João Paulo Carneiro

Mestre em Relações Étnico-Raciais, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow Fonseca - CEFET/RJ. Especialista em Saberes e Práticas na Educação Básica com ênfase em Ensino de História, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Cultura Afro-Brasileira e Indígena - Universidade Católica de Petrópolis. Licenciado em História Plena - Centro Universitário Augusto Motta (UNISUAM). Cursando Licenciatura em Pedagogia para o exercício da docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na Modalidade Normal, de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos, compreendendo a participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino assim como nas Instituições e nos Movimentos Sociais na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Professor Convidado do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu - Cultura Afro-Brasileira e Indígena, Universidade Católica de Petrópolis (UCP). Professor de História da Educação Básica do Sistema Firjan-SESI-RJ. Integrante do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB-CEFET/RJ), pesquisador do Grupo de Estudos do Laboratório de História das Experiências Religiosas (LHER), Experiências Religiosas Tradicionais Africanas, , Afro-Brasileiras, Racismo e Intolerância religiosa (ERARIR), ambas ligadas ao Programa de Pós-Graduação de História Comparada da UFRJ (PPGHC), Grupo de Pesquisa Diferenças e Interculturalidades no Ensino de História (DIFERIR), ligado ao Grupo de Pesquisa do Laboratório dos Estudos do Currículo (LANEC) e do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino de História (LEPEH) da UFRJ, Faculdade de Educação.

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Relações Étnico-Raciais

2015 - 2017

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca
Título: Ensino de História: possibilidades e desafios na perspectiva das relações étnico-raciais no caderno de avaliação do Saerjinho.,Ano de Obtenção: 2017
Mário Luiz de Souza.Bolsista do(a): CEFET/RJ, CEFET/RJ, Brasil. Palavras-chave: Ensino de História, História da África; História Afro-Brasileiras, Currículo, Avaliação.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Educação.

Especialização em Saberes e Práticas na educação Básica com ênfase em Ensino de História

2014 - 2015

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Construção identitária: possibilidades, desafios e negações no caderno de avaliação - SAERJINHO.
Orientador: Warley da Costa

Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena

2013 - 2014

Universidade Católica de Petrópolis
Título: Os Ensinos de: Histórias da África e o da Afro-Brasileira: desafios, possibilidades e negações identitárias nas avaliações do ENEM após a Lei 10.639/03.
Orientador: Norma Sueli Rosa Lima

Graduação em andamento em Licenciatura em Pedagogia

2018 - Atual

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Graduação em História

2008 - 2011

Centro Universitário Augusto Motta
Título: Motivações, contradições e preservação da memória social das prostitutas judias na cidade do Rio de Janeiro no início do século XX.
Orientador: Dalva Maria Figueiredo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Extensão universitária em Currículo em Pauta: O lugar da História nas atuais propostas curriculares. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2018 - 2018

O pensamento de bell hooks. (Carga horária: 90h). , Coletivo Di Jeje, CDJJ, Brasil.

2018 - 2018

O Pensamento de Angela Davis: de 1975-2000. (Carga horária: 90h). , Coletivo Di Jeje, CDJJ, Brasil.

2018 - 2018

O Pensamento de Angela Davis. (Carga horária: 90h). , Coletivo Di Jeje, CDJJ, Brasil.

2018 - 2018

O que é feminismo negro?. (Carga horária: 90h). , Coletivo Di Jeje, CDJJ, Brasil.

2018 - 2018

O que é lugar de fala?. (Carga horária: 90h). , Edu.Kilombagem, EADK, Brasil.

2018 - 2018

Feminismo Interseccional. (Carga horária: 90h). , Coletivo Di Jeje, CDJJ, Brasil.

2017 - 2017

Extensão universitária em Formação de Multiplicadores ao Combate à Intolerância religiosa. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2011 - 2011

Antropologia do consumo. (Carga horária: 30h). , Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do RJ, CECIERJ, Brasil.

2008 - 2008

Extensão universitária em Diálogos Interdisciplinares. (Carga horária: 120h). , Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.

2008 - 2008

Extensão universitária em Sociologia Contemporânea. (Carga horária: 80h). , Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.

