 2015; Tema: Biofertilizantes obtidos por vermicompostagem. (Site).

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Biotecnologia e produção de alimentos derivados do leite. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Claucia Fernanda Volken de Souza ; FERLA, N. J. ; JOHANN, L. ; KEMERICH, G. T. . Capacitação de vinicultores para o reconhecimento de ácaros fitófagos na cultura da videira. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Compostos Bioativos: Desenvolvimento de Processos Tecnológicos Visando Aplicação Industrial. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Metodologia de Avaliação de Ácaros em Videiras no Vale do Taquari. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Dia de Campo - Prática e Metodologia de Controle de Ácaros em Vinhedos do Vale do Taquari. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Claucia Fernanda Volken de Souza . Oficinas de Biotecnologia para alunos do Ensino Médio. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Claucia Fernanda Volken de Souza ; GENNARI, A. ; FANGMMEIER, M. ; KEMERICH, G. T. ; FUHR, A. J. ; DALLE, D. ; DAHLEM JUNIOR, M. A. ; DALLAGNOL, W. . Biotecnologia e produção de alimentos derivados do leite. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Minicurso teórico-prático de manutenção de culturas microbianas e emprego de fermentos para a produção de queijo e bebida láctea. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Minicurso teórico-prático - elaboração de produto lácteo fermentado empregando bactérias lácticas como cultura iniciadora. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Minicurso teórico-prático de encapsulamento de partículas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Volken de Souza, Claucia Fernanda . Oficina - Imobilização de compostos bioativos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; SANTOS, A. C. F. ; GENNARI, A. ; ECKERT, C. ; COSTA, S. M. ; SERPA, V. G. ; DALPUBEL, V. ; VOLKEN, G. M. B. . Biotecnologia e produção de alimentos derivados do leite. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; SANTOS, A. C. F. ; GENNARI, A. ; ECKERT, C. . Imobilização de compostos bioativos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ECKERT, C. ; AGOSTINI, C. ; ROSOLEN, M. R. D. ; SANTOS, A. C. F. ; GENNARI, A. ; MACHADO, B. L. ; SILVA, J. W. F. ; SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Biotecnologia e produção de alimentos derivados do leite. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Técnicas em redação científica. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Produtos lácteos fermentados: definição, principais tipos e processos de elaboração. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Determinação de nitritos em produtos cárneos fermentados. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel ; MARCHI, M. I. ; Spellmeier, J. ; Oliveira, E. C. ; Dullius, Fabiane ; FREDRICH, C. J. ; CAPITANI, C. . Relatório Final do Projeto: Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari. 2013. (Relatório de pesquisa).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; Oliveira, E. C. ; VOLPATO, Giandra ; LEHN, Daniel ; Maciel, M. J. ; BURLANI, E. L. ; CASTOLDI, R. P. ; VINCENZI, A. ; BALD, J. A. . Relatório Final do Projeto de Pesquisa: Aproveitamento biotecnológico do soro de ricota. 2013. (Relatório de pesquisa).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel ; SCATOLA, F. ; GENNARI, A. ; VINCENZI, A. ; Maciel, M. J. ; Monteiro, B.W. ; Dullius, Fabiane ; CAPITANI, C. ; FREDRICH, C. J. . Relatório Final do Projeto de Pesquisa: Otimização da produção de derivados lácteos com aproveitamento do soro de queijo in natura.. 2013. (Relatório de pesquisa).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Desenvolvimento Tecnologico de Produtos Carneos: Inovação na Elaboração de Derivados de Carne de Frango. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Desenvolvimento Tecnologico de Produtos Carneos: Inovação na Elaboração de Derivados de Carne de Frango. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; LEHN, Daniel ; Oliveira, E. C. ; Caramão, E. B. ; MANFROI, M. . Desenvolvimento de Metodologias Analíticas Utilizando o Planejamento Experimental e a Análise de Superfície de Resposta para a Quantificação de Disruptores Endócrinos em Amostras de Águas e Alimentos. 2010. (Relatório de pesquisa).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . A Importância da Análise Sensorial na Industria de Alimentos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken ; ROSA, Tiziano Dalla ; FREIMÜLLER, Susette ; AYUB, Marco Antonio Zachia . Changes in microflora during ripening of Serrano Cheese. 2001. (Painel).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Projeto Protótipo Laboratório de Química. 1991. (Exposição de trabalho).

SOUZA, Claucia Fernanda Volken . Montagem de um laboratório de química. 1990. (Exposição de trabalho).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2017

    Encapsulamento de óleos de origem animal e vegetal com subprodutos da indústria de laticínios, Descrição: Esse projeto tem o apoio da FAPERGS por meio do Edital nº 02/2014 Programa Pesquisador Gaúcho ? PqG. O projeto é desenvolvido no Centro Universitário UNIVATES com colaboração da Universidade Federal do Rio Grande ? FURG.O Rio Grande do Sul é um dos maiores produtores de leite do Brasil, destacando-se a região do Vale do Taquari, com volume superior a 8% da produção estadual. O queijo é um dos principais derivados lácteos produzidos na região, e de sua fabricação resultam diferentes subprodutos, um dos mais expressivos em volume é o soro de queijo, que possui elevada carga orgânica. O soro de queijo pode ser ultrafiltrado, obtendo-se o retentado, como proteínas do soro, e um grande volume de permeado de soro de queijo, que por sua constituição química e teor de lactose apresenta alta carga orgânica, necessitando tratamento adequado para evitar danos ao meio ambiente. Uma alternativa de uso destes subprodutos é o emprego dos mesmos como agentes encapsulantes de substâncias sensíveis à degradação. Alguns óleos de origem animal e vegetal apresentam excelentes características nutricionais, sendo importantes para a manutenção e funcionamento do organismo. Dentre estes óleos destacam-se o óleo de castanha do Brasil, de semente de chia, de pescado e de carpa. Os óleos citados apresentam elevados teores de ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 (AGPI), em especial os ácidos eicosapentaenóico (EPA) e docosahexanóico (DHA). Porém, óleos ricos em ácidos graxos poli-insaturados são altamente sensíveis à deterioração oxidativa durante seu processamento e armazenamento, levando a perdas nutricionais e sensoriais. O encapsulamento é uma técnica que pode ser aplicada para proteger esses ácidos graxos, aumentando sua resistência à degradação. Para a obtenção dos óleos encapsulados é necessária a preparação de emulsões estáveis com soro de queijo ou permeado de soro de queijo e sua posterior secagem em spray dryer, onde as melhores condições operacionais destas etapas podem ser estabelecidas com a utilização de planejamento experimental e da análise de superfície de resposta. Assim, o objetivo desse projeto é desenvolver o processo de encapsulamento de óleos de castanha do Brasil, chia, pescado e carpa utilizando soro de queijo e permeado de soro de queijo como agentes de parede, representando uma alternativa para a redução do impacto ambiental das indústrias de laticínios, valorizando os subprodutos mencionados e óleos estudados. As microcápsulas serão obtidas a partir de emulsões estáveis utilizando soro de queijo e permeado de soro de queijo, obtidos de laticínios do Vale do Taquari, com de 5 a 30 g de óleo de castanha, chia, pescado ou carpa em sua fração, incluindo valores fixos de goma arábica e lecitina de soja como agentes emulsionantes. As emulsões serão secas em mini spray dryer, em condições otimizadas pelo planejamento experimental fatorial. As análises dos materiais incluem caracterização dos óleos, do soro de queijo e do permeado de soro de queijo por metodologias oficiais. As partículas obtidas serão analisadas em termos de eficiência de encapsulamento por análise de microestrutura e os óleos encapsulados terão sua estabilidade avaliada em um período de 24 dias, sob condições controladas. Espera-se como resultados o desenvolvimento de micropartículas dos óleos encapsulados, com interação entre Instituições de Ensino Superior do Rio Grande do Sul e empresas de laticínios da região e a formação de recursos humanos qualificados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Adriani Cristina Felipe dos Santos - Integrante / Luiz Antônio de Almeida Pinto - Integrante / Wendell Dall'Agnol - Integrante / Marcos Aurélio Dahlem Júnior - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro / Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 13/04/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Detecção e Remoção de Micropoluentes em Sistemas de Captação de Águas Superficiais e Efluentes, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lucélia Hoehne em 16/05/2017., Descrição: Micropoluentes são compostos orgânicos e inorgânicos difíceis de serem degradados e são capazes de causar alguma interferência no sistema endócrino de humanos e de outros animais. Estes compostos não são eliminados em estações de tratamentos de águas convencionais, dessa forma, torna-se importante avaliar e desenvolver tratamentos eficazes para melhorar a qualidade da água. Assim, o objetivo do estudo é analisar de forma qualitativa e quantitativa a presença de micropoluentes aquáticos, do tipo fármacos, em recursos hídricos e efluentes oriundos de estações de tratamento de efluentes, com ênfase em amostras de água superficial (rios e reservatórios) junto à captação, na saída da estação de tratamento de água e no final da rede de distribuição. Além disso, será analisada a utilização de tecnologias para a remoção desses micropoluentes por processos oxidativos avançados e estudos de toxicidade após tratamento. Também será desenvolvido nanobiossensores para a determinação de micropoluentes. Pretende-se ao final deste projeto desenvolver metodologia adequada para analisar e tratar alguns tipos de micropoluentes em águas superficiais.O projeto é desenvolvido como uma rede de cooperação institucional entre a Univates e a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI). Cada instituição desenvolve ações e atividades no âmbito do objetivo principal, em função de subprojetos específicos, organizados com base nas características socioambientais e econômicas da região em que estão inseridas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Integrante / Simone Stülp - Integrante / Lucélia Hoehne - Coordenador / Elisete Freitas - Integrante / Rafael Rodrigo Eckhardt - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Bolsa.

