Elder Alpes de Vasconcelos

Possui graduação em Física pela Universidade Federal de Pernambuco (1993), mestrado em Física pela Universidade Federal de Pernambuco (1996), PhD em Information and Mathematical Sciences pela Saitama University, Japão (2000). Atualmente é Professor Associado 3 da Universidade Federal de Pernambuco. Atua principalmente nos seguintes temas: (1) propriedades e aplicações de materiais nanoestruturados e novos materiais, (2) física e tecnologia de dispositivos semicondutores.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Information and Mathematical Sciences

1997 - 2000

Saitama University
Título: Physics and Sensor Applications of Si and SiC Devices
Orientador: Teruaki Katsube
Bolsista do(a): Ministry Of Education, MONBUSHO, Japão. Palavras-chave: Gas Sensors; SiC Devices; Catalytic Gate Sensors; Olfactory Images; MOS Devices.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Materiais Elétricos / Especialidade: Materiais e Componentes Semicondutores. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada / Especialidade: Propriedades Térmicas da Matéria Condensada. Setores de atividade: Industria Eletro-Eletrônica; Desenvolvimento de Novos Materiais; Fabricação de Produtos Químicos.

Mestrado em Física

1994 - 1996

Universidade Federal de Pernambuco
Título: Caracterizacao Eletrica de Capacitores MOS Apos Altas Doses de Radiacao Ionizante,Ano de Obtenção: 1996
Orientador: Eronides Felisberto da Silva Junior
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: MOS Devices; Ionizing Radiation; Dopant Hydrogenation; MOS Devices Reliability.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Materiais Elétricos / Especialidade: Materiais e Componentes Semicondutores. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada / Especialidade: Prop. Óticas e Espectrosc. da Mat. Condens; Outras Inter. da Mat. com Rad. e Part.. Setores de atividade: Industria Eletro-Eletrônica; Aeronáutica e Espaço.

Graduação em Bacharelado Em Fisica

1989 - 1993

Universidade Federal de Pernambuco
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Curso técnico/profissionalizante em Tecnico em Telecomunicacoes

1982 - 1985

Escola Técnica Federal de Pernambuco

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2004 - 2006

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra

2000 - 2002

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Oficina:Gamificação e Educação. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2016 - 2016

Semana de Formação e Planejamento Docente. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2016 - 2016

Oficina: Mobile Learning. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2016 - 2016

Oficina: Podcast para sala de aula. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2013 - 2013

Adobe Illustrator. (Carga horária: 30h). , Escola Dom Bosco de Artes e Ofícios - Centro de Treinamento Gráfico, CTG - SALESIANO, Brasil.

2013 - 2013

Auto CAD 3D. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2010 - 2010

Educação à Distância. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2008 - 2008

Curso de Atualização Didático-Pedagógica. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2006 - 2006

Tools and Techniques in Nanoscience. (Carga horária: 80h). , Johns Hopkins University, JHU, Estados Unidos.

1988 - 1988

Hidráulica Industrial. (Carga horária: 27h). , Instituto Federal de Pernambuco, IFPE, Brasil.

1987 - 1987

Curso de Microprocessador I. (Carga horária: 88h). , Instituto Federal de Pernambuco, IFPE, Brasil.

1986 - 1986

Rádio e Televisão. (Carga horária: 90h). , Instituto Federal de Pernambuco, IFPE, Brasil.

1983 - 1983

Astronomia. (Carga horária: 144h). , Centro de Estudos Astronômicos de Pernambuco, CEA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Japonês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada/Especialidade: Física de Semicondutores.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada/Especialidade: Materiais Dielétricos e Propriedades Dielétricas.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física da Matéria Condensada/Especialidade: Estados Eletrônicos.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física Geral/Especialidade: Metrologia, Técnicas Gerais de Laboratório, Sistema de Instrumentação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

de Vasconcelos, E A . Aplicação Provas 2a fase Olimpíada Brasileira de Física - Pólo Caruaru. 2009. (Concurso).

de Vasconcelos, E.A. . Aplicação Provas 2a fase Olimpíada Brasileira de Física - Pólo Caruaru. 2008. (Concurso).

E. A. de Vasconcelos ; E. C. de Souza Coelho . Físicomania 2007. 2007. (Exposição).

de Vasconcelos, E A . Aplicação Provas 2ª fase Olimpíada Brasileira de Física - Pólo Caruaru. 2007. (Concurso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VI Integra CAA.Serei um bom estudante de Engenharia? Algumas reflexões sobre hábitos e técnicas de estudo.. 2016. (Oficina).

I Semana da Licenciatura em Química (I SELIQUI).Formação Docente e Novas Tecnologias: Uma Renovação na Abordagem Metodológica do Ensino das Ciências. 2015. (Seminário).

Oficina de Trabalho: Uso de Tecnologias Educacionais na Aprendizagem de Ciências. 2015. (Oficina).

III Seminário de Ciência e Tecnologia da ETEMAC.Mudanças Climáticas: Mitos e Fatos. 2012. (Seminário).

II Seminário de Ciência e Tecnologia da ETEMAC.Tsunamis, terremotos e o desastre de Chernobyl: conceitos de física essencias para sua cfompreensão. 2011. (Seminário).

I Semana Cultura de Paz.Ciência e Espiritualidade: Evidências da Imortalidade do Ser. 2006. (Simpósio).

Tools and Techniques in Nanoscience.From Biosensors to Ball Lightning: Novel Approaches to Si Nanostructures. 2006. (Oficina).

V Semana de Biologia.O que é nanotecnologia? atualidades e perspectivas. 2005. (Seminário).

Onda Elétrica - I Jornada Interativa de Engenharia Elétrica.A revolução eletro-eletrônica: passado, presente e prespectivas da engenharia elétrica. 2004. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Renata Flavia Ferraz do Nascimento

W. M. de Azevedo; W. D. Fragoso;Elder A. de Vasconcelos. Síntese e Caracterização de Redes Metalorgânicas (MOF) e do Compósito MOF-óxido de Ferro Utilizando a Técnica do Ultrassom. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Carlos José Gonçalves Vidal

FIGUEIREDO, J. F. D.; NOBREGA, A. C. V.;MARINHO, E. P.de Vasconcelos, Elder A.. Análise da Influência de Nanotubos de Carbono no Desempenho de Baterias Chumbo Àcido e na Microestrutura da Massa da Placa Negativa. 2015. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Márcio Henrique de Oliveira Dantas

NOBREGA, A. C. V.; LIMA JUNIOR, H. C.;VASCONCELOS, E. A. Avaliação do SiO2 na Forma de Nanopartículas e Nanotubos nas Propriedades Reológicas, Químicas e Mecânicas de Pastas de Cimento Portland. 2013. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: YESMIN PANECATL BERNAL

Eronides F. da Silva, Jr; FALCAO, E. H. L.; HERNANDEZ, E. P.;de Vasconcelos, Elder A.; ALVES, H. W. L.. Síntese e Caracterização de Material Mesoporoso MCM-41 para o Desenvolvimento de Dispositivos Tipos Capacitor MOS. 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Rodolfo Lima Juárez

W. M. de Azevedo; ARAUJO, E. S.; HERNANDEZ, E. P.; SOUZA FILHO, A. G.;de Vasconcelos, Elder A.. Obtenção e Caracterização de Membranas de Nanotobos de Carbono Transferíveis em Diferentes Substratos pelo Método de Spin-Coating baseadas sobre MCM-41. 2015. Tese (Doutorado em Pós Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Gerson Silva Paiva

A. C. Pavão; DINIZ, F.; FERREIRA, R.; MENDES JR, O.;E. A. de Vasconcelos. Geração e mecanismo de formação de relâmpagos globulares. 2009. Tese (Doutorado em POS-GRADUAÇÃO EM QUIMICA -DOUTORADO) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Rodolfo Lima Juárez

de Vasconcelos, Elder A.; COSTA, A. A.; FALCAO, E. H. L.. Síntese e Caracterização de Materiais Nanoestruturados para Aplicações em Heteroestruturas Híbridas. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Rodolfo Lima Juárez

E. A. de Vasconcelos; COSTA, A. A.; FALCAO, E. H. L.. Propriedades Físicas de Junções PN e supercapacitores. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: YESMIN PANECATL BERNAL

de Vasconcelos, Elder A.; ALVES JUNIOR, S.; HERNANDEZ, E. P.. Síntese de Materiais e Nanoestruturas Híbridas Baseadas em MCM41, SiO2, ZnO, MnO2, PANI e CNTs. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: YESMIN PANECATL BERNAL

de Vasconcelos, Elder A.; ALVES JUNIOR, S.; HERNANDEZ, E. P.. Capacitores MOS: Fundamentos, Fabricação e Caracterização. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Jorlandio Francisco Felix

de Vasconcelos, Elder A.; SILVA, C. C. S.; FALCAO, E. H. L.. Desenvolvimento de Novos Materiais Nanoestruturados e Nanoestruturas Híbridas par a Produção de Dispositivos. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Jorlandio Francisco Felix

de Vasconcelos, Elder A.; SILVA, C. C. S.; FALCAO, E. H. L.. Polímeros Condutores e Teoria de Varistores. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Maria Natali Gomes dos Santos

Elder Alpes de VasconcelosMARINHO, E. P.; NOBREGA, A. C. V.. Produção de geopolímeros para isolamento térmico. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: CASSIANA MENDONÇA DOS SANTOS

VASCONCELOS, E. A. de; NOBREGA, A. C. V.;MARINHO, E. P.. Estudo de Geopolímeros coloridos com Ni, Cu e Co pelas técnicas de imersão e reação. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Jofre Silva Lima

Elder A. de Vasconcelos; NOBREGA, A. C. V.;MARINHO, E. P.. Efeito do álcali e da relação SiO2/Al2O3 nas propriedades de geopolímeros obtidos com cinza de casca de arroz. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Guilherme Viana Wanderley

Elder A. de Vasconcelos; NOBREGA, A. C. V.;MARINHO, E. P.. Produção de material para enchimento leve de elementos das edificações a partir da mistura de geopolímero com argila expandida. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Priscila Honorio Apolonio

MARINHO, E. P.; MARIANO, M. O. H.;Elder A. de Vasconcelos. Uso do Pó de vidro de Lâmpadas Fluorescentes na Produção de Geopolímeros. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL) - Universidade Federal de Pernambuco.

E. A. de Vasconcelos; ARAUJO, A. E. P.; BIBIANO, M. F. A.. Participação na banca de concurso público para Prof. Adjunto - Física - UFPE. 2009. Universidade Federal de Pernambuco.

E. A. de Vasconcelos; LIMA, I. M. S.; BRASIL, H. F.. Participação na banca de concurso público Prof. Adjunto - Ensino de Física - UFPE. 2009.

E. A. de Vasconcelos; VITORIANO, C.; LEITE, M. M.. Participação na banca de concurso público para Prof. Adjunto - Física - UFPE. 2009.

E. A. de VasconcelosI. M. Pepe; VEISSID, Nelson. Participação na banca de concurso público para Professor Adjunto - Física Experimental em Semicondutores - UFBA. 2004. Universidade Federal da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Eronides Felisberto da Silva Júnior

DA SILVA, E. F.; VASCONCELOS, E. A.; COSTA, J. C.; MARTINS FILHO, J. F.. Membro da banca examinadora de Tese de Mestrado de: Elder Alpes de Vasconcelos, DF/UFPE, em 28 de março de 1996, e aprovada sob o título ``Caracterização Elétrica de Capacitores MOS Após Altas Doses de Radiação Ionizante'. Orientador: Eronides F. da Silva Jr.. 1996. Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Federal de Pernambuco.

Joaquim Ferreira Martins Filho

Martins Filho, Joaquim FSILVA JR, Eronides F.. Caracterização elétrica de capacitores MOS após altas doses de radiação ionizante. 1996. Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Federal de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Emillio Miguel Santos

Desenvolvimento de Automação industrial de baixo custo; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Pernambuco; (Orientador);

Newton Gil Peres

Desenvolvimento de um imunosensor capacitivo para a quantificação de troponina T cardíaca em amostras sanguíneas; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciencias da Saude) - Universidade de Pernambuco,; Coorientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Gustavo Belo

Propriedades e aplicações de Si e SiC poroso; 2008; 0 f; Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Cintya Oliveira Pereira

Biosensor para troponina; 2008; Dissertação (Mestrado em Ciencias da Saude) - Universidade de Pernambuco,; Coorientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Renata Fabiana Rodrigues Santos

Orientação de anticorpos em alumínio empregando monocamadas auto-organizadas para a produção de microsensores capacitivos; 2007; Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Fisiologia) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Coorientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Jairo Ricardo Cardenas Nieto

Produção de Heterojunções de Polianilina/Silício e Nanofibras de Polianilina para Aplicações em Dispositivos Híbridos; 2006; 280 f; Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Saulo França Oliveira

Perfil dos vídeos disponíveis no YouTube e Desenvolvimento de uma plataforma de vídeos de acesso off-line para o ensino-aprendizado de química; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química) - Universidade Federal de Pernambuco; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Carlos Heitor de Oliveira Barros

Desenvolvimento de Sistema de Caracterização por Espectroscopia de Impedância para Ensino e Pesquisa; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Pernambuco; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Vitor Henrique Ferreira do Couto Vieira

Avaliação do SiO2 na Forma de Nanopartículas e Nanotubos nas Propriedades Reológicas, Químicas e Mecânicas de Pastas de Cimento Portland; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Saulo França Oliveira

Síntese e Caracterização de Compósitos Poliméricos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

André Felipe de Oliveira Lopes

Desenvolvimento de Instrumentação Eletrônica para Pesquisa em Dispositivos Semicondutores e Demonstrações em Física Clássica e Moderna; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Paulo Roberto Lima Martins

Propriedades e Aplicações de Filmes e Membranas de Si poroso; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Fábio Rodrigo Pereira dos Santos

Fabricação, caracterização e modelamento de nanofios, pontos quânticos e dispositivos semicondutores em novos materiais; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Em Fisica) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

João Batista Oliveira Jr

Fabricação e Caracterização Elétrica de Dispositivos MOS baseados em Òxidos de Alta Constante Dielétrica; 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Jorge Alexandre Alencar Fotius

Fabricação e Caracterização Elétrica de Dispositivos MOS Baseados em SiC; 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Eletrônica) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elder Alpes de Vasconcelos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Eronides Felisberto da Silva Júnior

2002; Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Eronides Felisberto da Silva Junior;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BERNAL, YESMIN PANECATL ; ALVARADO, JOAQUÍN ; JUÁREZ, RODOLFO LIMA ; MÉNDEZ ROJAS, MIGUEL ÁNGEL ; DE VASCONCELOS, ELDER ALPES ; DE AZEVEDO, WALTER MENDES ; INIESTA, SALVADOR ALCÁNTARA ; CAB, JULIO VILLANUEVA . Synthesis and characterization of MCM-41 powder and its deposition by spin-coating. OPTIK , v. 185, p. 429-440, 2019.

  • BERNAL, Y P ; ALVARADO, JOAQUÍN ; JUÁREZ, R L ; de Vasconcelos, E A ; de Azevedo, W M ; SOTO-CRUZ, BLANCA-SUSANA . Synthesis and characterization of carbon nanotubes/silica composites using gum arabic. Materials Research Express , v. 5, p. 075028, 2018.

