Wataru Ueda

Possui graduação em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1982) e pós-graduação em Gestão Empresarial pela FGV-EAESP. Atualmente é diretor executivo - Magnamed Tecnologia Médica S/A. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em circuitos eletrônicos e software embarcado, atuando principalmente nos seguintes temas: ventilação pulmonar, aparelhos de anestesia, sistemas de controle, intrumentos de teste para a área médico-hospitalar.

Informações coletadas do Lattes em 02/12/2018

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em Especialização Em Negócios Para Executivos

2002 - 2002

Fundação Getúlio Vargas - SP

Graduação em Engenharia Eletrônica

1978 - 1982

Instituto Tecnológico de Aeronáutica
Título: VIDEOTEXTO
Orientador: FERNANDO TOSHINARI SAKANE

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Japonês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Circuitos Elétricos, Magnéticos e Eletrônicos/Especialidade: Circuitos Eletrônicos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Circuitos Elétricos, Magnéticos e Eletrônicos/Especialidade: Circuitos Lineares e Não-Lineares.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Circuitos Elétricos, Magnéticos e Eletrônicos/Especialidade: Circuitos Magnéticos , Magnetismos e Eletromagnetismos.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração de Empresas/Especialidade: Administração Financeira.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Pneumologia.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Cirurgia/Especialidade: Anestesiologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Fernando Toshinori Sakane

Videotexto II; 1982; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Eletrônica) - Instituto Tecnológico de Aeronáutica; Orientador: Fernando Toshinori Sakane;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

UEDA, W. ; Sistema de Informações NextWay. 2007.

UEDA, W. ; VIRCHES, V. . Fonte de Iluminação das Escalas dos Medidores de Fluxos de Gases Medicinais, com Luzes Coloridas, com Ajuste da Intensidade Luminosa. 2007.

UEDA, W. ; SUZUKI, T. (Tatsuo Suzuki) ; KINJO, T.M. ; NOVAIS, F.M. ; VIRCHES, V. . MODULO INTEGRADO PADRONIZADO DE ELETRONICA, PNEUMATICA E INTELIGÊNICA DE APARELHOS MÉDICO HOSPITALARES E VETERINÁRIOS QUE UTILIZAM MISTURAS DE GASES. 2007.

UEDA, W. ; SUZUKI, T. (Tatsuo Suzuki) . GERADOR DE FLUXO COAXIAL PARA USO MÉDICO. 2006.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2006 - 2007

    Fonte de Iluminação para Escalas de Misturadores de Gases em Aparelhos de Anestesia, Descrição: Produto para retro-iluminação de escalas de rotâmetros de aparelhos de anestesia. Estes fundos iluminados podem ser coloridos para identificação correta dos gases em ambientes de pouca iluminação, por exemplo durante cirurgias com videolaparoscopia. Este projeto gerou patente de invenção que foi depositada em jan/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Vagner Virches - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Outra., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2007

    Módulo Rotãmetro Eletrônico, Descrição: Misturador de Gases Medicinais para Anestesia. Este equipamento constitui-se de blocos interligados num único módulo, configurado para mistura de gases medicinais para ser utilizado, tanto em aparelhos de anestesia como para sedação consciente (uso odontológico). Possui um conjunto de válvulas redutoras de pressão e solenóides de controle de fluxo. Cada gás controlado pelas válvulas eletro-pneumáticas passa por um sistema de medição de fluxo para que as concentrações ajustadas de cada gás seja extremamente precisa. O software de controle deste módulo é realizado em "C" e conta com um sistema inteligente de proteções contra mistura hipóxica, garantindo concentrações mímimas de oxigênio (25%) e corte automatico da alimentação de gases na falta de oxigênio.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Integrante / Tatsuo - Coordenador / Vagner Virches - Integrante / Toru Miyagi Kinjo - Integrante / Fabio Martins de Novais - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2006

    Gerador de Fluxo Coaxial para Uso Médico, Descrição: Gerador de Fluxo que mistura oxigênio comprimido com ar ambiente para obter concentrações de 40 a 100% de oxigênio. O ajuste coaxial do fluxo e da concentração permite que o profissional usuário do equipamento mantenha toda a atenção ao paciente, evitando necessidade de olhar constantemente para o equipamento. O projeto do sistema coaxial de ajuste teve o pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI em JAN/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Tatsuo - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2005 - 2007

    Módulo Ventilador para Anestesia, Descrição: Sistema pneumatico, eletrônico integrado num bloco sem interligações por tubos, denominado MÓDULO. Este módulo é composto de 12 blocos configurados em 3 fileiras de 4 blocos que são interligados para constituir um módulo ventilador para anestesia. Este módulo permite diversas modalidades de ventilação, tais como VCV - Ventilação de Volume Controlado, PCV - Ventilação de Pressão Controlada, SIMV - Ventilação Mandatória Sincronizada Intermitente com ciclos de pressão ou a volume com ou sem pressão de suporte na fase espontânea da respiração do paciente. O controle do módulo é feito através de sua interface de comunicação serial, que serve para recepção de comandos e para transmissão dos principais dados da ventilação, tais como, Pressão, Volume, Fluxo e dados derivados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Tatsuo - Integrante / Vagner Virches - Integrante / Toru Miyagi Kinjo - Integrante / Fabio Martins de Novais - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar MONTEREY, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar ASPEN, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a infantil que possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: PCV - Ventilação de Pressão Controlada SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar SMART, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar COLOR, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida. O seu grande diferencial é a utilização da plataforma PC para interface homem-máquina, com os dados apresentados em display de cristal líquido de 15".. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar ATLANTA, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para ventilação de pulmões de pacientes neonatais, funciona através de fluxo contínuo, ciclado a tempo e limitado a pressão. As modalidades disponíveis são: PLV - Ventilação de Pressão Limitada CPAP - Ventilação com Pressão Contínua nas Vias Aéreas SIMV/P - Ventilação Sincronizada Intermitente por Pressão Todos os ajustes são realizados através do sistema de telas de membrana e um botão de ajuste para incrementar ou decrementar o valor requerido e pressionamento para confirmação do ajuste. Os dados e gráfico de pressão são apresentadas num display gráfico de cristal líquido monocromático de 240 x 64 pontos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar DENVER, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar pulmão de paciente infantil a adulto em unidades de tratamento intensivo. As modalidades de ventilação são as básicas. VCV - Ventilação de Volume Controlado PLV - Ventilação de Pressão Limitada SIMV/V - Ventilação Sincronizada Intermitente a Volume sem pressão de suporte. É um ventilador simples com os recursos suficientes para uma ventilação mecânica controlada onde o paciente não interage com o ventilador.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar MICROTAK, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilação pulmonar de pacientes durante o transporte. Possui somente uma modalidade de ventilação controlada a volume e a concentração de O2 ajustável está na faixa de 50% a 100%. A sua característica relevante é a duração da bateria interna que chega a 8 horas e pode ser extendida para um total de 22 horas com a utilização de 4 pilhas comuns AA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar MICROTAK RESGATE, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilação pulmonar de pacientes durante o transporte. Possui somente uma modalidade de ventilação controlada a volume e a concentração de O2 ajustável está na faixa de 50% a 100%. A sua característica relevante é a duração da bateria interna que chega a 8 horas e pode ser extendida para um total de 22 horas com a utilização de 4 pilhas comuns AA. O diferencial é o suporte para maca e para a parede, sendo inclusive utilizável em helicópteros de resgate.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia SHOGUN, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa e este modelo, 1845 possui duas escalas para cada gás permitindo a visualização de baixos fluxos, até 800 mL/min. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é um ventilador permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, desde neonatais a adultos obesos e as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV, PSV. As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia NIKKEI, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa e este modelo, 1845 possui duas escalas para cada gás permitindo a visualização de baixos fluxos, até 800 mL/min. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é um ventilador com todas as características de modalidades e desempenho em UTI e permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, desde neonatais a adultos obesos e as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV, PSV, CPAP, BIPV, PSV/AV, VSV . As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia FUJI MAXIMUS com 678, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. O ventilador eletrônico permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV. As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por um cânister de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia ORIGAMI com 668, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2 e N2O cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é o ventilador 668, cuja característica é o de permitir modalidades simples. VCV, PLV, SIMV. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia SAMURAI com 677, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2 e N2O e o mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletropneumático com função básica de temporização das fases inspiratória e expiratória, o controle de volume de gases para o paciente é realizado diretamente na escala da campânula graduada do fole. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por um cânister de cal sodada.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Sedação Consciente KT-ODONTO, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a administrar uma mistura dos gases O2 e N2O para sedação consciente de pacientes em tratamento odontológico. Permite o controle direto do fluxo total e da concentração do óxido nitroso da mistura, com dispositivos de proteção contra misturas hipóxicas. Concentração máxima de N2O permitida na mistura é de 70%.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aspirador Cirúrgico 19200, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a aspirar secreções durante uma cirurgia. Possui doisfrascos de policarbonato de alta resistência onde a secreção é armazenada durante a cirurgia, para posterior descarte. O acionamento pode ser contínuo ou intermitente, neste caso acionado por um interruptor de pé (pedal). Há também um botão de controle de intensidade do vácuo, que permite um melhor controle da aspiração. A principal característica deste equipamento é o seu design ergonômico e alto poder de aspiração.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aspirador Cirúrgico 17200, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a aspirar secreções durante uma cirurgia. Possui um frasco de policarbonato de alta resistência onde a secreção é armazenada durante a cirurgia, para posterior descarte. O acionamento pode ser contínuo ou intermitente, neste caso acionado por um interruptor de pé (pedal). Há também um botão de controle de intensidade do vácuo, que permite um melhor controle da aspiração. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Monitor de Sinais Vitais MAGNAVISION 2010, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para medir os sinais vitais dos pacientes. É um aparelho multiparamétrico configurável, e as informações são todas apresentadas num display LCD de 15" de forma amigável e de fácil compreensão para os profissionais da área. O seu hardware básico é um PC rodando LINUX para gerenciamento do barramento de comunicação serial RS485 entre os módulos de parâmetros e apresentação das diversas curvas e parâmetros medidos no display. Os parâmetros medidos são: ECG, SpO2 (saturação de oxigênio no sangue) - oxímetro de pulso, Pressão Não Invasiva, Pressão Invasiva - dois canais, Temperatura - dois canais, Capnografia main stream ou side stream, Medição dos gases anestésicos. As placas de ECG, SpO2, Temperatura são desenvolvimentos próprios e as demais adquiridas no mercado internacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Oxímetro de Pulso OXIFAST com ECG, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir dois parâmetros vitais dos pacientes, são eles, a saturação de oxigênio no sangue e os sinais de ECG, eletrocardiograma. O hardware e o software para a medição de ambos os parâmetros foram desenvolvimentos próprios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Monitor de Ventilação VENTCARE, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir parâmetros ventilatórios dos pacientes, tais como fluxo inspirado e expirado, volume inspirado e expirado, pressão máxima na inspiração, pressão média do ciclo respiratório, tempo inspiratório, tempo expiratório, relação tempo inspiratório e tempo expiratório, resistência e complacência pulmonar, trabalho inspiratório. Além das medições de parâmetros apresenta a curva de cada um dos principais parâmetros medidos e as suas composições. Os gráficos apresentados são: Curva de Fluxo x Tempo Curva de Volume x Tempo Curva de Pressão x Tempo Curva de Volume x Pressão Curva de Volume x Fluxo. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Vaporizador de Agente Anestésico Eletrônico 1415 / 1425, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a vaporizar agentes anestésicos pelo processo de borbulha de parte da mistura de gases provenientes do rotâmetro. É chamado de multiagente devido a sua característica de em uma única câmara permitir o preenchimento com um dos agentes para realização da anestesia. Conceito de aplicação limitada ao Brasil, e com utilização ínfima em outros países em desenvolvimento. É composto de elementos eletropneumáticos que permitem a medição do fluxo total de mistura de gás e uma eletrônica que realiza os cálculos necessários levando em conta este fluxo medido, a temperatura do agente anestésico e o tipo de agente anestésico para determinar uma tabela de concentração desejada x fluxo de borbulhamento necessário.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Filtro Circular Valvular Absorvedor de CO2 - SIVA, Descrição: Este filtro faz parte dos equipamentos de anestesia geral e a sua função principal é a de eliminar o CO2 presente no gás expirado, para que no próximo ciclo inspiratório do paciente o gás seja reinalado sem o CO2, somente com o fluxo de gases frescos (mistura do O2 com N2O ou Ar comprimido e agente anestésico na concentração estipulada). Possui dois reservatórios de cal sodada, responsável pela reação química de absorção do CO2 e um par de válvulas para determinar o sentido de circulação dos gases reinalados. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - Atual

    Ventilador COLOR com SpO2, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida. O seu grande diferencial é a utilização da plataforma PC para interface homem-máquina, com os dados apresentados em display de cristal líquido de 15" e a incorporação de um módulo de medição da saturação de oxigênio no sangue do paciente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - Atual

    Capnógrafo side-stream, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir a concentração de gás carbônico na expiração. A sua tecnologia é por aspiração de amostra do gás expirado que adentra uma câmara, onde passa por filtros óticos adequados que eliminam a interferência da presença de outros gases e um feixe de luz no comprimento de onda do CO2 é amostrado do outro lado da câmara medindo-se a sua intensidade. Quanto menor for a intensidade do feixe de luz detetado maior é a concentração de CO2 na amostra.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Transferência do Hard Disk Driver de 96MB - BASF - Alamanha, Descrição: Foi realizada a transferência da tecnologia de montagem do hard disk driver de 5,25" de 96 MB da empresa BASF da Alemanha a fim de nacionalizar a produção desses equipamentos para obtenção de incentivos fiscais da Lei de Informática durante o regime de reserva de mercado. Foram realizadas visitas de treinamento na fábrica da Alemanha para aquisição de know-how do processo de montagem e para desenvolvimento dos próprios dispositivos de montagem e testes em fábrica.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Implementação de Sala Limpa Classe 100 para montagem do HDD, Descrição: Sala limpa destinada a implantação do processo de montagem do HARD DISK DRIVER de 5,25" de 20MB da Itautec. Desenvolvida com pressão positiva contínua entre as salas de aproximadamente 3 cmH2O o que elimina a possibilidade de contaminação por particulas suspensas. Todas as bancadas em aço inox e cantos das salas arredondadas para que não haja possibilidade de áreas de fluxo turbulento. A sala que foi concebida para ser de classe 100 superou as expectativas e apresentou ser de classe 10 em diversas medições de acompanhamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Processo de montagem das cabeças de leitura do Floppy Disk Dirver 5,25", Descrição: Foi realizada a nacionalização da montagem das cabeças de floppy disk driver 5,25", que eram montadas em HONG KONG. Foi um processo de transferência de tecnologia que envolveu a aquisição de várias estações com macroscópios e dispositivos especiais para modificação da imagem de maneira a facilitar o alinhamento do gap de leitura magnética em relação ao posicionamento radial e azimute visando obter o melhor ganho e consequentemente melhrando a relação sinal-ruído. Os discos de alinhamento utilizados eram da DYSAN com sinais especiais defasados e excêntricos, que quando vistos ao osciloscópio ao longo de uma volta mostravam a forma de olhos de gato, conforme o tamanho dos olhos sabia-se se a cabeça estava alinhada ou desalinhada e em que sentido. Outros quatro sinais gravados na mesma trilha eram para verificação do azimute da cabeça e cada um desses blocos era gravado com a cabeça magnética com o azimute propositalmente desalinhado entre -15' e +15'.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Terminal Caixa do Banco Itaú, Descrição: É um equipamento de automação bancária e é destinado a efetuar transações bancárias no caixa dos bancos, para recebimentos, pagaementos, autenticação de boletos, consultas, controle do caixa e comuncação com sitema de informática central para a realização online. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Impressora de Impacto, Descrição: É um equipamento de informática e destinado a impressão de pontos pela metodologia de impacto de agulhas sobre a camada de fita "tintada", papel e cilindro de impacto. O acionamento de movimentação do conjunto de cabeça de agulhas de impacto é realizado pelo sistema de correia sincronizada e motor de passo. O movimento de avanço do papel é realizado por um sistema de engrenagens e motor de passo. Ambos os motores são acionados por circuito chopper para melhorar seu desempenho em alta velocidade e o software de controle prevê rampas de aceleração e desaceleração para que não haja perda ou excesso de passos, assim respeitando a posição de cada ponto na matriz de impressão.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Impressora Térmica Moreninha, Descrição: É um equipamento de informática para impressão de caracteres ou gráficos em papeis especiais denominados térmicos, pois o processo de transferência de imagem é realizado por aquecimento de pequenos pontos na cabeça de impressão. A movimentação da cabeça termica é realizada por sistema de transmissão por correia e polia dentada acinado por um motor de passo. A movimentação do papel é realizado por um conjunto de engrenagens e um motor de passo.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Floppy Disk Driver de 5,25", Descrição: É um equipamento de informática destinado a leitura e gravação de dados em meios flexíveis magnéticos de 5,25", denominados de floppy disk driver. Consiste em duas cabeças de leitura justapostas que "correm" sobre ambas as superfíceis magnéticas do disco flexível e denominadas de cabeça "0" e cabeça "1", um sistema de acionamento por motor de passo e transmissão por fita de aço fotocorrída flexível determinavam a posição física da cabeça entre 80 trilhas possíveis. Cada trilha concêntrica continha dados digitais gravados pelo processo de transição magnética axial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Hard Disk Driver 20MB, Descrição: É um equipamento para informática para armazenamento de dados digitais em disco magnético rígido de 5,25". Possuia dois discos e os dados eram gravados e recuperados através de quatro cabeças acionadas por sistema de transmissão por fita de aço fotocorroída e um motor de passo com resolução de 0,9º de passo.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Transferência de Tecnologia do Floppy Disk Drive 3,5" Y-E Data, Descrição: Foi realizada a transferência da tecnologia de montagem dos floppy disk driver de 3,5" da empresa YE-DATA do Japão a fim de nacionalizar a produção desses equipamentos para obtenção de incentivos fiscais da Lei de Informática durante o regime de reserva de mercado. Foram realizadas visitas de treinamento na fábrica do Japão para aquisição de know-how do processo de montagem e para desenvolvimento dos próprios dispositivos de montagem e testes em fábrica.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Gate Array ICG16060 - ITAUCOM - 100 mil peças produzidas, Descrição: É um componente desenvolvido na Itaucom destinado a executar o controle digital de um floppy disk driver de 5,25". A sua base é um GATE ARRAY com todas as funções necessárias incorporadas no chip. Foram utilizadas cerca de 100.000 componentes durante a vida útil do floppy disk driver 5,25" da Itautec.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Scanner a Laser de Código de Barras, Descrição: É um equipamento para automação comercial para leitura do código de barras. Este equipamento emite continuamente um feixe de laser colimado para a maior profundidade de campo que permita a leitura e deteção correta dos códigos de barras dos produtos. Os feixes de laser em várias direções eram produzidas por um conjunto de 8 espelhos com filtros óticos especiais e varridos por um prisma girante o qual desviava o feixe para cada um desses espelhos de forma a realizar um desenho geométrico espacial que aumentava a probabilidade de um dos feixes varrer completamente o código de barras, assim permitindo a sua correta detecção e leitura.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 2006 - 2007

    Fonte de Iluminação para Escalas de Misturadores de Gases em Aparelhos de Anestesia, Descrição: Produto para retro-iluminação de escalas de rotâmetros de aparelhos de anestesia. Estes fundos iluminados podem ser coloridos para identificação correta dos gases em ambientes de pouca iluminação, por exemplo durante cirurgias com videolaparoscopia. Este projeto gerou patente de invenção que foi depositada em jan/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Vagner Virches - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Outra., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2007

    Módulo Rotãmetro Eletrônico, Descrição: Misturador de Gases Medicinais para Anestesia. Este equipamento constitui-se de blocos interligados num único módulo, configurado para mistura de gases medicinais para ser utilizado, tanto em aparelhos de anestesia como para sedação consciente (uso odontológico). Possui um conjunto de válvulas redutoras de pressão e solenóides de controle de fluxo. Cada gás controlado pelas válvulas eletro-pneumáticas passa por um sistema de medição de fluxo para que as concentrações ajustadas de cada gás seja extremamente precisa. O software de controle deste módulo é realizado em "C" e conta com um sistema inteligente de proteções contra mistura hipóxica, garantindo concentrações mímimas de oxigênio (25%) e corte automatico da alimentação de gases na falta de oxigênio.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Integrante / Tatsuo - Coordenador / Vagner Virches - Integrante / Toru Miyagi Kinjo - Integrante / Fabio Martins de Novais - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2006

    Gerador de Fluxo Coaxial para Uso Médico, Descrição: Gerador de Fluxo que mistura oxigênio comprimido com ar ambiente para obter concentrações de 40 a 100% de oxigênio. O ajuste coaxial do fluxo e da concentração permite que o profissional usuário do equipamento mantenha toda a atenção ao paciente, evitando necessidade de olhar constantemente para o equipamento. O projeto do sistema coaxial de ajuste teve o pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI em JAN/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Tatsuo - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2005 - 2007

    Módulo Ventilador para Anestesia, Descrição: Sistema pneumatico, eletrônico integrado num bloco sem interligações por tubos, denominado MÓDULO. Este módulo é composto de 12 blocos configurados em 3 fileiras de 4 blocos que são interligados para constituir um módulo ventilador para anestesia. Este módulo permite diversas modalidades de ventilação, tais como VCV - Ventilação de Volume Controlado, PCV - Ventilação de Pressão Controlada, SIMV - Ventilação Mandatória Sincronizada Intermitente com ciclos de pressão ou a volume com ou sem pressão de suporte na fase espontânea da respiração do paciente. O controle do módulo é feito através de sua interface de comunicação serial, que serve para recepção de comandos e para transmissão dos principais dados da ventilação, tais como, Pressão, Volume, Fluxo e dados derivados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Tatsuo - Integrante / Vagner Virches - Integrante / Toru Miyagi Kinjo - Integrante / Fabio Martins de Novais - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar MONTEREY, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar ASPEN, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a infantil que possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: PCV - Ventilação de Pressão Controlada SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar SMART, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar COLOR, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida. O seu grande diferencial é a utilização da plataforma PC para interface homem-máquina, com os dados apresentados em display de cristal líquido de 15".. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar ATLANTA, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para ventilação de pulmões de pacientes neonatais, funciona através de fluxo contínuo, ciclado a tempo e limitado a pressão. As modalidades disponíveis são: PLV - Ventilação de Pressão Limitada CPAP - Ventilação com Pressão Contínua nas Vias Aéreas SIMV/P - Ventilação Sincronizada Intermitente por Pressão Todos os ajustes são realizados através do sistema de telas de membrana e um botão de ajuste para incrementar ou decrementar o valor requerido e pressionamento para confirmação do ajuste. Os dados e gráfico de pressão são apresentadas num display gráfico de cristal líquido monocromático de 240 x 64 pontos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar DENVER, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar pulmão de paciente infantil a adulto em unidades de tratamento intensivo. As modalidades de ventilação são as básicas. VCV - Ventilação de Volume Controlado PLV - Ventilação de Pressão Limitada SIMV/V - Ventilação Sincronizada Intermitente a Volume sem pressão de suporte. É um ventilador simples com os recursos suficientes para uma ventilação mecânica controlada onde o paciente não interage com o ventilador.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar MICROTAK, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilação pulmonar de pacientes durante o transporte. Possui somente uma modalidade de ventilação controlada a volume e a concentração de O2 ajustável está na faixa de 50% a 100%. A sua característica relevante é a duração da bateria interna que chega a 8 horas e pode ser extendida para um total de 22 horas com a utilização de 4 pilhas comuns AA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar MICROTAK RESGATE, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilação pulmonar de pacientes durante o transporte. Possui somente uma modalidade de ventilação controlada a volume e a concentração de O2 ajustável está na faixa de 50% a 100%. A sua característica relevante é a duração da bateria interna que chega a 8 horas e pode ser extendida para um total de 22 horas com a utilização de 4 pilhas comuns AA. O diferencial é o suporte para maca e para a parede, sendo inclusive utilizável em helicópteros de resgate.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia SHOGUN, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa e este modelo, 1845 possui duas escalas para cada gás permitindo a visualização de baixos fluxos, até 800 mL/min. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é um ventilador permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, desde neonatais a adultos obesos e as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV, PSV. As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia NIKKEI, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa e este modelo, 1845 possui duas escalas para cada gás permitindo a visualização de baixos fluxos, até 800 mL/min. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é um ventilador com todas as características de modalidades e desempenho em UTI e permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, desde neonatais a adultos obesos e as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV, PSV, CPAP, BIPV, PSV/AV, VSV . As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia FUJI MAXIMUS com 678, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. O ventilador eletrônico permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV. As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por um cânister de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia ORIGAMI com 668, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2 e N2O cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é o ventilador 668, cuja característica é o de permitir modalidades simples. VCV, PLV, SIMV. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia SAMURAI com 677, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2 e N2O e o mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletropneumático com função básica de temporização das fases inspiratória e expiratória, o controle de volume de gases para o paciente é realizado diretamente na escala da campânula graduada do fole. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por um cânister de cal sodada.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Sedação Consciente KT-ODONTO, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a administrar uma mistura dos gases O2 e N2O para sedação consciente de pacientes em tratamento odontológico. Permite o controle direto do fluxo total e da concentração do óxido nitroso da mistura, com dispositivos de proteção contra misturas hipóxicas. Concentração máxima de N2O permitida na mistura é de 70%.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aspirador Cirúrgico 19200, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a aspirar secreções durante uma cirurgia. Possui doisfrascos de policarbonato de alta resistência onde a secreção é armazenada durante a cirurgia, para posterior descarte. O acionamento pode ser contínuo ou intermitente, neste caso acionado por um interruptor de pé (pedal). Há também um botão de controle de intensidade do vácuo, que permite um melhor controle da aspiração. A principal característica deste equipamento é o seu design ergonômico e alto poder de aspiração.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aspirador Cirúrgico 17200, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a aspirar secreções durante uma cirurgia. Possui um frasco de policarbonato de alta resistência onde a secreção é armazenada durante a cirurgia, para posterior descarte. O acionamento pode ser contínuo ou intermitente, neste caso acionado por um interruptor de pé (pedal). Há também um botão de controle de intensidade do vácuo, que permite um melhor controle da aspiração. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Monitor de Sinais Vitais MAGNAVISION 2010, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para medir os sinais vitais dos pacientes. É um aparelho multiparamétrico configurável, e as informações são todas apresentadas num display LCD de 15" de forma amigável e de fácil compreensão para os profissionais da área. O seu hardware básico é um PC rodando LINUX para gerenciamento do barramento de comunicação serial RS485 entre os módulos de parâmetros e apresentação das diversas curvas e parâmetros medidos no display. Os parâmetros medidos são: ECG, SpO2 (saturação de oxigênio no sangue) - oxímetro de pulso, Pressão Não Invasiva, Pressão Invasiva - dois canais, Temperatura - dois canais, Capnografia main stream ou side stream, Medição dos gases anestésicos. As placas de ECG, SpO2, Temperatura são desenvolvimentos próprios e as demais adquiridas no mercado internacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Oxímetro de Pulso OXIFAST com ECG, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir dois parâmetros vitais dos pacientes, são eles, a saturação de oxigênio no sangue e os sinais de ECG, eletrocardiograma. O hardware e o software para a medição de ambos os parâmetros foram desenvolvimentos próprios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Monitor de Ventilação VENTCARE, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir parâmetros ventilatórios dos pacientes, tais como fluxo inspirado e expirado, volume inspirado e expirado, pressão máxima na inspiração, pressão média do ciclo respiratório, tempo inspiratório, tempo expiratório, relação tempo inspiratório e tempo expiratório, resistência e complacência pulmonar, trabalho inspiratório. Além das medições de parâmetros apresenta a curva de cada um dos principais parâmetros medidos e as suas composições. Os gráficos apresentados são: Curva de Fluxo x Tempo Curva de Volume x Tempo Curva de Pressão x Tempo Curva de Volume x Pressão Curva de Volume x Fluxo. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Vaporizador de Agente Anestésico Eletrônico 1415 / 1425, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a vaporizar agentes anestésicos pelo processo de borbulha de parte da mistura de gases provenientes do rotâmetro. É chamado de multiagente devido a sua característica de em uma única câmara permitir o preenchimento com um dos agentes para realização da anestesia. Conceito de aplicação limitada ao Brasil, e com utilização ínfima em outros países em desenvolvimento. É composto de elementos eletropneumáticos que permitem a medição do fluxo total de mistura de gás e uma eletrônica que realiza os cálculos necessários levando em conta este fluxo medido, a temperatura do agente anestésico e o tipo de agente anestésico para determinar uma tabela de concentração desejada x fluxo de borbulhamento necessário.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Filtro Circular Valvular Absorvedor de CO2 - SIVA, Descrição: Este filtro faz parte dos equipamentos de anestesia geral e a sua função principal é a de eliminar o CO2 presente no gás expirado, para que no próximo ciclo inspiratório do paciente o gás seja reinalado sem o CO2, somente com o fluxo de gases frescos (mistura do O2 com N2O ou Ar comprimido e agente anestésico na concentração estipulada). Possui dois reservatórios de cal sodada, responsável pela reação química de absorção do CO2 e um par de válvulas para determinar o sentido de circulação dos gases reinalados. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - Atual