  • 2013 - 2017

    Bioprodução de hidrolisados protéicos e avaliação da vermicompostagem vertical em solos contaminados com metais pesados, Descrição: A avaliação de hidrolisados protéicos a partir de minhocas se torna interessante, uma vez que estes possuem alto teor protéico e podem ser utilizados em ampla variedade de produtos alimentícios. Metais pesados presentes nos resíduos orgânicos podem prejudicar a qualidade do húmus e os elementos podem ser absorvidos pelas minhocas. Dessa forma, este projeto tem os objetivos de desenvolver hidrolisados protéicos a partir de minhoca e de avaliar o processo de vermicompostagem vertical em solo contaminado com metais pesados. Para os hidrolisados, as minhocas serão submetidas à hidrólise enzimática, com enzimas comerciais, variando a temperatura, tempo e pH. A determinação dos aminoácidos será feita por cromatografia. Já para a avaliação da vermicompostagem vertical contaminada com metais, serão adicionadas concentrações conhecidas de metais pesados nos minhocários. A determinação destes será feita por espectrometria de absorção atômica com chama. Ainda será avaliada a qualidade da farinha de minhoca. Com este projeto, espera-se ter bioprodutos com alto teor protéico e viáveis economicamente para a indústria de alimentos e avaliar a absorção de metais pesados nas minhocas submetidas à exposição com metais pesados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Daniel Lehn - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Integrante / Simone Stülp - Integrante / Julia Spellmeier - Integrante / Rosecler Ribeiro - Integrante / Lucélia Hoehne - Coordenador / Mariano Rodrigues - Integrante / Gustavo Schiedeck - Integrante / Elisete Freitas - Integrante / Maira Cristina Martini - Integrante / Wagner Manica Carlesso - Integrante., Financiador(es): Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.

  • 2013 - 2016

    Seleção de microrganismos produtores de β galactosidase (lactase) e o estudo de sua produção em cultivos submersos, Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo ampliar o montante de conhecimentos sobre a seleção e produção de β-galactosidase de origem microbiana, utilizando cultivos submersos. Para isto inicialmente serão realizados testes de seleção de microrganismos capazes de produzir lactase, em seguida serão estudados diferentes meios de cultivo, assim como a otimização das suas condições para produção da enzima.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Gaby Renard - Integrante / Felipe Okano - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. A indústria de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, um dos estados de maior produção do país, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de subprodutos e resíduos, os quais são fontes de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, o objetivo desse projeto é estabelecer processos biotecnológicos que visem ao desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dos subprodutos e resíduos gerados pela indústria de laticínios e ao incremento da qualidade dos produtos. Para isso, serão desenvolvidos processos visando: empregar os soros lácteos como meios de cultivo, a fim de gerar bioprodutos de valor agregado; utilizar os resíduos e os subprodutos gerados pelos laticínios como matérias-primas para a elaboração de produtos lácteos fermentados; desenvolver bioprocessos para produção e imobilização de β-galactosidases recombinantes; utilizar os soros lácteos como materiais de parede no microencapsulamento de ingredientes bioativos; e produzir e caracterizar peptídios bioativos obtidos a partir da hidrólise enzimática dos soros lácteos. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições dos bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial; minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais e de biologia molecular pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Fundação do Vale do Taquari de Ensino Superior - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - 2013

    Aproveitamento biotecnológico do soro de ricota, Descrição: Esse projeto tem o apoio financeiro da FAPERGS por meio do Edital FAPERGS 001/2011 Auxílio Recém Doutor ? ARD, Processo nº 11/1910-2. Uma alternativa para garantir uma boa relação custo/benefício de produtos alimentícios é maximizar a produção, enfocando o aproveitamento integral de matérias-primas. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil e no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite gerados diariamente. A produção de ricota gera uma quantidade expressiva de soro, que pode constituir uma grande fonte de poluição ao solo e aos recursos hídricos se não for corretamente tratado. A alta concentração de lactose no soro de ricota sugere a possibilidade de converter esse açúcar em um produto de valor agregado. Assim, esse resíduo pode representar uma fonte alternativa não-vegetal para a bioprodução de etanol através da fermentação alcoólica da lactose pela levedura Kluyveromyces marxianus. Portanto, o objetivo do presente trabalho é estudar e otimizar a bioprodução de etanol utilizando o soro de ricota in natura, a fim de possibilitar o aproveitamento biotecnológico desse resíduo produzido pelos laticínios da região do Vale do Taquari, no RS. Na otimização das condições de cultivo empregando o soro de ricota como meio de cultivo serão avaliadas as seguintes variáveis: velocidade de agitação, temperatura, e pH, e a resposta predita será a produção de etanol. Espera-se viabilizar uma nova fonte alternativa de biocombustível, o soro de ricota, e desenvolver parcerias com os laticínios através do fornecimento do soro para o trabalho experimental em contrapartida da difusão dos resultados nas indústrias contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Eniz Conceição Oliveira - Integrante / Raquel Piccinini Castoldi - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Elvio Leandro Burlani - Integrante / Julio André Bald - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1

  • 2011 - 2012

    Padronização da técnica da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) para a detecção do complexo Mycobaterium tuberculosis e da Brucella abortus em amostras de leite bovino in natura oriundas de produtores no Vale do Taquari, RS, Descrição: A preocupação com a qualidade e inocuidade dos produtos e subprodutos de origem animal vem crescendo anualmente em muitos países. Isto se deve pelo aumento no número de propriedades rurais voltadas para a produção agroindustrial, destacando-se a produção de leite e seus derivados como os principais produtos de interesse comercial. De acordo com os Regulamentos Técnicos de Produção, Identidade e Qualidade do Leite tipo A, do Leite tipo B, do Leite tipo C, do Leite Pasteurizado e do Leite Cru Refrigerado e o Regulamento Técnico da Coleta de Leite Cru Refrigerado e seu Transporte a Granel (Brasil, 2002), fixam os requisitos mínimos que devem ser observados para a produção, a identidade e a qualidade do leite, objetivando melhorar e garantir as condições nutricionais e de inocuidade do leite e seus derivados. Embora a Instrução Normativa (IN) n 51 exista há oito anos estima-se que cerca de 60% do leite produzido no Brasil seja comercializado sem qualquer controle sanitário, o que aumenta o risco de transmissão de tuberculose e outras doenças causadas, através do consumo de leite e produtos lácteos in natura. Ensaios rápidos que usam técnicas imunoquímicas, hibridização e amplificação de ácido nucléico podem oferecer maior sensibilidade e especificidade do que os métodos baseados em cultura, além de permitirem a redução do tempo para obtenção destes resultados. Soma-se a isto, a possibilidade de identificação de micro-organismos relacionados com doenças de importancia produtiva, como a mastite, responsável por severas perdas econômicas da industria do leite. Muitos métodos alternativos atingiram elevado nível de automação, facilitando sua aplicação na detecção rotineira de micro-organismos. Visando estabelecer o uso de tecnologias rápidas e precisas para a análise do leite, o presente projeto tem como objetivo geral a padronização da técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) para a deteccção de micro-organismos patogênicos em amostras de leite.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Rosangela Uhrig Salvatori - Integrante / Adriane Pozzobon - Coordenador / Claudia Majolo - Integrante / Vanderlei Biolchi - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Débora Mara Kich - Integrante / Ivan Cunha Bustamante Filho - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2012

