Flávia Filippin

Atualmente é aluna do Mestrado em Ciências Econômicas no Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012) e graduação em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010). Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Brasileira Contemporânea

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Ciência Econômica

2014 - 2016

Universidade Estadual de Campinas
Título: Estado e Desenvolvimento: a indústria de semicondutores no Brasil,Ano de Obtenção: 2016
André Martins Biancarelli.Coorientador: Jacobus Willibrordus Swart. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Estado Desenvolvimentista; Indústria de semicondutores; microeletrônica; política industrial; Brasil.Grande área: Ciências Sociais AplicadasSetores de atividade: Fabricação de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos.

Graduação em Ciências Econômicas

2011 - 2012

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: O Novo FUNDOPEM/RS: Uma Análise das Mudanças Introduzidas e dos Projetos Enquadrados no Novo Formato
Orientador: Ário Zimmermann

Graduação em Relações Internacionais

2007 - 2010

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: A Evolução das Capacidades de Poder do Brasil no Período 1995-2009
Orientador: Eduardo Ernesto Filippi

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

The Hyman P. Minsky Summer Seminar. (Carga horária: 60h). , Levy Economics Institute, LEVY, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Brasileira Contemporânea.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Política Externa do Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXI Encontro Nacional de Economia Política.Uma contribuição ao debate sobre desenvolvimentismo: o Estado e seu papel industrializante. 2016. (Encontro).

II Reunião Ibero-Americana de Socioeconomia. Políticas para a indústria de semicondutores no Brasil. 2015. (Congresso).

SEMI South America Semiconductor Strategy Summit. 2015. (Seminário).

XX Encontro Nacional de Economia Política.A Indústria Petroquímica Básica Brasileira: processo histórico de formação e movimento recente de concentração. 2015. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ronaldo Herrlein Junior

ZIMMERMANN, Á.;HERRLEIN JR., R.; LAGEMANN, E.. O novo Fundopem/RS: uma análise das mudanças introduzidas e dos projetos enquadrados no novo formato. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Ronaldo Herrlein Junior

FILIPPI, E.;HERRLEIN JR., R.; CUNHA, A. M.. A evolução das capacidades de poder do Brasil entre 1995 e 2009.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

André Moreira Cunha

FILIPPI, Eduardo Ernesto; HERRLEIN JR, Ronaldo;CUNHA, A. M.. A Evolução das Capacidades de Poder do Brasil entre 1995 e 2009. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Eugenio Lagemann

LAGEMANN, E.; Ario Zimmermann. O novo Fundopem/RS: Uma análise das mudanças introduzidas e dos projetos enquadrados no novo formato. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ario Zimmermann

O Novo FUNDOPEM?RS: uma análise das mudanças introduzidas e dos projetos enquadrados no novo formato; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Econômicas) - Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS; Orientador: Ario Zimmermann;

André Martins Biancarelli

Estado e desenvolvimento: a indústria de semicondutores no Brasil; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: André Martins Biancarelli;

Jacobus Willibrordus Swart

Estado e Desenvolvimento: a indústria de semicondutores no Brasil; ; 2016; Dissertação (Mestrado em Economia Social e do Trabalho) - Universidade Estadual de Campinas,; Coorientador: Jacobus Willibrordus Swart;

Eduardo Ernesto Filippi

A evolução das capacidades de poder do Brasil entre 1995 e 2009; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Eduardo Ernesto Filippi;

Eduardo Ernesto Filippi

Estudo da evolução das capacidades de poder do Brasil (1995-2009); 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eduardo Ernesto Filippi;

Marcos José Barbieri Ferreira

Estado e Desenvolvimento: a indústria de semicondutores no Brasil; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Marcos José Barbieri Ferreira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SWART, J. W. ; FILIPPIN, Flavia. ; SCHIETTEKATTE, N. . Semiconductor Innovation, Technology and Science opportunities in Brazil. Overview HTSM Global Challenges, Smart Solutions , v. Especial, p. 142-148, 2016.

  • MITTELSTADT, D. ; FILIPPIN, Flavia. ; MARQUETTO, S. . O Papel da Dívida Externa na Construção das Instituições Brasileiras durante o Período Imperial. Revista Perspectiva , v. 3, p. 63-77, 2010.

  • FILIPPIN, Flavia. ; BIANCARELLI, A. M. . Uma contribuição ao debate sobre desenvolvimentismo: o Estado e seu papel industrializante. In: XXI Encontro Nacional de Economia Política, 2016, São Bernardo do Campo. Caderno de Resumos. Uberlândia: Sociedade Brasileira de Economia Política, 2016. v. 1. p. 39-39.

  • FILIPPIN, Flavia. ; GONCALVES, R. C. . A Indústria Petroquímica Básica Brasileira: processo histórico de formação e movimento recente de concentração. In: XX Encontro Nacional de Economia Política, 2015, Foz do Iguaçu. XX Encontro Nacional de Economia Política. Foz do Iguaçu: Sociedade Brasileira de Economia Política, 2015. p. 129-129.

  • FILIPPIN, Flavia. ; BIANCARELLI, A. M. . Uma contribuição ao debate sobre desenvolvimentismo: o Estado e seu papel industrializante. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FILIPPIN, Flavia. ; GONCALVES, R. C. . A Indústria Petroquímica Básica Brasileira: processo histórico de formação e movimento recente de concentração. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FILIPPIN, Flavia. . Políticas para a indústria de componentes semicondutores no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    A Inserção Brasileira em um Sistema Internacional em Transformação: Alcances e Possibilidades na Segurança Internacional e na Defesa, Descrição: A presente proposta visa a congregar a experiência de investigação de pesquisadores inseridos em vários Programas de Pós-Graduação do país em áreas voltadas precipuamente ao campo da Defesa e da Segurança Internacional e que foram apresentando, ao longo do tempo, uma sólida produção acadêmica, dotada de profundidade analítica e com acentuada inserção na área. Guardam singularidades e enfoques diversificados e esta característica apresenta-se com especial relevância para uma interlocução frutífera e criativa e permite que seja apresentado um projeto com múltiplos eixos que convergem para a área. Desta forma, a proposta ora apresentada é interdisciplinar Relações Internacionais, Estudos Estratégicos, Ciência Política, História, Economia e Ciências Militares. A moldura mais geral da proposta reside na inserção brasileira em um sistema internacional em transformação, já visível ao final do século XX, mas que ganha novos contornos no início do presente século. Há dois movimentos complementares, embora com ritmos diferentes. De um lado uma crise que afeta os países centrais, e que embora detenham a maior parcela de poder mundial, apresentam claros sinais de lassidão. Neste quadro, países emergentes inserem-se no referido sistema com maior desenvoltura e o fazem de forma individual, ou configurando mecanismos de concertação multilaterais. Neste contexto configura-se uma nova inserção brasileira, derivada do crescimento econômico, ainda que ciclotímico, e pelas ações em âmbitos até então não costumeiros. A articulação do G-20, do BRICS, entre outros, são sinais suficientes para identificar novos movimentos e novas aspirações. Importa, por consequência, aprofundar a reflexão e apresentar novos resultados de pesquisa. Esta proposta ampara-se nesta expectativa e compreende as relações do Brasil com seu entorno geoestratégico, compreendendo a América do Sul, o Atlântico Sul e a África. Incorpora, ademais, um conjunto de dimensões complementares, cuja finalidade é produzir uma análise ampliada: o histórico de conflitos e medidas de confiança mútua no âmbito sul-americano; a condução política da defesa; a educação e a doutrina militar; a Indústria de Defesa; Ciência, Tecnologia e Inovação nas forças armadas; Instituições de defesa; participação em Operações de Paz; a questão das fronteiras; a presença externa na sub-região e as definições em defesa e segurança. A decisão por um enfoque ampliado decorre do aproveitamento e exploração mais adequada das características das linhas de pesquisa dos Programas de Pós-Graduação participantes e visa a conceder uma mirada em perspectiva sistêmica, evitando-se um olhar fragmentado e atomizado. Fazem parte da pesquisa os seguintes Programas de Pós-Graduação: Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP-UNICAMP-PUC-SP); Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UFRGS; Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UNB; Programa de Pós-Graduação em Economia da UNICAMP; Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais da UFRGS; Programa de Pós-Graduação em História Social da UEL e Programa de Pós-Graduação em Ciências Militares da Escola de Comando e Estado Maior do Exército.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado acadêmico: (12) / Doutorado: (6) . , Integrantes: Flavia Filippin - Integrante / Samuel Alves Soares - Coordenador / Suzeley Kalil Mathias - Integrante / Antonio Jorge Ramalho da Rocha - Integrante / Luís Alexandre Fuccille - Integrante / Paulo Gilberto Fagundes Vizentini - Integrante / Eduardo Mei - Integrante / Eduardo Svartman - Integrante / José Miguel Arias Neto - Integrante / Alcides Costa Vaz - Integrante / Héctor Saint-Pierre - Integrante / Marcos José Barbieri Ferreira - Integrante / Eduardo Xavier Ferreira Migon - Integrante / Sérgio Luiz Cruz Aguilar - Integrante / Pio Penna Filho - Integrante / Tânia Maria Pechir Gomes Manzur - Integrante / Carlos Schmidt Arturi - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2011

    A Evolução da Economia Brasileira no Período Contemporâneo, Descrição: Estudar a evolução dos principais agregados macroeconômicos do Brasil no período pós-implantação do Plano Real.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Flavia Filippin - Integrante / Eduardo Esnerto Filippi - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2010

    Metodologia de Avaliação Contínua de Indicadores de Desempenho e Implementação de Estratégias de Inserção Externa: Desenvolvimento e Aplicação ao Caso Brasileiro no Contexto da Dinâmica Rececente da Economia Mundial, Descrição: O Núcleo de Estudos sobre Indústria, Tecnologia e Comércio Internacional (NETIT-UFRGS), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações (APEX-BRASIL), irá desenvolver uma metodologia para avaliação contínua de Indicadores de Desempenho e Implementação de Estratégias de Inserção Externa. Ademais como subsídio a este instrumento, será realizado um amplo estudo sobre o desempenho do setor externo da economia brasileira , por meio da análise dos impactos das transformações da ordem internacional sobre o Brasil, sua política externa, desempenho exportador e estratégias de internacionalização.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Flavia Filippin - Integrante / Helio Henkin - Coordenador / Katia Isse - Integrante / Cristieni Silva de Castilhos - Integrante., Financiador(es): Agência de Promoção de Exportações do Brasil - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia. , Rua Pitágoras, 353, Cidade Universitária, 13083857 - Campinas, SP - Brasil, Telefone: (19) 35215707

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional