Roberta Cunha Azevedo de Souza

Graduada em Ciências Biológicas Licenciatura com monografia voltada à Educação Ambiental e Bacharelado voltado à Etnobotânica, ambas pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atualmente realizando o Mestrado em Antropologia na Universidade Nova de Lisboa - Portugal, tendo como campo de pesquisa populações tradicionais do Sul da Bahia.

Informações coletadas do Lattes em 17/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Antropologia - Temas Contemporâneos

2017 - Atual

Universidade Nova de Lisboa
Orientador: Amélia Frazão-Moreira;Coorientador: Odara Horta Boscolo. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Etnobiologia.

Graduação em Abi - Ciências Biológicas

2016 - 2017

Universidade Federal Fluminense
Título: Entre o mar e a mata: Levantamento etnobotânico na comunidade tradicional de Duna Grande
Orientador: Odara Horta Boscolo

Graduação em Ciencias Biológicas

2011 - 2016

Universidade Federal Fluminense
Título: As Unidades de Conservação na visão dos alunos do ensino médio técnico do CEFET/ RJ
Orientador: José Artur Barroso Fernandes

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Educação Ambiental de base comunitária e Ecologia Política. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.

2017 - 2017

Escola Mateira. (Carga horária: 20h). , Instituto Moleque Mateiro, IMM, Brasil.

2016 - 2016

Etnobotânica: conceitos, métodos e aplicação.. (Carga horária: 40h). , Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: ETNOBOTÂNICA.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Etnobiologia.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Ambiental.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VIII EREBIO RJ/ES - Encontro Regional de Ensino de Biologia RJ/ES,.AS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO NA VISÃO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO TÉCNICO INTEGRADO DO CEFET/ RJ. 2017. (Encontro).

VIII Seminário Brasileiro sobre Áreas Protegidas e Inclusão Social/ III Encontro Latino-Americano sobre Áreas Protegidas e Inclusão Social.PAISAGEM COM HISTÓRIA E MEMÓRIA: O CASO DO ENGENHO DO MATO, NITERÓI, RJ. 2017. (Outra).

Ciências Sob Tendas. Monitora da oficina de PANC. 2016. (Feira).

Galpão Vegano I. Exposição das PANCs UFF. 2016. (Feira).

Galpão Vegano II. PANCs UFF. 2016. (Feira).

III Encontro Anual do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência da Universidade Federal Fluminense.Evolução de Forma Lúdica. 2016. (Encontro).

III Encontro Anual do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência da Universidade Federal Fluminense.Toda Energia Renovável é Limpa?. 2016. (Encontro).

XI Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia.Entre o Mar e a Mata. Estudo Etnobânico em Duna Grande Niterói/RJ. 2016. (Simpósio).

XI Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia,.Conhecendo Outras Plantas Alimentícias (PANC).. 2016. (Simpósio).

II Encontro Anual do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência da Universidade Federal Fluminense.Inventário dos Sentidos: Como Vemos o Mundo?. 2015. (Encontro).

1º Seminário BITS Ciência:''Os desafios da relação do áudio visual com a produção Cientifica''. 2014. (Seminário).

Ciências Sob Tendas. Monitora da oficina de acessibilidade. 2014. (Feira).

I Encontro Anual do Projeto Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência da Universidade Federal Fluminense.Aprendendo a Ser Docente - Experimentos e Experimentações no Ensino Fundamental.. 2014. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Jose Artur Barroso Fernandes

FERNANDES, J. A. B.; BOSCOLO, O. H.; WALDHELM, M. C. V.. As unidades de conservação na visão dos alunos do ensino médio técnico do CEFET/RJ. 2016.

Adriana Quintella Lobão

BOSCOLO, O.;LOBÃO, A. Q.. Entre o mar e a mata: levantamento etnobotânico de Duna Grande. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Odara Horta Boscolo

BOSCOLO, O. H.BOSCOLO, O. H.BOSCOLO, O. H.. As Unidades de Conservação na visão dos alunos do ensino médio técnico do CEFET/RJ. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jose Artur Barroso Fernandes

As Unidades de Conservação na visão dos alunos do Ensino Médio técnico do CEFET/RJ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Jose Artur Barroso Fernandes;

Odara Horta Boscolo

Transmissão do conhecimento sobre o uso e manejo das zonas florestais dentro de um contexto ameríndio; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Nova de Lisboa; (Coorientador);

Odara Horta Boscolo

Etnobotânica na comunidade de Duna Grande, Niteroi, RJ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Odara Horta Boscolo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SOUZA, R. C. A. ; Camilla Belmiro Soares . PAISAGEM COM HISTÓRIA E MEMÓRIA: O CASO DO ENGENHO DO MATO, NITERÓI, RJ. In: VIII Seminário Brasileiro sobre Áreas Protegidas e Inclusão Social/ III Encontro Latino-Americano sobre Áreas Protegidas e Inclusão Social, 2017, Rio de Janeiro. REPENSANDO OS PARADIGMAS INSTITUCIONAIS DA CONSERVAÇÃO, 2017.

  • SOUZA, R. C. A. ; FERNANDES, J. A. B. ; WALDHELM, M. C. V. . AS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO NA VISÃO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO TÉCNICO INTEGRADO DO CEFET/ RJ. In: VIII EREBIO RJ/ES - Encontro Regional de Ensino de Biologia RJ/ES,, 2017, Rio de Janeiro. Aqui também tem currículo! Com a palavra, os professores de Ciências e Biologia, 2017.

  • BOSCOLO, O. H. ; SOUZA, R. C. A. . ETHNOBOTANICAL STUDIES IN TRADITIONAL COMMUNITIES IN NITERÓI MUNICIPALITY, RJ, BRAZIL. In: XXVI SOCIETÀ ITALO-LATINOAMERICANA DI ETNOMEDICINA -SILAE 2017 and IX CONGRESO COLOMBIANO DE CROMATOGRAFÍA - IX COCOCRO, 2017, Cartagena das índias. XXVI SILAE, 2017.

  • BOSCOLO, O. H. ; RIBEIRO, R. S. S. ; ANDRADE, L. C. O. ; SOUZA, R. C. A. . Conhecendo Outras Plantas Alimentícias (Panc). In: XI Simpósio Brasileiro De Etnobiologia E Etnoecologia, 2016, Feira de Santana. Conhecendo Outras Plantas Alimentícias (Panc), 2016.

  • SOUZA, R. C. A. ; BOSCOLO, O. H. ; BELMIRO, C. . Entre o mar e a mata. Estudo Etnobotânico Em Duna Grande Niterói/RJ. In: XI Simpósio Brasileiro De Etnobiologia E Etnoecologia, 2016, Feira de Santana. Entre O Mar E A Mata. Estudo Etnobotânico Em Duna Grande Niterói/RJ, 2016.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

BOSCOLO, O. H. ; RIBEIRO, R. S. S. ; SOUZA, R. C. A. ; ANDRADE, L. . PANC - Conhecendo outras Plantas Alimenticias. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

BOSCOLO, O. H. ; SOUZA, R. C. A. . Cartilhas PANC's UFF - Volume 2. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    ESTUDOS ETNOBOTÂNICOS NAS COMUNIDADES TRADICIONAIS DE NITERÓI, Descrição: Esta pesquisa procurará analisar o conhecimento tradicional que essas comunidades possuem, sua percepção do ambiente circundante, os usos das espécies vegetais e seus produtos a partir dos saberes locais, face às mudanças que estas populações têm sofrido no seu modo de vida.Pouco se sabe sobre as comunidades tradicionais de Niterói. E é escasso o conhecimento que estas detêm do meio ambiente que as cerca. Sendo fundamental que o Brasil intensifique as pesquisas em busca de um melhor aproveitamento da biodiversidade brasileira, a etnobotânica auxilia na investigação de possibilidades de aproveitamento da biodiversidade e estimula a conservação dos seus componentes e dos conhecimentos gerados pelas comunidades locais... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Roberta Cunha Azevedo de Souza - Integrante / Odara Horta Boscolo - Coordenador / Renata Sirimarco da Silva Ribeiro - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Avaliação da chuva de sementes, banco de sementes do solo e estrato de regeneração como indicadores de sucesso em plantios de restauração de restingas degradadas no Município do Rio de Janeiro, RJ, Descrição: O plantio de mudas de espécies nativas dentro de uma perspectiva de restauração ecológica é uma importante ferramenta para a recuperação de ecossistemas degradados que perderam a capacidade de regeneração natural. Entretanto, as inúmeras lacunas existentes sobre composição, estrutura e dinâmica destes ecossistemas, e sobre o desempenho das espécies nativas utilizadas em plantios de restauração dificultam a implantação destas ações. O monitoramento e a avaliação da trajetória sucessional nestes plantios é fundamental para indicar se o objetivo de restauração destes ecossistemas está sendo alcançado, sendo importantes indicadores da ocorrência da sucessão ecológica, a chuva de sementes e a dinâmica de regeneração natural. Plantios de restauração em florestas inundáveis de restinga e em restinga arbustiva fechada de cordão arenoso degradadas, colonizadas por várias espécies exóticas, foram realizados pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro entre os anos de 1995 e 2004, utilizando diferentes espécies, densidades de plantio e procedimentos metodológicos. Este projeto pretende investigar a chuva de sementes e a dinâmica do estrato de regeneração nestes plantios, e após análise comparativa com sistemas de referencia, avaliar de que forma estes atributos podem ser utilizados como indicadores de sucesso nestas ações de restauração.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Roberta Cunha Azevedo de Souza - Integrante / Leandro Américo Ferreira - Integrante / Luiz Roberto Zamith - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2017 - 2018

    Da terra a tela: ferramenta tecnológica para a identificação segura de plantas alimentícias, Descrição: Projeto para desenvolvimento e elaboração de um aplicativo para identificação das Plantas Alimentícias Não convencionais (PANC's) da Universidade Federal Fluminense.. , Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Roberta Cunha Azevedo de Souza - Integrante / Odara Horta Boscolo - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - 2017

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBITI CNPq, Carga horária: 20

  • 2014 - 2016

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBID CNPq, Carga horária: 20

  • 2017 - 2017

    Instituto Moleque Mateiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Educadora Ambiental

  • 2016 - 2017

    Instituto Moleque Mateiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

  • 2018 - 2018

    Universidade Nova de Lisboa

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsa de investigação - FCT Portugal, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsa Investigação (BI), nível superior, financiado pela FCT através do UID/ANT/04038/2013. As funções realizadas em sua totalidade no Laboratório de Antropologia Ambiental e Ecologia Comportamental (LAE), sendo coordenados pela Professora Doutora Amélia Frazão Moreira, todas na Universidade Nova de Lisboa, em Portugal