    Bioprodução de hidrolisados protéicos e avaliação de metais pesados em farinha de minhoca e em biossólidos a partir de vermicompostagem vertical, Descrição: A vermicompostagem vem sendo uma prática de biotransformação de resíduos orgânicos em compostos com alto valor nutricional. As minhocas possuem alto teor de proteínas, podendo ser usadas como complemento alimentar para peixes e outros animais na forma de farinha. A avaliação de hidrolisados protéicos a partir de minhocas se torna interessante, uma vez que estes podem ser utilizados em ampla variedade de produtos alimentícios. Metais pesados presentes nos resíduos orgânicos podem ser absorvidos pelas minhocas, prejudicando a qualidade do produto final como os hidrolisados, bem como a farinha de minhoca. Dessa forma, torna-se importante quantificar metais pesados na vermicompostagem. Para isto, é necessário o uso de métodos e técnicas analíticas adequadas para a determinação destes analitos e compostos. Este projeto tem os objetivos de desenvolver hidrolisados protéicos a partir de minhoca e de avaliar o processo de vermicompostagem em solo contaminado com metais pesados. Para a produção de proteínas hidrolisadas, as minhocas serão submetidas à hidrólise enzimática, com o uso de proteases comerciais, variando a temperatura, tempo e pH para posterior verificação da melhor condição para a obtenção do bioproduto. A determinação do perfil dos aminoácidos será feita por cromatografia. Já para a avaliação da vermicompostagem contaminada com metais, serão adicionadas concentrações conhecidas de metais pesados, tais como Cd, Pb, Cu e Zn em um dos minhocário e mantendo um minhocário sem adição de metais. Assim, será avaliada a absorção destes analitos pelas minhocas de acordo como o tempo exposto. A determinação dos metais será feita por espectrometria de absorção atômica com chama. Com este projeto, espera-se ter um bioproduto com alto teor protéico e viável economicamente para a indústria de alimentos e avaliar a absorção de metais pesados nas minhocas submetidas à exposição com metais pesados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Integrante / Simone Stülp - Integrante / Julia Spellmeier - Integrante / Katiana Kondorfer - Integrante / Rosecler Ribeiro - Integrante / Lucélia Hoehne - Coordenador / Wagner Manica Carlesso - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Otimização da produção de derivados lácteos com aproveitamento do soro de queijo in natura, Descrição: Esse projeto tem o apoio financeiro da FAPERGS por meio do Edital FAPERGS 006/2010 Programa Pesquisador Gaúcho ? PqG, Processo nº 1016840. Uma alternativa para garantir uma boa relação custo/benefício de produtos alimentícios é maximizar e otimizar a produção, enfocando o aproveitamento integral de matérias-primas. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil e no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite gerados diariamente. A produção de queijos em pequena e média escala gera uma quantidade excessiva de soro, que pode constituir uma grande fonte de poluição ao solo e aos recursos hídricos se não for corretamente tratado, e hoje frequentemente é utilizado como alimentação animal, constituindo uma forma inadequada de uso, pois nele existem diversos constituintes de interesse à nutrição humana. Uma alternativa para o destino deste soro é sua utilização para produção de ricota e bebida láctea, reduzindo assim o potencial poluidor do soro e agregando valor na elaboração de produtos que apresentam boas características nutricionais e sensoriais, otimizando a produção de uma forma global, com o aproveitamento do soro. Portanto, o objetivo do presente trabalho é estudar metodologias para fabricação de derivados lácteos com emprego do soro in natura de laticínios do Vale do Taquari, através das metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta. Como parte dos resultados espera-se otimizar a produção de lácteos a base de soro de queijo e desenvolver parcerias com os laticínios através do fornecimento do soro para o trabalho experimental em contrapartida da difusão dos resultados nas indústrias contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Eniz Conceição Oliveira - Integrante / Daniel Henrique Kreutz - Integrante / Cláudia Schlabitz - Integrante / Claudia Capitani - Integrante / Bruna Wissmann Monteiro - Integrante / Everton Maciel Horlle - Integrante / Raquel Piccinini Castoldi - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Daiana Heisler - Integrante / Juliana Elisa Hartmann - Integrante / Fátima Ulsenheimer - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Desenvolvimento de metodologias analíticas para extração, pré-concentração e identificação de desreguladores endócrinos em amostras ambientais e de alimentos, Descrição: Neste trabalho propõem-se o desenvolvimento de metodologias analíticas para a extração, pré-concentração e identificação de substâncias que atuam como desreguladores endócrinos nos organismos vivos. Estas substâncias oferecem riscos à saúde devido ao seu potencial tóxico. Os alimentos analisados serão peixes, bacon, queijos, presunto, carnes e derivados, óleos, gorduras e bebidas. As amostras ambientais analisadas serão águas, efluentes, sedimentos e solos. Para este estudo serão utilizadas técnicas de extração e pré-concentração nas amostras. Para a análise dos desreguladores endócrinos orgânicos será utilizada a cromatografia gasosa e líquida. Os metais considerados desreguladores endócrinos serão analisados por espectrofotometria de absorção atômica. Espera-se desenvolver metodologias analíticas para a extração de substâncias que atuam como desreguladores endócrinos, de amostras de alimentos e amostras ambientais (águas, sedimentos, solos, efluentes etc).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Daniel Lehn - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Integrante / Eniz Conceição Oliveira - Coordenador / Elina Bastos Caramão - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Michael Rafael Dresch - Integrante / Gustavo Reisdorfer - Integrante / Cristine Sippel Müller - Integrante / Emanuele Hoss - Integrante / Maria Regina Alves Rodrigues - Integrante / Fernado Bruxel - Integrante., Financiador(es): Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 8

  • 2010 - 2012

    Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica de farinhas obtidas a partir de vegetais não conformes à comercialização, Descrição: Frutas e hortaliças não conformes à comercialização são, geralmente, desprezadas pela indústria e poderiam ser utilizados como fontes alternativas de nutrientes, com o objetivo de aumentar o valor nutritivo da dieta de populações carentes, bem como solucionar deficiências dietéticas do excesso alimentar. O presente trabalho tem como objetivo avaliar as características físico-químicas e microbiológicas e desenvolver farinhas provenientes de beterraba (Beta vulgaris L.), como forma de aproveitamento do material vegetal após processo de extração. Será aplicado método de secagem artificial para obtenção dos produtos desidratados e posterior moagem. As amostras de beterraba (Beta vulgaris L.) serão oriundas da empresa Bremil. As amostras serão higienizadas, fracionadas e submetidas à secagem a 70 oC em um desidratador de bandejas. Após, serão triturados e moídos até obtenção de uma farinha. As farinhas de beterraba processada e in natura serão submetidas às analises físico-químicas, de acordo com as recomendações analíticas do Instituto Adolfo Lutz (2005), à caracterização de sais minerais, por espectrometria de absorção atômica com chama, de acordo com as recomendações analíticas do Instituto Adolfo Lutz (2005) e análises microbiológicas, conforme AOAC. Serão verificadas as possíveis aplicações das farinhas de vegetais como ingredientes de produtos alimentícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Integrante / Simone Stülp - Integrante / Simone Morelo Dal Bosco - Integrante / Luciana Weidlich - Coordenador / Tailize de Carli - Integrante., Financiador(es): Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Desenvolvimento de bioprodutos com aproveitamento de resíduos agroindustriais, Descrição: O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica; das ferramentas analíticas de biologia molecular; e de diferentes modelos experimentais animais, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos produtos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios sócio-econômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Anderso Stieven - Integrante / Daniel Lehn - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eniz Conceição Oliveira - Integrante / Elina Bastos Caramão - Integrante / Marcos Turatti - Integrante / Julia Spellmeier - Integrante / Camila Juliana Fredrich - Integrante / Claudia Capitani - Integrante / Emanuele Hoss - Integrante / Bruna Wissmann Monteiro - Integrante / Fabiane Antônia Dullius Hauschild - Integrante / Everton Maciel Horlle - Integrante / Luciara Pereira Chaves Sartori - Integrante / Marcos Roberto de Oliveira - Integrante / Raquel Piccinini Castoldi - Integrante / Rosecler Ribeiro - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Ivan Cunha Bustamante Filho - Integrante / Ana Paula de Quadros - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro / FUVATES - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa / Secretaria da Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 14

  • 2009 - 2012

    Otimização do processo produtivo e da qualidade dos produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari, Descrição: Esse projeto tem o apoio financeiro da Secretária de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Sul/SCIT-RS por meio do Convênio nº 21/2009, Processo nº 000304-25.00/09-0. O Brasil é o sexto maior produtor de leite do mundo, e o Rio Grande do Sul é o segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite gerados diariamente. O setor de leite e derivados tem produção expressiva também na região do Vale do Taquari, demonstrando-se uma importante atividade socioeconômica. O leite é um dos mais completos alimentos, contém uma grande variedade de nutrientes essenciais ao crescimento, desenvolvimento e manutenção de uma vida saudável. Porém, muitos fatores influenciam na sua qualidade nutricional, sensorial e higiênicosanitária. Entre esses se destacam manejo e genética do rebanho e os cuidados de higiene. A nutrição animal determina a eficiência do sistema de produção do rebanho, considerando que este é o maior responsável pelo nível de produção e pode representar até 70% dos custos. Desta forma, os objetivos do projeto são correlacionar a composição química da nutrição animal com as características físico-químicas do leite, avaliar a qualidade microbiológica do leite cru produzido na região do Vale do Taquari, RS e otimizar o processo de produção de ricota e iogurte funcional.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Juliana Fredrich - Integrante / Claudia Capitani - Integrante / Bruna Wissmann Monteiro - Integrante / Fabiane Antônia Dullius Hauschild - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante., Financiador(es): Secretária de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do RS - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2010

    Desenvolvimento de metodologias analíticas utilizando o planejamento experimental e a análise de superfície de resposta para a quantificação de disruptores endócrinos em amostras de águas e alimentos, Descrição: Os Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs) e os metais pesados são substâncias classificadas como disruptores endócrinos, oferecendo riscos à saúde devido ao seu potencial tóxico. Neste trabalho propõe-se o desenvolvimento de metodologias analíticas para a quantificação desses compostos em amostras de águas e alimentos de origem animal e vegetal. Para este estudo serão utilizadas as metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta para a otimização das condições de extração e pré-concentração de HPAs e metais nas diferentes amostras de alimentos e águas. Para a análise de HPAs nas amostras será utilizada a cromatografia gasosa e líquida. Para análise de metais será utilizada a espectrofotometria de absorção atômica com chama e gerador de hidretos. Os alimentos analisados serão leite e derivados, produtos cárneos, óleos e gorduras adquiridos de produtores, em comércios ou indústrias da região do Vale do Taquari. As amostras de águas serão coletadas em poços da região. Ao final desse trabalho espera-se desenvolver metodologias para monitorar HPAs e metais pesados em amostras de águas e alimentos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Eniz Conceição Oliveira - Integrante / Elina Bastos Caramão - Integrante / Mônica Manfroi - Integrante., Financiador(es): Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular - Bolsa.

  • 2009 - 2010

    Desenvolvimento de metodologias analíticas para a determinação de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos e metais pesados em amostras ambientais e alimentos, Descrição: Neste trabalho propõe-se o monitoramento de águas do escoamento das chuvas e sedimentos coletados em pontos próximos a rodovias (BR386, RS130 entre outras) que passam pela cidade para verificar a presença de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). Será realizado um estudo para monitorar a presença dos metais cádmio (Cd), chumbo (Pb), cobre (Cu), cromo (Cr), mercúrio (Hg) e antimônio (Sb) no chorume (líquido escuro) produzido no aterro sanitário da cidade de Lajeado. Também se propõe o estudo destes compostos (HPAs e metais) em amostras de alimentos. Estas substâncias podem ser classificadas como disruptores endócrinos, oferecendo riscos à saúde devido ao seu potencial tóxico. Os alimentos analisados serão peixes, bacon, queijos, presunto, carnes e derivados, óleos, gorduras e café. Para este estudo serão utilizadas técnicas de extração e préconcentração de HPAs e metais nas amostras. Para a análise de HPAs nas amostras será utilizada a cromatografia gasosa e líquida. Para análise de metais será utilizada a espectrofotometria de absorção atômica com chama e gerador de hidretos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Daniel Lehn - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Integrante / Eniz Conceição Oliveira - Coordenador / Elina Bastos Caramão - Integrante / Mônica Manfroi - Integrante / Odorico Konrad - Integrante / Lucas Schmidt - Integrante / Leila Sibele Pilguer - Integrante / Julio Cesar Eloy - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Tatiana da Costa - Integrante / Michael Rafael Dresch - Integrante / Simone Beatris Schneider - Integrante / Gustavo Reisdorfer - Integrante / Maria Goreti R. Vale - Integrante / Cristiano Tramontini - Integrante., Financiador(es): Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Estudo da qualidade físico-química e microbiológica de produtos lácteos elaborados no Vale do Taquari, Descrição: O leite e seus produtos têm grande volume de produção no Estado do Rio Grande do Sul e também na região do Vale do Taquari. A busca por qualidade da produção inclui muitas vezes a padronização dos produtos alimentícios em termos da sua composição. Sendo o leite, uma matéria-prima que pode apresentar significativas variações de composição devido à fatores endógenos e exógenos, o que acarreta variações também nos produtos lácteos, é de interesse do presente trabalho avaliar através de análises de composição dos principais constituintes de alguns produtos, a magnitude desta variação em diferentes indústrias do setor de laticínios durante o período de um ano. Com a aplicação de métodos estatísticos sobre os resultados experimentais poder-se-á concluir se as variações são ou não suficientes para comprometer a padronização da produção, formulando hipóteses para a explicação das variações na matéria-prima que poderão ser testadas em trabalhos posteriores.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Anderso Stieven - Integrante / Claudete Kirsch - Integrante / Daniel Lehn - Coordenador., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Estudo das variações das características físico-quimicas e microbiológicas de embutidos artesanais elaborados por produtores rurais do Vale do Taquari, Descrição: As variações na composição química e na microbiota de 20 bateladas (5 em cada estação do ano) de embutidos elaborados por produtores rurais do Vale do Taquari foram estudadas durante um período de maturação de 45 dias, com o objetivo de avaliar a qualidade química e microbiológica desses produtos. As características químicas como umidade, atividade de água, pH, acidez titulável, teor de NaCl, de nitratos e nitritos, de cinzas, de proteína e de gordura nas amostras com 1, 15, 30 e 45 dias de fabricação foram determinadas. Também foram enumerados os grupos microbianos como mesófilos aeróbios, coliformes fecais, bolores e leveduras, Staphylococcus aureus, Clostridium spp. e Salmonella spp. das mesmas amostras. Os resultados dessa pesquisa indicaram a qualidade química e microbiológica de embutidos produzidos artesanalmente pelos agricultores da região bem como aspectos do processo de elaboração, como, por exemplo, tempo e temperatura de armazenamento do produto, condições de higiene, qualidade da carne e quantidade dos sais de cura, entre outros, que deveriam ser melhorados, a fim de obter um produto de qualidade e seguro sob o enfoque de saúde pública.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Debora Amorim Bosse - Integrante / Michele Koch - Integrante / Francisco de Barros - Integrante / Daniel Lehn - Integrante / Rosangela Uhrig Salvatori - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e o Centro Universitário UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Camila Agostini - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Angélica Vincenzi - Integrante / Carlos Henrique Dullius - Integrante / Júlia Weber Ferreira da Silva - Integrante / Bruna Lenhardt Machado - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - Atual