2007 - 2007

Extensão universitária em Gestão Contemporânea. (Carga horária: 60h). , Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.

2007 - 2007

Extensão universitária em Noções de Direito. (Carga horária: 40h). , Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.

2007 - 2007

Extensão universitária em Introdução ao Estudo do Direito. (Carga horária: 60h). , Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.

2007 - 2007

Extensão universitária em História do direito. (Carga horária: 40h). , Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Introdução aos Estudos da educação I. (Carga horária: 80h). , Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Recursos Tecnológicos na Educação. (Carga horária: 40h). , Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Introdução aos Estudos da educação II. (Carga horária: 80h). , Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Educação: Teorias e Vivências. (Carga horária: 80h). , Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Ensino de História.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Relações Étnico-Raciais.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da África.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Culturas Afro-Brasileiras e Indígenas.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos da Educação/Especialidade: História da Educação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX Colóquio Internacional de Filosofia e Educação. 2018. (Outra).

V Semana Paulo Freire. 2018. (Congresso).

FEMINISMO PA? QUIEN?: OS DEBATES DE NEGRAS FEMINISTAS NO HIP HOP CUBANO. 2016. (Outra).

XII Encontro de História do Polo Miguel Pereira, EAD/UNIRIO.Construção identitária: possibilidades, desafios e negações das relações étnico-raciais no caderno de avaliação do Saerjinho.. 2016. (Encontro).

Ciclo de Palestras_CEFET/RJ: Cinema negro África e Diáspora. 2015. (Outra).

Ciclo de Palestras_CEFET/RJ: Filme A Roça de Teresa e debate com o ao autor- Espírito Santo. 2015. (Outra).

Ciclo de Palestras - Análise do Discurso: Cenografia - Maingueneau. 2015. (Outra).

Ciclo de Palestras - Práticas discursivas e construção de sentidos: algumas reflexões. 2015. (Outra).

Colóquio: Ensino de História - FGV.. 2015. (Encontro).

Colóquio Internacional de Relações Étnico-Raciais e Políticas Públicas.O Ensino de História da África e Afro-Brasileira nos cadernos do SAERJINHO.. 2015. (Outra).

Discutindo Raça desde o Materialismo Histórico Dialético - UNIRIO.. 2015. (Seminário).

7º Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Caribe. 2014. (Outra).

África no MAR Literatura e Poesia. 2014. (Seminário).

Anpuh-Ideias: História da África e das relações raciais nas Américas. 2014. (Encontro).

Centenário de Abdias Nascimento - Museu de Arte do Rio. 2014. (Exposição).

Comunidade Quilombola Bracuí. 2014. (Outra).

Seminário Anísio Teixeira. 2014. (Seminário).

IV Festival de Música, Dança e Cultura Afro-Brasileiras.Mitologias dos Orixás Africanos.. 2013. (Oficina).

1º Encontro Internacional de Educação. 2012. (Encontro).

2º Encontro Internacional de Educação. 2012. (Encontro).

Oficina Educopédia.Apresentação da plataforma Educopédia. 2012. (Oficina).

Exposição e Lançamento do do 9º livro - Cristianismos. Questões e Debates metodológicos. 2011. (Encontro).

Projeto Colega Legal - Ledor para deficientes auditivos.Leitura para deficientes auditivos. 2011. (Outra).

Jornada Acadêmica do curso de História. 2010. (Simpósio).

Exposição e Lançamento do Livro À Flor da terra: o cemitério dos pretos novos no Rio de Janeiro. 2008. (Encontro).

1ª Jornada do Conselho da Justiça. 2007. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mario Luiz de Souza

OLIVEIRA, T.;SOUZA, M. L.; COSTA, W.. Possibilidades, desafios e negações das Relações Étinico-Raciais no caderno de avaliação Saerjinho. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Relações Etnicorraciais) - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca.

Mario Luiz de Souza

COSTA, W.; ARAUJO, C. M.;SOUZA, M. L.. Construção Identitária: possibilidades, desafios e negações das relações étnico-raciais nos cadernos saerjinho.. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Warley da Costa

SOUZA, M. L.;COSTA, Warley; OLIVEIRA, T.. Possibilidades, desafios e negações das relações étnico-raciais no caderno de avaliação Saerjinho. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Relações Etnicorraciais) - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca.