    Ventilador COLOR com SpO2, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida. O seu grande diferencial é a utilização da plataforma PC para interface homem-máquina, com os dados apresentados em display de cristal líquido de 15" e a incorporação de um módulo de medição da saturação de oxigênio no sangue do paciente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - Atual

    Capnógrafo side-stream, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir a concentração de gás carbônico na expiração. A sua tecnologia é por aspiração de amostra do gás expirado que adentra uma câmara, onde passa por filtros óticos adequados que eliminam a interferência da presença de outros gases e um feixe de luz no comprimento de onda do CO2 é amostrado do outro lado da câmara medindo-se a sua intensidade. Quanto menor for a intensidade do feixe de luz detetado maior é a concentração de CO2 na amostra.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Transferência do Hard Disk Driver de 96MB - BASF - Alamanha, Descrição: Foi realizada a transferência da tecnologia de montagem do hard disk driver de 5,25" de 96 MB da empresa BASF da Alemanha a fim de nacionalizar a produção desses equipamentos para obtenção de incentivos fiscais da Lei de Informática durante o regime de reserva de mercado. Foram realizadas visitas de treinamento na fábrica da Alemanha para aquisição de know-how do processo de montagem e para desenvolvimento dos próprios dispositivos de montagem e testes em fábrica.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Implementação de Sala Limpa Classe 100 para montagem do HDD, Descrição: Sala limpa destinada a implantação do processo de montagem do HARD DISK DRIVER de 5,25" de 20MB da Itautec. Desenvolvida com pressão positiva contínua entre as salas de aproximadamente 3 cmH2O o que elimina a possibilidade de contaminação por particulas suspensas. Todas as bancadas em aço inox e cantos das salas arredondadas para que não haja possibilidade de áreas de fluxo turbulento. A sala que foi concebida para ser de classe 100 superou as expectativas e apresentou ser de classe 10 em diversas medições de acompanhamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Processo de montagem das cabeças de leitura do Floppy Disk Dirver 5,25", Descrição: Foi realizada a nacionalização da montagem das cabeças de floppy disk driver 5,25", que eram montadas em HONG KONG. Foi um processo de transferência de tecnologia que envolveu a aquisição de várias estações com macroscópios e dispositivos especiais para modificação da imagem de maneira a facilitar o alinhamento do gap de leitura magnética em relação ao posicionamento radial e azimute visando obter o melhor ganho e consequentemente melhrando a relação sinal-ruído. Os discos de alinhamento utilizados eram da DYSAN com sinais especiais defasados e excêntricos, que quando vistos ao osciloscópio ao longo de uma volta mostravam a forma de olhos de gato, conforme o tamanho dos olhos sabia-se se a cabeça estava alinhada ou desalinhada e em que sentido. Outros quatro sinais gravados na mesma trilha eram para verificação do azimute da cabeça e cada um desses blocos era gravado com a cabeça magnética com o azimute propositalmente desalinhado entre -15' e +15'.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Terminal Caixa do Banco Itaú, Descrição: É um equipamento de automação bancária e é destinado a efetuar transações bancárias no caixa dos bancos, para recebimentos, pagaementos, autenticação de boletos, consultas, controle do caixa e comuncação com sitema de informática central para a realização online. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Impressora de Impacto, Descrição: É um equipamento de informática e destinado a impressão de pontos pela metodologia de impacto de agulhas sobre a camada de fita "tintada", papel e cilindro de impacto. O acionamento de movimentação do conjunto de cabeça de agulhas de impacto é realizado pelo sistema de correia sincronizada e motor de passo. O movimento de avanço do papel é realizado por um sistema de engrenagens e motor de passo. Ambos os motores são acionados por circuito chopper para melhorar seu desempenho em alta velocidade e o software de controle prevê rampas de aceleração e desaceleração para que não haja perda ou excesso de passos, assim respeitando a posição de cada ponto na matriz de impressão.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Impressora Térmica Moreninha, Descrição: É um equipamento de informática para impressão de caracteres ou gráficos em papeis especiais denominados térmicos, pois o processo de transferência de imagem é realizado por aquecimento de pequenos pontos na cabeça de impressão. A movimentação da cabeça termica é realizada por sistema de transmissão por correia e polia dentada acinado por um motor de passo. A movimentação do papel é realizado por um conjunto de engrenagens e um motor de passo.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Floppy Disk Driver de 5,25", Descrição: É um equipamento de informática destinado a leitura e gravação de dados em meios flexíveis magnéticos de 5,25", denominados de floppy disk driver. Consiste em duas cabeças de leitura justapostas que "correm" sobre ambas as superfíceis magnéticas do disco flexível e denominadas de cabeça "0" e cabeça "1", um sistema de acionamento por motor de passo e transmissão por fita de aço fotocorrída flexível determinavam a posição física da cabeça entre 80 trilhas possíveis. Cada trilha concêntrica continha dados digitais gravados pelo processo de transição magnética axial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Hard Disk Driver 20MB, Descrição: É um equipamento para informática para armazenamento de dados digitais em disco magnético rígido de 5,25". Possuia dois discos e os dados eram gravados e recuperados através de quatro cabeças acionadas por sistema de transmissão por fita de aço fotocorroída e um motor de passo com resolução de 0,9º de passo.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Transferência de Tecnologia do Floppy Disk Drive 3,5" Y-E Data, Descrição: Foi realizada a transferência da tecnologia de montagem dos floppy disk driver de 3,5" da empresa YE-DATA do Japão a fim de nacionalizar a produção desses equipamentos para obtenção de incentivos fiscais da Lei de Informática durante o regime de reserva de mercado. Foram realizadas visitas de treinamento na fábrica do Japão para aquisição de know-how do processo de montagem e para desenvolvimento dos próprios dispositivos de montagem e testes em fábrica.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Gate Array ICG16060 - ITAUCOM - 100 mil peças produzidas, Descrição: É um componente desenvolvido na Itaucom destinado a executar o controle digital de um floppy disk driver de 5,25". A sua base é um GATE ARRAY com todas as funções necessárias incorporadas no chip. Foram utilizadas cerca de 100.000 componentes durante a vida útil do floppy disk driver 5,25" da Itautec.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Scanner a Laser de Código de Barras, Descrição: É um equipamento para automação comercial para leitura do código de barras. Este equipamento emite continuamente um feixe de laser colimado para a maior profundidade de campo que permita a leitura e deteção correta dos códigos de barras dos produtos. Os feixes de laser em várias direções eram produzidas por um conjunto de 8 espelhos com filtros óticos especiais e varridos por um prisma girante o qual desviava o feixe para cada um desses espelhos de forma a realizar um desenho geométrico espacial que aumentava a probabilidade de um dos feixes varrer completamente o código de barras, assim permitindo a sua correta detecção e leitura.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 2006 - 2007

    Fonte de Iluminação para Escalas de Misturadores de Gases em Aparelhos de Anestesia, Descrição: Produto para retro-iluminação de escalas de rotâmetros de aparelhos de anestesia. Estes fundos iluminados podem ser coloridos para identificação correta dos gases em ambientes de pouca iluminação, por exemplo durante cirurgias com videolaparoscopia. Este projeto gerou patente de invenção que foi depositada em jan/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Vagner Virches - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Outra., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2007

    Módulo Rotãmetro Eletrônico, Descrição: Misturador de Gases Medicinais para Anestesia. Este equipamento constitui-se de blocos interligados num único módulo, configurado para mistura de gases medicinais para ser utilizado, tanto em aparelhos de anestesia como para sedação consciente (uso odontológico). Possui um conjunto de válvulas redutoras de pressão e solenóides de controle de fluxo. Cada gás controlado pelas válvulas eletro-pneumáticas passa por um sistema de medição de fluxo para que as concentrações ajustadas de cada gás seja extremamente precisa. O software de controle deste módulo é realizado em "C" e conta com um sistema inteligente de proteções contra mistura hipóxica, garantindo concentrações mímimas de oxigênio (25%) e corte automatico da alimentação de gases na falta de oxigênio.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Integrante / Tatsuo - Coordenador / Vagner Virches - Integrante / Toru Miyagi Kinjo - Integrante / Fabio Martins de Novais - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2006

    Gerador de Fluxo Coaxial para Uso Médico, Descrição: Gerador de Fluxo que mistura oxigênio comprimido com ar ambiente para obter concentrações de 40 a 100% de oxigênio. O ajuste coaxial do fluxo e da concentração permite que o profissional usuário do equipamento mantenha toda a atenção ao paciente, evitando necessidade de olhar constantemente para o equipamento. O projeto do sistema coaxial de ajuste teve o pedido de patente de invenção depositado junto ao INPI em JAN/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Tatsuo - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2005 - 2007

    Módulo Ventilador para Anestesia, Descrição: Sistema pneumatico, eletrônico integrado num bloco sem interligações por tubos, denominado MÓDULO. Este módulo é composto de 12 blocos configurados em 3 fileiras de 4 blocos que são interligados para constituir um módulo ventilador para anestesia. Este módulo permite diversas modalidades de ventilação, tais como VCV - Ventilação de Volume Controlado, PCV - Ventilação de Pressão Controlada, SIMV - Ventilação Mandatória Sincronizada Intermitente com ciclos de pressão ou a volume com ou sem pressão de suporte na fase espontânea da respiração do paciente. O controle do módulo é feito através de sua interface de comunicação serial, que serve para recepção de comandos e para transmissão dos principais dados da ventilação, tais como, Pressão, Volume, Fluxo e dados derivados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador / Tatsuo - Integrante / Vagner Virches - Integrante / Toru Miyagi Kinjo - Integrante / Fabio Martins de Novais - Integrante., Financiador(es): Magnamed Tecnologia Médica Ltda - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar MONTEREY, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar ASPEN, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a infantil que possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: PCV - Ventilação de Pressão Controlada SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar SMART, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Servoventilador pulmonar COLOR, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida. O seu grande diferencial é a utilização da plataforma PC para interface homem-máquina, com os dados apresentados em display de cristal líquido de 15".. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar ATLANTA, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para ventilação de pulmões de pacientes neonatais, funciona através de fluxo contínuo, ciclado a tempo e limitado a pressão. As modalidades disponíveis são: PLV - Ventilação de Pressão Limitada CPAP - Ventilação com Pressão Contínua nas Vias Aéreas SIMV/P - Ventilação Sincronizada Intermitente por Pressão Todos os ajustes são realizados através do sistema de telas de membrana e um botão de ajuste para incrementar ou decrementar o valor requerido e pressionamento para confirmação do ajuste. Os dados e gráfico de pressão são apresentadas num display gráfico de cristal líquido monocromático de 240 x 64 pontos.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar DENVER, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar pulmão de paciente infantil a adulto em unidades de tratamento intensivo. As modalidades de ventilação são as básicas. VCV - Ventilação de Volume Controlado PLV - Ventilação de Pressão Limitada SIMV/V - Ventilação Sincronizada Intermitente a Volume sem pressão de suporte. É um ventilador simples com os recursos suficientes para uma ventilação mecânica controlada onde o paciente não interage com o ventilador.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar MICROTAK, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilação pulmonar de pacientes durante o transporte. Possui somente uma modalidade de ventilação controlada a volume e a concentração de O2 ajustável está na faixa de 50% a 100%. A sua característica relevante é a duração da bateria interna que chega a 8 horas e pode ser extendida para um total de 22 horas com a utilização de 4 pilhas comuns AA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Ventilador pulmonar MICROTAK RESGATE, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilação pulmonar de pacientes durante o transporte. Possui somente uma modalidade de ventilação controlada a volume e a concentração de O2 ajustável está na faixa de 50% a 100%. A sua característica relevante é a duração da bateria interna que chega a 8 horas e pode ser extendida para um total de 22 horas com a utilização de 4 pilhas comuns AA. O diferencial é o suporte para maca e para a parede, sendo inclusive utilizável em helicópteros de resgate.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia SHOGUN, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa e este modelo, 1845 possui duas escalas para cada gás permitindo a visualização de baixos fluxos, até 800 mL/min. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é um ventilador permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, desde neonatais a adultos obesos e as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV, PSV. As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia NIKKEI, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa e este modelo, 1845 possui duas escalas para cada gás permitindo a visualização de baixos fluxos, até 800 mL/min. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é um ventilador com todas as características de modalidades e desempenho em UTI e permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, desde neonatais a adultos obesos e as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, PCV/AV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV, PSV, CPAP, BIPV, PSV/AV, VSV . As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia FUJI MAXIMUS com 678, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2, N2O ou Ar comprimido cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. O ventilador eletrônico permite diversas modalidades de ventilação de forma a adaptar melhor às condições do paciente e seu tamanho, as modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV, PCV, SIMV/P com PSV, SIMV/V com PSV. As modalidades espontâneas permitem uma melhor adaptação do paciente à fase de indução e saída da anestesia geral. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por um cânister de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia ORIGAMI com 668, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2 e N2O cujo mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletrônico que equipa este aparelho é o ventilador 668, cuja característica é o de permitir modalidades simples. VCV, PLV, SIMV. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por dois cânisteres de cal sodada de troca rápida e de um fole passivo para envio e armazenamento dos gases para o paciente.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Anestesia SAMURAI com 677, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para anestesia geral composto de rotâmetro de fluxo de gases frescos, vaporizador de agente anestésico, ventilador pulmonar e filtro valvular circular absorvedor de CO2. O módulo rotâmetro de gases frescos permite a mistura do O2 e N2O e o mostrador é um fluxômetro pneumático com escala impressa. O vaporizador é o responsável pela vaporização do agente anestésico na concentração desejada, programado pelo médico anestesiologista. Neste caso o vaporizador é o 1415 que possui um sensor de fluxo total de gases frescos e sensor de temperatura do agente anestésico para efetuar os cálculos dos fluxos de borbulhamento na câmara de agente anestésico. O ventilador eletropneumático com função básica de temporização das fases inspiratória e expiratória, o controle de volume de gases para o paciente é realizado diretamente na escala da campânula graduada do fole. O filtro valvular circular absorvedor de CO2 é composto por um cânister de cal sodada.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aparelho de Sedação Consciente KT-ODONTO, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a administrar uma mistura dos gases O2 e N2O para sedação consciente de pacientes em tratamento odontológico. Permite o controle direto do fluxo total e da concentração do óxido nitroso da mistura, com dispositivos de proteção contra misturas hipóxicas. Concentração máxima de N2O permitida na mistura é de 70%.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aspirador Cirúrgico 19200, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a aspirar secreções durante uma cirurgia. Possui doisfrascos de policarbonato de alta resistência onde a secreção é armazenada durante a cirurgia, para posterior descarte. O acionamento pode ser contínuo ou intermitente, neste caso acionado por um interruptor de pé (pedal). Há também um botão de controle de intensidade do vácuo, que permite um melhor controle da aspiração. A principal característica deste equipamento é o seu design ergonômico e alto poder de aspiração.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Aspirador Cirúrgico 17200, Descrição: Este equipamento médico-hospitalar é um aparelho destinado a aspirar secreções durante uma cirurgia. Possui um frasco de policarbonato de alta resistência onde a secreção é armazenada durante a cirurgia, para posterior descarte. O acionamento pode ser contínuo ou intermitente, neste caso acionado por um interruptor de pé (pedal). Há também um botão de controle de intensidade do vácuo, que permite um melhor controle da aspiração. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Monitor de Sinais Vitais MAGNAVISION 2010, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar para medir os sinais vitais dos pacientes. É um aparelho multiparamétrico configurável, e as informações são todas apresentadas num display LCD de 15" de forma amigável e de fácil compreensão para os profissionais da área. O seu hardware básico é um PC rodando LINUX para gerenciamento do barramento de comunicação serial RS485 entre os módulos de parâmetros e apresentação das diversas curvas e parâmetros medidos no display. Os parâmetros medidos são: ECG, SpO2 (saturação de oxigênio no sangue) - oxímetro de pulso, Pressão Não Invasiva, Pressão Invasiva - dois canais, Temperatura - dois canais, Capnografia main stream ou side stream, Medição dos gases anestésicos. As placas de ECG, SpO2, Temperatura são desenvolvimentos próprios e as demais adquiridas no mercado internacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Oxímetro de Pulso OXIFAST com ECG, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir dois parâmetros vitais dos pacientes, são eles, a saturação de oxigênio no sangue e os sinais de ECG, eletrocardiograma. O hardware e o software para a medição de ambos os parâmetros foram desenvolvimentos próprios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Monitor de Ventilação VENTCARE, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir parâmetros ventilatórios dos pacientes, tais como fluxo inspirado e expirado, volume inspirado e expirado, pressão máxima na inspiração, pressão média do ciclo respiratório, tempo inspiratório, tempo expiratório, relação tempo inspiratório e tempo expiratório, resistência e complacência pulmonar, trabalho inspiratório. Além das medições de parâmetros apresenta a curva de cada um dos principais parâmetros medidos e as suas composições. Os gráficos apresentados são: Curva de Fluxo x Tempo Curva de Volume x Tempo Curva de Pressão x Tempo Curva de Volume x Pressão Curva de Volume x Fluxo. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Vaporizador de Agente Anestésico Eletrônico 1415 / 1425, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a vaporizar agentes anestésicos pelo processo de borbulha de parte da mistura de gases provenientes do rotâmetro. É chamado de multiagente devido a sua característica de em uma única câmara permitir o preenchimento com um dos agentes para realização da anestesia. Conceito de aplicação limitada ao Brasil, e com utilização ínfima em outros países em desenvolvimento. É composto de elementos eletropneumáticos que permitem a medição do fluxo total de mistura de gás e uma eletrônica que realiza os cálculos necessários levando em conta este fluxo medido, a temperatura do agente anestésico e o tipo de agente anestésico para determinar uma tabela de concentração desejada x fluxo de borbulhamento necessário.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - 2005