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante.Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante.Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante.Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Cientítico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante.Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro / Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro / Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro / Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. O setor de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, segundo estado de maior produção do país, com mais de 9 milhões de litros de leite produzidos diariamente, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido, em torno de 20% da produção estadual, e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de resíduos, tais como soros de queijo e ricota e permeado de soro de queijo, os quais são fonte de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, a partir deste estudo busca-se promover alternativas de aproveitamento de resíduos de laticínios como meio de cultivo para produção de diferentes biomoléculas e matéria-prima para elaboração de produtos lácteos fermentados funcionais. Ademais, visa-se contribuir com a melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos na região. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições de bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial, minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais, como cromatografia a líquido e a gás, e absorção atômica, e de diferentes técnicas de biologia molecular, pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro / Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. A indústria de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, um dos estados de maior produção do país, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de subprodutos e resíduos, os quais são fontes de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, o objetivo desse projeto é estabelecer processos biotecnológicos que visem ao desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dos subprodutos e resíduos gerados pela indústria de laticínios e ao incremento da qualidade dos produtos. Para isso, serão desenvolvidos processos visando: empregar os soros lácteos como meios de cultivo, a fim de gerar bioprodutos de valor agregado; utilizar os resíduos e os subprodutos gerados pelos laticínios como matérias-primas para a elaboração de produtos lácteos fermentados; desenvolver bioprocessos para produção e imobilização de β-galactosidases recombinantes; utilizar os soros lácteos como materiais de parede no microencapsulamento de ingredientes bioativos; e produzir e caracterizar peptídios bioativos obtidos a partir da hidrólise enzimática dos soros lácteos. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições dos bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial; minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais e de biologia molecular pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro / Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. A indústria de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, um dos estados de maior produção do país, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de subprodutos e resíduos, os quais são fontes de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, o objetivo desse projeto é estabelecer processos biotecnológicos que visem ao desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dos subprodutos e resíduos gerados pela indústria de laticínios e ao incremento da qualidade dos produtos. Para isso, serão desenvolvidos processos visando: empregar os soros lácteos como meios de cultivo, a fim de gerar bioprodutos de valor agregado; utilizar os resíduos e os subprodutos gerados pelos laticínios como matérias-primas para a elaboração de produtos lácteos fermentados; desenvolver bioprocessos para produção e imobilização de β-galactosidases recombinantes; utilizar os soros lácteos como materiais de parede no microencapsulamento de ingredientes bioativos; e produzir e caracterizar peptídios bioativos obtidos a partir da hidrólise enzimática dos soros lácteos. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições dos bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial; minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais e de biologia molecular pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. A indústria de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, um dos estados de maior produção do país, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de subprodutos e resíduos, os quais são fontes de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, o objetivo desse projeto é estabelecer processos biotecnológicos que visem ao desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dos subprodutos e resíduos gerados pela indústria de laticínios e ao incremento da qualidade dos produtos. Para isso, serão desenvolvidos processos visando: empregar os soros lácteos como meios de cultivo, a fim de gerar bioprodutos de valor agregado; utilizar os resíduos e os subprodutos gerados pelos laticínios como matérias-primas para a elaboração de produtos lácteos fermentados; desenvolver bioprocessos para produção e imobilização de β-galactosidases recombinantes; utilizar os soros lácteos como materiais de parede no microencapsulamento de ingredientes bioativos; e produzir e caracterizar peptídios bioativos obtidos a partir da hidrólise enzimática dos soros lácteos. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições dos bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial; minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais e de biologia molecular pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Auxílio financeiro / Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Remuneração / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Centro Universitário Univates - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. A indústria de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, um dos estados de maior produção do país, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de subprodutos e resíduos, os quais são fontes de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, o objetivo desse projeto é estabelecer processos biotecnológicos que visem ao desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dos subprodutos e resíduos gerados pela indústria de laticínios e ao incremento da qualidade dos produtos. Para isso, serão desenvolvidos processos visando: empregar os soros lácteos como meios de cultivo, a fim de gerar bioprodutos de valor agregado; utilizar os resíduos e os subprodutos gerados pelos laticínios como matérias-primas para a elaboração de produtos lácteos fermentados; desenvolver bioprocessos para produção e imobilização de β-galactosidases recombinantes; utilizar os soros lácteos como materiais de parede no microencapsulamento de ingredientes bioativos; e produzir e caracterizar peptídios bioativos obtidos a partir da hidrólise enzimática dos soros lácteos. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições dos bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial; minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais e de biologia molecular pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): FUVATES - Bolsa / Launer Química - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Pesquisa & Desenvolvimento MEQ: uma inovadora e sustentável produção de queijos maturados de elevado valor agregado, Projeto certificado pela empresa SERGIO ELY VALADAO GIGANTE DE ANDRADE COSTA em 07/01/2019., Descrição: Esse projeto está vinculado a Empresa MEQ (Milk, Education & Quality) - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. A Empresa MEQ desenvolve um trabalho em sua fazenda produtora de leite, a Fazenda São Bento, aprimorando os processos e a qualidade do leite produzido, com a finalidade de construir sua própria indústria de laticínios para a produção de queijos finos. Portanto, o objetivo do projeto é desenvolver estratégias tecnológicas para o processo de produção de queijos, a fim de obter produtos diferenciados pela sua singularidade e com sustentabilidade ambiental. Inicialmente serão isoladas bactérias lácticas presentes no leite bovino cru refrigerado da Fazenda São Bento, Cachoeira Paulista, São Paulo. Posteriormente esses microrganismos serão caracterizados em relação às suas propriedades tecnológicas visando o desenvolvimento de queijos maturados com características diferenciadas e elevado valor agregado, a partir das culturas lácticas endógenas isoladas do leite produzido na Fazenda. Em seguida, serão estabelecidas estratégias tecnológicas de aproveitamento do soro de queijo gerado a partir do processo de elaboração dos queijos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Daniel Kuhn - Integrante / Gabriela Rabaioli Rama - Integrante / Simone Beux - Integrante., Financiador(es): Milk, Education & Quality - Auxílio financeiro / FUVATES - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Otimização da produção e estudos de imobilização da enzima β-galactosidase recombinante visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 29/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada UNIVERSAL MCTI/CNPq Nº 01/2016. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, a Universidade do Vale do Taquari ? Univates e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima beta-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima beta-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a otimização da produção em Escherichia coli da enzima betagalactosidase recombinante de Kluyveromyces sp. e estudar a sua imobilização visando a aplicação industrial. A otimização da produção da enzima recombinante será realizada em biorreatores de 2 L, a proteína superexpressa será purificada por cromatografia no sistema AKTA (GE Healthcare), serão realizados testes com diferentes suportes de imobilização onde será avaliada a estabilidade e possibilidade de reuso da enzima imobilizada, através de testes de atividade. Este projeto compreende uma etapa importante para a produção nacional de enzimas recombinantes para uso industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Júlio Xandro Heck - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Alessandra Nejar Bruno - Integrante / Diego Hepp - Integrante / Juleane Lunardi - Integrante / Gustavo Roth - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Identificação e caracterização de microrganismos isolados de soro de queijo proveniente de leite bovino, de búfala e de cabra, para bioprodução de substâncias de valor agregado, Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016. O objetivo do projeto é isolar, identificar e caracterizar microrganismos isolados dos soros de queijo, visando a bioprodução de substâncias de valor agregado. Para isto, serão isolados microrganismos a partir de amostras coletadas dos soros de queijo bovino, bubalino e caprino. Logo após, será realizada a caracterização do potencial biotecnológico desses isolados por meio de testes específicos, seguindo os critérios desejáveis para a seleção de microrganismos probióticos, assim como a análise das características físico-químicas dos soros. Os isolados com maior potencial biotecnológico, de cada tipo de soro, serão identificados e utilizados na formulação de bebidas lácteas, que serão submetidas à avaliação sensorial. Espera-se identificar microrganismos com potencial biotecnológico que possam ser utilizados na produção de alimentos e produtos probióticos de valor agregado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Coordenador / Maíra Post Müller - Integrante / Marcio Alves de Sousa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Elaboração de produtos lácteos fermentados a partir de bactérias lácteas isoladas na região do Vale do Taquari (Convênio nº 70/2014), Projeto certificado pela empresa Launer Química em 09/04/2015., Descrição: Esse projeto tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul por meio do Edital 01/2014 - Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos no âmbito das ações do Programa RS Tecnópole. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates/Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - e a Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. O objetivo do projeto é desenvolver produtos lácteos fermentados a partir de culturas iniciadoras obtidas por meio de isolamento, identificação e caracterização tecnológica e probiótica de bactérias lácticas endógenas de leite e produtos lácteos da região do Vale do Taquari. As bactérias lácticas serão isoladas de leite in natura e queijo Colonial elaborado por produtores do Vale do Taquari com leite cru e sem o uso de culturas lácticas iniciadoras comerciais. As bactérias lácticas serão identificadas empregando técnicas de biologia molecular e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico, probiótico, antimicrobiano e antioxidante, além disso, será avaliado o potencial de bioacumulação de selênio. Para as bactérias lácticas que apresentarem potencial probiótico será desenvolvido o processo de encapsulamento empregando como agente de parede subprodutos da indústria de laticínios, tais como soro de queijo e permeado de soro. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. Espera-se identificar e selecionar bactérias lácteas para uso na elaboração de produtos lácteos fermentados, que possam ser utilizadas a nível industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro Universitário Univates - Bolsa / Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Launer Química - Remuneração.

  • 2014 - 2016

    Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial, Projeto certificado pela empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento em 28/08/2017., Descrição: Esse projeto tem o apoio do CNPq por meio da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica. O projeto é desenvolvido em parceria com a empresa Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento Ltda., o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ? IFRS, o Centro Universitário UNIVATES e o Centro de Pesquisa em Biologia Molecular e Funcional da PUC-RS. A enzima β-galactosidase ou lactase (EC 3.2.1.23) tem especial importância para indústria de alimentos e farmacêutica, por hidrolisar a lactose em glicose e galactose, seus monossacarídeos constituintes, sendo utilizada na preparação de leite e derivados lácteos com baixo teor de lactose e em suplementos alimentares, produtos utilizados por indivíduos intolerantes à lactose. Atualmente, mais de 50% da população mundial adulta tem distúrbio na absorção da lactose, levando a indústria a aumentar a sua produção de produtos dirigidos a estes indivíduos. Verificou-se que o mercado de leite com baixo teor de lactose aumentou aproximadamente 50% nos últimos 2 anos. Logo, se faz necessária a investigação de métodos eficientes e de baixo custo para a produção da enzima β-galactosidase para aplicação industrial. Com isso, este projeto tem por objetivo a produção em Escherichia coli da enzima β-galactosidase recombinante de Kluyveromyces marxianus na forma livre e imobilizada para aplicação industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Giandra Volpato - Coordenador / Camila Agostini - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Gaby Renard - Integrante / Michele Ramos Dutra Rosolen - Integrante / Jocelei Maria Chies - Integrante / Diógenes Santiago Santos - Integrante / Helen Candida Santos de Paula - Integrante / Alessandra da Silva Raupp - Integrante / Bruna Coelho de Andrade - Integrante / Vanessa Yuki Grafulin - Integrante / Rafaela Rubim - Integrante., Financiador(es): Quatro G Pesquisa e Desenvolvimento - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Seleção, identificação e caracterização de micro-organismos para uso na elaboração de produtos lácteos, Descrição: Esse projeto está vinculado a Launer Química Indústria e Comércio Ltda. - empresa residente do Tecnovates - Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari. Para a indústria brasileira de produtos lácteos a disponibilidade de culturas de bactérias lácticas nativas ou endógenas, adaptadas às condições locais, é uma necessidade econômica tendo em vista a redução do custo de importação e o avanço tecnológico. Portanto, o presente projeto tem como objetivo o isolamento de bactérias lácticas endógenas para uso como culturas starters em produtos lácteos fermentados. Serão isoladas, identificadas e caracterizadas quanto ao seu potencial tecnológico e probiótico bactérias lácticas de leite in natura e de queijo colonial artesanal produzido na região do Vale do Taquari. Também será avaliado o desempenho das culturas lácticas selecionadas na fabricação de diferentes produtos lácteos. A partir dos resultados desse trabalho pretende-se isolar bactérias lácticas com potencial tecnológico e probiótico para uso na elaboração de produtos lácteos de qualidade físico-química, microbiológica e sensorial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Ana Paula Morschbacher - Integrante / Lucélia Hoehne - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Camila Eckert - Integrante / Ana Júlia Führ - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante., Financiador(es): Launer Química - Auxílio financeiro / FUVATES - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Cadeia produtiva do leite: uso de biotecnologias para melhoria da qualidade da matéria-prima e aproveitamento de resíduos dos laticínios, Descrição: Esse projeto é desenvolvido com o apoio dos Laticínios Kronhardt e Laticínio Comercial Lac Max Ltda por meio da doação dos diferentes tipos de soros lácteos. A indústria de leite e derivados tem produção expressiva no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, um dos estados de maior produção do país, contribuindo para a expansão e diversificação econômica. No Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul, este setor também se destaca pelo volume produzido e processado pelas diversas indústrias de beneficiamento instaladas na região. Entretanto, tal volume de produção resulta na geração de quantidade significativa de subprodutos e resíduos, os quais são fontes de poluição de solos e recursos hídricos caso não sejam tratados de forma adequada. Assim, o objetivo desse projeto é estabelecer processos biotecnológicos que visem ao desenvolvimento de tecnologias de aproveitamento dos subprodutos e resíduos gerados pela indústria de laticínios e ao incremento da qualidade dos produtos. Para isso, serão desenvolvidos processos visando: empregar os soros lácteos como meios de cultivo, a fim de gerar bioprodutos de valor agregado; utilizar os resíduos e os subprodutos gerados pelos laticínios como matérias-primas para a elaboração de produtos lácteos fermentados; desenvolver bioprocessos para produção e imobilização de β-galactosidases recombinantes; utilizar os soros lácteos como materiais de parede no microencapsulamento de ingredientes bioativos; e produzir e caracterizar peptídios bioativos obtidos a partir da hidrólise enzimática dos soros lácteos. As metodologias de planejamento experimental e análise de superfície de resposta serão empregadas para otimização das condições dos bioprocessos, maximizando rendimentos, produtividade e viabilidade comercial; minimizando custos e conduzindo à obtenção de bioprodutos com as especificações desejadas. Além disso, através do uso das técnicas instrumentais e de biologia molecular pretende-se avaliar as características químicas, microbiológicas e bioquímicas das matérias-primas utilizadas, bem como dos bioprodutos obtidos. Como parte dos resultados espera-se desenvolver novos processos e produtos biotecnológicos de valor agregado, trazendo potenciais benefícios socioeconômicos através do desenvolvimento de tecnologias inovadoras e contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Coordenador / Daniel Lehn - Integrante / Giandra Volpato - Integrante / Rafael Costa Rodrigues - Integrante / Ayub, Marco Antônio Záchia - Integrante / Monica Jachetti Maciel - Integrante / Adriano Gennari - Integrante / Michele Fangmmeier - Integrante / Anja Dullius - Integrante / Márcia Inês Goettert - Integrante / Camille Eichelberger GRANADA - Integrante / HOEHNE, LUCELIA - Integrante / Francielle Herrmann Mobayed - Integrante / Patrícia Fassina - Integrante / Jéssica Aparecida Bressan Soratto da Silva - Integrante / Maiara Giroldi - Integrante / Lauren Mazutti Grando - Integrante / Amanda Esther Nyland - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / FUVATES - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Estudo da atividade antioxidante e antimicrobiana de óleos essenciais de plantas condimentares visando a conservação de produtos cárneos (Projeto FAPERGS/PROCOREDES 3 - Processo n° 0614303), Descrição: Os óleos essenciais constituem os elementos voláteis contidos em vários órgãos das plantas e assim são denominados devido à sua composição lipofílica. Estão associados a várias funções necessárias à sobrevivência do vegetal em seu ecossistema, exercendo papel fundamental na defesa contra microrganismos e predadores, e também na atração de insetos e outros agentes polinizadores. Apesar do desenvolvimento de técnicas avançadas de produção de alimentos, a segurança alimentar é um assunto de saúde pública de alta importância. Estima-se que, a cada ano, mais de 30% da população de países industrializados sofra de doenças causadas por alimentos, sendo que no ano de 2000 cerca de dois milhões de pessoas morreram de doença diarréicas no mundo todo. Existe ainda uma necessidade de buscar novos métodos para reduzir ou eliminar patógenos de alimentos, possivelmente em combinação com métodos já existentes. Ao mesmo tempo, a sociedade moderna vem experimentando uma tendência de consumismo verde , desejando menos aditivos alimentares sintéticos e produtos com um menor impacto ambiental. Neste contexto, há muito tempo se reconhecem às propriedades antimicrobianas de alguns óleos voláteis de plantas usadas como tempero . Além de propriedades antimicrobianas, os óleos voláteis, ou os seus componentes, destacaram-se por exibirem propriedades antivirais, antimicóticas, antiparasíticas, inseticida e antioxidante. Por esta razão há um interesse crescente em estudos de aditivos naturais como antioxidantes. Recentemente, muitas fontes de antioxidantes de origem vegetal são estudados, sendo que os estudos envolvendo plantas aromáticas demonstraram propriedades antioxidantes efetivas, pela inibição de processos de peroxidação de lipídios em óleos e alimentos gordurosos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Claucia Fernanda Volken de Souza - Integrante / Miriam Ines Marchi - Integrante / Eduardo Miranda Ethur - Coordenador / Simone Stülp - Integrante / André Jasper - Integrante / Luis César de Castro - Integrante / Ângela Gerhardt - Integrante / Lisângela Penz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Orientadora de Gabriela Rabaioli Rama, que recebeu Prêmio Destaque no III Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Growth of Brazílian Endogenous Lactic Acid Bacter, Universidade do Vale do Taquari - Univates.