Warley da Costa

COSTA, Warley; ARAÚJO, C.; SOUZA, M. L.. "CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA:Possibilidades, desafios e negações das relações étnico-raciais nos cadernos do saerjinho". 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ensino de História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Talita de Oliveira

SOUZA, M. L.; COSTA, W.;OLIVEIRA, T.. Ensino de História: possibilidades e desafios na perspectiva das relações étnico-raciais no caderno de avaliação do Saerjinho. 2017. Dissertação (Mestrado em Relações Etnicorraciais) - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca.

Talita de Oliveira

SOUZA, M. L.; COSTA, W.;OLIVEIRA, T.. Possibilidades, desafios e negações das relações étnico-raciais no caderno de avaliação Saerjinho. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Relações Etnicorraciais) - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca.

Cinthia Monteiro de Araujo

COSTA, W.;ARAUJO, Cinthia M.; SOUSA, M. L.. Contrução identitária: possibilidades, desafios e negações das relações etnico-raciais nos cadernos do SAERJINHO. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em SABERES E PRÁTICAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Vívian Lúcia Magalhães dos Santos

Movimento das mulheres negras: raça, classe e empoderamento; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Carlos Eduardo dos Anjos Moreira

Conceito de Negritude: Construção e Dilemas do Movimento Negro no Brasil; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Wânia Jerônimo Braga

A carência de conhecimentos e pesquisas sobre as produções da Arte Afro-Brasileira e seus artistas contemporâneos nos saberes educacionais; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Frederico Ricardo de Medeiros Lima

Centro Espírita de Umbanda Xangô Caô do Oriente ? O discurso da mediunidade como elemento transformador das relações sociais, instrumento de resistência e formação identitária; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Stella Matera Matias

Centro bom é Centro Longe: O que o "Bota a Baixo" pode ter a ver com isso?; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Edna Alencar de Castro

Da manipulação de ação e saberes do processo de ensino no Brasil: A luta da população negra pelo direito à educação; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Juvenal Alvaro Santos Filho

UM PROCESSO DE RECONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA PELA DANÇA: CULTURA E RESISTÊNCIA A PARTIR DA ATUAÇÃO DA BAILARINA MERCEDES BAPTISTA NO RIO DE JANEIRO E DO MESTRE KING NA BAHIA; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Solange Conceição Souza

O Cristianismo de Matriz Africana; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena) - Universidade Católica de Petrópolis; Orientador: João Paulo Carneiro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mario Luiz de Souza

Construção Identitária: Possibilidades, Desafios e Negações Etnicorraciais no Caderno de Avaliação do Saerjinho; ; 2017; Dissertação (Mestrado em Relações Etnicorraciais) - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca; Orientador: Mário Luiz de Souza;

Warley da Costa

"CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA: POSSIBILIDADES, DESAFIOS E NEGAÇÕES DAS RELAÇÕES ÉTNICO RACIAIS NOS CADERNOS DO SAERJINHO"; ; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ensino de História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Warley da Costa;

Norma Sueli Rosa Lima

Os ensinos das estórias da África e da afro-brasileira: desafios, possibilidades e negações identitárias nas avaliações do Enem, após a Lei 10; 639/03; ; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Literaturas de Língua Portuguesa/Cultura Afro-Bras) - Universidade Católica de Petrópolis/Ipetec; Orientador: Norma Sueli Rosa Lima;

Aline Beatris Skowronski

Requalificação do Parque Multiuso Mina do Padre Vitor; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Centro Universitário do Sul de Minas; Orientador: Aline Beatris Skowronski;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PASSOS, ANDRÉA CASTRO MENESES ; MORAES, ISABEL DA COSTA ; CARNEIRO, JOÃO PAULO ; Pinto, Priscila Camara de Castro Abreu ; Caetano, Vitor Nunes . OUTRAS PEDAGOGIAS? O PEDAGOGO NAS INSTITUIÇÕES MILITARES. SEMIOSES (RIO DE JANEIRO) , v. 13, p. 118-129, 2019.

  • CARNEIRO, J. P. . O ENSINO DE HISTÓRIA E SUA RELEVÂNCIA NAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS. GNARUS REVISTA DE HISTÓRIA , v. 9, p. 198-205, 2018.