  • JUÁREZ, RODOLFO LIMA ; BERNAL, YESMIN PANECATL ; DE VASCONCELOS, ELDER ALPES ; DE AZEVEDO, WALTER MENDES . A versatile technique to transfer multi-walled carbon nanotubes membranes to surfaces. Translational Materials Research , v. 3, p. 035001, 2016.

  • BERNAL, Y P ; JUÁREZ, R L ; de Vasconcelos, E A ; da Silva, E F ; de Azevedo, W M . Metal-insulator-semiconductor capacitors with water-containing hexagonal mesoporous silica (MCM-41) dielectric and high values of capacitance per unit area. Semiconductor Science and Technology (Print) , v. 30, p. 045003, 2015.

  • OLIVEIRA, S. F. ; MELO, N. F. ; SILVA, J. T. ; VASCONCELOS, E. A . Softwares de Simulação no Ensino de Atomística: Experiências Computacionais para Evidenciar Micromundos. Química Nova na Escola (Impresso) , v. 35, p. 147-151, 2013.

  • Felix, J.F. ; da Silva, E.F. ; de Vasconcelos, E.A. ; de Azevedo, W.M. . Electrical and microscopic characterization of ZnO films on p-SiC substrates. Solid State Communications , v. 151, p. 1252-1255, 2011.

  • Felix, J F ; de Vasconcelos, E A ; da Silva, E F ; de Azevedo, W M . Fabrication and electrical characterization of polyaniline/silicon carbide heterojunctions. Journal of Physics. D, Applied Physics (Print) , v. 44, p. 205101, 2011.

  • de Vasconcelos, Elder A. ; Peres, Newton G. ; Pereira, Cintya O. ; da Silva, Valdinete L. ; da Silva Jr., Eronides F. ; Dutra, Rosa F. . Potential of a simplified measurement scheme and device structure for a low cost label-free point-of-care capacitive biosensor. Biosensors & Bioelectronics , v. 25, p. 870-876, 2009.

  • CARDENAS, J ; DEVASCONCELOS, E ; DEAZEVEDO, W ; DASILVA, E ; PEPE, I ; DASILVA, A ; RIBEIRO, S ; SILVA, K . A conducting polymer silicon heterojunction as a new ultraviolet photodetector. Applied Surface Science , v. 255, p. 688-690, 2008.

  • BELO, G ; DASILVA, B ; DEVASCONCELOS, E ; DEAZEVEDO, W ; DASILVAJR, E . A simplified reactive thermal evaporation method for indium tin oxide electrodes. Applied Surface Science , v. 255, p. 755-757, 2008.

  • MACEDO, A ; DEVASCONCELOS, E ; VALASKI, R ; MUCHENSKI, F ; DASILVAJR, E ; DASILVA, A ; ROMAN, L . Enhanced lifetime in porous silicon light-emitting diodes with fluorine doped tin oxide electrodes. Thin Solid Films , v. 517, p. 870-873, 2008.

  • G. S. Paiva ; A. C. Pavão ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. ; MENDES JR, O. . Production of ball lightning-like luminous balls by electrical discharges in silicon. Physical Review Letters (Print) , v. 98, p. 048501-1-048501-4, 2007.

  • J. R. C. Nieto ; M. G. de França ; E. A. de Vasconcelos ; W. M. de Azevedo ; E. F. da Silva Jr. . Growth of pure polyaniline nano and micro fibers using the electrospinning technique. Journal of Physics. D, Applied Physics , v. 40, p. 1068-1071, 2007.

  • M. M. D. Maia ; E. A. de Vasconcelos ; P. F. C. M. D. Maia ; J. C. Maciel ; K. R. R. Cajueiro ; M. P. C. da Silva ; E. F. da Silva Jr. ; A. F. Dutra ; V. N. Freire ; J. L. L. Filho . Immobilization of urease on vapor phase stain etched porous silicon. Process Biochemistry (Cessou em 1990. Cont. c/ outro título e ISSN. Cessou novamente e voltou a ter o título anterior [Process Biochemistry]) , v. 42, p. 429-433, 2007.

  • U M S Costa ; V. N. Freire ; L C Malacarne ; R S Mendes ; S Picoli Jr ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . An improved description of the dielectric breakdown in oxides based on a generalized Weibull distribution. Physica. A , v. 361, p. 209-215, 2006.

  • E. A. de Vasconcelos ; F. R. P. dos Santos ; E. F. da Silva Jr. ; H. Boudinov . Nanowire growth on Si wafers by oxygen implantation and annealing. Applied Surface Science , v. 252, p. 5572-5574, 2006.

  • E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. ; B. E. C. A. dos Santos ; W. M. de Azevedo ; J. A. K. Freire . A New Method for Luminescent Porous Silicon Formation: Reaction-induced Vapor Phase Stain Etch. Physica Status Solidi. A, Applied Research , Alemanha, v. 202, n.8, p. 1539-1542, 2005.

  • AZEVEDO, W. M. ; de Azevedo, W.M. ; DE AZEVEDO, W. M. ; DECARVALHO, D ; KHOURY, H ; DE VASCONCELOS, E. A. ; DA SILVA, E. F. ; Khoury, H.J. ; E. A. de Vasconcelos ; DE CARVALHO, D.D. ; da Silva Jr., E.F. . Spectroscopic characteristics of doped nanoporous aluminum oxide. Materials Science & Engineering. B, Solid-State Materials for Advanced Technology , v. 112, p. 171-174, 2004.

  • Shabbir A. Khan ; E. A. de Vasconcelos ; H. Uchida ; T. Katsube . Gas Response and modelling of NO-sensitive thin-Pt SiC Schottky Diodes. Sensors and Actuators. B, Chemical , v. 92, p. 181-185, 2003.

  • LARANJEIRA, J.M.G. ; Khoury, H.J. ; de Azevedo, W.M. ; de Vasconcelos, E.A. ; da Silva, E.F. . Polyaniline nanofilms as a monitoring label and dosimetric device for gamma radiation. Materials Characterization , v. 50, p. 127-130, 2003.

  • J. M. G. Laranjeira ; Dyanna G. D. Teixeira ; H. J. Khoury ; W. M. de Azevedo ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . Polyaniline nanofilms as a sensing device for ionizing radiation. Physica E. Low-Dimensional Systems and Nanostructures , v. 17, p. 666-667, 2003.

  • S. S. Sombra ; U M S Costa ; V. N. Freire ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . The role of multiple damaged layers at the Si/SiO2 interface on the dielectric breakdown of MOS capacitors. Applied Surface Science , v. 190, p. 35-38, 2002.

  • J. M. G. Laranjeira ; H. J. Khoury ; W. M. de Azevedo ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . Fabrication of High Quality Silicon-polyaniline Heterojunctions. Applied Surface Science , v. 190, p. 390-394, 2002.

  • E. F. da Silva Jr. ; E. A. de Vasconcelos ; B. D. Stosic . Monte Carlo Study of Interfacial Silicon Suboxide Layers and Oxidation Kinetics. Applied Surface Science , v. 190, p. 30-34, 2002.

  • S. S. Sombra ; U M S Costa ; V. N. Freire ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . A percolation based dielectric breakdown model with randomic changes in the dielectric constant. Physica. A , v. 305, p. 351-359, 2002.

  • E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. ; T. Katsube ; S. Yoshida ; Y. Nishioka . X-Ray Radiation Response of Epitaxial and Non-epitaxial n-6H-SiC Metal-Oxide-Semiconductor Capacitors. Japanese Journal of Applied Physics , v. 40, p. 2987-2990, 2001.

  • T. Sakurai ; E. A. de Vasconcelos ; T. Katsube ; Y. Nishioka ; H. Kobayashi . SiC/SiO2 interface states observed by x-ray photoelectron spectroscopy measurements under bias. Applied Physics Letters , v. 86, n.1, p. 96-98, 2001.

  • W. Y. Zhang ; E. A. de Vasconcelos ; H. Uchida ; T. Katsube ; T. Nakatsubo ; Y. Nishioka . A Study of Si Schottky Diode Structure for NOx Gas Detection. Sensors and Actuators. B, Chemical , v. 65, p. 154-156, 2000.

  • E. F. da Silva Jr. ; E. A. de Vasconcelos ; V. N. Freire . Time Evolution of SiO2/Si Interface Defects and Dopant Passivation in MOS Capacitors. Microelectronic Engineering , v. 51-52, p. 567-574, 2000.

  • E. F. da Silva Jr. ; E. A. de Vasconcelos ; B. D. Stosic ; J. S. Souza ; G. A. Farias ; V. N. Freire . Dynamics of SiO2/SiOx/Si Multilayer Growth and Interfacial Effects on Silicon Quantum Well Confinement Properties. Materials Science and Engineering. B, Solid State Materials for Advanced Technology , v. 74, p. 188-192, 2000.

  • E. A. de Vasconcelos ; Shabbir A. Khan ; W. Y. Zhang ; H. Uchida ; T. Katsube . Highly Sensitive Thermistors Based on High-Purity Polycrystalline Cubic Silicon Carbide. Sensors and Actuators. A, Physical , v. 83, p. 167-171, 2000.

  • E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. ; H. J. Khoury ; V. N. Freire . Effect of Ageing on X-ray Induced Dopant Passivation in MOS capacitors. Semiconductor Science and Technology , v. 15, n.8, p. 794-798, 2000.

  • E. A. de Vasconcelos ; H. Uchida ; W. Y. Zhang ; T. Katsube . Dynamic Photocurrent Images of a Gas Sensing Surface. Japanese Journal of Applied Physics , v. 38, n.5A, p. 2893-2898, 1999.

  • E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . Post Irradiation Dopant Passivation in MOS Capacitors Exposed to High Doses of Ionizing Radiation. Semiconductor Science and Technology (Print) , v. 13, n.11, p. 1313-1316, 1998.

  • E. A. de Vasconcelos ; W. Y. Zhang ; T. Abiko ; S. Watanabe ; H. Uchida ; T. Katsube . Highly Stable Tea Taste Detection Using SPV Method and Ion Electrodes. IEEJ Transactions on Sensors and Micromachines , v. 118, n.12, p. 608-613, 1998.

  • ZHANG, WENYI ; VASCONCELOS, ELDER ALPES DE ; UCHIDA, HIDEKAZU ; KATSUBE, TERUAKI ; NAKATSUBO, TOSHIYA ; NISHIOKA, YASUSHIRO . NOx Detection with Schottky Diodes and Heterojunction Structures. IEEJ Transactions on Sensors and Micromachines , v. 118, p. 614-620, 1998.

  • E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . Correlation Between Dopant Reduction and Interfacial Defects in MOS Capacitors Exposed to Ionizing Radiation. Semiconductor Science and Technology , v. 12, n.8, p. 1032-1037, 1997.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

E. A. de Vasconcelos ; AZEVEDO, E. N. . Auxílio Técnico ao CETENE em Testes de Fusíveis de Alta Corrente. 2011.

E. A. de Vasconcelos . program HPBASIC para controle de instrumentos. 2001.

E. A. de Vasconcelos . Script LABTALK Origin para controle de instrumentos e automação de análises. 2001.

de Vasconcelos, Elder A. ; MARINHO, E. P. . Detector de Adulteração de Combustível e Aguardente por Metanol. 2013.

E. A. de Vasconcelos ; Peres, Newton G. ; Pereira, Cintya O. ; V. L. da Silva ; E. F. da Silva Jr. ; R. A. F. Dutra . Biosensor capacitivo. 2009.

E. A. de Vasconcelos ; Afonso H. C. Silva ; E. F. da Silva Jr. . Spinner de Baixo Custo para o Processamento de Filmes Finos e Dispositivos Semicondutores. 1992.

de Azevedo, W M ; da Silva Jr., Eronides F. ; Felix, J F ; de Vasconcelos, E A . Dispositivo Semicondutor Nanoestruturado do Tipo Varistor constituído de Polímero Condutor e Óxido de Zinco e Metais. 2010.

de Azevedo, W M ; da Silva Jr., Eronides F. ; Felix, J F ; de Vasconcelos, E A . Nanostructured Semiconductor Device Made of Conducting Polymer, Zinc Oxide And Metals. 2010.

E. A. de Vasconcelos . Processo de fotolitografia óptica em filmes de polianilina. 2006.

E. A. de Vasconcelos ; B. E. C. A. dos Santos ; W. M. de Azevedo ; E. F. da Silva Jr. . Processo de fabricação de camadas de silício poroso por exposição a vapores corrosivos do slício. 2004.

E. A. de Vasconcelos ; H. Boudinov ; E. F. da Silva Jr. . Fabricação de nanofios de SiOx por implantação iônica e recozimento. 2003.

J. M. G. Laranjeira ; W. M. de Azevedo ; H. J. Khoury ; E. A. de Vasconcelos ; E. F. da Silva Jr. . Dispositivo de medida e monitoramento de radiações ionizantes para altas e médias energias, constituído de um filme micrométrico ou nanométrico do polímero condutor polianilina. 2003.

W. M. de Azevedo ; E. F. da Silva Jr. ; J. M. G. Laranjeira ; E. A. de Vasconcelos ; H. J. Khoury . Nano Heterojunção Polianilina/Silicio para Medida e Monitoramento de Gases e Radiações Ionizantes de Altas e Médias Energias. 2003.

E. A. de Vasconcelos ; T. Katsube . Método de fabricação de termistores de alta sensibilidade. 1999.

E. A. de Vasconcelos ; LIMA, I. ; MARINHO, E. ; FELIPE, J. ; BRASILEIRO, C. . Projeto Político Pedagógico Para a Licenciatura em Física Campus do Agreste UFPE. 2008.

de Vasconcelos, Elder A. . Seminários Comemorativos do Ano Internacional da Astronomia. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, Elder A. . Tópicos de História da Mtemática. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, Elder A. . Energia Nuclear:Promessas e Perigos. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, Elder A. . Fenômenos Paranormais e Fronteiras da Física. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, E A . Fronteiras da Física. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, E A . Episódios da História da Matemática. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, E A . Episódios da História da Física. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Vasconcelos, E.A. . História da Física. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

E. A. de Vasconcelos . História da Astronáutica. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - 2018

    Materiais cerâmicos e poliméricos nanoestruturados para desenvolvimento de dispositivos híbridos, Descrição: Neste projeto estamos propondo: 1-Desenvolver técnicas experimentais para preparação de materiais nanoestruturado. 2-Aperfeiçoar equipamento para produção de nano fibras 3-Desenvolver hetero junções hibridas de alto desempenho. 4- Obter super capacitores através de tecnologia de baixo custo. Dentre estas técnicas destacamos: (a) Preparação de materiais nano estruturados e filmes finos usando a técnica de ablação a LASER, que consiste em focalizar um pulso de LASER em uma superfície formada pelo material a ser estudado e conseqüentemente remoção do material para a formação do filme sobre uma segunda superfície próxima, esta técnica é mais conhecida pela sigla (PLD) Pulsed laser deposition. Alem da técnica convencional de PLD estamos propondo desenvolver a técnica de ablação em meio liquido para induzir a formação de reações químicas e dessa forma preparar materiais nano estruturados mais complexos. (b) Utilização de radiação de micro ondas em vaso de reação pressurizado para a preparação de materiais poliméricos condutores e cerâmicos de alto desempenho, esta proposta é uma pequena modificação da rota hidrotérmica, que consiste na preparação de materiais fora das condições normais de pressão e temperatura em um vaso reacional pressurizado induzida por microondas, hoje em dia vários materiais estão sendo preparados, com a vantagem de se obter novas e interessantes estruturas que outrora seria impossível de se obter com os métodos convencionais. Como podemos observar estas técnicas podem ser consideradas técnicas não convencionais para preparação de materiais, pois as reações ocorrem fora das condições normais de pressão e temperatura que usualmente são utilizados em uma reação química convencional. Com relação a desenvolvimento tecnológico (a) Aperfeiçoamento e Construção do equipamento Eletrospining para preparação de nano fibras de materiais poliméricos e cerâmicos (b) Desenvolvimento de novas metodologias para preparação de heterojunções hibrida. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Walter Mendes de Azevedo - Coordenador.

  • 2010 - 2016

    Rede Cooperativa para Pesquisa em Nanoestruturas, Nanodispositivos e Aplicações de Semicondutores, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eronides Felisberto da Silva Junior em 03/08/2013., Descrição: A Rede Cooperativa para Pesquisas em Nanoestruturas, Nanodispositivos e Aplicações de Semicondutores (NanoSemiCon) é um esforço de instituições brasileiras visando conhecer, descobrir potencialidades e desenvolver aplicações em nanociência e nanotecnologia com interface com a indústria. Ela abrange pesquisadores dos Estados do Nordeste e Centro-Oeste (BA, PE, e DF), da região Sul (RS), e da região Sudeste (SP e MG), que atuam em nanociência e nanotecnologia, nas áreas de Engenharia de Materiais, Física e Química, e na formação de recursos humanos em nanotecnologia. Além da participação de grupos consolidados no RS, SP e PE, a rede NanoSemiCon se propõe a apoiar grupos emergentes de PE, BA, DF, MG e SP. A ação a ser desenvolvida através desta proposta da rede NanoSemiCon possui abrangência nacional e incorpora as competências atualmente consolidadas ou em fase de consolidação em temas de pesquisa e desenvolvimento em nanociência e nanotecnologia de maneira interdisciplinar.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (10) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (15) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Junior - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2013

    Propriedades e Aplicações de Dispositivos e Materiais Nanoestruturados em Biosensores e Sensores Físico-Químicos, Descrição: Propomos a continuidade de nossas pesquisas com biosensores, sensores físico-químicos e materiais nanoestruturados, enfatizando: (a) o desenvolvimento e aplicação de sensores capacitivos e resistivos em sistemas multisensor, (b) a caracterização de propriedades estruturais e obtenção propriedades eletrônicas de interfaces com Si poroso e heterojunções polímero orgânico/semicondutor por espectroscopia de impedância e microscopia de força atômica condutiva. Realizaremos um mapeamento em escala nanométrica da dopagem da polianilina e da condutividade do Si poroso luminescente. Investigaremos propriedades de estruturas de supercapacitores, envolvendo eletrólitos, filmes finos de polianilina ou óxido semicondutor (ZnO) depositados sobre Si poroso, formando um capacitor com elevada área superficial. O sistema multisensor a ser implementado será aplicado em primeiro lugar na detecção de adulteração de álcool combustível em face das recentes ocorrências de fraudes registradas em nosso país. Será utilizado também na adaptação de biosensores capacitivos para o desenvolvimento de novos sensores físico-químicos com princípio de detecção capacitivo, visando melhor seletividade e estabilidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Coordenador / Eronides Felisberto da Silva Junior - Integrante / Walter Mendes de Azevedo - Integrante / Saulo França Oliveira - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Estudo de Imobilização de lodo-físico de lavanderia em compósitos de cimento Portland e geopolímeros, Descrição: A produção de materiais compósitos é uma forma de melhorar as propriedades de um material, mas também pode ser utilizado para imobilizar materiais tóxicos em estruturas de desempenho satisfatório. Materiais cerâmicos e materiais cimentícios são comumente utilizados para aprisionar materiais residuais, uma vez que durante o seu processamento é possível incorporar quimicamente espécies contaminantes durante a formação de sua microestrutura. O cimento Portland e outros tipos de cimento, por exemplo, cimento aluminato e cimento pozolânico, são frequentemente usados como aglomerantes na solidificação e estabilização de resíduos. Em muitos casos de sistemas de estabilização/solidificação baseados em matriz cimentícea, o mecanismo de fixação dominante para metais pesados ocorre através da precipitação química de espécies de baixa solubilidade. Resíduos solidificados e estabilizados em matrizes cimentíceas são vulneráveis a processos de degradação física e química. A vulnerabilidade depende de uma extensão de fatores tais como permeabilidade, composição química e mineralógica e microestrutura. Geopolímeros resultam da condensação polimérica de aluminossilicatos e silicatos alcalinos originando estruturas poliméricas tridimensionais. Tais materiais também podem ser uma alternativa para estabilizar materiais residuais. As pesquisas têm mostrado que é possível sintetizar polímeros baseados em silicatos e com características não apenas de resina, mas também de material agregante e um cimento, assim as pesquisas tem evoluído no sentido de desenvolver cimentos e materiais para imobilizar resíduos tóxicos. Este projeto pretende avaliar os efeitos da adição de lodo têxtil tanto em cimento Portland como em cimento geopolimérico nas propriedades mecânicas, reológicas e microestruturais dos compósitos formados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Sávia Gavazza - Integrante / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Pesquisa Básica e Aplicada na Síntese, Caracterização e Simulação Computacional de Nanoestruturas e Nanodispositivos Semicondutores, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eronides Felisberto da Silva Junior em 03/08/2013., Descrição: Neste projeto é proposto o desenvolvendo de atividades de P&D&I na modelagem, produção, caracterização e prototipagem de componentes semicondutores eletrônicos à base de silício, carbeto de silício e componentes híbridos, semicondutor/polímero para aplicações no âmbito das indústrias de eletro-eletrônica (componentes eletrônicos e sensores) e telecomunicações (componentes ópticos, dispositivos emissores de luz e atuadores). Também desenvolveremos métodos de simulação e estudo sistemático das propriedades eletrônicas, óticas (espectros de absorção e luminescência), de transporte e estruturais, de sistemas semicondutores passíveis de serem utilizados em novos dispositivos eletrônicos e spintrônicos. Os sistemas a serem estudados são: heteroestruturas (super-redes, poços quânticos) baseadas em semicondutores magnéticos diluídos, sistemas de baixa dimensionalidade (pontos e fios quânticos), heteroestruturas (super-redes e poços quânticos) baseadas em semicondutores III-V e II-VI e suas ligas ternárias e quaternárias, bem como semicondutores do grupo IV. O problema abordado refere-se à pesquisa, desenvolvimento e inovação objetivando a capacitação brasileira com laboratórios de ponta produzindo ciência e tecnologia de forma harmônica e natural, numa área potencialmente viável economicamente: dispositivos discretos ou de baixa escala de integração, com enfâse em sensores e/ou atuadores. Estas atividades de pesquisa certamente terão grande importância para o avanço do conhecimento científico e tecnológico pois trará pelo menos dois tipos de impacto no estado da arte na área, a saber: (1) Do ponto de vista da pesquisa básica, levará a elucidação de novos fenômenos em componentes e nanoestruturas semicondutoras, tanto do ponto de vista teórico como experimental; e (2) Do ponto de vista da pesquisa aplicada, levará à produção experimental e optimização teórica de novas estruturas e nanodispositivos preferencialmente baseados em Si e em SiC que poderão ter aplicações importante.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Junior - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    Transmissor de eletricidade sem fio por acoplamento magneticamente ressonante, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eduardo Novais de Azevedo - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Propriedades e Aplicações de Materiais Nanoestruturados e Estruturas Polímero-Semicondutor, Descrição: Nos últimos anos, temos pesquisado diversas propriedades e aplicações do Si poroso e de estruturas polímero-semicondutor envolvendo Si e polianilina, resultando em 5 pedidos de patente e 17 artigos internacionais. Vamos continuar o desenvolvimento do Si poroso como material de uso biológico e como suporte nanoestruturado para deposição de filmes finos. Investigaremos a possibilidade de usar substratos de Si poroso para suporte nanostruturado de filmes finos de polímero (polianilina) e óxidos semicondutores (ZnO) na fabricação de supercapacitores. Pretendemos investigar estruturas de supercapacitor eletroquímico de dupla camada. Os supercapacitores serão formados por um eletrólito em contato com um filme fino de polianilina ou com um filme de óxido semicondutor (ZnO). A polianilina e o ZnO, por sua vez, estarão depositados sobre Si poroso, formando um capacitor com elevada área superficial. Ao final da investigação, pretendemos deter a tecnologia de fabricação de um supercapacitador com eficiente sistema de armazenamento de cargas e desenvolvido com tecnologia nacional. Recentemente, demonstramos que a reação antígeno-anticorpo sobre os eletrodos de um capacitor fabricado num substrato de Si pode ser usada para a fabricação de biosensores. A reação antígeno-anticorpo provoca a variação da capacitância do sistema pelas mudanças na distribuição de cargas, dimensão e forma do complexo antígeno-anticorpo formado na superfície dos eletrodos. Estes dispositivos apresentam como principais vantagens menor custo e maior velocidade. Neste projeto, pretendemos completar a segunda fase do desenvolvimento, a qual consiste em investigar detalhadamente o princípio de medição e calibrar o biosensor, assegurando o seu funcionamento em diversas condições. O princípio de medição será investigado por medidas de voltametria e espectroscopia de impedância para identificar os mecanismos responsáveis pelas alterações de capacitância. No que se refere à calibração do biosensor, verificar. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Coordenador / Walter Mendes de Azevedo - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Jr - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Estudo de nanoconcretos de cimento Portland, Descrição: O entendimento fundamental em nanoescala do desenvolvimento e comportamento da matriz de cimento e sua interação com outros constituintes e o ambiente podem fornecer uma sistemática para desenvolver concretos superiores e melhorar propriedades e processos de degradação. Nesse contexto, pretendemos avaliar o desempenho de uma nova classe de materiais na modificação das propriedades do cimento Portland e também compreender os fenômenos que ocorrem em nanoescala relacionados ao preenchimento dos poros durante a hidratação do cimento. Este aspecto será observado em misturas de cimento, água e materiais aditivos nanométricos. Dentre os aditivos nanométricos a serem investigados, incluem-se: (1) nanotubos de carbono e (2) nanopartículas de sílica. 1) Nanotubos de carbono - Sabe-se que os cimentos reforçados por fibra apresentam grande crescimento de cristais de Ca(OH)2 na interface fibra/cimento, que pode ser responsável pela fratura da fibra. Este tipo de compósito tem sua durabilidade relacionada com a estabilidade da fibra na matriz de cimento. Sabe-se que a estrutura do carbono, quando mudada à forma esférica, se torna mais fluida, e nanotubos de carbono assim desenvolvidos apresentam propriedades extraordinárias (por exemplo, módulo e resistência axial acima de 1 TPa e 60 GPa, respectivamente, e tensão da ordem de 6%, bem como tanto condução e semicondução controláveis. Adicionalmente, ao contrário das fibras de carbono que fraturam facilmente sobre compressão, os nanotubos são mais flexíveis e podem ser submetidos à compressão sem fraturar. Nossa expectativa é que os nanotubos de carbono tanto quanto os materiais poliméricos solúveis em água (por exemplo, hidroximetilcelulose, hidroxietilcelulose, e caboximetilcelose). possuam impacto positivo nas propriedades mecânicas do concreto. 2) Nanopartículas de sílica - As propriedades de argamassas de cimento modificadas com polímero ou fumo de sílica têm seu desempenho melhorado devido ao efeito redutor de água do polí. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Andréa Brasiliano Silva - Integrante / Flávio Eduardo Gomes Diniz - Integrante / Humberto Correia Lima Junior - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2013

    Rede Nordeste para Produção de Biossensores Aplicados à Saúde, Descrição: Desenvolver biossensores para área saúde, tendo como principais alvos a detecção da troponina cardiaca (IInfarto agudo), marcadores de doenças crônico-degenerativas e infecciosas. Além do desenvolvimento dos biossensores que se adequem às tecnologias "point-of-care", a produção de anticorpos monoclonais e proteínas recombinantes por membros das equipes executora são propostos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Rosa Amalia Fireman Dutra - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    CNPQ 475810/2006-6 Fabricação, propriedades e aplicações de semicondutores nanoestruturados e estruturas híbridas orgânico/inorgânico, Descrição: Pretendemos continuar o desenvolvimento do Si poroso como material de uso biológico e fotônico. O Brasil é um dos maiores exportadores mundiais de Si grau metalúrgico. O desenvolvimento de tecnologia de Si poroso baseado em Si grau metalúrgico poderá ser feito a custo reduzido e em colaboração com a indústria nacional. Vamos investigar a utilização do Si grau metalúrgico em paralelo com o desenvolvimento do biosensor baseado em Si poroso fabricado com pastilhas de Si monocristalino. Como material de uso biológico, o Si poroso será usado em estruturas híbrida orgânico/inorgânico constituindo biosensores. Pretendemos ainda continuar o desenvolvimento do Si poroso como material fotônico, investigando métodos de estabilização da fotoluminescência, eletroluminescência e deslocamento do espectro dos LEDs com ITO dopoado com flúor. Por exemplo, pretendemos explorar a possibilidade de incorporar nanopartículas metálicas no Si poroso para alterar de maneira controlada suas propriedades. Existe crescente interesse em desenvolver aplicações nas quais as propriedades do SiC representem vantagem. A fabricação de SiC poroso continua sendo um desafio e exploração de suas propriedades elétricas, ópticas e térmicas é um tópico de interesse atual e ainda pouco explorado, pois o SiC é altamente resistente à corrosão química. É natural e promissor, portanto, buscar combinar minha experiência com SiC cristalino e Si poroso nesse tópico de pesquisa. Espero que seja mais fácil conseguir SiC fotoluminescente através de técnicas de corrosão por plasma (reactive ion etching), implantadas recentemente em nosso laboratório e então estudarei suas propriedades estruturais, eletrônicas e possíveis aplicações.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Coordenador / Maria Mascena Diniz Maia - Integrante / Paulo Roberto Lima Martins - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    Processamento de Novos Materiais Nanoestruturados com Potencial para Aplicações como Sensores de Gases e de Hidrocarbonetos, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eronides Felisberto da Silva Junior em 03/08/2013., Descrição: Entre suas diversas linhas de atividades em pesquisa, desenvolvimento e inovação esta proposta propõe-se a desenvolver: 1. Processos de nanofilmes e nanoestruturas para aplicações em sensores e dosímetros; 2. Protótipos de Sensores, Fotodetetores e Fotoemissores à base de óxidos e materiais porosos: p-Si e p-Al2O3, semicondutores: Si e SiC, e metais diversos; 3. Protótipos de sensores de gases e hidrocarbonetos à base de SiC, Al2O3, Si-poroso e/ou heterojunções Si/Pani, onde o conjunto resultante seja capaz de detectar eficientemente gases e outros composto orgânicos, preferencialmente em regimes de alta temperatura e pressão; 4. Sensores de radiação ionizante (de alta energia) à base de Al-poroso; Fotodetetores à base de polímeros conjugados, e nanofilmes condutores. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Jr - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2008

    Novos Materiais Porosos Nanoestruturados para Aplicações como Fontes Alternativas de Energia, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eronides Felisberto da Silva Junior em 03/08/2013., Descrição: Entre os principais objetivos e linhas de ação em pesquisa, desenvolvimento e inovação no âmbito da desta proposta destacam-se a pesquisa em: 1. Produção de Protótipos de Fotodetetores hibridos e sensores à base de Nano-hetero-estruturas Si/Polimero: detectores de UV 2. Desenvolvimento de Protótipos de Fotodetetores e Fotoemissores à base de materiais porosos: p-Si e p-Al2O3 3. Produção de Sensores de gases e hidrocarbonetos SiC e Si/Pani 4. Desenvolvimento de Sensores de radiação de alta energia à base de Al-poroso: TLDs .. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Junior - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    CAPES PRODOC Física e Tecnologia de Materiais e Dispositivos Nanoestruturados, Descrição: Tecnologias baseadas em menor escala de integração e novos materiais ou materiais nanoestruturados se apresentam como nichos de mercado viáveis para a indústria nacional. O presente projeto busca o entendimento dos processos físico-químicos atuantes nessas estruturas e propõe pesquisa e desenvolvimento de tecnologia nacional em áreas potencialmente viáveis economicamente e de grande interesse científico intrínseco. Outro aspecto importante também considerado neste plano é o ensino no ciclo básico e profissional. A qualidade do ensino no ciclo básico e profissional é fundamental para a formação das novas gerações e para a expansão das atividades de pesquisa. A implantação do sistema de avaliação do ensino superior e o aumento do número de vagas exigirão ainda mais eficiência nos métodos de ensino adotados. Pretendo colaborar no ensino das disciplinas do ciclo básico no turno diurno ou noturno, bem como contribuir para a implantação de laboratórios de ensino no ciclo básico e no ciclo profissional. As atividades propostas neste plano de trabalho incluem pesquisa, ensino e extensão.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Coordenador / Eronides Felisberto da Silva Junior - Integrante / Walter Mendes de Azevedo - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2001 - 2005

    Rede Cooperativa para Pesquisa em Nanodispositivos Semicondutores e Materiais Nanoestruturados, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eronides Felisberto da Silva Junior em 03/08/2013., Descrição: Propomos a formação da Rede Cooperativa em Nanodispositivos Semicondutores e Materiais Nanoestruturados abrangendo pesquisadores de cinco estados do NE, do estado de SP e do DF. A formação da rede consolidará as colaborações existentes e fomentará a incorporação à mesma de novas instituições consolidados ou emergentes, concentrando esforços em nanodispositivos e materiais nanoestruturados. Entre as linhas de pesquisa abrangidas pela rede destacam-se a pesquisa básica e aplicada, teórica e experimental em: (a) Materiais Semicondutores Nanoestruturados III-V e II-VI; (b) Nanodispositivos de: Si e SiC, III-nitretos, cerâmicas e polímeros; (c) Propriedades Óticas e de Transporte em Nanoestruturas e Dispositivos Semicondutores de Baixa Dimensionalidade ; (d) Sensores Ópticos e Físico-Químicos . As atividades abrangerão as seguintes classes de nanomateriais e nanodispositivos: materiais fotônicos (cristais, poços, fios e pontos quânticos, vidros ópticos, materiais porosos, biomateriais não lineares); polímeros não-convencionais (filmes monomoleculares e nanoestruturados para aplicações biomédicas); cerâmicas semicondutoras (à base de AlN e Si); procesos de crescimento e deposição de nanofilmes; simulação de dispositivos semicondutores. A proposta contempla o desenvolvimento cooperativo de atividades de pesquisa teórica e experimental com abrangência na Física, Química e Engenharia de Nanodispositivos e Materiais Nanoestruturados. Como consequência de sua formação, a rede levará a pelo menos dois impactos no estado da arte na área: (1) em relação à pesquisa fundamental, levará à elucidação de novos fenômenos em nanoestruturas semicondutoras, tanto do ponto de vista teórico como experimental; (2) em relação à pesquisa aplicada, levará à produção experimental e otimização de nanodispositivos baseados em novos materiais, e que poderão ter aplicações importantes nas áreas da eletrônica, optoeletrônica, e aplicações da engenharia. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) / Especialização: (5) / Mestrado acadêmico: (35) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (45) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Junior - Coordenador.

  • 2001 - 2003

    Dispositivos à base de carbeto de silício resistente a altas temperaturas e ambientes hostis, Descrição: O carbeto de silício (SiC) é um novo material semicondutor que permite a produção de dispositivos eletrônicos que operam em temperaturas elevadas e ambientes químicos hostis. Estas propriedades abrem a possibilidade do desenvolvimento de sensores físico-químicos empregando eletrodos catalíticos sensíveis a hidrogênio e hidrocarbonetos, que poderiam ser usados na monitoração de motores a combustão, análise de poluentes, controle e otimização de processos na indústria química e petrolífera. Entretanto, a tecnologia do SiC é recente e não está amadurecida. O presente plano de pesquisa tem como objetivo aprofundar o entendimento da física e tecnologia dos dispositivos nesses novos materiais visando desenvolver dispositivos à base de Si e SiC para aplicações específicas em áreas prioritárias como: instrumentação, controle de processos, engenharia, detecção de gases e derivados. Para tanto, estudaremos diversos aspectos tais como: defeitos nas pastilhas de SiC, processos de fabricação de dispositivos, propriedades físico-químicas da interface SiC-SiO2 e Si-SiO2 e interfaces metal-semicondutor, polímero-metal, polímero-semicondutor e a influência de diversos agentes (gases, radiação, temperatura, injeção de portadores, etc.) no comportamento dos dispositivos. Como metas a serem alcançadas temos: META 1: DESENVOLVIMENTO DA TÉCNICA DE CARACTERIZAÇÃO DE NANOESTRUTURAS E DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS EM SiC META 2: DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS DE FABRICAÇÃO DE NANOESTRUTURAS E DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS EM SiC META 3: PRODUÇÃO DE SENSORES À BASE DE SiC PARA APLICAÇÕES EM AMBIENTES HOSTIS E DISPOSITIVOS OPTOELETRÔNICOS. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Coordenador / da Silva Jr., Eronides F. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2000 - 2002

    Implantação de programas de controle de qualidade em radiodiagnóstico, Descrição: O projeto "IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE CONTROLE DE QUALIDADE EM RADIODIAGNÓSTICO" tem por objetivo geral a avaliação das práticas de raios-x em diagnóstico, visando a otimização do seu uso e a produção de radiografias com qualidade de imagem com a menor dose ao paciente. Além da contribuição na otimização da proteção radiológica na região Norte-Nordeste, pretende-se ainda consolidar as atividades do Departamento de Energia Nuclear/UFPE, possibilitando a implantação de um centro de referência e de formação de recursos humanos e tecnológicos na área de proteção radiológica para a região Norte-Nordeste. Isto tem sido possível, por exemplo, com a integração de atividades do Laboratório de Dosimetria e Instrumentação Nuclear do Departamento de Energia Nuclear do Centro de Tecnologia (DEN-CT)/UFPE (LIDEN), com o Grupo de Física de Dispositivos Semicondutores e Microeletrônica do Departamento de Física/UFPE (GFDSM) e o Laboratório de Química do Estado Sólido (LQES) do Departamento de Química Fundamental/UFPE. A experiência destes três grupos abre perspectivas para o desenvolvimento de pesquisas que objetivam a fabricação de dispositivos para serem utilizados como detectores de radiação visando a sua aplicação em controle de qualidade de radiodiagnóstico e em dosimetria de baixas e altas doses.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Helen Jamil Khoury - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2000 - 2002

    Implantação de Programas de Controle de Qualidade em Radiodiagnóstico, Descrição: O projeto "IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE CONTROLE DE QUALIDADE EM RADIODIAGNÓSTICO" tem por objetivo geral a avaliação das práticas de raios-x em diagnóstico, visando a otimização do seu uso e a produção de radiografias com qualidade de imagem com a menor dose ao paciente. Além da contribuição na otimização da proteção radiológica na região Norte-Nordeste, pretende-se ainda consolidar as atividades do Departamento de Energia Nuclear/UFPE, possibilitando a implantação de um centro de referência e de formação de recursos humanos e tecnológicos na área de proteção radiológica para a região Norte-Nordeste. Isto tem sido possível, por exemplo, com a integração de atividades do Laboratório de Dosimetria e Instrumentação Nuclear do Departamento de Energia Nuclear do Centro de Tecnologia (DEN-CT)/UFPE (LIDEN), com o Grupo de Física de Dispositivos Semicondutores e Microeletrônica do Departamento de Física/UFPE (GFDSM) e o Laboratório de Química do Estado Sólido (LQES) do Departamento de Química Fundamental/UFPE. A experiência destes três grupos abre perspectivas para o desenvolvimento de pesquisas que objetivam a fabricação de dispositivos para serem utilizados como detectores de radiação visando a sua aplicação em controle de qualidade de radiodiagnóstico e em dosimetria de baixas e altas doses.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Eronides Felisberto da Silva Junior - Integrante / Helen Jamil Khoury - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento de Aditivos de Carbono Alternativos para Atuar como Expansores no Material Ativo Negativo (MAN) de baterias Chumbo-Ácido, Projeto certificado pela empresa Fundação Parque Tecnológico da Paraíba em 07/02/2017., Descrição: São objetivos deste plano de trabalho:Produzir carbonos de alta superfície através da queima de matrizes de relativa abundância e baixo custo, como açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina (colágeno);Realizar um estudo microestrutural dos carbonos produzidos para avaliar se as características de superfície são aquelas esperadas para aditivos que possam atuar como expansores de baterias;Provar se os carbonos, produzidos pela queima de açúcar, bagaço de cana-de-açúcar e gelatina, podem ser promissores para uso como aditivos de carbono para o MAN de baterias chumbo-ácido ? Formação de recursos humanos na área de baterias.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador / Ana Cecília Vieira da Nóbrega - Integrante / Amanda Lucena Rosendo de Lima - Integrante / Claudete Maria Marques da Silva - Integrante.

  • 2008 - 2010

    FACEPE APQ-0777-3.03/08 Desenvolvimento de Sensores para derivados de álcool a base de SnO2 e ZnO, Descrição: Desde a primeira crise do petróleo em meados dos anos 1970, a questão energética passou a ocupar um lugar de destaque nos planos de desenvolvimento de vários países. Muitos desses países têm adotado políticas para incentivar as pesquisas sobre novas fontes de energia. Isso também ocorreu no Brasil, que investiu pioneiramente na produção do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar - e em seguida no desenvolvimento de biodiesel. Hoje os automóveis bi-combustível dominam o mercado nacional e começam a figurar na pauta de exportações do país. Em virtude desta ascensão, toda a tecnologia que agregue valor a cadeia produtiva de álcool e seus derivados passa a ser de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável e durável do país. Este ponto torna-se ainda mais importante quando se fala Pernambuco. Pernambuco é historicamente um grande produtor de cana de açúcar, mas vem perdendo espaço no mercado nacional e mundial devido a problemas como baixa produtividade, ausência de mecanização, mão de obra pouco qualificada, baixo controle de qualidade, etc. A modernização da indústria sucro-alcoleira representa hoje uma possibilidade concreta para a mudança do panorama do estado (geração de emprego, criação de divisas, etc.). Entretanto, para tal é fundamental trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias e na formação de capital humano, e assim criar vantagens competitivas. Neste projeto, propomos o desenvolvimento de sensores do estado sólido, que possam ser empregado para a detecção de contaminantes em derivados de álcool, em especial álcool combustível, e também cachaça. Estes sensores, baseados em óxidos cerâmicos, apresentam a vantagem de serem bastante versáteis, robustos, de baixo custo e facilidade de operação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elder Alpes de Vasconcelos - Integrante / Erika Pinto Marinho - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Outstanding Contribution in Reviewing, Elsevier.

2016

Menção Honrosa - XXIII CONIC, Universidade Federal de Pernambuco - Propesq.

2014

Professor Homenageado, Engenharia Civil - Formandos 2013.2.

2013

Professor Homenageado, Engenharia Civil - Formandos 2013.1.

2012

Professor Homenageado, Engenharia Civil - Formandos 2012.2.

2010

Professor Homenageado, Engenharia Civil - Formandos 2010.2.

2007

Professor Homenageado, Engenharia da Computação e Ciência da Computação - Formandos 2007.

2006

PASI fellowship, Pan-American Advanced Studies Institute.

1996

Research Student, Japanese Ministry of Education.

1995

Awarded Student Member, The Electrochemical Society.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Pernambuco, Campus do Agreste da UFPE. , BR 104, km 62, Nova Caruaru, 55002970 - Caruaru, PE - Brasil, Telefone: (81) 37275952, Fax: (81) 37276793

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - Atual

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado 2, Regime: Dedicação exclusiva.

2006 - 2014

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

2003 - 2006

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PRODOC-CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.

2002 - 2002

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor visitante, Regime: Dedicação exclusiva.

2000 - 2002

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador visitante, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 10/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus do Agreste da UFPE, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Avaliadora e Examinadora de Desempenho Acadêmico do NT-CAA/UFPE.

  • 03/2006

    Direção e administração, Campus do Agreste da UFPE, .,Cargo ou função, Coordenador do Laboratório de Física.

  • 03/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus do Agreste da UFPE, .,Cargo ou função, Membro do Colegiado do Núcleo de Tecnologia.

  • 03/2003

    Ensino, Licenciatura em Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História da Física, Iniciação à Docência 1 e 2, Introdução à Física

  • 03/2001

    Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Eletrotécnica Geral, Estatística, Física Experimental, Física Geral 1,2 e 3, Tópicos Especiais em Engenharia de Produção, Trabalho de Conclusão de Curso 1 e 2

  • 03/1994

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas e da Natureza, Departamento de Física.,Linhas de pesquisa

  • 11/2012 - 10/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus do Agreste da UFPE, .,Cargo ou função, Membro da Banca Examinadora Especial para Avaliação de Desempenho Acadêmico NT-CAA/UFPE.

  • 07/2011 - 11/2011

    Serviços técnicos especializados , Campus do Agreste da UFPE, .,Serviço realizado, Avaliação de fusíveis de alta corrente para o CETENE.

  • 04/2008 - 10/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus do Agreste da UFPE, .,Cargo ou função, Membro da Comissão de Elaboração dos Projetos Políticos Pedagógicos das Licenciaturas em Matemática, Física e Química.

  • 03/2007 - 03/2008

    Extensão universitária , Centro de Ciências Exatas e da Natureza, .,Atividade de extensão realizada, PROEXT 38852/2007 Desenvolvimento e Aplicação de Recursos Audiovisuais no Ensino de Física em Escolas Públicas.

  • 06/2007 - 08/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus do Agreste da UFPE, .,Cargo ou função, Membro da comissão eleitoral para escolha do coordenador e vice-coordenador do curso de graduação em Engenharia Civil.

  • 08/2003 - 03/2004

    Ensino, Bacharelado Em Fisica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Física de Semicondutores, Iniciação a Docência

  • 08/2001 - 07/2002

    Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Física Para Computação

1996 - 2000

Saitama University

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Research Student, Carga horária: 40

Outras informações:
bolsista do Japanese Ministry of Education (MONBUSHO)

Atividades

  • 09/1996 - 04/2000

    Pesquisa e desenvolvimento , Graduate School Of Science And Engineering, Department Of Information And Computer Sciences.,Linhas de pesquisa

1986 - 1989

Sul América Teleinformática

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Tecnico Eletronico Homologacao de Componentes, Carga horária: 48, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 02/1986 - 03/1989

    Serviços técnicos especializados , Departamento de Garantia da Qualidade, Componentes Eletro Eletronicos.,Serviço realizado, Qualificacao de Componentes Eletro-Eletronicos.

Propriedade Intelectual

Patentes (3)