2019

Orientadora de Ana Júlia Führ, que recebeu Prêmio Destaque no III Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho B-galactosidase imobilizada em colágeno aplicada no proce, Universidade do Vale do Taquari - Univates.

2018

Orientadora de Ana Júlia Führ, que recebeu Prêmio Destaque no II Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Imobilização da enzima B-galactosidase de Kluyveromyces la, Universidade do Vale do Taquari - Univates.

2018

Orientadora de Gabriela Rabaioli Rama, que recebeu Prêmio Destaque no II Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Isolamento e caracterização de bactérias ácido-lát, Universidade do Vale do Taquari - Univates.

2018

Orientadora de Melissa Lanius, que recebeu Prêmio Destaque no II Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Microencapsulamento de Lactobacillus sp. utilizando matriz, Universidade do Vale do Taquari - Univates.

2018

Orientadora de Gabriela Rama, que recebeu Prêmio Destaque no XIX Salão de Iniciação Científica da PUCRS, pelo trabalho Isolamento e caracterização de bactérias lácticas autóctones, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2018

Orientadora de Gabriela Rama, que recebeu o Prêmio de Melhor Trabalho na área de Ciências Biológicas, no 19º Salão de Iniciação Científica da PUCRS, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2017

Menção Honrosa no 7º Simpósio Interdisciplinar de Saúde e Ambiente - SISA pelo trabalho intitulado Avaliação de Lactobacillus plantarum ATCC8014 ao processo de spray drying e ao trato gastrintestinal, Centro Universitário UNIVATES.

2017

Orientadora de Ana Júlia Führ, que recebeu Prêmio Destaque no Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Viabilidade de Lactobacillus plantarum ATCC8014 ao processo d, Centro Universitário UNIVATES.

2017

Orientadora de Wendell Dall?Agnol, que recebeu Prêmio Destaque no Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Estudo de emulsões com soro de queijo no encapsulamento d, Centro Universitário UNIVATES.

2017

Orientadora de Marcos Aurélio Dahlem Junior, que recebeu Prêmio Destaque no Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Conhecimento, pelo trabalho Aplicação de subprodutos dos laticínios como ma, Centro Universitário UNIVATES.

2017

Orientadora de Francielle Mobayed, que recebeu Prêmio Destaque no XVIII Salão de Iniciação Científica da PUCRS, pelo trabalho Avaliação da hidrólise de diferentes substratos lácteos pela β-galactosida, Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2017

Orientadora de Francielle Mobayed, que recebeu o Prêmio de Melhor Trabalho na área de Ciências Exatas e Engenharia, no 18º Salão de Iniciação Científica da PUCRS, Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

2016

Orientadora de Adriano Gennari, que recebeu Menção Honrosa no evento 1º Congresso de Biotecnologia da Região Sul, pelo trabalho Caracterização da enzima B-galactosidase imobilizada em nanotubos de car, Centro Universitário Univates.

2016

Orientadora de Francielle Mobayed, que recebeu Menção Honrosa no evento 1º Congresso de Ciências Biológicas do Vale do Taquari, pelo trabalho Processo de imobilização da β-galactosidase em suporte com, Centro Universitário Univates.

2015

Orientadora de Michele Dutra Rosolen, que recebeu menção honrosa pelo trabalho, Centro Universitário Univates.

2015

Orientadora de Adriani Felipe dos Santos, destaque na Feira de Iniciação Científica da Universidade Feevale, com o trabalho Microencapsulamento do óleo de chia com soro de queijo em spray dryer, Universidade Feevale.

2014

Coorientadora de Claudia Schlabitz, que recebeu Menção Honrosa no Prêmio Univates de Dissertação, Centro Universitário UNIVATES.

2014

Orientadora de Júlio André Bald, que foi destaque na Feira de Iniciação Científica da Universidade Feevale, Universidade Feevale.

2014

Orientadora de Adriano Gennari, que recebeu Menção Honrosa no III Seminário Integrador de Iniciação Científica Tecnológica e Inovação - SICTEC, Centro Universitário UNIVATES em parceria com a Feevale e a UNISC.

2014

Orientadora de Júlio André Bald, que recebeu Menção Honrosa no III Seminário Integrador de Iniciação Científica Tecnológica e Inovação - SICTEC, Centro Universitário UNIVATES em parceria com a Feevale e a UNISC.

2014

Orientadora de Júlia Weber Ferreira da Silva, que recebeu Menção Honrosa no XIII Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário UNIVATES.

2014

Orientadora de Tanise Piletti, que recebeu Menção Honrosa no XIII Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário UNIVATES.

2014

Coorientadora de Bárbara Weber, que recebeu Prêmio Destaquena na Iniciação Científica, UNISC.

2013

Co-orientadora de Felipe Yuji Okano, que foi destaque no 2° Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica do IFRS, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

2013

Orientadora de Júlio André Bald, que recebeu Prêmio Destaque na Iniciação Científica no XIX Seminário de Iniciação Científica da UNISC, Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC.

2013

Orientadora de Angélica Vincenzi, que recebeu Menção Honrosa no XII Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário UNIVATES.

2012

Orientadora de Angélica Vincenzi, que recebeu Menção Honrosa no XI Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário UNIVATES.

2011

Orientadora de Bruna Wissmann Monteiro, que recebeu Menção Honrosa no X Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário UNIVATES.