  • CARNEIRO, J. P. . MOTIVAÇÕES, CONTRADIÇÕES E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA SOCIAL DAS PROSTITUTAS JUDIAS NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO NO INÍCIO DO SÉCULO XX. GNARUS REVISTA DE HISTÓRIA , v. 9, p. 59-67, 2018.

  • CARNEIRO, JOÃO PAULO . AS QUESTÕES ÉTNICO-RACIAIS NA MÚSICA POPULAR ATRAVÉS DO CONTO MACHADIANO: -UM HOMEM CÉLEBRE-, NUMA PERSPECTIVA BAKHTINIANA DO DIALOGISMO. SEMIOSES (RIO DE JANEIRO) , v. 12, p. 90-99, 2018.

  • CARNEIRO, J. P. ; PAULA, J. T. S. S. E. ; LOFIEGO, D. B. ; ALVES, A. R. ; AZEVEDO, J. S. ; LIMA, J. S. ; SILVA, L. H. O. B. ; ALMEIDA, L. B. ; GUIA NETO, S. F. . Aspirações e confrontos da prática docente: A experiência vivida pelos alunos do Laboratório de Práticas Pedagógicas IV do Centro Universitário Augusto Motta.. SEMIOSES (RIO DE JANEIRO) , v. 9, p. 1, 2012.

  • CARNEIRO, J. P. . Ensino de História: Possibilidades e desafios na perspectiva das relações étnico-raciais no caderno de avaliação do Saerjinho.. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Novas Edições Acadêmicas (NEA)., 2018. v. 1. 160p .

  • CARNEIRO, J. P. . Ensino de História: Possibilidades e desafios na perspectiva das Relações Étnico-Raciais no caderno de avaliação do Saerjinho. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CARNEIRO, J. P. . Ensino de História e Relações Étnico-Raciais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CARNEIRO, J. P. . Formação Continuada de professores: desafios e proposições. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CARNEIRO, J. P. . Pesquisas em Ensino de História e seus caminhos investigativos no CESPEB. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CARNEIRO, J. P. . Construção identitária: possibilidades, desafios e negações das relações étnico-raciais no caderno do Saerjinho. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CARNEIRO, J. P. . Apresentação da Plataforma Tecnológica Educopédia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CARNEIRO, J. P. ; RAMOS, C. H. ; VITORINO, R. N. . Celular na sala de aula. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CARNEIRO, J. P. . Ensino de História: Possibilidades e desafios na perspectiva das Relações Étnico-Raciais no caderno de avaliação do Saerjinho. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

TEIXEIRA, R. ; ALBAINE, M. ; ABAD, E. ; CASTANHEIRA, P. ; ANTUNES, R. ; CARNEIRO, J. P. . Relações Étnico-Raciais e Ensino de História, FE UFRJ. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

CARNEIRO, J. P. . Construção identitária: possibilidades, desafios e negações no caderno do Saerjinho. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

CARNEIRO, J. P. . NEAB/CEFET/RJ. 2015; Tema: Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro. (Rede social).

CARNEIRO, J. P. ; Passos, Andréa de Castro Meneses ; Morais, Isabel da Costa ; Pinto, Priscila Camara de Castro Abreu ; Caetano, Vitor Nunes . Pedagogia nas Instituições Militares. 2018. (Animação).

CARNEIRO, J. P. . O Imperialismo europeu, Portugal e a exploração das costas africana e brasileira. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Por outras Histórias possíveis. Interculturalidades, Igualdades e Diferenças em discursos curriculares de História, Descrição: A construção desse projeto de pesquisa se apoia em três premissas propostas e defendidas em pesquisa anterior. A permanência de uma organização curricular marcada por uma perspectiva temporal linear e progressiva é parte de uma tradição disciplinar que tem resistido aos processos de mudança vividos pelo ensino de História; esta tradição disciplinar traz marcas do regime moderno de historicidade; e é possível construir uma crítica a essa tradição moderna por meio da sociologia das ausências e da sociologia das emergências. O que se espera da crítica a essa concepção é a resignificação da noção de processo, que pode ser reconhecida aqui através da valorização da dimensão temporal de simultaneidade. Essa dimensão pode ser entendida como mobilizadora de contatos e confrontos culturais, capazes de promover a expressão de múltiplos significados e favorecer a reflexão sobre os processos de significação. Dessa forma, o saber histórico escolar pode se constituir em espaço de diálogos interculturais. Diante disso, novas perguntas se colocam: Como mobilizar a noção de tempo para promover contatos e confrontos culturais de modo a favorecer a reflexão sobre os diferentes processos de significação cultural? Quais são os usos e sentidos para as noções de igualdade e diferença disponíveis e possíveis nos currículos de História? Qual o papel do ensino de história na construção de uma ecologia de saberes? E na expectativa de construir algumas respostas, essa pesquisa pretende reconhecer narrativas curriculares de História capazes de mobilizar a noção de tempo para promover contatos e confrontos culturais, reconhecer as tensões entre noções de igualdade e diferença presentes no cotidiano escolar, reconhecer as potencialidades do saber histórico escolar em contribuir para construção de uma ecologia de saberes. Para tanto, o projeto prevê como estratégias metodológicas de produção de dados, a análise documental de textos curriculares oficiais para o ensino de história nas redes públicas da cidade do Rio de Janeiro, a análise documental de textos curriculares produzidos por docentes que atuam em escolas das redes públicas da cidade do Rio de Janeiro, a observação de práticas didáticas desses docentes, a realização de entrevistas semiestruturadas com esses docentes, e a realização de grupos focais com docentes e/ou discentes. Esses procedimentos objetivam analisar processos de construção da inexistência de igualdades e diferenças, analisar usos e sentidos da noção de tempo disponíveis e possíveis, analisar usos e sentidos das noções de igualdade e diferença disponíveis e possíveis, ampliar simbolicamente sinais de alternativas à tradição disciplinar moderna, ampliar simbolicamente sinais de diálogos interculturais disponíveis e possíveis... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: João Paulo Carneiro - Coordenador / Cinthia Monteiro de Araujo - Integrante / Pedro Vitor Coutinho dos Santos - Integrante / Caroline Lima Dias - Integrante / Gabriel Nogueira da Silva - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Mídia, Racismo e Discurso, Descrição: Descrição: O objeto do presente estudo é a relação do discurso, mídia e o racismo. Trata-se de um projeto na investigação do papel da mídia na construção discursiva do racismo. Como ferramenta teórica utilizamos a (ADC) análise do discurso crítica (Dijk, 2013). Compreendemos que através do discurso midiático há reproduções de falas e ideias racistas por meio de "Elites Simbólicas" (Dijk, 2013). Portanto, identificamos na análise discursiva os processos ?de ideologias racistas, as quais, por sua vez, podem ser usadas para produzir novas escritas ou falas tendenciosas em outros contextos, que finalmente podem contribuir à reprodução discursiva do racismo? (DIJK, 2012:20). Faz-se necessário o diálogo entre a análise do discurso crítica (ADC) com a (AD) (Bakhtin, 2000; Maingueneau, 1997) que entende a linguagem, tomada como discurso, como (co)construtora de sentidos, de nossas sociabilidades e de nossas identidades sociais. A metodologia fundamentalmente qualitativa se orienta pela geração de dados discursivos etnográficos, interacionais e midiáticos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: João Paulo Carneiro - Integrante / Júlia Corrêa - Integrante / Beatriz Farias - Integrante / Carla Oliveira - Integrante / Sabrina Pitzer - Integrante / Fabio Sampaio de Almeida - Integrante / Maria Cristina Giorgi - Coordenador.

  • 2015 - Atual

    Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Descrição: Atuar no mapeamento e divulgação de experiências pedagógicas de escolas, estabelecimentos de ensino superior, secretarias de educação, assim como levantamento das principais dúvidas e dificuldades dos professores em relação ao trabalho com a questão racial na escola e encaminhamento de medidas para resolvê-las, em parceria com a administração dos sistemas de ensino; participar da articulação com sistemas de ensino, estabelecimentos de ensino superior, centros de pesquisa, escolas, comunidade e movimentos sociais, visando à formação de professores para a diversidade étnico-racial; auxiliar na identificação de fontes de conhecimentos de origem africana, a fim de selecionarem-se conteúdos e procedimentos de ensino e de aprendizagens; apoiar a divulgação de uma bibliografia afro-brasileira e de outros materiais como mapas da diáspora, da África, de quilombos brasileiros, fotografias de territórios negros urbanos e rurais, reprodução de obras de arte afro-brasileira e africana a serem distribuídos nas escolas da rede, com vistas à formação de professores e alunos para o combate à discriminação e ao racismo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (11) Doutorado: (1) . , Integrantes: João Paulo Carneiro - Coordenador / Elisângela de Jesus Santos - Integrante / Wallace de Carvalho - Integrante / Enivan Gomes - Integrante / Aline Serzerdelo - Integrante / Alessandro da Silva Conceição - Integrante / Algrin dos Santos David - Integrante / Eneida de Oliveira Carnaval - Integrante / Humberto Manuel de Santana Júnior - Integrante / Tatiana Gomes da Silva - Integrante / Rebeca Barreto Lima - Integrante / Neyri Matos Pedro - Integrante / Nadson Roro Imã - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Aprovado em 4º Lugar no Concurso Público para Professor Substituto de História., Colégio de Aplicação da UERJ (CAP-UERJ)..

2015

Bolsa de pesquisa para o Mestrado, CEFET/RJ.

2015

Aprovado em 3º lugar no Concurso Público para o Curso de Mestrado em Relações Étnico-Raciais., CEFET/RJ.

2012

Aprovado em Concurso Público - Ensino Religioso, 12º, Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, SME/RJ.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • SESI Jacarepaguá. , Avenida Geremário Dantas, 342, Tanque, 22735015 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 0800023123, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2019 - Atual

    Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 4

    Atividades

    • 06/2019

      Ensino,,Disciplinas ministradas, História

    • 06/2019

      Ensino,,Disciplinas ministradas, História com ênfase nos estudos preparatórios para o ENEM.

  • 2016 - Atual

    Universidade Católica de Petrópolis

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Programa de Pós-Graduação Lato Sensu - Cultura Afro-Brasileira e Indígena. Módulo III (50h) O Imperialismo Europeu. Portugal e a exploração das costas africana e brasileira. Imperialismo e Orientalismo. Abordagem comparada de estratégias expansionistas. Reinos africanos. Oralidade e Desterritorialização. Nações indígenas e a utopia do paraíso ultrajado. O exotismo.

    Atividades

    • 06/2017

      Extensão universitária , Faculdade de Educação UFRJ, .,Atividade de extensão realizada, Pesquisas em ensino de história e seus caminhos investigados no CESPEB..

    • 05/2017

      Ensino, Cultura Afro-Brasileira e Indígena, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, O Imperialismo europeu, Portugal e a exploração nas costas africanas e brasileiras.

    • 05/2017

      Ensino, Cultura Afro-Brasileira e Indígena, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Imperialismo e Orientalismo, abordagem comparada das estratégias expansionistas.

    • 05/2017

      Ensino, Cultura Afro-Brasileira e Indígena, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Ensino de história, raça, racismo e ideologia.

    • 05/2017

      Ensino, Cultura Afro-Brasileira e Indígena, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, O exotismo, estereótipos, representação social, nações indígenas.

  • 2015 - 2017

    Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica

  • 2013 - 2015

    Curso Preparatório Aquila

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Preparatório para Vestibular/ENEM.

  • 2013 - 2015

    Senes Unetec

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Ensino de Jovens e Adultos.

  • 2011 - 2018

    Colégio e Curso Copérnico Ltda.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 22

    Outras informações:
    Ensino Fundamental e Médio.

  • 2012 - 2012

    Centro Educacional Claudia Lopes

    Vínculo: Colaborator, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Professor de História (Ensino Fundamental e Médio).

  • 2011 - 2013

    Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

    Vínculo: Estagiário Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Projeto Escolas do Amanhã Digital, desenvolvimento de trabalhos em Tecnologia Educacional em parceria com a Fundação Telefônica VIVO e UNESCO. Inclusão digital e mediação de reforço escolar. Produção textual, História, Geografia.

  • 2011 - 2011

    Centro Universitário Augusto Motta

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2019 - Atual

    Universidade do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: