Lílian de Araújo Pantoja

Possui Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM (1994), Mestrado em Ciência de Alimentos (2000) e Doutorado em Biotecnologia pela mesma Universidade (2006), sendo este último em parceria com a UFRJ. Recebeu três premiações referentes à suas pesquisas . Foi pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia-INPA, atuando na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos com vistas no aproveitamento tecnológico de frutos da biodiversidade amazônica, com ênfase em Tecnologia das Bebidas. Foi Coordenadora do curso de Engenharia de alimentos do ICT/UFVJM. Professora adjunta IV da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri -UFVJM ministrando as disciplina de Microbiologia para o curso de graduação Bacharelado em Ciência e Tecnologia-ICT; microbiologia para biocombustíveis no curso de Pós-Graduação de Mestrado e Doutorado em Biocombustíveis da UFVJM/UFU (PPGBiocomb) e, Aproveitamento de biomassa do cerrado para alimentos e bebidas no curso de pós-graduação em Ciência de Alimentos. Atua principalmente nos seguintes temas: Produtos fermentados com ênfase em bebidas alcoólica e qualidade de Bebidas Fermentadas e, processos químicos e bioquímicos aplicados à conversão de biomassas a biocombustíveis. Atuou como vice-coordenadora do PPGBiocomb.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Biotecnologia

2002 - 2006

Universidade Federal do Amazonas
Título: Aproveitamento biotecnológico de frutos encontrados na Amazônia por fermentação alcoólica utilizando leveduras imobilizadas
Nei Pereira Júnior. Palavras-chave: Fruto Amazônico; Bebida Fermentada; Imoilização Celular; Cupuaçu; graviola.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos / Especialidade: Tecnologia das Bebidas. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos / Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal. Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Agricultura; Produtos e Processos Biotecnológicos.

Mestrado em Ciência de Alimentos

1998 - 2000

Universidade do Amazonas
Título: Produção de bebida alcoólica a partir de pupunha ( Bactris gasipaes Kunth) por fermentação dirigida,Ano de Obtenção: 2000
Orientador: Spartaco Astolfi Filho
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Fruto da Amazônia; Bactris gasipaes; fermentação semi-sólida; Bebida Alcoólica; Sacharomycies cereviseae; aspergillus awamori. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos / Especialidade: Tecnologia das Bebidas. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos / Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal. Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos; Nutrição e Alimentação.

Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas

1988 - 1994

Universidade do Amazonas

Curso técnico/profissionalizante

1985 - 1987

Colegio Amazonense D Pedro II

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 - 2012

Identificação de Leveduras. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.

2011 - 2011

Cultivo em Estado Sólido. (Carga horária: 6h). , Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.

2010 - 2010

Treinamento para Implantação da CIBio. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, UFVJM, Brasil.

2006 - 2006

Curso de Comercialização de Tecnologia Módulo I. (Carga horária: 24h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2005 - 2005

Técnicas Cromatográficas. (Carga horária: 90h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2005 - 2005

Análises Cromatográficas p/CLAE e CG (aldeído.... (Carga horária: 300h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2004 - 2004

Curso de Sistema da Qualidade Segundo a NBR/ISO/IE. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, Brasil.

2001 - 2001

Curso de Microbiologia de Alimentos. (Carga horária: 48h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

1994 - 1994

Curso de Introdução a Eng Genética e Fingerprintin. (Carga horária: 12h). , Universidade do Amazonas, UA, Brasil.

1994 - 1994

Curso Sobre Técnicas de Genética Formal e de Biolo. (Carga horária: 136h). , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.

1993 - 1993

Curso de Isolamento e Identif de Leveduras de Inte. (Carga horária: 55h). , Universidade do Amazonas, UA, Brasil.

1993 - 1993

Curso Sobre Aplicação de Enzimas de Interesse Indu. (Carga horária: 40h). , Universidade do Amazonas, UA, Brasil.

1993 - 1993

Curso de Caracterização de Enzimas de Interesse In. (Carga horária: 80h). , Universidade do Amazonas, UA, Brasil.

1993 - 1993

Mini Curso Sobre Noções de Micologia. (Carga horária: 20h). , Universidade do Amazonas, UA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Tecnologia das Bebidas.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada/Especialidade: Microbiologia Industrial e de Fermentação.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Valor Nutritivo de Alimentos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PANTOJA, L. ; VELOSO, R. V. S. ; Santos, A. S. ; OTONNE, M. ; ROCHA, A. C. P. ; RODRIGUES, A. S. ; NEVES, J. F. . I Ciclo de Seminários em Biocombustíveis. 2019. (Outro).

Franco, L. ; Reis, A. B. ; PANTOJA, L. ; Fernandes, E. G. ; Andrade, P. C. R. ; Roa, J. P. B. . I Semana de Ciência e Tecnologia - Tecnologia e Sustentabilidade Desafios da Ciência. 2010. (Outro).

SANTOS, A. S. ; PANTOJA, L. ; Roa, J. P. B. ; Fabris, J. D. ; Santos, W. T. P. . VI Encontro da Rede de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Biocombustíveis de Minas Gerais. 2010. (Outro).

YUYAMA, Lucia ; OLIVEIRA, José Eduardo Dutra de ; NAGAHAMA, Dionisia ; PANTOJA, L. ; ISHIKAWA, Noemia Kazue . XXVI CIBRAN. 2005. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Jornada sobre Mudanças Climáticas e Biocombustíveis. 2011. (Outra).

Minicurso Cultivo em Estado Sólido. 2011. (Oficina).

Simpósio Nacionak de Bioprocessos. 2011. (Simpósio).

XIII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológigica e III Mostra de Pós- Graduação.Caracterização Física e química do Jerivá (Syagrus romanziffiana). 2011. (Outra).

XVIII Simpósio Nacional de Bioprocessos. 2011. (Simpósio).

I Seminário de formação pedagógica docente. 2010. (Seminário).

VI Encontro da Rede de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Biocombustíveis de Minas Gerais. 2010. (Encontro).

6° Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodisel. Avaliação o Aproveitamento da torta de mamona (Ricinus communis L) para produção de bioetanol. 2009. (Congresso).

8°Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos.Vinho. 2009. (Simpósio).

8° SLACA.Avaliação Sensorial de Vinhos das Variedades Pinot Noir e Merlot Cultivados em Diamantina-MG. 2009. (Simpósio).

9° CONIC- SEMESP 2009. Obtenção de fermentado alcoólico com leveduras imobilizadas RECICLADAS. 2009. (Congresso).

I CBPPM. Caracterização física e centesimal de pinhão-manso (Jatropha curcas L.) originário da Bahia. 2009. (Congresso).

II CONCIFOP. Análise Sensorial de Bebida Alcoólica de Cupuaçu produzida com leveduras Imobilizadas. 2009. (Congresso).

XVI ENAAL.Análise da qualidade do óleo de pequi obtido por diferentes métodos de extração. 2009. (Encontro).

XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos.Produção e Caracterização química de bebida alcoólica fermentada de jabuticaba obtida por processos conduzidos com células imobilizadas. 2009. (Simpósio).

7° Conic-Semesp. Composição Centesimal e Caracterização Química e Físico-química de Duas Variedades de Tamarillo (Solanum betaceum) oriundos do norte de Minas. 2008. (Congresso).

X Jornada Científica e Tecnológica da UFVJM.Farinha. 2008. (Outra).

7° SLACA.Composição Centesimal da polpa de tamarillo.... 2007. (Simpósio).

CIFARP 2007. Evalluation of coffe qualities from Chapada de Minas Through of quantitative determination of polyphenoloxydasic.... 2007. (Congresso).

Universidade Aberta (Orioentadora).Universidade Aberta. 2007. (Outra).

I Simpósio da SBPC no Amazonas.Bebida Láctea de Araçá-boi. 2006. (Simpósio).

5° Simposio Internacional de Producción de Alcoholes y Levaduras -SIPAL.5° Simposio Internacional de Producción de Alcoholes y Levaduras. 2005. (Simpósio).

XV SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS - SINAFERM.XV SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS - SINAFERM. 2005. (Simpósio).

XIX CBCTA. XIX CBCTA - Ciência e Tecnologia de Alimentos:Estratégia Para o Desenvolvimento. 2004. (Congresso).

55ª Reunião Anual da SBPC. 55ª Reunião Anual da SBPC. 2003. (Congresso).

5 Simposio Latino Americano de Ciência de Alimentos.5 Simposio Latino Americano de Ciência de Alimentos. 2003. (Simpósio).

AmazonTech 2003. AmazonTech 2003. 2003. (Congresso).

XII jornada de Iniciação Científica do INPA.XII jornada de Iniciação Científica do INPA. 2003. (Seminário).

I Seminário dos Resultados Finais do Programa de Capacitação Institucional.I Seminário dos Resultados Finais do Programa de Capacitação Institucional. 2002. (Seminário).

XI jornada de Iniciação Científica do INPA.XI jornada de Iniciação Científica do INPA. 2002. (Seminário).

53ª Reunião Anual da SBPC. 53ª Reunião Anual da SBPC. 2001. (Congresso).

I Congresso da Sociedade Brasileira de Biotecnologia. I Congresso da Sociedade Brasileira de Biotecnologia. 2001. (Congresso).

VI Congresso Nacional da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. VI Congresso Nacional da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. 2001. (Congresso).

X jornada de Iniciação Científica do INPA.X jornada de Iniciação Científica do INPA. 2001. (Seminário).

XVII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. XVII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2000. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. XVI Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 1997. (Congresso).

XXI Reunião de Genética de Microrganismo. XXI Reunião de Genética de Microrganismos. 1997. (Congresso).

XV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. XV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 1996. (Congresso).

Fourth Brazilian Symposium on the chemistry of lignis and other wood components.Fourth Brazilian Symposium on the chemistry of lignis and other wood components. 1995. (Simpósio).

I Congresso de Biotecnologia da Amazônia. I Congresso de Biotecnologia da Amazônia. 1994. (Congresso).

IV Seminário de Hidrólise Enzimática de Biomassa. IV Seminário de Hidrólise Enzimática de Biomassa. 1994. (Congresso).

XXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular. XXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular. 1994. (Congresso).

2 Congresso de Iniciação Científica do Amazonas. 2 Congresso de Iniciação Científica do Amazonas. 1993. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Núbia Cassiana Santos

PANTOJA, L.; Cruz, M. C. M.. Quantidade de frutas por cladódios na qualidade e produtividade comercial de pitaia. 2020. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Kele Aparecida Costa Vespermann

Molina, G.;PANTOJA, L.; Paulino, B. N.. Processo de bioconversão de monoterpenos em derivados de valor agregado. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Tiago José da Silva

Said, S.;PANTOJA, L.; Vanzela, A. P. F. C. Crescimento apical e síntese de carboidrases em fungos filamentosos: uma análise bioquímica e morfológica. 2014. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Isadora Ferreira da Silva

Melo, W. C.;PANTOJA, L.SANTOS, A. S.. Produção de amilases por Bacillus amyloliquefaciens utilizando tortas de macaúba (Acrocomia aculeata) e farinha de pupunha (Bactris gasipaes) como substratos. 2012. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Nathália de Andrade Neves

Gerra, C. C.;PANTOJA, L.SANTOS, A. S.. Determinação multiparamétrica da qualidade físico-química de vinhos tintos com uso de espectroscopia na região de infravermelho próximo. 2012. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Mariana Dias

PANTOJA, L.; Schwan, R. F.; Duarte, W. F.. DIVERSIDADE E PRODUÇÃO DE CELULASES POR BACTÉRIAS EPIFÍTICAS DE FRUTOS TÍPICOS DO CERRADO MINEIRO. 2011. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agricola) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: Mara Eliza Soares de Oliveira

PANTOJA, L.; Schwan, R. F.; Silva, R.; Dias, D. R.. Elaboração de bebida alcoólica fermentada de cagaita (Eugenia dysenterica ) empregando levedura livre e imobilizada. 2010. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agricola) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: Patrick Gomes de Souza

PANTOJA, L.SANTOS, A. S.; MARINHO, Helyde A. Obtenção de cervejas tipo lager utilizando farinha de pupunha (Bactris gasipaes) como adjunto por bioprocessos conduzidos com levveduras livres e imobilizadas em alginato de cálcio. 2010. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia e Recursos Naturais da Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas.

Aluno: Márcia Seixas de Castro

PANTOJA, L.SANTOS, A. S.; Zanotto, S.. Aproveitamento da fração amilácea do fruto da pupunheira para produção de bioetanol no contexto da cadeia produtiva do biodisel. 2010. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia e Recursos Naturais da Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas.

Aluno: Ivon Maritza Campus Rincon

SILVA, S. Q.; Guimarães, V. M; MOREIRA, L. M.; Oliveira Junior, E. N;PANTOJA, L.. Bioprospecção bacteriana para produção de bio-hidrogenio a partir de hidrolisado hemicelulosico e avaliação do processo fermentativo. 2018. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: CARLOS ANDRE GONÇALVES

CAMARGO, R.; RUGGIERO, R.; LAMBERT, R. A.; XAVIER, L. E.;PANTOJA, L.. "Biossólido e torta de filtro na composição de fertilizantes organominerais para a cultura da cana-de-açúcar (Sccharum sp.)". 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Biocombustíveis) - Universidade Federal de Uberlândia.

Aluno: Sabrina Dias de Oliveira

Nascimento, R. P.; Servulo, E. F. C; Borges, E. B.; Braga Junior, E.;PANTOJA, L.. Prospecção Tecnológica aos processos de produção do ácido succínico a partir de fontes renováveis. 2014. Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Luciana Cassa Araújo Barbosa

PANTOJA, L.; Azevedo, J. L.; ASTOLFI FILHO, Spartaco; Pereira, J. O.. Isolamento e caracterização de leveduras capazes de utilizar o hidrolisado hemicelulósico como fonte de carbono. 2012. Tese (Doutorado em Programa Multi-institucional de Pós-graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal do Amazonas.

Aluno: Pedro Martins Souza

DIAS, E. S.;PANTOJA, L.. Otimização do Processo de Produção de Inoculantes com Estirpes Bacterianas Eficientes na Fixação de Nitrogênio em Simbiose com Feijão Cauipi. 2011.

Aluno: DANIELLE MARQUES VILELA

Batista, C. F. S; Ávila, C. L. S.; Dias, D. R.;PANTOJA, L.; Furtini, L. L.. SELEÇÃO DE CULTURAS INICIADORAS PARA FERMENTAÇÃO DE FRUTOS DE CAFÉ NATURAL E DESPOLPADO (COFFEA ARABICA L.). 2011.

Aluno: Hugo José Martins Carvalho

PANTOJA, L.; AMARAL, T. N.; SOUZA, H. I. M.. Desenvolvimento de Doce em Massa de Physalis peruviana L.. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Tamires de Almeida Pires

Vanzela, A. P. F. C;PANTOJA, L.SANTOS, A. S.. Otimização da produção de xilanase por Trichoderma reesei a partir de torta de caroço de algodão. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Ariane Costa Rodrigues

PANTOJA, L.; Vanzela, A. P. F. C; Santos, Alexandre Soares dos. Influência do modo de preparo do mosto sob o perfil do bioprocesso de produção de fermentado alcoólico de jabuticaba (Myrciaria cauliflora Berg.). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Amanda C

PANTOJA, L.; Sampaio, F. C.; Vanzela, A. P. F. C. de Araújo Rodrigues.Isolamento e seleção de fungos filamentosos para a produção de amilases e celulases. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Dayane Kelly Borges

PANTOJA, L.; Morais, H. A.;SANTOS, A. S.. Produção de bebida láctea fermentado de sora de leite de cabra saborizada com araticum ( Annona crassiflora Mart). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Alice Lopes Macedo

PANTOJA, L.; Vanzela, A. P. F. C;SANTOS, A. S.. Avaliação da torta de mamona (Ricinus comunnis L.) para produção de bioetanol. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Lidianny Aparecida Pêgo

PANTOJA, L.; Santos, F. A.;SANTOS, A. S.. Iogurte de fruto do cerrado:elaboração, caracterização química e sensorial. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Barbhara Mota Marinho

PANTOJA, L.; Vanzela, A. P. F. C; Santana, M. A.. Produção de Lipases por novas linhagens de fungos filamentosos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Amanda Gabriela de Carvalho

Vanzela, A. P. F. C;PANTOJA, L.. Seleção de Fungos Filamentosos Produtores de Enzimas Proteoliticas. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Barbhara Mota Marinho

Vanzela, A. P. F. C; Santana, M. A.;PANTOJA, L.. Produção de Lipases por Novas Linhagens de Fungos Filamentosos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Nathália de Andrade Neves

PANTOJA, L.; Grazziotti, P. H.;SANTOS, A. S.. Avaliação do processo de termovinificação das variedade Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Merlot com Leveduras Imobilizadas em Alginato de Cálcio. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Leandro de Morarais Cardoso

PANTOJA, L.Vieira, G.PINTO, N. A. V. D.. Influencia de diferentes tratamentos pós-colheita na qualidade de morango (Fragaria ananassa cv. diamante) cultivados no Alto do Vale do \\\\\\\\jequitinhonha. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Celso Mattes de Oliveira

PANTOJA, L.Vieira, G.PINTO, N. A. V. D.. Aproveitamento agroindustrial de morangos in natura no municipio de Datas no Alto Vale do Jequitinhonha. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Débora Regina da Cunha Rocha e Geraldo Antônio Pereira Júnio

PANTOJA, L.SANTOS, A. S.PINTO, N. A. V. D.. Macarrão formulado com ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller). 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Cristiane de Oliveira Lopes

PINTO, N. A. V. D.; Morais, H. A.;PANTOJA, L.. Composição Centesimal, mineral e antinutricional da quinoa (Chenopodium quinoa var. BRS Piabiru). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

PANTOJA, L.; Vanzela, A. P. F. C;SANTOS, A. S.. Processo Seletivo Simplificado para Professor Temporário para Área Engenharia de Alimentos: Eng. Bioquímica, Biotecnologia de Alimentos e disciplinas correlatas. 2011. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

DIAS, E. S.; Batista, C. F. S; Silva, R.;PANTOJA, L.; Alves, E.. Professor Adjunto na área de Microbiologia Agricola. 2011. Universidade Federal de Lavras.

PANTOJA, L.; Morais, H. A.; Sobrinho, P. S. C.. Prof. Temporário Engenharia de Alimentos: Tecnologia de Carnes e Derivados, Tecnologia do Leite e Derivados e disciplinas correlatas. 2011. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Morais, H. A.; Amaral, E. A.;PANTOJA, L.. Eng. de Alimentos: Bioquímica de Alimentos e Análise de Alimentos e Disciplinas Correlatas. 2011. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

PANTOJA, L.; Morais, H. A.; Sobrinho, P. S. C.. Prof. Temporário Engenharia de Alimentos: Tecnologia de Carnes e Derivados, Tecnologia do Leite e Derivados e disciplinas correlatas. 2011. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

DIAS, E. S.;PANTOJA, L.. Microbiologia Agrícola / DBI. 2011. Universidade Federal de Lavras.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Rafaela Paula Carvalho Pontes

Adaptação evolutiva de leveduras para a fermentação de hidrolisado hemicelulósico; Início: 2020; Dissertação (Mestrado profissional em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Orientador);

Myrlene de Oliveira Ottone

Avaliação de leveduras não convencionais para produção de bioetanol de segunda geração a partir da fração C5 disponível em hidrolisados lignocelulósicos; Início: 2018; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Orientador);

Amanda Rocha Chaves

Microescalonamento e desenvolvimento de metodologia(s) de análise multivariada baseada em espectroscopia na região do infravermelho próximo para determinação de atividade enzimática de hidrolases com aplicação no setor de biocombustíveis; ; Início: 2015; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Coorientador);

Anny Karolyne Brandão Fernandes

MANUTENÇÃO DE CULTURAS MICROBIANAS COM POTENCIAIS PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS; Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Orientador);

Clara Justos Pimenta

MANUTENÇÃO DE CULTURAS MICROBIANAS COM POTENCIAIS PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS (Registro PRPPG - 1112020); Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Orientador);

Emely Rafaela de Souza Rocha

MANUTENÇÃO DE CULTURAS MICROBIANAS COM POTENCIAIS PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS (Registro PRPPG - 1112020); Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Orientador);

Maria Luiza de Assis Silvanio

MANUTENÇÃO DE CULTURAS MICROBIANAS COM POTENCIAIS PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS (Registro PRPPG - 1112020); Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; (Orientador);

Thais Santos Pinheiro

Otimização da produção de celulases de Aspergillus tubingensis em biorreator instrumentado; 2019; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Marina Lemos Sartori

PRODUÇÃO DE BIOMASSA MICROALGAL DE Desmodesmus sp; UTILIZANDO HIDROLISADO HEMICELULÓSICO PROVENIENTE DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR COMO FONTE DE CARBONO VISANDO A OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS DE TERCEIRA GERAÇÃO; 2018; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Gabriela Aguiar Campolina

Elaboraçaõ de ferementado alcoólico branco com jabuticaba conduzido com leveduras livres e imbilizadas; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Jéssica Pereira de Matos

Produção de Enzimas celulolíticas por bactérias e leveduras isoladas de resíduos agroindustriais; 2017; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Gabriela Maria Pereira Barbosa

Aclimatação de leveduras selvagens fermentadoras de pentoses; 2017; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Raquel Valinhas de Valhinhas

Potencial de linhagens de leveduras selvagens fermentadoras de pentoses aclimatadas em hidrolisados hemicelulósicos para obtenção de etanol; 2016; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Philipe Luan Brito

Fermentação do hidrolisado ácido hemicelulósico da torta de dendê (Elaeis guineensis) tratado com diferentes métodos de destoxificação; 2016; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Ilva de Fátima Souza

Isolamento, seleção e identificação de microrganismos produtores de enzimas lignocelulolíticas; 2015; Dissertação (Mestrado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Patrick Gomes de Souza

ELABORAÇÃO DE CERVEJA TIPO LAGER UTILIZANDO FARINHA DE PUPUNHA (Bactris gasipaes) COMO ADJUNTO POR BIOPROCESSOS CONDUZIDOS COM LEVEDURAS LIVRES E IMOBILIZADAS; 2010; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia e Recursos Naturais da Amazônia) - Universidade do Estado do Amazonas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Mara Elisa Soares de Oliveira

Fermentação de mosto de cagaita empregando fermentação submersa e células imobilizadas; 2008; Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agricola) - Universidade Federal de Lavras,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Delosmar Alves de Oliveira

Caracterização bioquímica Parcial da peroxidase e feito dotempo de branqueamento na qualidade e aceitabilidade da polpa de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal); 2002; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal do Amazonas,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Ciro Meneses Santos

?PRODUÇÃO DE ETANOL DE 2ª GERAÇÃO A PARTIR DA FIBRILOSE?; ; 2019; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fernanda Silva Monção

Isolamento, seleção e identificação de microalgas dulcícolas para produção de biodisel e bioetanol; 2019; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Daniel de Azevedo Teixeira

Produção de etanol de 2ª geração a partir da hidrólise ácida da aguapé Eichhornia crassipes; 2019; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fidel Alejandro Aguilar-Aguilar

Avaliação da produção de biometano e bio-hidrogênio a partir de glicerol bruto da cadeia produtiva do biodiesel e de dejeto da suinocultura; 2019; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Daniel José Silva Viana

; Produção integrada de bioetanol de batata-doce (Ipomoea batatas): seleção de clones hiperprodutivos e avaliação de processos de co-cultura, e sacarificação e fermentação simultânea de mostos com alta viscosidade; 2018; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Caroline Salezzi Bonfá

Avaliação de silagem de cana-de-açúcar com diferentes níveis de inclusão de coprodutos oriundos da produção de biocombustíveis; 2018; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Cíntia Gonçalves Guimarães

Avaliação da silagem de capim-elefante em diferentes níveis de inclusão de coprodutos oriundos da produção de biodisel; 2018; Tese (Doutorado em Biocombustíveis) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK,; Coorientador: Lílian de Araújo Pantoja;

João Vitor Mendes Cordeiro Dias

PRODUÇÃO DE BIOETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO A PARTIR DE HIDROLISADOS HEMICELULÓSICOS POR Candida orthopsilosis UFVJM ? 4G; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Vitoria Eloisa Faustino

ELABORAÇÃO DE GELEIA MISTA DE PEQUI E MARACUJÁ-AMARELO; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Bruna Tameirão Ribeiro

Fermentação Alcoólica de hidrolisado hemicelulósico de torta de algodão por Candida akabanensis -UFVJM R131; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Dayane de Fátima Oliveira Abreu

CARACTERIZAÇÃO DA BIOMASSA DA MICROALGA Chlorella sp; VISANDO A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E BIOETANOL; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Mayara Caroline Souto de Barcelo

Néctar de abacaxi com Hortelã: elaboração, caracterização química e sensorial; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Matheus Sebe Ferreira

Desenvolvimento e determinação da atividade antioxidante de geleia de beterraba vermelha (beta vulgaris L; ); 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fabiana Helen dos Santos

Elaboração de bebida fermentada alcoólica de banana com hidrólise enzimática; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Sophia Franciscani Mendes

Isolamento e Caracterização da microbiota de resíduos agroindustriais: torta de macaúba e bagaço de sorgo sacarino; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Jéssica Vanessa Silva Almeida

Isolamento, Identificação e Triagem da Microbiota de Oleaginosas para produção de hidrolases: tortas de algodão e dendê; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Camila Carvalho Silva

Produção de banana caturra desidratada osmoticamente utilizando parâmetros de fácil manipulação; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Natália Barros Barony

Elaboração de fermentado alcoólico de casca de abacaxi (Ananas comusus); 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Érica de Fátima Rodrigues

Desenvolvimento tecnológico de tempero culinário a partir de farinha obtida da polpa de pequi (Caryocar brasiliense Camb; ); 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Thalita Ferreira Almeida

Elaboração tecnológica de molho de pimenta biquinho; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Daniela Luiz Ursini

Seleção, Isolamento e Identificação da Microbiota de frutos de jabuticaba Myrciaria cauliflora Berg Oriundos de Diamantina -MG; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Humberto de Castro Paula Bastos (TCC)

Produção de Bebida Láctea Fermentada a partir de Soro de Leite com Sabor de Tangirina; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Rosana Gonçalves Oliveira (TCC)

Elaboração de néctar misto de beterraba com laranja e avaliação de sua atividade antioxidante ao longo do tempo de armazenamento; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Anna Karolina Cruz Duarte (TCC)

Avaliação do Potencial Antioxidante em Vinhos de Jabuticaba (Myrciaria cauliflora Berg; ); 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Cristiane Caetano Augusto Rodrigues (TCC)

Elaboração de Fermentado Alcoólico de abacaxi (Ananas comosus) utilizando leveduras imobilizadas em alginato de cálcio; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Dayane Kelly Borges(PRPPG/O82/2010)

?Elaboração de bebida láctea, através de culturas probióticas a partir de frutos do cerrado mineiro (CO-ORIENTADOR-TCC); 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Lidianny Aparecida Godinho Pêgo(PRPPG/083/2010)

Iogurte de frutos do cerrado: elaboração, caracterização química e sensorial - (CO-ORIENTADOR-TCC); 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Débora Rocha

Elaboracao e avaliaçao de massa alimentícia enriquecida com oro-pro-nobis (Co-Orientação); 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Geraldo Antônio Pereira Júnior

Elaboração e avaliação de massa alimentícia enriquecida com oro-pro-nobis (Co-Orientação); 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Walkíria Alves Moreira

Aproveitamento tecnológico da casca de jabuticaba (Myrciaria cauliflora Berg) (Co-orientação); 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Hugo Cardoso de Andrade

Elaboração de bebida láctea e iogurte a partir de frutos encontrados na Amazônia; 2006; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Curso Sequencial Em Biotecnologia) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

João Vitor Mendes Cordeiro Dias

PRODUÇÃO DE BIOETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO A PARTIR DE HIDROLISADO HEMICELULÓSICO DO SORGO SACARINO UTILIZANDO AS LINHAGENS DE Candida akabanensis UFVJM-R131 E Candida orthopsilosis UFVJM-4G; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Camila Teles de Rietra Garcia

Produção de Xilitol por Candida orthopsilosis; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Dayane de Fátima Oliveira Abreu

Caracterização de microalgas dulcículas do alto Vale do Jequitinhonha visando a produção de biodiesel e bioetanol; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Marina Lemos Sartori

SELEÇÃO DE MICROALGAS DULCÍCOLAS PARA PRODUÇÃO DE BIOETANOL; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Amanda Lélis de Souza

?Caracterização físico-química de azeitonas cultivadas em Diamantina-MG?; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Plínio Ribeiro Rodrigues

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DO ENDOCARPO DE BURITI (Mauritia flexuosa L; ) PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Barbara Machado

Potencial fermentativo de Scheffersomyces stipitis aclimatadas em hidrolisados hemicelulósicos para obtenção de etanol; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Caroline Dias de Oliveira Rodrigues

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE LINHAGENS DE LEVEDURAS ISOLADAS DE FONTES VEGETAIS COMO FERMENTADORAS DE PENTOSES PARA PRODUÇÃO DE BIOETANOL; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

CINTHIA SOARES NOVAES (Registro na PRPPG- 3632014)

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE LINHAGENS DE LEVEDURAS ISOLADAS DE FONTES VEGETAIS COMO FERMENTADORAS DE PENTOSES PARA PRODUÇÃO DE BIOETANOL; 2014; Iniciação Científica - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Mariana Pereira Santos

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE LINHAGENS DE LEVEDURAS ISOLADAS DE FONTES VEGETAIS COMO FERMENTADORAS DE PENTOSES PARA PRODUÇÃO DE BIOETANOL; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Kelton Rodrigues de Souza

Avaliação da atividade antioxidante em vinhos e vinagres de jabuticaba; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Jessica Vanessa

Avaliação da atividade antioxidante em vinhos e vinagres de jabuticaba; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Anna Karolina Cruz Duarte

Elaboração e avaliação da estabilidade química, microbiológica e sensorial do néctar de beterraba com laranja; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Natália Barros Barrony

Elaboração de fermentado alcoólico de casca de abacaxi (Ananas comusus); 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Restruturação e Expansão das Universidades Federais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Humberto de Castro Paula Bastos(VOLUNTÁRIO)

Produção de Bebida Láctea Fermentada a partir de Soro de Leite com Sabor de Tangirina; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fernanda Magalhães de Oliveira Campo (BOLSISTA-PRPPG2322011)

Avaliação de diferentes métodos de determinação de atividade antioxidantes para análises de vinhos; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Ariane Costa Rodrigues(PRPPG/081/2010)

Aproveitamento tecnológico da jabuticaba (Myrciaria cauliflora Berg; ) para elaboração de vinagre - (CO-ORIENTADOR-TCC); 2010; Iniciação Científica - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fernanda Amaral Giancott(VOLUNTÁRIA-PRPPG/235/2010)

Elaboração e Caracterização Química de Geléia de beterraba (Beta vulgaris L; ); 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Rosana Gonçalves Oliveira(VOLUNTÁRIA-PRPPG/237/2010)

Elaboração de néctar misto de beterraba com laranja e avaliação de sua atividade antioxidante ao longo do tempo de armazenamento; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Anna Karolina Cruz Duarte(BOLSISTA-PRPPG/234/2010)

Avaliação do Potencial Antioxidante em Vinhos de Jabuticaba (Myrciaria cauliflora Berg; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Cristiane Caetano Augusto Rodrigues(BOLSISTA-PRPPG/013/2011)

Reciclagem de biocatalizadores imobilizados em alginato de cálcio na produção de fermentado alcoólico de abacaxi; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fernanda Magalhães de Oliveira Campos(VOLUNTÁRIA)

Elaboração de Vinagre de Banana(Musa balbisiana); 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Ciência e Tecnologia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Dayane Kelly Borges

Aproveitamento biotecnológico do morango, jabuticaba e araticum para produção de bebidas alcoólicas utilizando leveduras imobilizadas; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Ariane Costa Rodrigues

Aproveitamento biotecnológico do Morango, jabuticaba e araticum para produção de bebidas alcoólicas utilizando leveduras imobilizadas; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Nathália de Andrade Neves

Termovinificação de Vitis vinifera, variedades Merlot, Cabernet Sauvignon e Pinot Noir, cultivadas em Diamantina (Co-orientador); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Leandro de Morais Cardoso

Influência do tratamento com cloreto de cálcio e da temperatura de armazenamento na qualidade da vida pós-colheita de morangos cultivados no Alto Vale do Jequitinhonha CO-ORIENTAÇÃO; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Aline Cristina Costa Lanza

Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas (Abacaxi, Jamelão e Jambo); 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Lidianny Aparecida Godinho Pego

Avaliação microbiológica de morangos submetidos à conservação pós-colheita por uso de biofilme e cloreto de cálcio; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fausto Brandão de Andrade

Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas; (Ameixa amarela e Pequi ); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Raquel Montagnoli Morales

Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas (Abacaxi, Jamelão e Jambo); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Gabriela Faria de Castro

Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas (Ameixa amarela e Pequi ); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Cristiane Bontempo Faria

Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas; (Cagaita, Gabiroba, Tamarindo e Araçá); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Paula Villela Dessimoni Pinto

Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas; (Jabuticaba, Buriti, Bacuripari e Mangaba); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Quezia Alves de Lima

Elaboração, caracterização e aceitabilidade de iogurte de taperebá (spondia mombin); 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Federal do Amazonas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Márcia Seixas da Costa

Elaboração, carcterização e Aceitabilidade de Iogurte de araça-boi (Eugenia stipitata); 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Naturais) - Universidade Federal do Amazonas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Patrick Gomes de Souza

Elaboração, carcterização e Aceitabilidade de bebida láctea fermentada sabor araça-boi (Eugenia stipitata); 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Naturais) - Universidade Federal do Amazonas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Patrick Gomes de Souza

Bebida Lactea Fermentada de Araçá-boi (Eugenia stipitata Mc Vaugh) om Diferentes Concentrações de Mel de Abelha; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Naturais) - Universidade Federal do Amazonas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Márcia Seixas de Castro

Efeito da Utilização de Própolis nas Bactérias Lácteas de Iogurte de Araça-boi (Eugenia stipitata Mc Vaugh); 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Naturais) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Flávia Miranda Monteiro

Elaboração de bebida alcoólica fermentada a partir de frutos da Amazônia; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade Paulista Am, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Quezia Lima

Sorvete de Pupunha: Aspecto Nutricional; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Adilane Nádila Almeida Chaves

Sorvete de pupunha (Bactris gasipaes Kunth): elaboração e aspecto nutricional; 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Paulista Am; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Arianne de Azevedo Pantoja

Efeito do tratamento termico e do tempo de armazenamento na qualidade e aceitabilidade de frutos de pupunha (Bactris gasipaes Kunth); 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Escola Superior Batista do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Marduce Pereira Marques

CO-ORIENTAÇÃO no Trabalho Aproveitamento da Parte Basal (coração) do palmito de pupunha (Bactris gasipaes Kunth); 2002; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Centro Universitário Nilton Lins; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Marduce Pereira Marques

CO-ORIENTAÇÃO no Trabalho - Efeito do Tempo de Branqueamento na Qualidade e Aceitabilidade da polpa de Cubiu; 2001; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Centro Universitário Nilton Lins; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Ellen Karoline Pereira Tufi

Estágio Voluntário (Bebida Lactea de araça-boi); 2007; 0 f; Orientação de outra natureza; (Ciências Naturais) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Diana Senmach Ribeiro Rodrigues

Estágio voluntário (Bebidas Lácteas de Araça-boi); 2007; 0 f; Orientação de outra natureza - Centro Universitário do Norte; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Charles Silva Ferreira

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Camila Lima de Carvalho

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Cristina de Lima Ribeiro

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Daphne Leão de Souza

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Evandro de Oliveira Silva

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Jaqueline Sousa de Brito

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Jair da Silva Matos

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Aracáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Reinaldo Kleberson Chagas de Souza

Potencial Nutricional de Produtos Oriundos de Arecáceas (PIBIC Jr); 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Catucia Rosa

Bebida Lácteas de Araça-boi (Eugenia stipitata); 2006; Orientação de outra natureza; (Ciências Naturais) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Francisco Gessy de Mendonça Júnior

Desenvolvimento de Tecnologia para Produção de Bebida Fermentada a partir de frutos Amazônicos / Sorvete de Pupunha (ESTÁGIO VOLUNÁRIO); 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Márcia Seixas da Costa

Aproveitamentos Biotecnológico de Frutos amazônicos (Estágio Voluntário); 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Patrick Gomes de Souza

Aproveitamentos Biotecnológico de Frutos amazônicos (Estágio Voluntário); 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Diego Porto Braga

Elaboração de bebida alcoólica fermentada a partir de frutos da Amazônia; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Centro Universitário Nilton Lins; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Flávia Miranda Monteiro

Aproveitamento de Frutos Amazõnicos para Elaboração de Bebida Alcoólica Fermentada; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Paulista Am; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Andréa Maranhão

Processamento de Frutos; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Centro Universitário Nilton Lins; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Quezia Lima

Elaboração de Bebida Alcoólica Fermentada a partir de Frutos Amazônicos; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Raulison Eleutério da Costa

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Marinilson da Costa Oliveira

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Adriano Cosme da Silva

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Elcineyde Fonseca Aparício

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Kadilene Trindade

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Andréia Peres de Jesus

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Fred de Oliveira Rolim

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Elcineyde Fonseca Aparício

Avaliação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro do Coroado I de Manaus/AM com enfoque em: hábitos alimentares, dietas e nornas para uma boa alimentação (PIBIC-Jr); 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Lourdiane Paiva dos Santos

valiação do perfil alimentar dos escolares frequentadores da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson do Bairro do Coroado I de Manaus/AM com enfoque em: hábitos alimentares, dietas e nornas para uma boa alimentação (PIBIC-Jr); 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Francisco Gessy de Mendonça Júnior

Desenvolvimento de tecnologia para produção de bebida fermentada a partir de frutos Amazônicos; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Cintia da Fonseca Alves

Aproveitamentos Biotecnológico de Frutos amazônicos (Estágio Voluntário); 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Centro Universitário do Norte; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Alessandra da Silva Gomes

PROCESSAMENTO DE FRUTOS DA AMAZÔNIA; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Centro Universitário Nilton Lins; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Kemerson Barroso

CO-ORIENTAÇÃO em Técnicas Laboratoriais de Análises de alimentos e Tecnologia de Frutos Tropicais; 2002; 0 f; Orientação de outra natureza - Centro Universitário Nilton Lins; Orientador: Lílian de Araújo Pantoja;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Teixeira, D A ; Brito, P L ; Santos, A. T. O. ; Santos, C. M. ; PANTOJA, L. ; Costa, A S V ; SANTOS, A. S. . Second generation ethanol production from aguapé (Eichhornia crassipes). INTERNATIONAL JOURNAL OF DEVELOPMENT RESEARCH , v. 10, p. 33266-33273, 2020.

  • F. A., AGUILAR-AGUILAR ; LONGORIA, ADRIANA ; A. U., JUANTORENA ; A. S., SANTOS ; L. A., PANTOJA ; SEBASTIAN, P. . Optimization of Hydrogen Yield from the Anaerobic Digestion of Crude Glycerol and Swine Manure. Catalysts , v. 9, p. 316, 2019.

  • DE AZEVEDO TEIXEIRA, DANIEL ; SOARES DOS SANTOS, ALEXANDRE ; ARAÚJO PANTOJA, LÍLIAN ; LUAN BRITO, PHILIPE ; SYLVIO VIEIRA DA COSTA, ALEXANDRE . Production of Second Generation Ethanol from Water Hyacinth: A Review. REVISTA VIRTUAL DE QUÍMICA , v. 11, p. 127-143, 2019.

  • Santos, R. S. ; Alves, F K P ; Macedo, A. L. ; VANZELA, A. P. F. C. ; PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. . Holocellulolytic hydrolases production by filamentous fungi using oil cakes as substrate. INTERNATIONAL JOURNAL OF DEVELOPMENT RESEARCH , v. 9, p. 28358-28363, 2019.

  • Santos, C. M. ; Brito, P L ; Santos, A. T. O. ; PANTOJA, L. ; Costa, A. S. V. ; SANTOS, A. S. . Production of lignocellulosic ethanol from waste paper: review on production technology. INTERNATIONAL JOURNAL OF DEVELOPMENT RESEARCH , v. 9, p. 28383-28390, 2019.

  • VALINHAS, R. V. ; PANTOJA, L. ; MAIA, A. C. F. ; MIGUE, M. G. C. ; Vanzela, A. P. F. C ; NELSON, D. L. ; Santos, A. S. . Xylose fermentation to ethanol by new Galactomyces geotrichum and Candida akabanensis strains. PeerJ , v. 6, p. e4673, 2018.

  • RODRIGUES, P. R. ; ARAUJO, M. F. L. ; ROCHA, T. L. ; VELOSO, R. V. S. ; PANTOJA, L. ; Santos, A. S. . Evaluation of buriti endocarp as lignocellulosic substrate for second generation ethanol production. PeerJ , v. 6, p. e5275, 2018.

  • S. MONÇÃO, FERNANDA ; L. SARTORI, MARINA ; DOS SANTOS VELOSO, RONNIE VON ; DE A. PANTOJA, LÍLIAN ; S. DOS SANTOS, ALEXANDRE . Microalgae and Biofuels: Integration of Productive Chains. REVISTA VIRTUAL DE QUÍMICA , v. 10, p. 999-1017, 2018.

  • GUIMARAES, C. G. ; BONFA, C. S. ; EVANGELISTA, A. R. ; SANTOS, A. S. ; PANTOJA, L. ; CASTRO, G. H. F. . Fermentation characteristics of elephant grass silages with macaúba cake . ACTA SCIENTIARUM. ANIMAL SCIENCES , v. 40, p. 42523, 2018.

  • BONFA, C. S. ; Guimarães, C G ; Evangelista, A R ; SANTOS, A. S. ; PANTOJA, L. ; Castro, G H F . Evaluation of sugarcane silages added with macaúba cake. ACTA SCIENTIARUM. ANIMAL SCIENCES , v. 40, p. 1-6, 2018.

  • BRITO, PHILIPE LUAN ; DE AZEVEDO FERREIRA, CRISLEY MARA ; SILVA, ANDRÉ FELIPE FERREIRA ; PANTOJA, LÍLIAN DE ARAÚJO ; NELSON, DAVID LEE ; DOS SANTOS, ALEXANDRE SOARES . Hydrolysis, Detoxification and Alcoholic Fermentation of Hemicellulose Fraction from Palm Press Fiber. Waste and Biomass Valorization , v. 1, p. 1-12, 2017.

  • AZEVEDO, JORGE CARDOSO DE ; ARAUJO, SAULO ALBERTO DO CARMO ; ROCHA, NORBERTO SILVA ; CARDOSO, ARILSON MORAES ; PANTOJA, LÍLIAN DE ARAÚJO ; FATURI, CRISTIAN ; DOMINGUES, FELIPE NOGUEIRA . Fruit agribusiness waste as an additive in elephant grass silage. SEMINA. CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ONLINE) , v. 38, p. 1987, 2017.

  • Agular-Aguilar, F. A. ; PANTOJA, L. ; NELSON, D. L. ; Santos, A. S. . Study of Anaerobic Co-digestion of Crude Glycerol and Swine Manure for the Production of Biogas. REVISTA VIRTUAL DE QUÍMICA , v. 9, p. 2383-2403, 2017.

  • Santos, R. S. ; Macedo, A. L. ; PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. . Composition, enzymatic saccharification and fermentability of jatropha cake for bioethanol production. AMBIÊNCIA , v. 13, p. 271-283, 2017.

  • MATOS, JÉSSICA ; SOUZA, KELTON ; SANTOS, ALEXANDRE ; Pantojaa, Lílian de Araújo . FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DE HIDROLISADO HEMICELULÓSICO DE TORTA DE GIRASSOL POR Galactomyces geotrichum UFVJM-R10 E Candida akabanensis UFVJM-R131. QUIMICA NOVA , v. 41, p. 23-29, 2017.

  • CARDOSO, ARILSON MORAES ; ARAÚJO, SAULO ALBERTO DO CARMO ; ROCHA, NORBERTO SILVA ; DOMINGUES, FELIPE NOGUEIRA ; AZEVEDO, JORGE CARDOSO DE ; PANTOJA, LILIAN DE ARAÚJO . Elephant grass silage with the addition of crambe bran conjugated to different specific mass. ACTA SCIENTIARUM. ANIMAL SCIENCES , v. 38, p. 375-382, 2016.

  • SILVA, ISADORA FERREIRA ; LANGBEHN, RAYANE KUNERT ; SILVA, RAMON GERALDO CAMPOS ; PANTOJA, LÍLIAN DE ARAÚJO ; VANZELA, ANA PAULA FIGUEIREDO CONTE ; Santos, Alexandre Soares dos . -Amylase production by Bacillus amyloliquefaciens utilizing macauba cake ( Acrocomia aculeata ) and peach palm flour ( Bactris gasipaes - kunth) as substrates. Biocatalysis and Biotransformation (Print) , v. 34, p. 1-7, 2016.

  • RODRIGUES, ÉRICA DE FÁTIMA ; PANTOJA, LÍLIAN DE ARAÚJO ; SOARES, MARIANA BATISTA ; NELSON, DAVID LEE ; Santos, Alexandre Soares dos . Development of bouillon cubes from souari nut pulp: formulation and physicochemical and sensorial evaluations. Brazilian Journal of Food Technology (Online) , v. 19, p. 1-8, 2016.

  • Santos, R. S. ; Pimenta, J. L. ; Coura, A. P. ; Macedo, A. L. ; Vanzela, A. P. F. C ; PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. . Avaliação de coprodutos sólidos da cadeia do biodiesel como fonte de carbono para produção de enzimas holocelulolíticas sintetizadas por Aspergillus tubingensis AN1257. Revista SODEBRAS , v. 10, p. 11-16, 2015.

  • MOREIRA, RODRIGO AMATO ; CRUZ, MARIA DO CÉU MONTEIRO DA ; FAGUNDES, MIRIÃ CRISTINA PEREIRA ; PANTOJA, LÍLIAN DE ARAÚJO ; Santos, Alexandre Soares dos . Carboidratos foliares durante a floração e os estádios iniciais de crescimento de frutilhos em tangerineira 'Ponkan'. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 49, p. 34-39, 2014.

  • SANTOS, R. S. ; Macedo, A. L. ; PANTOJA, L. ; Santos, A. S. . Bioethanol from Jatropha Seed Cakes Produced by Acid Hydrolysis Followed by Fermentation with Baker?s Yeast. International Journal of Applied Science and Technology , v. 4, p. 111-117, 2014.

  • PANTOJA, L. ; Moreira, R. A. ; Ramos, J. D. ; Cruz, M. C. M. ; SANTOS, A. S. . Leaf carbohydrates in -Ponkan? mandarin fruit quality under chemical thinning - doi: 10.4025/actasciagron.v35i3.16219. Acta Scientiarum. Agronomy (Online) , v. 35, p. 349-356, 2013.

  • CASTRO, Márcia Seixas de ; SOUZA, Patrick Gomes de ; MARINHO, Helyde Albuquerque ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; PANTOJA, L. . Iogurte de Araçá-boi (Eugenia stipitata_ com própolis de abelhas sem ferrão nativas da área indígena Sateré-Mawé/Am. Revista SODEBRAS , v. 8, p. 24-29, 2013.

  • PANTOJA, L. ; Moreira, R. A. ; Ramos, J. D. ; Cruz, M. C. M. ; SANTOS, A. S. . Carbohydrate levels in the leaves and production consistency of the Ponkan tangerine when thinned out with Ethephon. Revista Ciência Agronômica (UFC. Online) , v. 44, p. 571-577, 2013.

  • ANDRADE NEVES, NATHÁLIA ; ARAÚJO PANTOJA, LÍLIAN ; SANTOS, ALEXANDRE SOARES . Thermovinification of grapes from the Cabernet Sauvignon and Pinot Noir varieties using immobilized yeasts. European Food Research & Technology (Print) , v. 238, p. 1, 2013.

  • RIBEIRO, M. C. ; VILAS BOAS, E. V. B. ; RIUL, T. R. ; PANTOJA, L. ; Marinho, H. A. ; SANTOS, A. S. . Influence of the extraction method and storage time on the physicochemical properties and carotenoid levels of pequi (Caryocar brasiliense Camb.) oil. Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 32, p. 386-392, 2012.

  • Macedo, A. L. ; Santos, R. S. ; PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. . Pequi cake composition, hydrolysis and fermentation to bioethanol. Brazilian Journal of Chemical Engineering (Impresso) , v. 28, p. 9-15, 2011.

  • Oliveira, M.E.S. ; PANTOJA, L. ; Duarte, W.F. ; Collela, C.F. ; Valarelli, L.T. ; Schwan, R.F. ; Dias, D.R. . Fruit wine produced from cagaita (Eugenia dysenterica DC) by both free and immobilised yeast cell fermentation. Food Research International , p. 1-10, 2011.

  • PINTO, N. A. V. D. ; MOREIRA, W. A. ; CARDOSO, L. M. ; PANTOJA, Lílian ; PANTOJA, L. . Jaboticaba peel for jelly preparation: an alternative technology. Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 31, p. 864-869, 2011.

  • PANTOJA, L. ; Pinto, Nísia Andrade Villela Dessimoni ; Lopes, Cristiane ; Gandra, Renata ; Santos, Alexandre Soares dos . Caracterização física e físico-química de frutos de duas variedades de tamarilho oriundas do Norte de Minas Gerais. Revista Brasileira de Fruticultura (Impresso) , v. 31, p. 916-919, 2009.

  • Macedo, A. L. ; Santos, R. S. ; PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. . AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO DO RESÍDUO SÓLIDO DA EXTRAÇÃO DE ÓLEO DE MAMONA (RICINUS COMMUNIS L.) ISSN 0102-6437. Revista de Estudos Universitárias (Sorocaba) , v. 35, p. 73-85, 2009.

  • PANTOJA, L. ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; PANTOJA, Lílian ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopes ; MARINHO, Helyde Albuquerque . Processamento e avaliação da vida-de-prateleira do tucumã (Astrocaryum aculeatum Meyer) desidratado e pulverizado. Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 28, p. 408-412, 2008.

  • YUYAMA, Lucia ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; AGUIAR, Jaime ; BARRETO, Maria Do Socorro . Desenvolvimento e aceitabilidade de geléia dietética de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal). Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 28, p. 929-934, 2008.

  • Rocha, Débora ; Pereira Jr., G. A. ; Vieira, G. ; PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. ; PINTO, N. A. V. D. . Macarrão adicionado de ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller) desidratado (ISSN0103-4235). Alimentos e Nutrição (UNESP. Marilia) , v. 19, p. 459-465, 2008.

  • MAEDA, Roberto Nobuyuki ; PANTOJA, Lílian ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; CHAAR, José Merched ; PANTOJA, L. . Estabilidade de ácido ascórbico e antocianinas em néctar de camu-camu (Myrciaria dubia (H. B. K.) McVaugh). Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 27, p. 313-316, 2007.

  • YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopes ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; MELO, Tatiana ; ALENCAR, Fernando Hélio ; NASCIMENTO, Angela M. Matos ; NEGREIROS, Neide M. Almeida ; SEGALL-CORRÊA, Ana Maria ; PÉREZ-ESCAMILLA, Rafael . Segurança/insegurança alimentar em famílias urbanas e rurais no estado do Amazonas: I. Validação de metodologia e de instrumento de coleta de informação - ISSN 0044-5967 (A). Acta Amazonica (Impresso) , v. 37, p. 247-252, 2007.

  • Souza, Maria Assunção da Costa ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopes ; PANTOJA, Lílian ; PANTOJA, L. . Suco de açaí (Euterpe oleracea Mart.): avaliação microbiológica, tratamento térmico e vida de prateleira. Acta Amazonica (Impresso) , Manaus-AM, v. 36, p. 497-502, 2006.

  • Maeda, Roberto N. ; PANTOJA, Lílian ; Yuyama, Lucia K.O. ; CHAAR, José Merched ; PANTOJA, L. . Determinação da formulação e caracterização do néctar de camu-camu (Myrciaria dubia McVaugh). Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 26, n.1, p. 70-74, 2006.

  • PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopes ; MONTEIRO, Flávia Miranda ; LIMA, Quézia Alves de ; MENDONÇA JÚNIOR, Francisco Gessy de ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; PEREIRA JR, Nei . Aprovechaimento biotecnológico de la guanabana en la elaboración de bebidas alcohólicas fermentadas utilizando levadura inmovilizada em alginato (ISSN 1517-7645). Brazilian Journal of Equine Medicine , Campinas_SP, v. Esp, n.Especial, p. 96-102, 2005.

  • Andrade, Jerusa S. ; PANTOJA, Lílian ; Maeda, Roberto N. ; PANTOJA, L. . Melhoria do rendimento e do processo de obtenção da bebida alcoólica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth). Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , Campinas-SP, v. 23, n.(Supl), p. 34-38, 2003.

  • PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; ANDRADE, Jerusa de Souza ; PEREIRA JUNIOR, Nei ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; ASTOLFFILHO, S. . Processo fermentativo para produção de bebida alcoólica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) ISSN 1424-4522. Biotecnologia Ciência & Desenvolvimento (Impresso) , Brasília, v. 3, n.19, p. 50-54, 2001.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; Marinho, H. A. ; SOUZA, Patrick Gomes de ; CASTRO, Márcia Seixas de . (PI0804713-8) Composição flavorizante e Método de preparo compreendendo polpa de Eugenia stipitata (bebidas lácteas e/ou iogurte)(Publicação do pedido depositado (Art. 30LPI) em 05/10/2010.. 2010.

MOREIRA, W. A. ; PINTO, N. A. V. D. ; PANTOJA, L. . Geléia de casca de jabuticaba. 2008.

PINTO, N. A. V. D. ; PANTOJA, L. ; Vieira, G. ; SANTOS, A. S. ; Rocha, Débora ; Pereira Jr., G. A. . Macarrão com ora-pro-nóbis. 2008.

Vieira, G. ; PINTO, N. A. V. D. ; PANTOJA, L. . Doce em massa do albedo e polpa de maracujá. 2008.

PANTOJA, L. ; PINTO, N. A. V. D. . Geléia de graviola. 2008.

PANTOJA, L. ; PINTO, N. A. V. D. . Geléia Diet de Maracujá. 2008.

SOUZA, Patrick Gomes de ; CASTRO, Márcia Seixas de ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; MARINHO, Helyde A . Bebida Láctea de Araçá-boi (Submetido ao pedido de patente). 2007.

CASTRO, Márcia Seixas de ; SOUZA, Patrick Gomes de ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; MARINHO, Helyde Albuquerque . Iogurte de araçá-boi (Submetido ao pedido de patente). 2007.

PINTO, N. A. V. D. ; PANTOJA, L. . Sorvete de Café. 2007.

PANTOJA, L. ; PINTO, N. A. V. D. ; SANTOS, A. S. ; Vieira, G. ; CARDOSO, L. M. . Geléia de Tamarindo. 2007.

SANTOS, A. S. ; PINTO, N. A. V. D. ; PANTOJA, L. . Néctar de Atemóia. 2007.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; ANDRADE, Jerusa de Souza de ; PEREIRA JUNIOR, Nei ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; ASTOLFI FILHO, Spartaco . PI0103916-4/ Bebida alcoólica fermentada de pupunha (Bactris gasipaes Kunth).. 2006.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; PEREIRA JR, Nei ; CARVALHO, Sônia ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki . Bebida Alcoolica Fermentada de Cupuaçu com Leveduras Livres e Imobilizadas em Aginato de Cálcio. 2005.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez ; YUYAMA, Lúcia Kiyoko Ozaki ; PEREIRA JR, Nei . Bebida alcoólica fermentada de cupuaçu com leveduras livres e imobilizadas.. 2004.

MAEDA, Roberto Nobuyuki ; PANTOJA, L. ; YUYAMA, Lúcia Kiyoko Ozaki ; CHAAR, José Merched . Néctar de camu-camu. 2004.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez ; YUYAMA, Lúcia Kiyoko Ozaki ; PEREIRA JUNIOR, Nei . Bebida alcoólica fermentada de graviola com leveduras livres e imobilizadas.. 2004.

YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez . Geléia de Cubiu (Solanum sessiliflorum ) com Xilitol. 2004.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; PEREIRA JUNIOR, Nei . Geléia de camu-camu convencional e com xilitol. 2003.

PANTOJA, L. ; PEREIRA JUNIOR, Nei ; YUYAMA, Lúcia Kiyoko Ozaki ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez ; LOPES, Tatiana Melo . Bebida alcoólica fermentada de Araça-boi. 2003.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; CARVALHO, Sônia ; AGUIAR, Jaime ; YUYAMA, Lucia ; PEREIRA JUNIOR, Nei . Processo de Obtenção de Bebida Alcoólica Fermentada de Graviola (Annona muricata) com levedura imobilizada. 2006.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; CARVALHO, Sônia ; AGUIAR, Jaime ; YUYAMA, Luia ; PEREIRA JUNIOR, Nei . Processo de Produção de Bebida Alcoólica Fermentada de Cupuaçu (Theobroma grandiflorum) em Batelada Utilizando levedura Imobilizada. 2006.

YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; AGUIAR, Jaime . Geléia Dietética de Cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal). 2005.

PANTOJA, L. ; MONTEIRO, Flávia Miranda ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki . Processo de Obtenção de Bebida Alcoólica Fermentada de Araça-boi (Eugenia stipitata) utilizando levedura imobilizada. 2005.

MAEDA, Roberto ; PANTOJA, L. ; YUYAMA, Lúcia Kiyoko Ozaki ; CHAAR, José Merched . Processo de Obtenção de Néctar de Camu-camu. 2004.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez ; MONTEIRO, Flávia ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; PEREIRA JUNIOR, Nei . Processo de Produção de Bebida Alcoólica Fermentada de Cupuaçu (Theobroma grandiflorum) em Batelada Utilizando levedura livre. 2004.

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; AGUIAR, Jaime Paiva Lopez ; MONTEIRO, Flávia ; YUYAMA, Lucia Kiyoko Ozaki ; PEREIRA JUNIOR, Nei . Processo de Obtenção de Bebida Alcoólica Fermentada de Graviola (Annona muricata) com levedura livre. 2004.

PANTOJA, L. . Desenvolvimento de tecnologia para produção de bebida fermentada a partir de frutos da Amazônia utilizando leveduras imobilizadas. 2006.

PANTOJA, L. . Desenvolvimento de tecnologia para produção de bebida alcoólica fermentada a partir de frutos da Amazônia utilizando leveduras imobilizadas. 2005.

PANTOJA, L. . Relatório Técnico Referente ao Andamento do Doutorado. 2005.

PANTOJA, L. . Adequação Tecnológica de Pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de vinho. 2002.

PANTOJA, L. ; ANDRADE, Jerusa de Souza ; JESUS, R. S. . Tecnologias Apropriadas para Agroindústria na Amazônia com subprojeto: Efeito da temperatura na conservação do palmito de pupunha em atmosfera modificada. 2002.

PANTOJA, L. . Tecnologias Apropriadas para Agroindústria da Amazônia da Amazônia (PPI-2-3370).. 2002.

ANDRADE, Jerusa de Souza de ; PANTOJA, L. . Aproveitamento Tecnológico de Frutos Tropicais da Amazônia (PPI-2-3780) ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PROJETO. 2002.

ANDRADE, Jerusa de Souza ; PANTOJA, L. ; JESUS, R. S. . Tecnologias Apropriadas p/ Agroindustria na Amazônia com subprojeto: Efeito da temperatura na conservação do palmito de pupunha em atmosfera modificada.ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PROJETO. 2001.

ANDRADE, Jerusa de Souza ; JESUS, R. S. ; PANTOJA, L. . Tecnologias Apropriadas para Agroindustria na Amazônia. Subprojeto: Efeito da Temperatura na Conservação de palmito de Pupunha em Atmosfera Modificada. RELATÓRIO TÉCNICO. 2001.

PANTOJA, L. ; ANDRADE, Jerusa de Souza ; JESUS, R. S. . Tecnologias Apropriadas para a Agroindústria na Amazônia PPI/2-3370. RELATÓRIO TÉCNICO. 2001.

PANTOJA, L. ; PEREIRA JUNIOR, Nei ; ASTOLFI FILHO, Spartaco ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; ANDRADE, Jerusa de Souza ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva . Desenvolvimento de Tecnologia para Produção de Bebida Fermentada Utilizando como Matéria Prima os Frutos de Pupunheira (Bactris gasipaes). RELATÓRIO TÉCNICO. 2001.

PANTOJA, L. . Adequação Tecnológica de Pupunha (Bactris gasipaes) para elaboração de vinho. ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PROJETO. 2000.

PEREIRA JUNIOR, Nei ; PANTOJA, L. ; ASTOLFI FILHO, Spartaco ; MAEDA, Roberto Nobuyuki ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva ; ANDRADE, Jerusa de Souza . Desenvolvimento de tecnologia para produção de bebida fermentada utilizando como matéria-prima os frutos de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PROJETO. 2000.

ANDRADE, Jerusa de Souza ; PANTOJA, L. ; BRASIL, J. E. B. ; MAEDA, Roberto . Tecnologias Apropriadas para Agroindústria na Amazônia - PPI 2-3370. ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PROJETO. 1999.

PANTOJA, L. ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva . Banco de cepas. RELATÓRIO TÉCNICO para o Programa de Desenvolvimento Tecnológico Industrial da Universidade do Amazonas. 1997.

PANTOJA, L. ; CARVALHO, Sônia Maria da Silva . Fungos termofílicos e termolerantes: isolamento, identificação e caracterização de enzimas de interesse industrial. RELATÓRIO TÉCNICO. 1994.

Morais, H. A. ; PANTOJA, L. ; LOURENCO, A. P. ; Neves, M. F, . MANUAL DE SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA: placas de identificação. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

PANTOJA, L. . Práticas de Microbiologia. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

PANTOJA, L. ; SANTOS, A. S. . Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas a Partir de Frutos Tropicais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PANTOJA, L. . Relatório de Prestação de Contas Final do Projeto DCR. 2009. (Relatório de pesquisa).

PANTOJA, L. . Curso de Imobilização de Leveduras. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PANTOJA, L. . Relatório de atividades referente a bolsa DCR (Processo n. CBB DCR-0030-2.11/07. 2007. (Relatório de pesquisa).

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; YUYAMA, Lucia ; AGUIAR, Jaime . Frutos Amazônicos: como descobrir seu potncial nutricional?. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PANTOJA, L. ; CARVALHO, Sônia ; MAEDA, Roberto . Apostila de Tecnologia de Fermentação. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; CARVALHO, Sônia . Apostila de Tecnologia de Enzimas. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

PANTOJA, L. ; AGUIAR, Jaime ; YUYAMA, Lucia ; MAEDA, Roberto . Frutos Amazônicos: como descobrir seu potencial nutricional. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto ; YUYAMA, Lúcia Kiyoko Ozaki . Fruteiras da Amazônia: Potencial Nutricional. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

YUYAMA, Lucia ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto . Processamento de frutos da Amazônia com potencial nutricional. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

ANDRADE, Jerusa de Souza ; PANTOJA, L. . Curso de culinária regional: higiene e manipulação de alimentos. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PEREIRA JUNIOR, Nei ; PANTOJA, L. ; MAEDA, Roberto Nobuyuki . V Curso de Especialização em biotecnologia, Módulo Cultivo de Células e Fermentação (AULAS PRÁTICAS). 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PANTOJA, L. . Curso de especialização em Biotecnologia (MONITORIA). 1996. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PANTOJA, L. . VII Curso de Fundamentos de Biotecnologias (MONITORIA). 1995. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    MANUTENÇÃO DE CULTURAS MICROBIANAS COM POTENCIAIS PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS (Registro PRPPG - 1112020), Descrição: O presente projeto tem por objetivo manter a viabilidade de culturas microbianas provenientes do banco de cultura de micro-organismos do laboratório de microbiologia para biocombustíveis. UFVJM. Dentre os micro-organismos a serem trabalhados tem-se potenciais produtores de matérias-primas para biocombustíveis e fermentadores de xilose para produção de bioetanol. Esses organismos necessitam de atenção e manutenção para manter sua viabilidade e, portanto de autenticação em cultura pura e conservação por diferentes métodos. A importância da manutenção e principalmente preservação de micro-organismos caracteriza-se como reflexo da necessidade de utilização de organismos ou espécimes a qualquer momento, quer para fins experimentais, didáticos, industriais ou estudos comparativos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / A. S., SANTOS - Integrante / Myrlene Otonne - Integrante / Anny Carollyne Brandão Fernandes - Integrante / Clara Justos Pimenta - Integrante / Emily Rafaela de Souza Rocha - Integrante / Maria Luiza de Assis Silvanio - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Produção, Caracterização e Uso de Celulases de Aspergillus tubingensis para a Produção de Etanol de 2ª Geração, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre Soares dos Santos em 04/06/2020., Descrição: O Brasil tornou-se reconhecido mundialmente por suas políticas, ações e realizações na área de energia renovável. Nesse cenário destacou-se na produção de energia hidroelétrica e na fabricação de etanol de cana-de-açúcar. Na década passada perdeu a dianteira na produção de etanol para os Estados Unidos, que usa o milho como matéria-prima. No final do século passado foi iniciada outra corrida, onde a meta tornou-se produzir etanol de segunda geração, o etanol de biomassa lignocelulósica. O gargalo fundamental para produção de etanol lignocelulócico é a produção em escala, e a baixo custo, de enzimas celulolíticas, utilizadas em uma das etapas de produção do álcool. O projeto de que trata essa proposta parte de experiência prévia de seleção de microrganismo e de resíduo agroindustrial para a produção de enzimas do complexo celulolítico. Foi demonstrado como promissor o uso combinado de uma linhagem de Aspergillus tubingensis e da torta de caroço de algodão para a produção de celulases. Portanto, como desdobramento natural desse trabalho de pesquisa, pretende-se agora avaliar parâmetros de processo em reator instrumentado para basear possível escalonamento da produção. Em um contexto mais amplo vislumbra-se a integração das indústrias produtoras de biocombustíveis (etanol e biodiesel), onde o conceito de biorrefinaria permearia tais pólos com intercâmbio de produtos e coprodutos, com vantagens comerciais para ambos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ilva de Fátima Souza - Integrante / Ana Paula de Figueiredo Conte Vanzela - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Mistura para bolo a partir de farinha de pequi (Caryocar brasiliense Camb.), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Mariana B. Soares - Integrante / Viviane Pereira Ferreira - Integrante / David Lee Nelson - Integrante.

  • 2012 - 2014

    (COM FINANCIAMENTO)PRODUÇÃO DE CELULASES FÚNGICAS POR FERMENTAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO COM RESÍDUO DA CADEIA PRODUTIVA DO BIODISEL, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre Soares dos Santos em 13/09/2012., Descrição: Este projeto tem por objetivo geral contribuir com o novo paradigma de desenvolvimento industrial sustentável, criando bases para a utilização das biomassas derivadas de processos agroindustriais, em particular da indústria do biodiesel, minimizando o impacto ambiental decorrente de sua geração e agregando valor aos resíduos produzidos. O objetivo principal deste projeto é desenvolver tecnologias para a produção de CELULASES a partir de tortas/farelos derivados do processamento de oleaginosas utilizadas pela cadeia produtiva do biodiesel... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ana Paula Figueiredo Conte Vanzela - Integrante / Ilva de Fátima Souza - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento e determinação da atividade antioxidante de geleia de Beterraba vermelha (Beta vulgaris L.), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Mariana B. Soares - Integrante / Alexandre A. Silva - Integrante / Matheus Sebe Ferreira - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Néctar de Abacaxi com Hortelã: Elaboração, composição química e análise sensorial, Descrição: Projeto de TCC: A busca por diferentes formulações que agregam sabor e benefícios nutricionais é um ponto importante para um consumidor cada vez mais exigente. No Brasil o abacaxi ocupa o terceiro lugar entre as frutas mais consumidas, sendo rico em sais minerais e vitaminas. Já a hortelã possui substâncias como mentol, mentona, pineno e limoneno presentes em suas folhas, que funcionam como aromatizantes. A junção do abacaxi (Ananas) com hortelã (Mentha piperita) em sucos já é bastante conhecida e adorada por muitos consumidores no país por ser uma bebida bastante refrescante. Dentro deste contexto, tem-se por objetivo a elaboração de um néctar de abacaxi com hortelã e sua caracterização química e sensorial. Para isto diferentes formulações foram elaboradas e submetidas à pesquisa de preferência. Já as matérias primas foram submetidas a diferentes caracterizações: os frutos de abacaxi foram submetidos a caracterização física e química, e a hortelã a caracterização química. Todas as bebidas foram caracterizadas quimicamente em diversos parâmetros como: pH, sólidos solúveis, acidez total, açúcares redutores e compostos fenólicos. Na avaliação sensorial foi possível perceber que bebidas mais doces, menos ácidas e com sabor refrescante mais forte tem uma melhor aceitação dos consumidores. Conclui-se que a associação do abacaxi com hortelã resulta em uma bebida com sabor agradável e refrescante, além de fornecer propriedades nutricionais interessantes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Mariana B. Soares - Integrante / Mayara Caroline Souto de Barcelos - Integrante.

  • 2012 - 2012

    Elaboração e caracterização físico-química de molho de pimenta biquinho, Descrição: Projeto de Trabalho de conclusão de curso: Atualmente, produtos a partir de pimentas representam uma importante fatia do mercado de hortaliças frescas do Brasil, e também da classe de condimentos, temperos e conservas, em nível mundial. Em função do alto volume de exportações, tornou-se a segunda hortaliça brasileira mais exportada, com destaque ao gênero Capsicum, ao qual pertence à pimenta biquinho, também conhecida como pimenta de bico. Esta pimenta possui aroma e sabor característico sendo muito empregada no preparo de pratos, conservas, molhos entre outros. Dentro deste contexto, visando agregar maior valor a essa matéria prima e obter produtos com melhores propriedades nutricionais, teve-se por objetivo a elaboração de molho de pimenta biquinho. A matéria-prima foi caracterizada quanto aos seus aspectos físicos e físico-químicos e para a obtenção dos molhos diferentes formulações foram elaboradas e submetidas à avaliação sensorial. A partir da amostra mais aceita foram avaliadas as características físico-químicas como: umidade, cinzas, proteínas, lipídeos, fibras, carboidratos, pH, acidez, valor energético total e sensorial. Como resultado da matéria-prima obteve-se um alto rendimento (99%). Quanto à avaliação sensorial, o molho elaborado com 25% de pimenta biquinho, 2,50% de açúcar, 1,0% de alho, 2,25% de sal light, 0,25% de goma xantana, 17,62% de vinagre e 51,38% de água foi o de maior aceitação. Conclui-se que a elaboração de molho de pimenta biquinho constitui-se em uma combinação considerável de valor nutritivo e sabor.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Mariana B. Soares - Integrante / Thalita Ferreira Almeida - Integrante / Carlos Suzart - Integrante.

  • 2012 - 2012

    Desenvolvimento tecnológico de tempero culinário a partir de farinha obtida da polpa de pequi (Caryocar brasiliense Camb.), Descrição: Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso. O pequizeiro é uma planta nativa do cerrado brasileiro e apresenta elevado valor econômico, em função da utilização de praticamente todas as suas partes. Seu fruto, o pequi, apresenta elevado valor nutricional e importante presença de compostos bioativos, o que estimula maiores pesquisas no desenvolvimento de produtos tecnológicos a partir desse fruto, agregando a este mais valor. Este trabalho teve como objetivo principal o desenvolvimento de tempero culinário, em forma de tablete, a partir de farinha obtida da polpa de pequi. O pequi e o produto final foram submetidos à caracterização física e físico-química, determinando acidez total, pH, sólidos solúveis totais (Brix), compostos fenólicos, proteínas, lipídeos, umidade, cinzas, fibras, carboidratos totais e valor energético. Para a elaboração do tempero foram realizados testes preliminares até a obtenção de três formulações finais, as quais foram submetidas à análise sensorial, através da sua utilização no preparo do arroz, o qual foi utilizado como produto a ser testado sensorialmente. Os resultados mostraram que a polpa do pequi é rica em lipídeos, além de representar importante fonte de proteínas e fibra alimentar. Referente aos testes sensoriais ficou comprovado que a formulação com maior concentração de pequi foi a preferida por parte dos provadores, sendo assim, esta formulação foi submetida às análises físico-químicas descritas anteriormente, encontrando os lipídeos como os componentes principais, já que esta é uma característica natural do pequi.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Mariana B. Soares - Integrante / Érica de Fátima Rodrigues - Integrante.

  • 2012 - Atual

    (COM FINANCIAMENTO)Avaliação das propriedades funcionais do soro de leite em pó e seu uso como substituto de cloreto de sódio e de nitrito e nitrato em patê de frango (Financiado- FAPEMIG 0201811), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Harriman Aley de Morais - Coordenador / Ana Catarina Perez Dias - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Elaboração de Fermentado Alcoólico de Casca de Abacaxi (Ananas comusus) Cadastro na PRPPG 3302012, Descrição: Nos últimos anos, a produção de fermentados alcoólicos a partir de frutos não convencionais apresenta-se em franco crescimento, isto ocorre, principalmente, pelo fato desta ser uma forma de agregar valor aos frutos que seriam desperdiçados. O reaproveitamento das cascas de abacaxi destaca-se, pois elas são ricas em fibras e minerais capazes de contribuir para o beneficiamento da saúde fornecendo um bom aporte calórico, além de serem utilizadas para o desenvolvimento de novos produtos, como o fermentado alcoólico, valorizando, desta forma, o aproveitamento integral dos frutos, e apresentam-se como uma alternativa para minimizar o desperdício de resíduos e gerar lucro. dentro deste contexto o presente projeto tem como objetivo principal elaborar uma bebida alcoólica fermentada de casca de abacaxi e analises das suas características químicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Natália Barros Barony - Integrante / Jéssica Vanessa Silva Almeida - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Elaboração e avaliação da estabilidade química e microbiológica e sensorial do néctar de beterraba com laranja. (CADASTRADO NA PRPPG. PRPPG/2282012)., Descrição: Nos dias de hoje que é cada vez mais crescente a atenção com a saúde e boa alimentação. O assunto vem sendo muito discutido e incentivado por políticas governamentais, indústrias de alimentos, entidades educacionais e consumidores em geral, ação que pode levar a uma mudança expressiva nos hábitos alimentares da população. É importante ressaltar que tal tendência leva ao aumento na busca por produtos de origem vegetal, como frutas e hortaliças, seja para o consumo in natura ou processadas. O néctar faz parte do rol de produtos novos no mercado que apresentam boa aceitação por parte da população. Segundo a Associação Brasileira de Bebidas Não Alcoólicas-ABIR o consumo de néctares e sucos em 2011 foi na ordem de 532,01 milhões de litros, com projeção de 581,03 litros para 2012 (ABIR, 2011). Visto que é permitida a adição de extratos vegetais para a elaboração de néctares, uma proposta interessante para o desenvolvimento de produtos saudáveis e de sabor diferenciado é associar outros espécimes vegetais, que não os frutos, para a formulação de néctares, como, por exemplo, utilizar uma olerícola. Dentro destes contexto, considerando o teor de compostos antioxidantes presentes na beterraba e laranja, o presente trabalho tem por objetivo elaborar uma bebida a partir destas matérias-primas de forma associada, a fim de contribuir com a elaboração de um produto diferenciado e com apreciável característica nutricional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante.

  • 2011 - 2013

    (Financiado)Implantação e caracterização de cultivares de amoreira e Framboeseira como alternativa de renda para a agroindústria familiar do Vale do Jequitinhonha (EDITAL UNIVERSAL - CNPq N 14/2011) N do Processo 47238012011-7, Descrição: As condições edafoclimáticas encontradas na região de Diamantina, em função de sua altitude que proporciona a ocorrência de temperaturas baixas de inverno que podem contribuir para o cultivo de pequenas frutas vermelhas que permitam a obtenção de frutos com qualidade e aptidão para o processamento. As pequenas frutas surgem como opção para a diversificação da fruticultura mineira. Além disso, a produção pode ser destinado ao comércio de fruta fresca e ao processamento. Desta forma, visando contribuir com a implantação de novas áreas de cultivo com de pequenas frutas vermelhas na região do Vale do Jequitinhonha, este projeto propõe a introdução e caracterização fenológica de cultivares de amoreira e framboeseira nas condições climáticas de Diamantina... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Rodrigo Amato Moreira - Integrante / Maria do Céu Monteiro Cruz - Coordenador / FAGUNDES, MIRIÃ CRISTINA PEREIRA - Integrante / Cristina Pereira Fagundes - Integrante / Raoni Pereira de Carvalho - Integrante / Mirielle de Oliveira Almeida - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2012

    Reciclagem de biocatalizadores imobilizados em alginato de cálcio na produção de fermentado alcoólico em acabaxi(Projeto com uma bolsa de IC-FAPEMIG-PRPPG/013/2011), Descrição: A biotecnologia vem se mostrando uma poderosa ferrramenta para o aproveitamento de matérias-primas excedentes,transformando-as em produtos com maior valor agregado. Dentre os processos biotecnológicos utilizados no desenvolvimento vale destacar a fermentação alcoólica, em especial a produção de bebidas alcoólicas fermentadas. O processo fermentativo utilizado na produção de bebidas em batelada é produzido basicamente utilizando dois tipos de biocatalizaores: leveduras livres ou leveduras imobilizadas. As leveduras imobilizadas apresenta inúmeras vantagens, dentre as quais vale destacar a possibilidade do biocatalisador ser reutilizado em outras bateladas sem que haja perdas significantes das propriedades físico-químicas e sensorias da bebidas. Sendo assim, o objetivo principal desse trabalho é a produção de fermentado alcoólico de abacaxi utilizando biocatalizadores imobilizados em alginato de cálcio e avaliar o efeito da reutilização dos biocatalizadores em novas bateladas sobre a dinâmica do processo fermentativo e a qualidade do produto final. Projeto custeado pelo projeto financiado pela FAPEMIG- Termo de Cooperaçã Técnica para Descentralização de Créditos Orçamentários N°12.067/2009. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Santos, Alexandre Soares dos - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2011

    Produção de Bebida Láctea Fermentada a partir de Soro de Leite com Sabor de Tangerina, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Harriman Aley de Morais - Integrante / Humberto de Castro Paula Bastos - Integrante.

  • 2011 - Atual

    (COM FINANCIAMENTO)Avaliação da atividade antioxidante em vinhos e vinagres de jabuticaba (Myrciaria cauliflora Berg.) Financiado FAPEMIG - N°CBB-APQ04375-10 - Coordenador, Descrição: O desenvolvimento de novos produtos é uma prática imprescindível para sobrevivência da maioria das empresas. Sendo assim, há necessidade de pesquisas que possibilitem novas formas de uso de matérias-primas não convencionais que possam contribuir para expansão do mercado de alimentos. Dentre estas podemos citar a jabuticaba, fruto encontrado abundantemente no cerrado mineiro e que apresenta excelentes características organolépticas para práticas de obtenção de fermentados como bebidas e vinagres. A jabuticaba apresenta em sua casca alto teor de antioxidantes, com destaque para as antocianinas. A presença de antioxidantes em alimentos constitui-se em um fator importante para saúde, pois evidências têm sido acumuladas indicando que uma dieta rica em antioxidantes reduz os riscos das principais doenças humanas. Sendo assim, este trabalho tem por objetivo, avaliar o potencial antioxidante de vinhos e vinagres de jabuticaba elaborados com mostos obtidos por diferentes processos, durante e após o período de maturação. Os mostos serão obtidos por três diferentes modos de preparo, a partir dos quais serão elaborados os vinhos de jabuticaba. Os mostos e os vinhos serão avaliados quanto ao potencial antioxidante in vitro. As avaliações dos vinhos ocorrerão imediatamente após a sua obtenção e a cada três meses, durante os 18 meses de período de maturação. Os vinagres a serem obtidos a partir dos vinhos produzidos, também, serão avaliados quanto ao seu potencial antioxidante. Espera-se ao final do projeto obter informações sobre o potencial antioxidante dos vinhos e vinagres de jabuticaba obtidos e a influência do modo de preparo do mosto sobre este. Acredita-se que este projeto contribuirá com informações valiosas que irão agregar valor ao fruto e aos produtos obtidos, bem como, sua valorização como alimentos saudáveis.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Desenvolvimento de metodologia quimiométrica baseada em espetroscopia na Região do Infravermelho próximo (Projeto com uma bolsa de IC-FAPEMIG- PRPPG/012/2011), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Santos, Alexandre Soares dos - Coordenador / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Iogurte de frutos do cerrado: elaboração, caracterização química e sensorial (CADASTRADO NA PRPPG PRPPG/083/2010), Descrição: Nos últimos 20 anos, a fabricação e o consumo de iogurte no Brasil cresceu de maneira considerável, sendo observado um aumento de 702% no consumo desde a década de 70. O iogurte, considerado um alimento funcional por conter fermentos probióticos, pode controlar e modular várias funções orgânicas, contribuindo para a manutenção da saúde. A utilização de leite de cabra na produção de iogurte é uma forma de atribuir maior uso terapêutico e medicinal ao produto em virtude das características diferenciais que este leite possui. Com base no descrito acima, o presente trabalho tem por objetivo elaborar e caracterizar iogurte de leite de cabra desnatado e integral, sabor de frutos do cerrado, com destaque para o pequi e cajá-manga. Estes frutos possuem excelente sabor e aroma, além de elevado valor nutricional. O desenvolvimento deste trabalho representa melhoria qualidade terapêutica e sensorial de iogurtes, bem como aproveitamento agroindustrial de frutos do cerrado com agregação de valor ao produto final.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Lidianny Aparecida Godinho Pêgo - Integrante / Dayane Kelly Borges - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Elaboração de bebida láctea através de culturas probióticas a partir de frutos do cerrado mineiro (CADASTRADO NA PRPPG PRPPG/082/2010), Descrição: O mercado nacional aliado a busca dos consumidores por produtos inovadores e de qualidade, é perceptível que a produção de bebidas lácteas vem crescendo de maneira significativa no Brasil. As bebidas lácteas estão entre os alimentos probióticos, ou seja, que possuem microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro. O Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Bebidas Lácteas do Ministério da Agricultura (DAS/SIPOA) n234 de dezembro de 1999, especifica que bebida láctea é o produto obtido a partir de leite ou leite reconstituído e/ou derivados de leite, fermentada ou não, com ou sem adição de outros ingredientes, onde a base láctea representa pelos menos 51% (m/m) do total dos ingredientes do produto.O Brasil é um grande produtor de leite, porém o desperdício do soro de leite, é muito grande, sendo este um produto de retém cerca de 55% dos nutrientes do leite. Dessa forma a utilização deste para a produção de bebidas lácteas, torna-se uma forma de agregar valor a esse subproduto tão nutritivo. Além disso, a adição de frutos ao produto contribui não só para minimizar as perdas pós-colheita, bem como para agregar valor aos frutos como pequi e araticum. Sendo assim, este trabalho tem por objetivo a obtenção de bebida láctea utilizando frutos do cerrado e soro de leite, buscando produzir uma bebida altamente nutritiva e com sabor apreciável, trazendo inovações para o mercado alimentício brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Lidianny Aparecida Godinho Pêgo - Integrante / Dayane Kelly Borges - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Caracterização física e química de frutos encontrados no bioma cerrado com potencial para elaboração de alimentos de carater biotecnologico (CADASTRADO NA PRPPG- PRPPG/148/2010), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Angeliane Deane Reis - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Elaboração de néctar misto de beterraba com laranja e avaliação de sua atividade antioxidante ao longo do tempo de armazenamento (CADASTRADO NA PRPPG PRPPG/237/2010), Descrição: A beterraba comum ou beterraba vermelha (Beta vulgaris L.) é uma raiz tuberosa de alto valor nutritivo e com propriedades antioxidantes. Considerando que comumente a beterraba é consumida, cozida ou crua, na forma de saladas, o preparo de néctares base de beterraba constitui-se em uma alternativa viável para aumentar a variedade das formas de consumo. A laranja constitui-se em um fruto com consideravel teor de vitamina c e antioxidantes que tem grande aceitação por parte da população. O objetivo do projeto é a elaboração de néctares misto de beterraba com laranja, bem como, a avaliacao da permanencia da atividade antioxidante ao longo do tempo de armazenamento. A partir do suco de beterraba crua e cozida serão elaboradas as formulações dos néctares. Os néctares elaborados serão armazenados em garrafas plásticas sob refrigeração na ausência de luz. Serão analisados os atributos de pH, acidez total, acidez volátil, sólidos solúveis totais, açúcares totais, compostos fenólicos, flavonóides, antocianinas, betacianinas e betaxantinas em três diferentes épocas. A primeira avaliação acontecerá imediatamente após a obtenção dos néctares, a segunda, após 45 dias de armazenamento e a terceira após 90 dias de armazenamento. Espera-se obter nectares com boa qualidade química e alta atividade antioxidante.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Rosana Gonçalves Oliveira - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Elaboração e Caracterização Química de Geléia de beterraba (Beta vulgaris L.) (Cadastrado na PRPPG PRPPG/235/2010), Descrição: A beterraba vermelha (Beta vulgaris L.) é de grande importância para o consumo humano por tratar-se de alimento de alto valor nutritivo e com propriedades antioxidantes. Alimentos como a beterraba, embora importantes para a manutenção de uma dieta equilibrada, são geralmente rechaçados por crianças e jovens. Na prática culinária o uso da beterraba acontece, principalmente, na forma in natura, ou após cozimento, em saladas e sucos. Neste trabalho é proposto o uso da beterraba na forma de geléia como uma alternativa para aumentar o seu consumo. As geléias serão preparadas a partir de quatro formulações utilizando o suco de beterraba crua ou cozida, com diferentes concentrações de glicose e sacarose, adicionando 1,5% de pectina. Os sucos e as geléias oriundos de beterraba crua e cozida serão caracterizados quanto ao pH, acidez total titulável, sólidos solúveis totais, flavonóides totais, compostos fenólicos totais, betacianinas e betaxantinas. Espera-se obter como resultado, geléias de beterraba com alta qualidade química, alto teor de antioxidantes, bom aspecto e dentro dos padrões de qualidade estabelecidos na legislação de geléia de frutas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Santos, Alexandre Soares dos - Integrante / Fernanda Amaral Giancott - Integrante / Ana Paula Figueiredo Conte Vanzela - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Estabilidade química de geléia de beterraba (Beta vulgaris) (Cadastrado na PRPPG-PRPPG/236/2010), Descrição: A beterraba vermelha (Beta vulgaris L.) é um tubérculo com importantes propriedades nutricionais e antioxidantes. Seu uso na culinária ainda é restrito ao consumo in natura ou cozida. Segundo Bianchi e Antunes (1999) os danos induzidos pelos radicais livres podem afetar muitas moléculas biológicas, incluindo os lipídeos, as proteínas, os carboidratos e as vitaminas presentes nos alimentos. Evidências têm sido acumuladas indicando que uma dieta rica em antioxidantes reduz os riscos das principais doenças humanas. Sendo assim, neste trabalho têm-se por objetivo avaliar a estabilidade química de geléias de beterraba. As geléias serão elaboradas a partir de polpa crua e cozida. A cada 30 dias, por um período de até 180 dias, as geléias serão avaliadas quanto ao pH, acidez total, sólidos solúveis totais, compostos fenólicos, betaxantinas e betacianinas. Espera-se obter como resultado, informações sobre a qualidade nutricional e teor de antioxidantes de geléias de beterraba e assim contribuir para inserção de mais um produto alimentício saudável no mercado.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Fernanda Amaral Giancott - Integrante / Paulo César de Resende Andrade - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Influencia do modo de preparo do mosto de jabuticaba sob perfil do bioprocesso (Projeto DEsenvolvido com fonte de recurso provida pelo termo de cooperação Técnica n. 12067/2009) (CADASTRADO NA PRPPG PRPPG/ 121/2010), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Produção de bioetanol, celulases e amilases a partir da glicerina e resíduos ou co-produtos sólidos derivados da cadeia produtiva do biodiesel, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre Soares dos Santos em 20/11/2013., Descrição: Este projeto tem por objetivo geral contribuir com o novo paradigma de desenvolvimento industrial sustentável, criando bases para a utilização das biomassas derivadas de processos agroindustriais, em particular da indústria do biodiesel, minimizando o impacto ambiental decorrente de sua geração e agregando valor aos resíduos produzidos. O objetivo principal deste projeto é, portanto, desenvolver tecnologias para a produção de bioetanol e enzimas a partir de resíduos/coprodutos do processamento de oleaginosas utilizadas pela cadeia produtiva do biodiesel.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ana Paula Figueiredo Conte Vanzela - Integrante.

  • 2010 - Atual

    (COM FINANCIAMENTO)Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentada (LabVin) Financiado, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Alexandre Soares dos Santos em 13/09/2012., Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: i ? Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; ii ? Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; iii ? Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Diagnóstico da qualidade química dos vinhos produzidos em Minas Gerais. Ativide jabuticabaidade Antioxidante de vinho de Jabuticaba (Projeto Financiado pela FAPEMIG como Subprojeto do Projeto do Termo de Cooperação Técnica n. 12067/2009)(PRPPG/199/2010), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Camila Silva Bibiano - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação do potencial Antioxidante de vinhos de Jabuticaba (Projeto Financiado pela FAPEMIG como Subprojeto do Projeto do Termo de Cooperação Técnica n. 12067/2009)(Projeto com uma bolsa REUNI-CADASTRADO NA PRPPG/234/2011), Descrição: O desenvolvimento de novos produtos é uma prática imprescindível para sobrevivência da maioria das empresas. Sendo assim, há necessidade de pesquisas que peto ossibilitem novas formas de uso de matérias-primas que possam contribuir para expansão do mercado de alimentos, dentre estes o mercado de bebidas alcoólicas. A jabuticaba constitui-se em uma excelente matéria-prima em função de suas características organolépticas para práticas de obtenção de bebidas. Além disso, seu alto grau de perecibilidade instiga a sua utilização como matéria-prima para elaboração de produtos alimentícios visando minimizar suas perdas, bem como agregar valor a este fruto. Sendo assim, este trabalho tem por objetivo, avaliar a influencia das diferentes formas de preparo do mosto de jabuticaba na condução do bioprocesso e qualidade final da bebida alcoólica. A partir dos frutos de jabuticaba ja processados, serão elaborados três tipos diferentes de mosto para obtenção de bebidas alcoólicas fermentadas. Os bioprocessos serão monitorados a cada quatro horas, quanto ao teor alcoólico, açúcares consumidos, sólidos soluveis totais, pH e acidez total titulavel. As bebidas obtidas serçao caracteridas quanto suas caracteriosticas químicas e sensoriais. Espera-se ao final do projeto obter bebidas alcoólicas de boa qualidade química e aceitabilidade, que possuam características desejáveis a comercialização.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Santos, Alexandre Soares dos - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Avaliação MICROBIOLÓGICA de morangos submetidos à conservação pós-colheita por uso de biofilme e cloreto de cálcio (CADASTRADO NA PRPPG/040/2007), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Lidianny Aparecida Godinho Pêgo - Integrante / Pinto, Nísia Andrade Villela Dessimoni - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Avaliação do aproveitamento de resíduos da extração de óleo de oleaginosas do cerrado mineiro (no contexto do biodiesel) para a produção de bioetanol (CADASTRADO NA PRPPG/financiado), Descrição: A atual política nacional de agroenergia é responsável por uma demanda projetada de 2,4 bilhões de Litros/ano de biodiesel a partir de 2013. No mesmo tom, o Programa Mineiro de Desenvolvimento Tecnológico e Produção de Biodiesel prevê, para o mesmo ano, a ocupação de 625.000 ha do território mineiro por plantações de oleaginosas. Esse mercado será responsável pela geração de bilhões de toneladas/ano de resíduos oriundos do processamento de oleagionasas para a produção do biodiesel. Um grande desafio desse cenário é promover agregação de valor a esse resíduo, tornando a indústria do biodisel mais competitiva. Uma estratégia possível é aproveitar o significativo percentual de amido existente nessa biomassa residual (tortas e farelos), superior a 20% (base seca), para a produção de bioetanol através de processos hidrolíticos e fermentativo. O cerrado mineiro comporta o cultivo de algumas espécies vegetais promissoras para uso na industria do biodiesel. Entre essas, estão o pequizeiro, o buritizeiro, a palmeira da macaúba, e, as já exploradas oleaginosas do mercado do biodiesel, mamoneira e pinhão-manso. Além do potencial como produtoras de óleo, essas culturas poderão partilhar inclusão social e desenvolvimento com a região norte do estado mineiro. Nesse contexto, o presente projeto pretende avaliar o potencial dos resíduos amiláceos provenientes do processamento de espécies vegetais oleaginosas do cerrado mineiro para a produção de bioetanol.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Avaliação da influência dos métodos de conservação pós-colheita por uso de biofilme e cloreto de cálcio nas características sensoriaise microbiológic do morango CADASTRADO NA PRPPG, Descrição: Na região do alto vale do Jequitinhonha, em municípios circunvizinhos a Diamantina, o cultivo do morango tem tido sucesso e contribuído para o aumento da renda do pequeno agricultor familiar. No entanto, sabe-se que o morango apresenta um alto grau de perecibilidade e, consequentemente, apresenta um prazo curto para a comercialização. O desenvolvimento e implementação de tecnologia adequada de incremento da vida pós-colheita permitirá a expansão dessa cultura agrícola. Diante disso, o presente trabalho objetiva avaliar a influência da utilização de biofilmes de fécula de mandioca e uso de cloreto de cálcio, como agentes conservantes, na qualidade sensorial de morangos cultivados no Alto Vale do Jequitinhonha (cv. Ozo Grande). Os tratamentos aplicados serão combinados com diferentes temperaturas de estocagem (ambiente, -1C e 4C) e a embalagem dos frutos feita com filme PVC. Os frutos submetidos aos tratamentos pós-colheita serão monitorados a cada três dias durante um período de 15 dias, quanto as suas características microbiológicas e sensoriais (aceitabilidade e perfil de características).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Coordenador / Alexandre Soares dos Santos - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2007 - 2009

    Avaliação do Potencial de Frutos Encontrados no Cerrado para Elaboração de Bebidas Alcoólicas Fermentadas com Leveduras Imobilizadas (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: O desenvolvimento de novos produtos é uma prática imprescindível para a sobrevivência da maioria das empresas. Esse desafio também é aplicado ao crescimento da agroindústria e da indústria de alimentos. Sendo assim, há necessidade de pesquisas que possibilitem novas formas de uso de matérias-primas para expansão e diversificação do mercado de alimentos. Estudos relacionados à aplicação ou aproveitamento de frutos cultivados na região do cerrado mineiro ainda são incipientes, principalmente no que diz respeito à elaboração de bebidas alcoólicas fermentadas. Com o objetivo de explorar as culturas existentes na região do Vale do Jequitinhonha, criando uma alternativa para o aproveitamento desses frutos, serão estudados vários frutos com ênfase no desenvolvimento de bebidas alcoólicas fermentadas e fermento-destiladas. A seleção de frutos com potencial para elaboração de bebidas fermentadas atenderá a características de fermentabilidade, aspectos físicos e físico-químicos. Os frutos que apresentarem as melhores características serão selecionados para elaboração de bebidas fermentadas e fermento-destilada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante.

  • 2007 - 2008

    Avaliação química e fatores antinutricionais de variedades de feijão (Phaseolus vulgaris L.) cultivados no Vale do Jequitinhonha(CADASTRADO NA PRPPG), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Coordenador / Leandro de Morais Cardoso - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Cristiane de Oliveira Lopes - Integrante.

  • 2007 - 2008

    Obtenção e aproveitamento da farinha do araticum (Annona crassiflora) (CADASTRADO NA PRPPG), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Coordenador / Walkíria Alves Moreira - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Paula Villela Dessimoni Pinto - Integrante.

  • 2006 - 2008

    Influência e Utilização de biofilmes e da refrigeração na qualidade pós-colheita de morango cultivado no Alto Vale do Jequitinhonha, Descrição: Vigência: 2006 a 2008. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Coordenador / Enilson de Barros Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2006

    SEGURANÇA/INSEGURANÇA ALIMENTAR EM MANAUS: I. AVALIAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA; II. VALIDAÇÃO DE INSTRUMENTO DE COLETA DE INFORMAÇÃO EM ALGUMAS COMUNIDADES INDÍGENAS. III. USO DA FLORESTA NA PROMOÇÃO DE HÁBITOS ALIMENTES SAUDÁVEIS., Descrição: Descrição: A região amazônica apesar de ser a maior detentora em recursos naturais, com uma mega biodiversidade, ainda imperam os processos carenciais considerados como problema de saúde pública. O que poderia estar comprometendo as condições nutricionais dessas populações? E a questão da segurança/insegurança alimentar? Quais os indicadores existentes? A inexistência de metodologia e instrumentos nacionais para análise da segurança/insegurança alimentar, acompanhamento e avaliação do impacto das políticas públicas pertinentes, particularmente o projeto "Fome Zero", fomentam a busca por ferramentas de fácil aplicação e que possa gerar informação rápida que subsidiarão o governo nos seus esforços de formulação de políticas e ações de combate à fome. Esta abordagem tem propiciado, também, uma colaboração mais estreita entre os economistas, agrônomos e trabalhadores de saúde pública que, raramente mantêm intercâmbio sobre o fenômeno da insegurança alimentar e da fome. Deve-se considerar que a preocupação com a segurança alimentar não é prerrogativa de países pobres, apesar de ser em geral, uma emergência nestas nações. Nos estados Unidos foi desenvolvido e aplicado um instrumento para análise de situação de insegurança alimentar que auxiliou na mudança de atitude dos legisladores e da população em geral, que julgavam impossível haver insegurança alimentar em um país, onde a obesidade é muito freqüente na população de baixo nível social e econômico. No Brasil, resultados do processo de validação quantitativa (aspectos preditivos de insegurança alimentar, segundo renda e consumo diário de alimentos), coordenado por Segall-Corrêa et al (2003) permitem antever o que poderá ser encontrado em amostras representativas dos diferentes segmentos da população. Em Manaus, valendo-se de. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Fernando Hélio Alencar - Integrante / Victor PyDaniel - Integrante / Suely Souza Costa - Integrante / Lucia Yuyama - Coordenador / Jaime Aguiar - Integrante / Helyde A Marinho - Integrante.

  • 2004 - 2005

    Levantamento de Preparações e Alimentos da Região Amazônica e definição de estratégias para fomentar e incrementar a valorização e o seu uso em lactentes e pré-escolares, Descrição: Proc. 25009.001225/2003-85, Conv. 174/2004. Descrição: Atualmente, no Amazonas, é escassa a informação sobre os alimentos regionais e preparações freqüentemente utilizadas pelos lactentes e pré-escolares, assim como a exploração de frutos típicos da região, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a elaboração de produtos nutritivos destinado à esses grupos biologicamente vulneráveis. Ressalta-se que das palmeiras originam-se farinhas que podem servir de base para produtos de panificação, preparações doces e salgadas e das fruteiras cítricas deliciosos sucos, sorvetes, geléias, doces e compotas de sabor ímpar e inigualável, gerando ainda, importantes oportunidades em relação a revitalização dos hábitos tradicionais e para o pequeno e médio produtor uma nova fonte de renda.. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente amazônico, além de valorizar os recursos frutíferos da região. A crescente procura por novos produtos alimentícios com alto potencial nutricional, elaborados com padrão de qualidade que possam trazer benefícios à população, evidencia a importância deste estudo. Acresce-se ainda o fato de estar contribuindo na melhoria do estado nutricional particularmente na recuperação e/ou prevenção dos processos carenciais e conseqüentemente na melhoria da qualidade de vida. Espera-se com os resultados a serem obtidos, subsidiar programa s de políticas públicas em saúde. .. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Potencial agronômico, tecnológico e nutricional do cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) Proc. 476293/03-0., Descrição: Valor R$20.000,00.Coordenador: Lucia K.O. Yuyama. presente proposta visa gerar e repassar informações técnicas sobre o comportamento agronômico, tecnológico, nutricional, terapêutico e econômico do cubiu, assim como participar na formulação de política de desenvolvimento regional, promovendo o aproveitamento dos recursos naturais da Amazônia com vistas a sua proteção e utilização em benefício da população. A região Amazônica é detentora da maior biodiversidade, com uma grande variedade de fruteiras, dentre elas o cubiu que necessita de intensificação de pesquisas básicas e aplicadas no sentido de se explorar de forma racional este recurso natural, que certamente, reverterá em maiores benefícios sociais e econômicos, e alternativas de alimentos à comunidade, em grande parte ainda importados de outras regiões. O cubiu planta nativa da Amazônia Ocidental, (Solanaceae arbustiva), domesticada pelos índios sulamericanos, encontrada em condições subespontânea ou cultivada em quintais ou roças de subsistências de pequenos agricultores da região, possui um potencial agronômico, nutricional e econômico significante. Dependendo da etnovariedade cultivada produz de 40 a 100 toneladas de frutos por hectare que podem ser aproveitados como alimento, medicamento e cosmético. O cubiu tem sido objeto de investigação agronômica e etnobotânica para o resgate de sua importância como alimento entre as populações mais jovens da Amazônia e seus novos colonizadores. De sabor e aroma agradáveis, seus frutos são utilizados in natura (petisco) ou nas formas de sucos, doces, geléias e no preparo de pratos à base de carnes e peixes, sendo ainda utilizado empiricamente como agente hipoglicemiante e hipocolesterolêmico na medicina popular. As raças deixadas pelos povos indígenas apresentam uma grande variação nos seus constituintes químicos, ressaltando assim, a necessidade de viabilizar metodologias adequadas ao seu processamento industrial e manutenção da qualidade pós-processamento. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lucia Yuyama - Coordenador / Jaime Aguiar - Integrante / Helyde A Marinho - Integrante / DANILO SILVA FILHO - Integrante / DEBORAH I T FÁVARO - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Aproveitamento Biotecnológico de melaço e vinhoto para produção de etanol combustível por fermentação em batelada e contínua utilizando leveduras imobilizadas, Descrição: Aproveitar o melaço e vinhoto para produção de etanol combustível. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Sônia Maria da Silva Carvalho - Coordenador / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2003 - 2005

    Desenvolvimento de tecnologia para a produção de bebida fermentada a partir de frutos da Amazônia utilizando leveduras imobilizadas (PIPT 855/03), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Sônia Carvalho - Integrante / Lucia Yuyama - Integrante / Jaime Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2003

    Aproveitamento tecnológico de frutos tropicais da Amazônia, Descrição: Este projeto teve por objetivo, aproveitar frutos da Amazônia para elaboração de produtos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Roberto Nobuyuki Maeda - Integrante / Jerusa de Souza Andrade - Coordenador / Marduce Pereira Marques - Integrante / Mara Caldas - Integrante., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2001 - 2002

    Tecnologias apropriadas para agroindústria na Amazônia. Subprojeto: Efeito da temperatura na conservação do palmito de pupunha em atmosfera modificada, Descrição: O projeto teve por objetivo avaliar a vida de prateleira do palmito de pupunha armazenada em atmosfera modificada. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Jerusa de Souza Andrade - Coordenador., Financiador(es): Banco da Amazônia S A - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2000 - 2002

    Tecnologias apropriadas para agroindústria da Amazônia, Descrição: Tendo em vista as características peculiares dos frutos da Amazônia, este projeto teve por objetivo, desenvolver tecnologias adequadas aos frutos da Amazônia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Roberto Nobuyuki Maeda - Integrante / Jerusa de Souza Andrade - Integrante / Marduce Pereira Marques - Integrante / Delosmar Alves de Oliveira - Integrante / Rogério Souza de Jesus - Coordenador / Edson Lessi - Integrante., Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 1

  • 2000 - 2001

    Desenvolvimento de tecnologia para produção de bebidas fermentadas utilizando como matéria-prima frutos de pupunheira (bactris gasipaes Kunth), Descrição: Desenvolvimento de bebida por fermentação induzida em batelada simples a partir de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Sônia Maria da Silva Carvalho - Integrante / Roberto Nobuyuki Maeda - Integrante / Jerusa de Souza Andrade - Integrante / Nei Pereira Junior - Coordenador / Spartaco Astolfi Filho - Integrante., Financiador(es): Banco da Amazônia S A - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma in natura , sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente flavor (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma in natura , sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente flavor (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma in natura , sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente flavor (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

  • 2010 - Atual

    Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin), Descrição: Este projeto permitirá a implantação de estrutura laboratorial para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e formação técnica e acadêmica na área de vitivinicultura na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O LabVin surge em atendimento às demandas do estado de Minas Gerais relacionadas à cadeia produtiva de uvas, vinhos e derivados. Objetivos específicos: Construção de laboratório de pesquisa e controle de qualidade de processos e produtos da vitivinificação; Implantação de linhas de pesquisa em vitivinificação, em metodologia analítica enológica e qualidade de uvas, vinhos e outras bebidas fermentadas; Agregação de serviços de apoio a projetos vinícolas, análises certificadas de qualidade de uvas e vinhos e cursos especializados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Ricardo Salviano dos Santos - Integrante / Ariane Costa Rodrigues - Integrante / Nathália de Andrade Neves - Integrante / Anna Karolina Cruz Duarte - Integrante / Camila Cristina Alves Cunha - Integrante / Cristiane Caetano Augusto Rodrigues - Integrante / Diego Dias Carneiro - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Aproveitamento Agroindustrial de Morangos Oriundos do Alto Vale do Jequitinhonha no Contexto da Agricultura Familiar. (CADASTRADO NA PRPPG/Financiado), Descrição: Elaborar produtos a base de morangos classificados como não comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Integrante / Gilmar Vieira - Coordenador / Celso Mattes de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Avaliação da Qualidade Química e Nutricional de Néctar de Atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) (CADASTRADO NA PRPPG), Descrição: A atemóia (Annona cherimola Mill. x Annona squamosa L.) é uma fruta hibrida pertencente à família Anonaceae, obtida através do cruzamento da pinha (Annona squomosa L. ) com a cherimólia (Annona cherimola Mill). É um fruto saboroso, com excelentes características tecnológicas para elaboração de produtos como néctar, por apresentar sabor e aroma acentuado e adocicado, e bom rendimento em polpa. Entretanto, seu consumo ainda é realizado praticamente na forma ?in natura?, sendo necessários mais estudos científicos sobre diferentes formas de aproveitamento dessa cultura. Sendo assim, o presente estudo tem por objetivos elaborar néctar a partir da atemóia. Considerando não haver formulação estabelecida serão testadas diferentes formulações variando-se a concentração de polpa e açúcar a fim de obter a formulação ideal. O néctar oriundo da melhor formulação será caracterizado quanto a composição química (pH, acidez, sólidos solúveis totais, relação brix/acidez), nutricional (vitamina C, proteína, lipídios e energia) e sensorial (perfil de características e aceitabilidade).. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto - Integrante / Alexandre Soares dos Santos - Coordenador / Patrícia Campos - Integrante / Fernanda Azevedo - Integrante.

  • 2004 - 2006

    Utilização de farinha de buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculeatum) na prevenção dea hipovitaminose A, Descrição: Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida pelo potencial nutritivo e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor. Dentre estes destaca-se o buriti (Mauritia flexuosa L.) fruto nativo da região Amazônica, cuja distribuição geográfica abrange toda a Amazônia e norte da América do Sul e extende-se ao nordeste e centro sul do Brasil. De forma elipsóide, cobertos com escamas de coloração castanho-avermelhada e polpa, amarelo alaranjada com sabor ácido e adocicado e consistência amilacea, o fruto caracteriza-se pela riqueza em lipídios e conseqüentemente energia e carotenóides altamente biodisponível. As principais formas de consumo deste fruto é como suco/ vinho , sorvete e doces. Portanto, neste contexto, o processamento da farinha de buriti, a avaliação da vida de prateleira, assim como, seu impacto nutricional na concentração sérica de retinol constituem as proposições do presente objeto... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Processamento e utilização do buriti (Mauritia flexuosa L) e tucumã (Astrocaryum aculetum) na recuperação de procesos carenciais, Descrição: Valor: R$ 52.330,00. Vigência:2004/2006. Coordenador Lucia K. Ol. Yuyama.: Descrição: Apesar da sua exuberante biodiversidade e do potencial nutricional e econômico dos frutos, os quais apresentam características inigualáveis de aroma e sabor, a região carece de tecnologias adaptadas à realidade Amazônica que possibilite um aumento da vida de prateleira, considerando a sazonalidade e a alta perecibilidade, e melhor utilização desses frutos, como por exemplo na forma de farinha, gerando assim, importantes oportunidades econômicas para o pequeno e médio produtor. Somam-se ainda a vantagem da introdução no mercado de um produto nutritivo de caráter inteiramente regional, além de valorizar os recursos frutíferos do amazonas. Não obstante, apesar da riqueza da flora e fauna, os principais problemas nutricionais como a desnutrição energético-protéica, anemia ferropriva e hipovitaminose A ainda cursam com certa intensidade, sendo considerados como Problemas de Saúde Pública e que vem desafiando as autoridades sanitárias e especialistas, há várias décadas, em especial nas áreas de maior incidência e pobreza. Dada a magnitude dos processos carenciais como a hipovitaminose A em diferentes grupos populacionais da região amazônica e as tendências de agravamento em função do consumo alimentar, crise econômica e social, medidas de intervenção devem ser tomadas a fim de minimizar ou controlar a hipovitaminose A, utilizando preferencialmente alimentos regionais, como o buriti e tucumã. Apesar do conhecimento do potencial desses frutos como fonte de energia e carotenóides há muito que se estudar em relação a biodisponibilidade da provitamina A do buriti e tucumã, particularmente na forma de farinhas em pré-escolares. A contextualização fundamenta-se em função da natureza das distintas matrizes em que as provitaminas A estão envolvidas nos alimentos, a variação das respostas em função da cocção, processamento e fatores intrínsecos inerentes ao indivíduo que influenciam na absorção. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Lúcia Kiyoko Ozaki Yuyama - Coordenador / Jaime Paiva Lopez Aguiar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Aproveitamento Biotecnológico de matérias-primas agrícolas de interesse regional por fermentação alcoólica utilizando levedura imobilizada, Descrição: A exuberância da biodiversidade na Amazônia é acrescida do potencial econômico dos frutos, os quais, em função das propriedades nutritivas e excelente ?flavor? (sabor e aroma), despertam o interesse de consumidores nacionais e internacionais. O elenco de espécies frutíferas da Amazônia, que tem contribuído para o desenvolvimento da Região, pode ser ampliado por meio de estudos de aproveitamento tecnológico de espécies nativas, de uso ainda restrito (Clement & Silva-Filho, 1994). Aliado a isso, o mercado de bebidas vem crescendo a cada dia e representa uma grande fatia no mercado nacional de alimentos. A crescente procura por novos sabores naturais mostra a viabilidade da elaboração de novos produtos a partir de fontes não convencionais. Atualmente, no Amazonas, é escassa a exploração de frutos tropicais para aproveitamento agroindustrial, principalmente no que se refere a sua aplicação como matéria-prima para a produção de bebidas. O processo para produção de bebida alcoólica fermentada a partir destes frutos, ainda é pouco estudado (Sandes & Di Blasi, 2000), o que gera oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias para produção de bebidas alcoólicas. Outra abordagem do presente projeto, por guardar similaridade com a produção de bebida fermentada está ligada a produção de etanol combustível. Apesar de toda magnitude da diversidade biológica relacionada a microrganismos e matérias-primas agroindustriais como a mandioca e agora a cana-de-açúcar, também há uma escassez de estudos de viabilidade tecnológica e trabalhos de pesquisa desenvolvidos para a produção de bioetanol, em nossa Região, que apresentam promissor potencial de emprego no ramo dos agronegócios (Sandes & Di Blasi, 2000, Malkin, 1998; Pereira Jr. & Bon, 1999). A produção de etanol quer para fim de consumo humano ou uso combustível, como delineado neste projeto, utilizando fermentação com células imobilizadas, com os mais diferentes suportes vêm despontando como uma excelente alte.... , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Integrante / Spartaco Astolfi Filho - Integrante / Roberto Maeda - Integrante / Nei Pereira Jr - Coordenador / Sônia Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2000 - 2002

    Adequação tecnológica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) para produção de "vinho", Descrição: O projeto teve por objetivo, desenvolver e avaliar as diferentes formulações para elaboração da bebida alcoólica fermentada de pupunha. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Lílian de Araújo Pantoja - Coordenador / Jerusa de Souza Andrade - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 9

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Melhor trabalho no II Workshop do Programa de Pós-Graduação em Biocombustíveis UFVJM-UFU, UFU/UFVJM.

2017

Prêmio Trabalho Inovador-II SEMEQ. CARACT. DA BIOMASSA DE Desmodesmus sp. COMO MATÉRIA-PRIMA NA PRODUÇÃO DE BIOCOMB. Marina Sartori, Fernanda Monção, Dayane Abreu, Lílian Pantoja, Alexandre Soares, Curso de Engenharia Quimica -UFVJM.

2013

Prêmio Henrique Dumont -1 Lugar - área AgráriasDesenvolvimento geleia da beterraba vermelha/ Lílian Pantoja, Alexandre Soares; Anna K. Duart, Matheus Sebe , Mariana Batista, Nathália Neves, David Lee, Centro de Inovação Tecnologica.CITec/UFVJMeSecretária de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior.SECT.

2013

Prêmio Henrique Dumont / 2 Lugar-Área Agrárias -Mistura pronta para bolo à base de farinha de Pequi - Alexandre Soares, Lílian Pantoja, Viviane Pereira, Mariana Batista, Centro de Inovação Tecnologica.CITec/UFVJMeSecretária de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior.SECT.

2013

Prêmio Henrique Dumont/3 Lugar-área Exatas-Produção de hidrolases lignocelulolíticas por fermentação ... óleos vegetais...: Alexandre Santos/Ricardo Salviano/ Ana Paula Vanzela, Lílian Pantoja, Centro de Inovação Tecnologica.CITec/UFVJMeSecretária de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior.SECT.

2003

Prêmio FUCAPI/CNPq de Tecnologia, 8ª edição ANO 2002 (Aproveitamento tecnológico do camu-camu para elaboração de geléia convencional e com xilitol contendo alto teor de vitamina C), FUCAPI/CNPq.

2002

Prêmio FUCAPI/CNPq de Tecnologia, 7ª edição ANO 2001 (Aproveitamento do Mapati, a uva da Amazônia para produção de bebida alcoólica fermentada), FUCAPI/CNPq.

2001

Prêmio FUCAPI/CNPq de Tecnologia, 6ª edição ANO 2000 (Desenvolvimento de bioprocesso para produção de bebida alcoólica a partir de pupunha), FUCAPI/CNPq.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Instituto de Ciência e Tecnologia. , Campus JK - Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5000 - / Laboratório de Bioprocessos e Biotranformação, Sala 44 ou 48, Prédio II, Alto da Jacuba, 39100000 - Diamantina, MG - Brasil, Telefone: (38) 35326098, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2010 - Atual

    Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Professor de Microbiologia do INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA-ICT. Presidente da Comissão Permanente de Biossegurança CPBio/UFVJM (Portaria n° 1788, de 28 de outubro de 2010; Membro Titular da Comissão do Centro de Inovação Tecnologica - CITEC/UFVJM (Portaria n/ 1896, de 16 de novembro de 2010); Membro Titular da Comissão de Trabalhos de Conclusão de Curso do Instituto de Ciência e Tecnologia (TCC/ICT/UFVJM) (Portaria n° 1726, de 14 de outubro de 2010); Representante suplente do Instituto de Ciência e Tecnologia no Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação - CPPG/UFVJM (Portaria n° 1379 de 25 de agosto de 2010). Coordenadora pro tempore do Curso de Engenharia de Alimentos do Instituto de Ciência e Tecnologia do Campus de Diamantina(Portaria n613, de 14 de maio de 2011)

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Pesquisadora da equipe do projeto intitulado: Implantação de Laboratório de Microvinificação e Qualidade de Bebidas Fermentadas (LabVin) e Co-Orientadora de TCC desenvolvidos na area de fermentação...

  • 2007 - 2009

    Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: professor/pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Projeto de Bolsa DCR- Aproveitamento Biotecnológico do morango, jabuticaba e araticum para produção de bebidas alcoólicas fermentadas utilizando leveduras imobilizadas. Processamento de Produtos Vegetais - Aula teórica e prática . 9 período de agronomia - Carga horária total 16 horas (12 horas no 1semestre de 2008 e 04horas no 2 semestre de 2008).

  • 2007 - 2007

    Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor voluntário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    primeiro semestre de 2007, 12 horas de aulas teóricas e 4 horas de aulas práticas para turma de nutrição 3 Período na disciplina de Bromatologia primeiro e segundo semestre de 2007 e primeiro semestre de 2008, 45 horas de aulas práticas por semestre perfazendo um total de 135 horas para turma de nutrição do 7 Período na disciplina de Composição de Alimentos Regionais Processamento de Produtos Vegetais - Aula teorica e prática . 9 período de agronomia - Carga horaria total 28horas (12 horas no 2 semestre de 2007 e 12 horas no 1semestre de 2008 e 04horas no 2 semestre de 2008).

    Atividades

    • 01/2008

      Pesquisa e desenvolvimento , Depto. de Ciências Agrárias, .,Linhas de pesquisa

    • 12/2007

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Nutrição, .,Linhas de pesquisa

    • 06/2007

      Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bromatologia e Composição de Alimentos Regionais

  • 2002 - 2007

    Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tecnologista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Profissional com a mente voltada à pesquisa e ao encontro de respostas técnicas, e de soluções criativas e econômicas, relacionadas a produtos, processos ou serviços, que conduzam, em alguns casos, a inovação tecnológica no setor produtivo ou na sociedade em geral.

  • 2000 - 2002

    Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista (PCI), Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsa de Desenvolvimento Tecnológico (DTI) Título do Projeto: "Adequação Tecnológica de Pupunha (Bactris gasipaes) para produção de bebidasalcoólicas fermentadas"

  • 1991 - 1992

    Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Modalidade da Bolsa - Iniciação Científica Área do Conhecimento: Taxonomia dos Grupos da Amazônia

    Atividades

    • 04/2005 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Ciências da Saúde, Departamento de Ciências da Saúde.,Atividade realizada, Projeto TACO (Colaboradora na Coleta em Manaus, AM. No período de 23-26/04/2005).

    • 04/2003 - 04/2004

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências da Saúde, Divisão de Microbiologia Alimentação e Nutrição.,Linhas de pesquisa

    • 08/2002 - 03/2003

      Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório de Bioquímica e Fisiologia Pós Colheita, Laboratório de Bioquímica e Fisiologia Pós Colheita.,Linhas de pesquisa

    • 10/2000 - 02/2002

      Outras atividades técnico-científicas , Laboratório de Bioquímica e Fisiologia Pós Colheita, Laboratório de Bioquímica e Fisiologia Pós Colheita.,Atividade realizada, Co-orientação do bolsista Kemerson Silva - Programa do Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

    • 03/1991 - 02/1992

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Entomologia, Laboratório de Taxonomia de Dípteros.,Linhas de pesquisa

  • 2003 - 2006

    Universidade do Amazonas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 10

    Outras informações:
    O vínculo esta relacionado as atividades de pesquisa realizadas em parceria, colaboração em curso realizados nesta Instituição e ainda, como professor colaborador das disciplinas Tecnologia das fermentações (Teorica e prática) e enzimologia (Prática) para o curso de Nivel Superior biotecnologo e ainda, colaboração nas aulas práticas da disciplina Tecnologia de Bioprocessos ministrada para o Doutorado em Biotecnologia. Nos últimos quatro anos (2002-2006) também fui aluna de Doutorado do Curso de Biotenologia.

  • 1997 - 1997

    Universidade do Amazonas

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8

    Outras informações:
    Estágio de Produção e Purificação de Enzimas Hidrolíticas do Fungo do Gênero Fusarium, Trichoderma sp. e Gliocladium

  • 1995 - 1997

    Universidade do Amazonas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsa de pesquisa Projeto: " Otimização da capacidade produtiva das espécies do gênero Fusarium sp. por alteração de substrato para as enzimas: fenoloxidase, proteases e pectinases" Modalidade: Desenvolvimento Tecnologico Industrial (DTI) Área de Conhecimento: Parasitologia

  • 1993 - 1993

    Universidade do Amazonas

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Estágio Supervisionado em Micologia Orientadora: Professora Maria Ivone Lopes

  • 1992 - 1993

    Universidade do Amazonas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pesquisador, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Modalidade: Iniciação Tecnologica Industrial Projeto: "Fungos termofilicos e termotolerantes: isolamento, identificação e caracterização de enzimas de interesse industrial" Área de conhecimento: Microbiologia Aplicada

    Atividades

    • 08/2005 - 12/2005

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Tecnologia das Fermentações

    • 03/2005 - 06/2005

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Enzimas

    • 01/2004 - 01/2004

      Ensino, Curso Multi-Institucional de Doutorado em Biotecno, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Bioprocesso

    • 07/1997 - 07/1997

      Estágios , Departamento de Parasitologia, Laboratório de Micologia.,Estágio realizado, Produção e purificação de enzimas hidrolíticas em amostra de fungos do gênero Fusarium, Trichoderma sp. e Gliocdadium. Ministrado pelo Prof. Hélio Mauro Moreira Maia da UFRGS (80 horas).

    • 02/1997 - 07/1997

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Parasitologia, Departamento de Parasitologia.,Atividade realizada, Co-orientação do bolsista do programa IEL, Alípio César Rodrigues.

    • 06/1996 - 12/1996

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Parasitologia, Departamento de Parasitologia.,Atividade realizada, Co-orientação da bolsista do programa IEL, Maria Girlane Lopes da Silva.

    • 06/1996 - 08/1996

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Parasitologia, Departamento de Parasitologia.,Atividade realizada, Co-orientação do bolsista do programa IEL, Rogério Monteiro Rocha.

    • 11/1995 - 02/1996

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Parasitologia, Departamento de Parasitologia.,Atividade realizada, Co-orientação do bolsista do programa PIBIC, Leonardo Soares da Silva com o trabalho "Aspecto da atividade inibitória entre fungos".

    • 08/1993 - 02/1994

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Parasitologia, Departamento de Parasitologia.,Atividade realizada, Co-orientação nas atividade didático científica para acadêmicos do curso de biologia do programa PET, com atividade em identificação de algumas espécies de Hifomicetes, lavagem e esterilização de material, preparação de meios de cultura e corantes, repiqu.

    • 03/1993 - 08/1993

      Estágios , Departamento de Parasitologia, Laboratório de Micologia.,Estágio realizado, (Estágio Supervisionado) Caracterização enzimática de fungos termofílicos e termotolerantes (300 horas).

  • 1997 - 1997

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

    Atividades

    • 06/1997 - 07/1997

      Estágios , Intituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular.,Estágio realizado, Treinamento de técnicas de purificação de proteínas.

  • 1993 - 1993

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

    Atividades

    • 07/1993 - 07/1993

      Estágios , Laboratório de Química Biológica, Laboratório de Química Biológica.,Estágio realizado, Determinação de atividades enzimáticas de xilanases, fenoloxidases, lipases, celulases e proteases.

  • 1994 - 1995

    Escola Estadual Farias Brito

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

    Atividades

    • 02/1994 - 12/1995

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia

  • 1987 - 1987

    Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio Supervisionado realizado como parte dos requesitos exigidos para obtenção do Certificado de conclusão do 2° grau como técnica em Patologia Clínica (150 h)

    Atividades

    • 03/1987 - 12/1987

      Estágios , Laboratório do Centro Previdenciário de Manaus, Manaus.,Estágio realizado, Patologia Clínica.

  • 1986 - 1986

    Maternidade Ana Nery

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio Supervisionado realizado como pré-requisito para conclusão do 2° Grau como Técnica em Patologia Clínica (150 horas)

    Atividades

    • 03/1986 - 12/1986

      Estágios , Laboratório de Patologia Clínica, Manaus.,Estágio realizado, Patologia Clínica.

Propriedade Intelectual

Patentes (1)