2010

Orientadora de Camila Juliana Fredrich, que recebeu Menção Honrosa na VI Semana Científica Unilasalle - Salão e Feira de Iniciação Científica do Unilasalle, Centro Universitário La Salle.

2010

Orientadora de Fabiane Antônia Dullius Hauschild, que recebeu Menção Honrosa no IX Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário - UNIVATES.

2009

Orientadora de Mônica Manfroi, que recebeu Menção Honrosa no VIII Salão de Iniciação Científica da Univates, Centro Universitário Univates.

1991

1º Lugar - VI MOSTRATEC, Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. , Rua Avelino Tallini, 171, Universitário, 95900000 - Lajeado, RS - Brasil, Telefone: (51) 37147000, Ramal: 5524, Fax: (51) 37147001

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - Atual

    Universidade do Vale do Taquari - Univates

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 07/2019

      Ensino, Química Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Práticas em Desenvolvimento e Controle de Qualidade de Produtos Alimentícios

    • 07/2019

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica de Alimentos, Embalagens de Alimentos

    • 07/2019

      Ensino, BIOTECNOLOGIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Biotecnologia e Biotransformações de Produtos Naturais, Métodos e Técnicas Analíticas Aplicadas à Biotecnologia

    • 07/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, .,Linhas de pesquisa

    • 07/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, .,Linhas de pesquisa

    • 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Institucional de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação, conforme Portaria 059/Reitoria/Univates.

    • 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, .,Cargo ou função, Membro Titular do Conselho do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - PPGBiotec.

    • 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CETEC, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Química Industrial da Univates..

    • 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CETEC, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Engenharia de Alimentos da Univates..

    • 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CETEC, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Engenharia Química da Univates..

    • 03/2019 - 07/2019

      Ensino, BIOTECNOLOGIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Processos Biotecnológicos e a Produção de Alimentos, Tópicos Avançados em Biotecnologia

    • 02/2019 - 07/2019

      Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Introdução a Engenharia Química

    • 02/2019 - 07/2019

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica de Alimentos, Embalagem de Alimentos

    • 02/2019 - 07/2019

      Ensino, Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Agricultura e Produção Familiar Aspectos Socioeconômicos, Controle de Qualidade Associado à Cadeia Produtiva de Alimentos

    • 08/2018 - 12/2018

      Ensino, BIOTECNOLOGIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Biotecnologia e Biotransformações de Produtos Naturais, Métodos e Técnicas Analíticas Aplicadas a Biotecnologia

    • 07/2018 - 12/2018

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análise Sensorial e Desenvolvimento de Produtos, Bioquímica de Alimentos

    • 07/2018 - 12/2018

      Ensino, Gastronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análise Sensorial e Desenvolvimento de Produtos

    • 02/2018 - 07/2018

      Ensino, Química Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal

    • 02/2018 - 07/2018

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica de Alimentos, Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal

    • 07/2017 - 07/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Científico do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - TECNOVATES..

    • 07/2017 - 06/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Diretor do Centro de Inovação Tecnológica da Univates - INOVATES..

    • 07/2017 - 12/2017

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Cárneos , Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal, Tecnologia de Bebidas e Conservas

    • 07/2017 - 12/2017

      Ensino, Química Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Cárneos

    • 07/2017 - 12/2017

      Ensino, BIOTECNOLOGIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Alimentos Funcionais e Biotecnologia, Biotecnologia e Biotransformações de Produtos Naturais, Métodos e Técnicas Analíticas Aplicadas a Biotecnologia, Processos Biotecnólgicos e a Produção de Alimentos, Tópicos Avançados em Biotecnologia

  • 2017 - 2017

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Titular Faixa E - DP40, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2017

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Titular Faixa D - DP40, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2013 - 2015

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto Faixa D - DP40, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2011 - 2013

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto Faixa C - DP40, Carga horária: 40

  • 2010 - 2011

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto Faixa B - DP40, Carga horária: 40

  • 2009 - 2010

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto Faixa B - Horista, Carga horária: 36

  • 2006 - 2008

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Faixa B - Horista, Carga horária: 24

  • 2003 - 2006

    Centro Universitário Univates

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Faixa A - Horista, Carga horária: 16

    Atividades

    • 07/2017 - 07/2017

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Cárneos

    • 07/2017 - 07/2017

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Bebidas e Conservas, Tecnologia de Produtos Cárneos, Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal

    • 04/2017 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Institucional de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação, conforme Portaria 059/Reitoria/Univates.

    • 02/2017 - 07/2017

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análise Sensorial e Desenvolvimento de Produtos, Tecnologia de Bebidas e Conservas

    • 02/2017 - 07/2017

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Cárneos

    • 01/2016 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Cargo ou função, Membro Titular do Conselho do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - PPGBiotec.

    • 03/2015 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Química Industrial do Centro Universitário UNIVATES, conforme Portaria 006/Reitoria/Univates de 14 de janeiro de 2015..

    • 03/2015 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Engenharia Química do Centro Universitário UNIVATES, conforme Portaria 007/Reitoria/Univates de 14 de janeiro de 2015..

    • 03/2015 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Engenharia de Alimentos do Centro Universitário UNIVATES, conforme Portaria 008/Reitoria/Univates de 14 de janeiro de 2015..

    • 01/2015 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Diretor do Centro de Inovação Tecnológica da Univates - INOVATES, conforme Portaria 311-2/Reitoria/Univates de 09 de dezembro de 2015, reeditada pela Portaria 75/Reitoria/Univates de 05 de junho de 2017..

    • 05/2013 - 07/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2013 - 07/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2013 - 07/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Linhas de pesquisa

    • 10/2012 - 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Científico do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - TECNOVATES, conforme Portaria 966/Reitoria/Univates, reeditada pela Portaria 039/Reitoria/Univates de 22 de fevereiro de 2017..

    • 08/2016 - 12/2016

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia da Fabricação de Alimentos

    • 08/2016 - 12/2016

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia das Fermentações, Tecnologia de Produtos Cárneos

    • 08/2016 - 12/2016

      Ensino, Doutorado em Biotecnologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Biotecnologia e Biotransformações de Produtos Naturais, Processos Biotecnológicos e a Produção de Alimentos, Tópicos Avançados em Biotecnologia

    • 02/2016 - 07/2016

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análise Sensorial e Desenvolvimento de Produtos

    • 06/2013 - 06/2016

      Outras atividades técnico-científicas , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX.,Atividade realizada, Coordenadora dos Laboratórios de Biotecnologia, conforme Portaria 0727/Reitoria/Univates de 28 de junho de 2013..

    • 03/2012 - 01/2016

      Outras atividades técnico-científicas , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX.,Atividade realizada, Coordenadora Acadêmica do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Biotecnologia - PPGBiotec, conforme Portaria 032/Reitoria/Univates de 18 de janeiro de 2012..

    • 01/2013 - 12/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Institucional de Iniciação Científica, conforme Portaria 0642/Reitoria/Univates.

    • 01/2013 - 12/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Institucional de Iniciação Tecnológica, conforme Portaria 0552/Reitoria/Univates.

    • 02/2015 - 07/2015

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio IV

    • 03/2015 - 04/2015

      Ensino, Gestão em Segurança Alimentar e Nutricional, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Rotulagem Nutricional

    • 08/2014 - 12/2014

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio IV

    • 03/2014 - 12/2014

      Ensino, Mestrado em Biotecnologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Seminário Integrado em Biotecnologia, Processos Biotecnológicos e a Produção de Alimentos

    • 05/2013 - 12/2014

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Participação no Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Química Industrial do Centro Universitário UNIVATES, conforme Portaria 641/Reitoria/Univates.

    • 05/2013 - 12/2014

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Participação no Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Engenharia de Alimentos do Centro Universitário UNIVATES, conforme Portaria 671/Reitoria/Univates.

    • 07/2014 - 10/2014

      Ensino, Tecnologia de Alimentos, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Biotecnologia Aplicada à Indústria de Alimentos, Tecnologia de Cárneos

    • 02/2014 - 07/2014

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio I

    • 08/2013 - 12/2013

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio IV - Controle de Qualidade em Alimentos

    • 02/2013 - 07/2013

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio I

    • 02/2013 - 07/2013

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análise Sensorial e Desenvolvimentos de Produtos

    • 03/2013 - 04/2013

      Ensino, Tecnologia de Alimentos, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Cárneos

    • 03/2013 - 04/2013

      Ensino, Mestrado em Biotecnologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Seminário Integrado em Biotecnologia

    • 10/2012 - 12/2012

      Ensino, Mestrado em Biotecnologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Alimentos Funcionais e Biotecnologia, Processos Biotecnológicos e a Produção de Alimentos

    • 08/2012 - 12/2012

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio IV - Controle de Qualidade em Alimentos

    • 01/2011 - 12/2012

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Participação no Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Química Industrial do Centro Universitário UNIVATES.

    • 01/2011 - 12/2012

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Cargo ou função, Participação no Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Engenharia de Alimentos do Centro Universitário UNIVATES.

    • 08/2010 - 12/2012

      Serviços técnicos especializados , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Serviço realizado, Coordenação da Unidade de Pesquisa II - Planejamento, Gestão e Inovação Organizacionais a partir de abril de 2011 denominada de Unidade de Pesquisa II - Alimentos e Saúde: Tecnologias e Gestão.