    Filtro Circular Valvular Absorvedor de CO2 - SIVA, Descrição: Este filtro faz parte dos equipamentos de anestesia geral e a sua função principal é a de eliminar o CO2 presente no gás expirado, para que no próximo ciclo inspiratório do paciente o gás seja reinalado sem o CO2, somente com o fluxo de gases frescos (mistura do O2 com N2O ou Ar comprimido e agente anestésico na concentração estipulada). Possui dois reservatórios de cal sodada, responsável pela reação química de absorção do CO2 e um par de válvulas para determinar o sentido de circulação dos gases reinalados. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - Atual

    Ventilador COLOR com SpO2, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a ventilar o pulmão dos pacientes com insuficiência respiratória em unidades de tratamento intensivo. Este equipamento é destinado a pacientes neonatais a adultos obesos e possui diversas modalidades de ventilação permitindo a pronta recuperação das funções pulmonares dos pacientes. As modalidades disponíveis neste ventilador são: VCV - Ventilação de Volume Controlado PCV - Ventilação de Pressão Controlada PCV/AV - Ventilação de volume assegurado por pressão controlada SIMV/V + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a volume com pressão de suporte SIMV/P + PSV - Ventilação sincronizada intermitente a pressão com pressão de suporte BIPV - Ventilação em dois níveis de CPAP CPAP - Ventilação de pressão contínua nas vias aéreas PSV - Ventilação com pressão de suporte PSV/AV - Ventilação de Volume Assegurado por Pressão de Suporte VSV - Ventilação Servo Volumétrica A parte pneumática consiste em quatro válvulas reguladoras de pressão sendo utilizadas duas para cada gás onde uma realiza a pré-regulagem e a segunda a regulagem da pressão de trabalho interna do ventilador, ambas atingem uma válvula de controle de vazão proporcional à corrente aplicada, após passarem por estas válvulas os gases são misturados e adminstrados ao paciente de forma controlada conforme determinado pelos parâmetros e modalidades ajustadas. A vazão de cada um dos gases é controlada para realizar a mistura na concentração ajustada pelo operador do aparelho. O hardware e o software trabalham de forma integrada de tal sorte que o controle de pressão e fluxo nas vias aéreas seja aquelas exatamente estabelecidas pela modalidade de ventilação escolhida. O seu grande diferencial é a utilização da plataforma PC para interface homem-máquina, com os dados apresentados em display de cristal líquido de 15" e a incorporação de um módulo de medição da saturação de oxigênio no sangue do paciente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1996 - Atual

    Capnógrafo side-stream, Descrição: É um equipamento médico-hospitalar destinado a medir a concentração de gás carbônico na expiração. A sua tecnologia é por aspiração de amostra do gás expirado que adentra uma câmara, onde passa por filtros óticos adequados que eliminam a interferência da presença de outros gases e um feixe de luz no comprimento de onda do CO2 é amostrado do outro lado da câmara medindo-se a sua intensidade. Quanto menor for a intensidade do feixe de luz detetado maior é a concentração de CO2 na amostra.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): K Takaoka Indústria e Comércio Ltda - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Transferência do Hard Disk Driver de 96MB - BASF - Alamanha, Descrição: Foi realizada a transferência da tecnologia de montagem do hard disk driver de 5,25" de 96 MB da empresa BASF da Alemanha a fim de nacionalizar a produção desses equipamentos para obtenção de incentivos fiscais da Lei de Informática durante o regime de reserva de mercado. Foram realizadas visitas de treinamento na fábrica da Alemanha para aquisição de know-how do processo de montagem e para desenvolvimento dos próprios dispositivos de montagem e testes em fábrica.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Implementação de Sala Limpa Classe 100 para montagem do HDD, Descrição: Sala limpa destinada a implantação do processo de montagem do HARD DISK DRIVER de 5,25" de 20MB da Itautec. Desenvolvida com pressão positiva contínua entre as salas de aproximadamente 3 cmH2O o que elimina a possibilidade de contaminação por particulas suspensas. Todas as bancadas em aço inox e cantos das salas arredondadas para que não haja possibilidade de áreas de fluxo turbulento. A sala que foi concebida para ser de classe 100 superou as expectativas e apresentou ser de classe 10 em diversas medições de acompanhamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1989 - 1993

    Processo de montagem das cabeças de leitura do Floppy Disk Dirver 5,25", Descrição: Foi realizada a nacionalização da montagem das cabeças de floppy disk driver 5,25", que eram montadas em HONG KONG. Foi um processo de transferência de tecnologia que envolveu a aquisição de várias estações com macroscópios e dispositivos especiais para modificação da imagem de maneira a facilitar o alinhamento do gap de leitura magnética em relação ao posicionamento radial e azimute visando obter o melhor ganho e consequentemente melhrando a relação sinal-ruído. Os discos de alinhamento utilizados eram da DYSAN com sinais especiais defasados e excêntricos, que quando vistos ao osciloscópio ao longo de uma volta mostravam a forma de olhos de gato, conforme o tamanho dos olhos sabia-se se a cabeça estava alinhada ou desalinhada e em que sentido. Outros quatro sinais gravados na mesma trilha eram para verificação do azimute da cabeça e cada um desses blocos era gravado com a cabeça magnética com o azimute propositalmente desalinhado entre -15' e +15'.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Terminal Caixa do Banco Itaú, Descrição: É um equipamento de automação bancária e é destinado a efetuar transações bancárias no caixa dos bancos, para recebimentos, pagaementos, autenticação de boletos, consultas, controle do caixa e comuncação com sitema de informática central para a realização online. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Impressora de Impacto, Descrição: É um equipamento de informática e destinado a impressão de pontos pela metodologia de impacto de agulhas sobre a camada de fita "tintada", papel e cilindro de impacto. O acionamento de movimentação do conjunto de cabeça de agulhas de impacto é realizado pelo sistema de correia sincronizada e motor de passo. O movimento de avanço do papel é realizado por um sistema de engrenagens e motor de passo. Ambos os motores são acionados por circuito chopper para melhorar seu desempenho em alta velocidade e o software de controle prevê rampas de aceleração e desaceleração para que não haja perda ou excesso de passos, assim respeitando a posição de cada ponto na matriz de impressão.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Impressora Térmica Moreninha, Descrição: É um equipamento de informática para impressão de caracteres ou gráficos em papeis especiais denominados térmicos, pois o processo de transferência de imagem é realizado por aquecimento de pequenos pontos na cabeça de impressão. A movimentação da cabeça termica é realizada por sistema de transmissão por correia e polia dentada acinado por um motor de passo. A movimentação do papel é realizado por um conjunto de engrenagens e um motor de passo.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Floppy Disk Driver de 5,25", Descrição: É um equipamento de informática destinado a leitura e gravação de dados em meios flexíveis magnéticos de 5,25", denominados de floppy disk driver. Consiste em duas cabeças de leitura justapostas que "correm" sobre ambas as superfíceis magnéticas do disco flexível e denominadas de cabeça "0" e cabeça "1", um sistema de acionamento por motor de passo e transmissão por fita de aço fotocorrída flexível determinavam a posição física da cabeça entre 80 trilhas possíveis. Cada trilha concêntrica continha dados digitais gravados pelo processo de transição magnética axial.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Projeto de Hard Disk Driver 20MB, Descrição: É um equipamento para informática para armazenamento de dados digitais em disco magnético rígido de 5,25". Possuia dois discos e os dados eram gravados e recuperados através de quatro cabeças acionadas por sistema de transmissão por fita de aço fotocorroída e um motor de passo com resolução de 0,9º de passo.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Transferência de Tecnologia do Floppy Disk Drive 3,5" Y-E Data, Descrição: Foi realizada a transferência da tecnologia de montagem dos floppy disk driver de 3,5" da empresa YE-DATA do Japão a fim de nacionalizar a produção desses equipamentos para obtenção de incentivos fiscais da Lei de Informática durante o regime de reserva de mercado. Foram realizadas visitas de treinamento na fábrica do Japão para aquisição de know-how do processo de montagem e para desenvolvimento dos próprios dispositivos de montagem e testes em fábrica.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Gate Array ICG16060 - ITAUCOM - 100 mil peças produzidas, Descrição: É um componente desenvolvido na Itaucom destinado a executar o controle digital de um floppy disk driver de 5,25". A sua base é um GATE ARRAY com todas as funções necessárias incorporadas no chip. Foram utilizadas cerca de 100.000 componentes durante a vida útil do floppy disk driver 5,25" da Itautec.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

  • 1984 - 1989

    Scanner a Laser de Código de Barras, Descrição: É um equipamento para automação comercial para leitura do código de barras. Este equipamento emite continuamente um feixe de laser colimado para a maior profundidade de campo que permita a leitura e deteção correta dos códigos de barras dos produtos. Os feixes de laser em várias direções eram produzidas por um conjunto de 8 espelhos com filtros óticos especiais e varridos por um prisma girante o qual desviava o feixe para cada um desses espelhos de forma a realizar um desenho geométrico espacial que aumentava a probabilidade de um dos feixes varrer completamente o código de barras, assim permitindo a sua correta detecção e leitura.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Wataru Ueda - Coordenador., Financiador(es): Itau Tecnologia S/A - Remuneração.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Magnamed Tecnologia Médica Ltda, Diretoria. , Rua São Paulino, 221, Vila Mariana, 04019-040 - Sao Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 50814115, Fax: (11) 5081411, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2005 - Atual

    Magnamed Tecnologia Médica Ltda

    Vínculo: Proprietário, Enquadramento Funcional: Diretor Executivo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 06/2005

      Direção e administração, Diretoria, .,Cargo ou função, Diretor Executivo.

  • 1996 - 2005

    K Takaoka Industria e Comercio Ltda

    Vínculo: Consultor - P. Serviço, Enquadramento Funcional: Diretor de Planejamento Estratégico e Industr, Carga horária: 42, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/2001 - 06/2005

      Direção e administração, Diretoria de Planejamento Estratégico e Industrial, .,Cargo ou função, Diretor de Planejamento Estratégico e Industrial.

    • 04/1996 - 10/2001

      Direção e administração, Gerência de Engenharia, .,Cargo ou função, Gerente de Engenharia de Projetos.

  • 1984 - 1996

    Itau Tecnologia S/A

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro Eletrônico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/1993 - 02/1996

      Direção e administração, Diretoria Industrial, Gerência de Novos Produtos.,Cargo ou função, Gerente de Novos Produtos.

    • 10/1989 - 10/1993

      Direção e administração, Diretoria Industrial, Gerência de Fabricação de Periféricos.,Cargo ou função, Gerente de Fabricação de Periféricos.

Propriedade Intelectual

Patentes (6)