    • 08/2012 - 08/2012

      Ensino, Tecnologia de Alimentos, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Biotecnologia Aplicada a Indústria de Alimentos

    • 02/2012 - 07/2012

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Analítica Qualitativa

    • 04/2012 - 05/2012

      Ensino, Mestrado em Biotecnologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Seminário Integrado em Biotecnologia

    • 12/2011 - 12/2011

      Extensão universitária , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Atividade de extensão realizada, Ministrante do Curso de Extensão Universitária Desenvolvimento Tecnológico de Produtos Cárneos: Inovação na Elaboração de Derivados de Carne de Frango.

    • 12/2011 - 12/2011

      Extensão universitária , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Atividade de extensão realizada, Coordenação do Curso de Extensão Universitária: Desenvolvimento Tecnológico de Produtos Cárneos - Inovação na Elaboração de Derivados de Carne de Frango.

    • 08/2011 - 12/2011

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio IV, Tecnologia das Fermentações, Tecnologia de Sabões e Detergentes

    • 08/2011 - 12/2011

      Serviços técnicos especializados , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Serviço realizado, Coordenação da disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Química Industrial conforme Portaria 662/Reitoria/Univates.

    • 04/2011 - 12/2011

      Ensino, Tecnologia de Alimentos, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Cárneos (16h/aula)

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Biomedicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia, Tecnologia de Produtos Cárneos

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado I, Tecnologia de Produtos Cárneos

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Biologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia

    • 08/2010 - 12/2010

      Serviços técnicos especializados , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Serviço realizado, Coordenação da disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Química Industrial.

    • 09/2009 - 12/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, .,Cargo ou função, Participação no Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Nutrição do Centro Universitário - UNIVATES.

    • 03/2009 - 12/2010

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

    • 08/2003 - 12/2010

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado II, Organizacoes e Normas, Química Analítica Qualitativa, Química Industrial I, Seguranca do Trabalho, Tecnologia das Fermentações, Tecnologia de Produtos Cárneos, Tecnologia de Produtos Farináceos e Oleaginosos

    • 08/2003 - 12/2010

      Ensino, Quimica Industrial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia, Estágio Supervisionado IV, Química Industrial II, Tecnologia de Bebidas e Conservas, Tecnologia de Sabões e Detergentes

    • 03/2006 - 12/2009

      Ensino, Tecnologia de Alimentos, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Microscopia de Alimentos, Tecnologia de Carnes, Tecnologia de Doces/Farináceos

    • 08/2003 - 12/2009

      Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia

    • 08/2003 - 12/2009

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia, Química Analítica Qualitativa, Segurança do Trabalho, Tecnologia das Fermentações, Tecnologia de Produtos Farináceos e Oleaginosos

    • 08/2003 - 12/2009

      Ensino, Biomedicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia, Química Analitica

    • 08/2003 - 12/2009

      Ensino, Engenharia Sanitária e Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Analítica

    • 03/2008 - 12/2008

      Serviços técnicos especializados , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Serviço realizado, Coordenação e realização do mapeamento das atividades vinculadas a área de alimentos, bem como a integração dos projetos dessas áreas..

    • 03/2008 - 10/2008

      Serviços técnicos especializados , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC, .,Serviço realizado, Elaboração do Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Alimentos..

    • 03/2005 - 03/2007

      Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação - PROPEX, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2006 - 12/2006

      Extensão universitária , Química Industrial, .,Atividade de extensão realizada, Coordenação das Atividades de Extensão do Núcleo de Tecnologia de Alimentos, vinculado ao Curso de Química Industrial do Centro Universitário - UNIVATES, sendo responsável pela realização de cursos de extensão, palestras e visitas técnicas relacionad.

    • 03/2005 - 12/2005

      Extensão universitária , Química Industrial Enfase Em Alimentos, .,Atividade de extensão realizada, Coordenação das Atividades de Extensão do Núcleo de Tecnologia de Alimentos, vinculado ao Curso de Química Industrial do Centro Universitário - UNIVATES, sendo responsável pela realização de cursos de extensão, palestras e visitas técnicas relacionad.

    • 08/2003 - 12/2003

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Tecnologia das fermentações

    • 08/2003 - 12/2003

      Ensino, Ciências Exatas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Orgânica

  • 2013 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Colaboração em Projeto de Pesquisa, Carga horária: 2

    Outras informações:
    Colaboração como pesquisadora no projeto de pesquisa interinstitucional intitulado ?Produção da enzima β-galactosidase recombinante na forma livre e imobilizada visando sua aplicação industrial? da Chamada nº 94/2013 MEC/SETEC/CNPq - Apoio a Projetos Cooperativos de Pesquisa Aplicada e de Extensão Tecnológica, em parceria com IFRS, Empresa 4G e Univates.

  • 2008 - 2009

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 40

  • 2004 - 2008

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Aluna de doutorado, Enquadramento Funcional: Aluna de doutorado, Carga horária: 40

  • 2002 - 2004

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 40

  • 2000 - 2002

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Aluna de mestrado, Enquadramento Funcional: Aluna de mestrado com bolsa CNPq, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1995 - 1997

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20

    Atividades

    • 03/2008 - 12/2009

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Análise Qualitativa Orgânica e Inorgânica, Físico-Química, Química Analítica Quantitativa, Química Orgânica Aplicada, Técnicas Básicas de Laboratório, Tecnologia Química

    • 04/2004 - 08/2008

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciência e Tecnologia dos Alimentos, Departamento de Tecnologia dos Alimentos.,Linhas de pesquisa

    • 08/2004 - 09/2004

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Bioquimica de Alimentos, Quimica de Alimentos

    • 03/2004 - 07/2004

      Ensino, Biologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Introdução a Microbiologia Industrial

    • 03/2004 - 07/2004

      Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia

    • 03/2003 - 02/2004

      Ensino, Biologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Geral

    • 03/2002 - 02/2004

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Analítica Quantitativa, Química Geral, Química Geral Experimental

    • 03/2002 - 02/2004

      Ensino, Engenharia de Materiais, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Geral Experimental

    • 03/2002 - 02/2004

      Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Geral Experimental

    • 03/2002 - 02/2004

      Ensino, Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Analítica Quantitativa, Química Geral Experimental

    • 03/2002 - 07/2002

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Geral Experimental

    • 03/2000 - 03/2002

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciência e Tecnologia dos Alimentos, Departamento de Ciências dos Alimentos.,Linhas de pesquisa

    • 08/2001 - 01/2002

      Outras atividades técnico-científicas , Colégio de Aplicação, Colégio de Aplicação.,Atividade realizada, Ministrante da atividade diferenciada "A Química do ambiente de trabalho dos alunos".

    • 03/2001 - 08/2001

      Outras atividades técnico-científicas , Colégio de Aplicação, Colégio de Aplicação.,Atividade realizada, Prática de Ensino em Química.

    • 05/2001 - 07/2001

      Outras atividades técnico-científicas , Colégio de Aplicação, Colégio de Aplicação.,Atividade realizada, Ministrante das atividades diferenciadas "A Química e o meio ambiente".

    • 04/1995 - 03/1997

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Biotecnologia, .,Linhas de pesquisa

  • 2003 - 2005

    Mercoflour Ltda

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Responsável Técnico, Carga horária: 5

    Atividades

    • 03/2003 - 04/2005

      Pesquisa e desenvolvimento , Mercoflour Ltda, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2003 - 04/2005

      Serviços técnicos especializados , Mercoflour Ltda, .,Serviço realizado, Responsavel Tecnico.

  • 1998 - 2000

    Moinhos de Trigo Indigena S A

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Química - Chefe de laboratório, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1997 - 1998

    Moinhos de Trigo Indigena S A

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 02/1998 - 02/2000

      Serviços técnicos especializados , Moinhos de Trigo Indígena S A, .,Serviço realizado, Análises físico-químicas, microbiológicas e microscópicas de farinhas de trigo e derivados.

    • 05/1997 - 04/1998

      Estágios , Moinhos de Trigo Indígena S A, .,Estágio realizado, Análise de microbiologia e microscopia.

  • 2002 - 2005

    Escola de Educação Profissional SOJUIN

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8

    Atividades

    • 10/2002 - 06/2005

      Ensino, Auxiliar de Analises Quimicas, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Química Geral

  • 2002 - 2002

    Centro Educacional Santa Isabel

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 7

    Atividades

    • 03/2002 - 05/2002

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Química

  • 2001 - 2001

    Colégio de Aplicação da UFRGS

    Vínculo: estágio, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 4

    Atividades

    • 03/2001 - 08/2001

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Química

  • 2000 - 2000

    Escola Municipal de Ensino Fundamental Flores da Cunha

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 4

    Atividades

    • 09/2000 - 12/2000

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências

    • 09/2000 - 12/2000

      Estágios , Escola Municipal de Ensino Fundamental Flôres da Cunha, .,Estágio realizado, Aulas de ciências no CEJA (Construindo a Educação de Jovens e Adultos).

  • 1992 - 1992

    PPH Companhia Industrial de Polipropileno

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 02/1992 - 12/1992

      Outras atividades técnico-científicas , Laboratório de Caracterização de Polímeros, Laboratório de Caracterização de Polímeros.,Atividade realizada, Bolsista.

  • 1991 - 1991

    Samrig S A Moinhos Rio Grandense

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Atividades

    • 03/1991 - 11/1991

      Estágios , Samrig S A Moinhos Rio Grandense, .,Estágio realizado, Estágio.