Eduardo Pereira Machado

Doutorando em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Mestre em Letras pelo Centro Universitário Ritter dos Reis (2009), Especialista em Ensino de Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Luterana do Brasil (2005) e Licenciado em Letras pela mesma Universidade (2003). Além disso, cursou a parte curricular do Doutorado em Estudos Clássicos na Universidade de Coimbra, o que lhe conferiu, pela universidade portuguesa, o Diploma de Especialização Avançada em Estudos Clássicos. Atualmente é Professor no Curso de Letras da Universidade La Salle (Unilasalle), do Colégio Leonardo da Vinci - Alfa e do Colégio Leonardo da Vinci - Beta. Neste último, também atua como Coordenador de Língua Portuguesa. Tem experiência na área de Letras (do Ensino Fundamental à Pós-graduação), atuando principalmente nos seguintes temas: leitura, língua portuguesa, produção de textos, literatura, ensino e tragédia grega.

Informações coletadas do Lattes em 03/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Letras

2016 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Do cosmos grego ao Brasil da ditadura: reflexões sobre literatura e história em Medeia e Gota d,
Maria Luiza Berwanger da Silva. Palavras-chave: sociedade; Tragédia grega; Trágico.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Mestrado em Letras

2007 - 2009

Centro Universitário Ritter dos Reis, UniRITTER
Título: A purificação das emoções e a problemática do trágico em Medéia e Gota d'água,Ano de Obtenção: 2009
Regina da Costa da Silveira.Palavras-chave: Trágico; Tragédia grega; Eurípides; Chico Buarque; Paulo Pontes.

Especialização em Estudos Clássicos

2013 - 2014

Universidade de Coimbra
Título: Manifestações do trágico na literatura portuguesa contemporânea
Orientador: Maria de Fátima Silva e Souza

Especialização em Ensino de Literaturas de Língua Portuguesa

2004 - 2005

Universidade Luterana do Brasil
Título: O fazer despertar para o ato de ler através do estudo mitológico e da tragédia Medéia
Orientador: Marione Rheinheimer

Graduação interrompida em 2005 em História

2004 - Interrompido

Universidade Luterana do Brasil
Ano de interrupção: 2005

Graduação em Letras

2001 - 2003

Universidade Luterana do Brasil
Título: 'Medéia': a catástrofe do amor rejeitado
Orientador: Marione Rheinheimer

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Extensão universitária em Gestão Universitária. (Carga horária: 20h). , Universidade La Salle - Canoas, UNILASALLE, Brasil.

2008 - 2008

Literatura e Filosofia: fundamentos da linguagem. (Carga horária: 15h). , Centro Universitário Ritter dos Reis, UniRITTER, Brasil.

2007 - 2007

Análise dialógica do discurso: teoria e prática. (Carga horária: 15h). , Centro Universitário Ritter dos Reis, UniRITTER, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Espanhol

Compreende Bem, Lê Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua Portuguesa.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira/Especialidade: Literatura Portuguesa.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MACHADO, E. P. . Primeira Semana Literária - A literatura transforma. 2017. (Outro).

MACHADO, E. P. . Feira do Livro. 2017. .

MACHADO, E. P. . II Gincana Cultural - Mario Quintana. 2006. (Outro).

MACHADO, E. P. . I Gincana Cultural - Erico Verissimo. 2005. (Outro).

MACHADO, E. P. . Série Releituras: Para Ver e Ouvir Cyro Martins. 2003. (Outro).

MACHADO, E. P. . II Seminário Internacional de Língua e Literatura. 2003. (Outro).

MACHADO, E. P. . Memórias Póstumas de Shakespeare e Cervantes. 2003. (Outro).

MACHADO, E. P. . V Congresso Internacional de Língua e Literatura do Mercosul. 2002. (Congresso).

MACHADO, E. P. . 1º Concurso Revelação Literária - Entrega do Troféu Barbosa Lessa. 2002. (Concurso).

MACHADO, E. P. . Série Releituras: Para Ver e Ouvir Barbosa Lessa. 2002. (Outro).

MACHADO, E. P. . Sobre Manuel Puig e Boquitas Pintadas. 2002. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Seminário de Literatura Brasileira Contemporânea: Pesquisa e Ensino."Mãos de Cavalo", de Daniel Galera, e a formação de leitores. 2017. (Seminário).

VII Colóquio Internacional Sul de Literatura Comparada - Arquipélagos. Medeia: do mito à realidade contemporânea. 2017. (Congresso).

III SILLPRO - Seminário Internacional de Língua, Literatura e Processos Culturais.Da Medeia mitológica às Medeias da vida real. 2016. (Seminário).

Ciclo de palestra - Literaturas em Diálogo.A problemática do trágio e a purificação das emoções em Medeia e Gota d'água. 2015. (Encontro).

Gestão Universitária. 2014. (Outra).

Qualificação Pedagógica Institucional - Dinâmicas Educativas com Adultos. 2012. (Encontro).

11º Congresso do Ensino Privado Gaúcho - Educação e Neurociências: um novo olhar. 2011. (Congresso).

X Fórum FAPA: Conhecimento em perspectiva.O uso da vírgula na análise sintática interna: abordagem teórico-prática. 2011. (Outra).

VII Painel reflexões sobre o insólito na narrativa ficcional/ II Encontro nacional O insólito como questão na narrativa ficcional.Literatura africana em sala de aula: abordagens do insólito no romance A varanda do frangipani, de Mia Couto. 2010. (Simpósio).

10º Congresso da Escola Particular Gaúcha - Tempos Liquidos: Novas formas de pensar a educação. 2009. (Congresso).

III Seminário de Letras - Estudos da Linguagem: a questão da Leitura.Literatura africana em sala de aula: uma abordagem através do romance "A varanda do Frangipani", de Mia Couto. 2009. (Seminário).

Simpósios | VII Fórum de Literatura Brasileira e II Fórum de Literatura Portuguesa e Luso-africana da UFRGS.Tragédia e realidade em "Gota d'água". 2008. (Simpósio).

Colóquio Internacional: A pesquisa em letras e lingüística em tempo de pós-.... 2007. (Outra).

VII Seminário Nacional de Literatura, História e Memória - I Simpósio de Pesquisa em Letras da Unioeste.Os elementos do trágico e a purificação das emoções: uma análise da tragédia Medéia. 2007. (Seminário).

VI Seminário Linguagem, Discurso e Ensino - II Colóquio sobre Ensino de Língua e Literatura.Os elementos do trágico e a purificação das emoções: uma análise da tragédia Medéia. 2007. (Seminário).

V Semana Acadêmica de Letras do UniRitter.Aspectos do trágico em Medéia e Gota d'água. 2007. (Encontro).

II SEPesq - Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação.Caminhos da Literatura: alicerce para a Leitura. 2006. (Outra).

V Seminário: Linguagem, Discurso e Ensino - I Colóquio sobre Ensino de Língua e Literatura. 2006. (Seminário).

I Encontro Internacional de Educação. 2005. (Encontro).

48º Congresso da UNE. 2003. (Congresso).

II Fórum Mundial da Educação. 2003. (Outra).

II Semana de Letras - Rio Grande em Letras. 2003. (Outra).

II Seminário Internacional de Língua e Literatura. 2003. (Seminário).

A competência de comunicação e a intercompreensão: contribuições da seminlingüística. 2002. (Outra).

Jeito Mineiro de Fazer Arte. 2002. (Encontro).

Produção Textual: técnicas para trabalhar redações com alunos do Ensino Fundamental e Médio. 2002. (Oficina).

V Congresso Internacional de Língua e Literatura do Mercosul. 2002. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Carina da Silva Ribeiro

BERGAMIN, F.;MACHADO, E. P.; NEVES, L. H.. Atributos determinantes do atendimento bancário: um estudo no contexto de uma agência localizada em Porto Alegre. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Luciana Borges de Souza

BERGAMIN, F.;MACHADO, E. P.; NEVES, L. H.. Análise da satisfação e seu impacto no volume de vendas: estudo de caso em uma empresa do ramo metalúrgico. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Juliana Fortes

BERGAMIN, F.;MACHADO, E. P.; NEVES, L. H.. Comportamento do consumidor: hábitos do estudante universitário em relação aos produtos e serviços bancários. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Guilherme Dutra Costa

BERGAMIN, F.;MACHADO, E. P.; NEVES, L. H.. Imagem de marca: um estudo exploratório no setor imobiliário. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: José Luís Mendes e Silva

MACHADO, E. P.PERELLO, P. S.VIEIRA, L. P. R.. A comunicação interna entre os setores de vendas e almoxarifado da empresa CMV. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Bruna dos Santos Pons

MACHADO, E. P.; STOLZ, A.; BONATO, S. V.. Responsabilidade social: práticas adotadas pelos principais bancos do país e a percepção dos clientes frente ao tema. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Bruna Hann Cardoso

MACHADO, E. P.; RHODEN, A.; BONATO, S. V.. Estudo de clima organizacional em uma instituição financeira da cidade de Cachoeirinha, RS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Camila MInuzzo Padilha

MACHADO, E. P.; RHODEN, A.; BONATO, S. V.. Qualidade de vida no trabalho: avaliação na empresa Gravataí Veículos Ltda.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Gabriel de Freitas Pereira

NEVES, L. H.;MACHADO, E. P.; BONATO, S. V.. Marketing de relacionamento: fidelizar clientes no ramo químico. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Jéssica Popsin

NEVES, L. H.;MACHADO, E. P.; BONATO, S. V.. Eficácia comercial. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: João Júnior Hahn Martins

NEVES, L. H.;MACHADO, E. P.; BONATO, S. V.. Marketing e serviços bancários: pesquisa de satisfação em uma agência bancária. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Juliana Xavier Ferreira

NEVES, L. H.;MACHADO, E. P.; BONATO, S. V.. A utilização das redes sociais: um estudo de caso sobre o Facebook como estratégia de Marketing no Banco Bradesco S.A.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos.

Aluno: Acássio Pacheco

MACHADO, E. P.MAGALHÃES, E.M.; ALMEIDA, M.. A leitura e outras mídias: encontros possíveis. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Aluno: Thaisa Regina de Oliveira

MACHADO, E. P.MAGALHÃES, E.M.; ALMEIDA, M.. Os caminhos possíveis para trabalhar com o texto literário em sala de aula. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Aluno: Maria Aparecida Pereira de Almeida

MACHADO, E. P.MAGALHÃES, E.M.ROMANELLI, R.. Literatura e Escola: um caso de amor ou de ódio?. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Jose Edil de Lima Alves

Silveira;ALVES, J. E. L.; Gomes. Manifestações do trágico em Medeia e Gota d'água: da ruina pessoal à tragédia cósmica. 2009. Dissertação (Mestrado em Letras) - Centro Universitário Ritter dos Reis.

Leny da Silva Gomes

GOMES, L. S.; ALVES, J.E.L.; SILVEIRA, Regina da Costa da. A purificação das emoções e a provlemática do trágico em Medéia e Gota D'Agua. 2009. Dissertação (Mestrado em PPGL - Mestrado em Letras UniRitter) - Centro Universitário Ritter dos Reis.

Leny da Silva Gomes

GOMES, L. S.; SILVEIRA, Regina da Costa da; ALVES, J.E.L.. Manifestações do trágico em Medéia e em Gota D"Água: da ruína pessoal à tragédia cósmica. 2008. Dissertação (Mestrado em PPGL - Mestrado em Letras UniRitter) - Centro Universitário Ritter dos Reis.

Simone Monteiro Alves

ALVES, S. M.. .Não Conformidade: Uma Oportunidade De Melhoria Na Produção, Um Estudo De Caso .. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Cataguases.

Regina da Costa da Silveira

SILVEIRA, R. C.; MACHADO, Eduardo Pereira. A PURIFICAÇÃO DAS EMOÇÕES E A PROBLEMÁTICA DO TRÁGICO EM MEDEIA E GOTA D'ÁGUA. 2009. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS) - Centro Universitário Ritter dos Reis.

Maria Luiza Berwanger da Silva

SILVA, M. L. B.; REBELLO, L. S.. Do cosmos grego ao Brasil da ditadura: reflexões sobre literatura e história em Medeia e Gota d'água. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Marione Rheinheimer

MACHADO, Eduardo Pereira;RHEINHEIMER, Marione; SOUZA, Luana Soares de. O fazer despertar para o ato de ler através do estudo mitológico e da tragédia Medéia. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Letras Português e Literaturas daLíngua Portuguesa) - Universidade Luterana do Brasil.

Marione Rheinheimer

MACHADO, Eduardo Pereira;RHEINHEIMER, Marione; PAULETTO, Elza Maria Kratz; MENDES, Isabel Regina Lima. Medéia: Catástrofe do amor rejeitado. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras Português e Literaturas daLíngua Portuguesa) - Universidade Luterana do Brasil Campus Canoas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Andre dos Santos

O ensino de língua inglesa nas séries finais baseado nas habilidades e competências; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em MBA em Gestão de Pessoas e Liderança Coach) - Universidade La Salle; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Charline Lovison

Educação e Inteligência Emocional Docente; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Docência na Educação Básica) - Faculdade Cenecista de Osório; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Cleide Schmitt Trois

As Tecnologias educacionais na sala de aula EAD; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Docência na Educação Básica) - Faculdade Cenecista de Osório; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Cristiane da Silva de Ávila Oliveira

TDAH - entre a patologia e a banalização dos diagnósticos; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Docência na Educação Básica) - Faculdade Cenecista de Osório; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Daiane Nunes Bischoff

A química do lúdico no processo de aprendizagem; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Docência na Educação Básica) - Faculdade Cenecista de Osório; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Caroline Morgana da Luz

O lúdico na educação infantil; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Docência na Educação Básica) - Faculdade Cenecista de Osório; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Daane Ticiane Franceschi Inacio

A gestão da sala de aula e a construção de espaços empreendedores; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Docência na Educação Básica) - Faculdade Cenecista de Osório; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

[Nome removido após solicitação do usuário]

Literatura infantil aliada ao processo de ensino e aprendizagem: prática de ensino com o livro "Minhoquices", de Léia Cassol; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Inf; e Anos Iniciais do Ens; Fundamental) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Jaqueline Valim

O ensino da literatura a partir das inteligências múltiplas; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Inf; e Anos Iniciais do Ens; Fundamental) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Amanda Mota

O realismo fantástico em "A metamorfose", de Franz Kakfa; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Ricardo Andres Martinez Mazo

O ensino de língua inglesa para surdos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras - Inglês) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Glecy Teresinha Klegues

Sociedade em Jorge Amado; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Inês Ivankio Borges

Marca cultural: o realismo-fantástico e a oralidade; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Charles Abel Silveira

Ensino de língua inglesa para idosos: propostas metodológicas; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras - Inglês) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Magali M

Araújo; O português e as línguas africanas no Brasil: a confluência de idiomas em Mar Morte, de Jorge Amado; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Alexandre Jesus Padilha Silveira

O herói literário na figura do personagem Capitão Rodrigo Cambará na obra "O tempo e o vento"; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Flávia Costa

O resgate do ser humano através da literatura; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

José Luís Mendes e Silva

A comunicação interna entre os setores de vendas e almoxarifado da empresa CMV; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Aletéa Garcia

Contos de fada revisitados: as histórias infantis e suas análises; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Bruna Martins Pires

Reflexões sobre o ensino de língua portuguesa: despertando o olhar crítico através da música; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade La Salle - Canoas; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Pedro Schell de Lima

A influência da língua portuguesa no mercado de trabalho: análise dos processos seletivos a vagas de emprego; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Administração) - Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos; Orientador: Eduardo Pereira Machado;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Lilian Pereira dos Santos Silva

Efeito agudo de diferentes tipos de aquecimento sobre o desempenho em salto vertical; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Educação Física) - Universidade Gama Filho; Orientador: Lilian Pereira dos Santos Silva;

Regina da Costa da Silveira

A purificação das emoções e a problemática do trágico em Medéia e Gota d'água; 2009; Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS) - Centro Universitário Ritter dos Reis,; Orientador: Regina da Costa da Silveira;

Maria Luiza Berwanger da Silva

Do Cosmos Grego ao Brasil da Ditadura: reflexões sobre Literatura e História em Medeia e Gota d'Água; Início: 2017; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Marione Rheinheimer

O fazer despertar para o ato de ler através do estudo mitológico e da tragédia Medéia; 2005; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Letras Português e Literaturas daLíngua Portuguesa) - Universidade Luterana do Brasil Campus Canoas; Orientador: Marione Rheinheimer;

Marione Rheinheimer

Medéia: Catástrofe do amor rejeitado; 2003; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Luterana do Brasil Campus Canoas; Orientador: Marione Rheinheimer;

Tatiana Vizzotto Borsa

A PROVA POLICIAL NA FASE PROCESSUAL PENAL; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Universidade Luterana do Brasil - Guaíba; Orientador: Tatiana Vizzotto Borsa;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • VALIM, J. ; MACHADO, E. P. . O ensino da literatura a partir das inteligências múltiplas. CIPPUS - REVISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNILASALLE , v. 5, p. 25-30, 2017.

  • MACHADO, E. P. . Desigualdade e injustiça em 'Capitães da Areia'. Interfacis , v. 3, p. 51, 2017.

  • ZAWASKI, T. P. ; MACHADO, E. P. . (Re)inventando a escrita: a produção de gêneros jornalísticos na terceira idade. Revista Bem Legal , v. 5, p. 03-10, 2015.

  • ZAWASKI, T. P. ; MACHADO, E. P. . O romance português nas viagens de Almeida Garret. Revista Ensiqlopédia , v. 10, p. 73-81, 2013.

  • MACHADO, E. P. ; MAGALHÃES, E.M. . Quem tomou a casa? - Uma leitura possível de "Casa tomada", de Julio Cortázar. Ave Palavra (UNEMAT) , v. 01, p. 02, 2012.

  • MACHADO, E. P. . O trágico em Medéia. Nearco (Rio de Janeiro) , v. 01, p. 125-136, 2011.

  • MACHADO, E. P. . O trágico em Medéia. Travessias (UNIOESTE. Online) , v. 5, p. 469-480, 2011.

  • MACHADO, E. P. . Propostas metodológicas para a prática de leitura. Caderno Marista de Educação , v. 8, p. 36-45, 2011.

  • MACHADO, E. P. . Sentimentos universais em Gota d'água. Ave Palavra (UNEMAT) , v. 01, p. 02, 2011.

  • MACHADO, E. P. . O trágico em Medéia. Contexto (UFES) , v. 19, p. 369-384, 2011.

  • MACHADO, E. P. ; MAGALHÃES, E.M. . Perigos, Armadilhas e Seduções na Leitura de Textos Literários. Cenários: Revista de Estudos da Linguagem , v. 02, p. 29-36, 2011.

  • MACHADO, E. P. . Literatura africana em sala de aula: abordagens do insólito no romance A varanda do Frangipani, de Mia Couto. Semioses (Rio de Janeiro) , v. 07, p. 08, 2010.

  • MACHADO, E. P. . Intertextualidade e dialogismo na obra Dom Casmurro. Cenários: Revista de Estudos da Linguagem , v. 1, p. 09, 2009.

  • MACHADO, E. P. . Caminhos da Literatura: alicerce para a Leitura. Línguas & Letras (UNIOESTE) , v. 08, p. 237-245, 2007.

  • MACHADO, E. P. ; RHEINHEIMER, M. . Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica. Textura (Canoas) , v. 15, p. 89-99, 2007.

  • ROSA, L. R. L. (Org.) ; MACHADO, E. P. (Org.) ; GREGIS, H. (Org.) . Contos de mulheres / Cuentos de mujeres / Women stories. 1. ed. Canoas: Unilasalle Editora, 2018. v. 1. 167p .

  • SANTOS, A. ; MACHADO, E. P. . Língua Inglesa nos anos finais:propostas metodológicas a partir da música. Revista Integração, Canoas, p. 57 - 58, 01 ago. 2018.

  • MACHADO, E. P. . Paulina Chiziane para além das fronteiras. Revista Evidência, Gravataí, p. 14 - 15, 04 jul. 2016.

  • MACHADO, E. P. . Mia Couto do continente africano para o mundo. Revista Evidência, p. 12 - 13, 04 jan. 2016.

  • MACHADO, E. P. . Nélida Piñon e as aventuras além-mar. Revista Evidência, p. 14 - 15, 01 dez. 2015.

  • MACHADO, E. P. . Milton Hatoum: do universal ao particular. Revista Evidência, Gravataí, p. 12 - 13, 02 jun. 2015.

  • MACHADO, E. P. . Ariano Suassuna: um ícone da cultura brasileira. Revista Evidência, Gravataí, 02 mar. 2015.

  • MACHADO, E. P. . Ariano Suassuna: um ícone da cultura brasileira. Revista Evidência, Cachoeirinha, 02 mar. 2015.

  • MACHADO, E. P. . Alice Munro: Mestre do conto contemporâneo. Revista Evidência, Cachoeirinha, 03 nov. 2014.

  • MACHADO, E. P. . Alice Munro: Mestre do conto contemporâneo. Revista Evidência, Gravataí, p. 20 - 21, 03 nov. 2014.

  • MACHADO, E. P. . J.M. Coetzee e a realidade do mundo em que habitamos. Revista Evidência, Gravataí, p. 14 - 15, 06 ago. 2014.

  • MACHADO, E. P. . J.M. Coetzee e a realidade do mundo em que habitamos. Revista Evidência, Cachoeirinha, p. 08 - 09, 05 ago. 2014.

  • MACHADO, E. P. . A maestria das palavras em Ernest Hemingway. Revista Evidência, Cachoeirinha, p. 08 - 09, 02 jun. 2014.

  • MACHADO, E. P. . A maestria das palavras em Ernest Hemingway. Revista Evidência, Gravataí, p. 20 - 21, 01 jun. 2014.

  • MACHADO, E. P. . Mario Vargas Llosa - Nobel de Literatura 2010. Revista Evidência, Gravataí, p. 14 - 15, 01 fev. 2014.

  • MACHADO, E. P. . A metaficção historiográfica de Luiz Antonio de Assis Brasil. Revista Evidência, Gravataí, , v. 181, p. 16 - 17, 04 out. 2013.

  • MACHADO, E. P. . A Literatura Gaúcha a partir de Josué Guimarães. Revista Evidência, Cachoeirinha, , v. 84, p. 06 - 07, 01 out. 2013.

  • MACHADO, E. P. . Shakespeare: dos palcos de Londres para o mundo. Revista Evidência, Cachoeirinha, , v. 81, p. 06 - 07, 01 jul. 2013.

  • MACHADO, E. P. . Entre história e ficção, eis Leticia Wierzchowski. Revista Evidência, Gravataí, , v. 177, p. 24 - 25, 01 jun. 2013.

  • MACHADO, E. P. . Dostoiévski e o retrato humano. Revista Evidência, Cachoeirinha, , v. 77, p. 08 - 09, 01 jun. 2013.

  • MACHADO, E. P. . A Literatura Gaúcha a partir de Josué Guimarães. Revista Evidência, Gravataí, , v. 173, p. 20 - 21, 04 fev. 2013.

  • MACHADO, E. P. . Shakespeare: dos palcos de Londres para o mundo. Revista Evidência, Gravataí, , v. 169, p. 22 - 23, 01 out. 2012.

  • MACHADO, E. P. . Eurípides: o trágico dos trágicos. Revista Evidência, Cachoeirinha, , v. 71, p. 06 - 07, 01 set. 2012.

  • MACHADO, E. P. . Dostoiévski e o retrato humano. Revista Evidência, Gravataí, , v. 165, p. 20 - 21, 01 jun. 2012.

  • MACHADO, E. P. . Eurípides: o trágico dos trágicos. Revista Evidência, Gravataí, , v. 161, p. 20 - 21, 01 fev. 2012.

  • MACHADO, E. P. . Breve análise da narrativa "Os confundidos", de Osman Lins. Palpitar - Literaura e Cultura, Porto Alegre, p. 01 - 03, 21 ago. 2008.

  • MACHADO, E. P. . "Medéia" e a tragédia da vida real: uma abordagem do caso Isabella. Palpitar - Literatura e Cultura, Porto Alegre, 01 ago. 2008.

  • FLORES, C.G.C. ; MACHADO, E. P. . Aprendendo a 'Ler o mundo': as contribuições do ensino da literatura infantil para a formação crítica do sujeito. In: VIII SEPEsq ? Semana de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, 2012, Porto Alegre. VIII SEPEsq ? Semana de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão. Porto Alegre: UniRitter, 2012.

  • MACHADO, E. P. . Literatura africana em sala de aula: abordagens do insólito no romance A varanda do frangipani, de Mia Couto. In: VII PaInel Reflexões sobre o Insólito na Narrativa Ficcional, 2011, Rio de Janeiro. Insólito, mitos, lendas, crenças ? Anais do VII Painel Reflexões sobre o Insólito na narrativa ficcional/ II Encontro Regional Insólito como Questão na Narrativa Ficcional ? Simpósios 3. Rio de Janeiro: Dialogarts, 2011. p. 50-58.

  • MACHADO, E. P. . A purificação das emoções em Gota d'água. In: V SEPesq - Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-graduação, 2009, Porto Alegre. Comunicações de Pós-graduação - 3ª Edição. Porto Alegre: Editora UniRitter, 2009.

  • MACHADO, E. P. . Os elementos do trágico e a purificação das emoções: uma análise da tragédia Medéia. In: III SEPesq - Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação, 2007, Porto Alegre. Comunicações de Pós-Graduação. Porto Alegre: UniRitter, 2007.

  • MACHADO, E. P. . Caminhos da Literatura: alicerce para a Leitura. In: II SEPesq - Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação, 2006, Porto Alegre. II Colóquio de Pesquisa e Pós-Graduação. Porto Alegre: UniRitter, 2006.

  • MARQUES, D. C. C. ; MACHADO, E. P. . Desigualdade na educação entre brancos e negros. In: XIV Semana Científica da Unilasalle, 2018, Canoas. Anais SEFIC 2018. Canoas, 2018. v. 1.

  • FELTRIN, A. C. ; MACHADO, E. P. . A sociedade fluminense retratada por José de Alencar em 'Lucíola'. In: XIII Semana Científica da Unilasalle - Sefic, 2017, Canoas. SEFIC 2017. Canoas, 2018. v. 1.

  • MACHADO, E. P. . O trágico em Antígona. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • PIRES, B.M ; MACHADO, E. P. . A influência do teatro vicentino nas telenovelas brasileiras. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • SCHORR, C.H.M. ; MACHADO, E. P. . Quantas madrugadas tem a noite: uma comparação entre a ficção e a realidade histórica-cultural de Angola. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • FLORES, C.G.C. ; MACHADO, E. P. . Aprender a ler o mundo: as contribuições do ensino da literatura infantil para a formação crítica do sujeito. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • LOPES, E. O. ; MACHADO, E. P. . A representatividade dos símbolos em Viagens na minha terra, de Almeida Garrett. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • COSTA, F. R. ; MACHADO, E. P. . A importância da literatura infanto-juvenil no desenvolvimento emocional dos jovens. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • CARVALHO, G. P. ; MACHADO, E. P. . Literatura infantil na sala de aula: do ideal ao real. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • BRAGA, J. ; MACHADO, E. P. . A importância da língua portuguesa nos processos seletivos. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • PAIVA, K. R. S. ; MACHADO, E. P. . A literatura infantil nas classes dominantes e dominadas da sociedade. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • ARAUJO, M. M. ; MACHADO, E. P. . A visão positiva e negativa da poligamia em Balada de amor ao vento, de Paulina Chiziane. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • ZAWASKI, T. P. ; MACHADO, E. P. . O romance português nas Viagens de Almeida Garrett. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • CAPPELLARI, F. R. O. ; MACHADO, E. P. . Utilizando a diferença presente na literatura infantil para promover a aceitação do 'outro' na escola. In: VIII Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2012, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1. Canoas: Editora do Unilasalle, 2012.

  • GARCIA, A. ; MACHADO, E. P. . Contos de fada revisitados. In: IX Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2013, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1, 2013.

  • IVANKIO, I. ; MACHADO, E. P. . Relato de prática de ensino com conto universal. In: IX Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2013, Canoas. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1, 2013.

  • COSTA, F. R. ; MACHADO, E. P. . O resgate do ser humano através da literatura. In: IX Semana Científica Unilasalle - SEFIC, 2013. Centro Universitário La Salle. Semana Científica (7. : 2011 : Canoas, RS) VII SEFIC: Semana Científica Unilasalle. - Canoas, RS : Unilasalle, 2011. 1, 2013.

  • MACHADO, E. P. . Apontamentos sobre a tragédia grega 'Os Persas', de Ésquilo. In: XI Fórum Fapa - Conhecimento: fazendo a diferença, 2012, Porto Alegre. Cadernos de Resumos do XI Fórum Fapa - Conhecimento: fazendo a diferença. Porto Alegre: Editora da Fapa, 2012. p. 114-114.

  • FREITAS, F. P. ; MACHADO, E. P. . Viva Moçambique. In: XI Fórum Fapa - Conhecimento: fazendo a diferença, 2012, Porto Alegre. Cadernos de Resumos do XI Fórum Fapa - Conhecimento: fazendo a diferença. Porto Alegre: Editora da Fapa, 2012. p. 19-19.

  • MACHADO, E. P. . O uso da vírgula na análise sintática interna: abordagem teórico-prática. In: X Fórum FAPA: Conhecimento em perspectiva, 2011, Porto Alegre. Caderno de Resumos do X Fórum FAPA, 2011. p. 218-218.

  • MACHADO, E. P. . Os elementos do trágico e a purificação das emoções: uma análise da tragédia Medéia. In: VII Seminário Nacional de Literatura, História e Memória - I Simpósio de Pesquisa em Letras da Unioeste, 2007, Cascavel/PR. Caderno de Resumos do VII Seminário Nacional de Literatura, História e Memória e I Simpósio de Pesquisa em Letras da Unioeste. Cascavel: EDUNIOESTE, 2007. p. 119-119.

  • MACHADO, E. P. . 'Mãos de Cavalo', de Daniel Galera, e a formação de leitores. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • MACHADO, E. P. . Da Medeia mitológica às Medeias da vida real. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • MACHADO, E. P. . A purificação das emoções e a problemática do trágico em Medéia e Gota d'água. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MACHADO, E. P. . O trágico em Antígona. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MACHADO, E. P. . Apontamentos sobre a tragédia grega 'Os Persas', de Ésquilo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MACHADO, E. P. . O uso da vírgula na análise sintática interna: abordagem teórico-prática. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MACHADO, E. P. . Literatura africana em sala de aula: abordagens do insólito no romance A varanda do frangipani, de Mia Couto. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MACHADO, E. P. . A liiteratura africana em sala de aula: uma abordagem através do romance A varanda do frangipani, de Mia Couto. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . A purificação das emoções e a problemática do trágico em Medéia e Gota d'água. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . A purificação das emoções em Gota d'água. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . Tragédia e realidade em "Gota d'água". 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . Os elementos do trágico e a purificação das emoções: uma análise da tragédia Medéia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . Os elementos do trágico e a purificação das emoções: uma análise da tragédia Medéia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . Aspectos do trágico em Medéia e Gota d'água. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MACHADO, E. P. . Caminhos da Literatura: alicerce para a Leitura. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MACHADO, E. P. . Medéia: a catástrofe do amor rejeitado. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do vestibular - UniRitter. 2015.

MACHADO, E. P. . Avaliador no I Concurso Literário 'Canoas contando histórias - 75 anos da cidade de Canoas'. 2015.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do vestibular - UniRitter. 2014.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 2014.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 2013.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do vestibular - FACENSA 2012/2. 2012.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do vestibular - Unilasalle 2012/2. 2012.

MACHADO, E. P. ; GREGIS, H. . Avaliador no VII Concurso Literário do Curso de Letras. 2012.

MACHADO, E. P. . Avaliador no Concurso Literário 'O Natal em Evidência'. 2012.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 2012.

MACHADO, E. P. . Revisão do Livro "Contando histórias sobre gente, plantas e bichos". 2011.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do vestibular - FACENSA 2012/1. 2011.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 2011.

MACHADO, E. P. . Consultor pedagógico - Área de Língua Portuguesa - Correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 2009.

MACHADO, E. P. . Parecerista - Revista DLCV - Língua, Linguística e Literatura (ISSN 1679-6101 e EISSN 2237-0900). 2016.

MACHADO, E. P. . Parecerista - Revista Trama, ISSN 1981-4674. 2016.

MACHADO, E. P. . Parecerista - Todas as Musas, Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte, ISSN 2175-1277, Ano 03 - Número 02 (Jan - Jun 2012). 2011.

MACHADO, E. P. . Elaboração da prova de Língua Portuguesa para o Processo Seletivo para o Curso Técnico em Administração. 2010.

MACHADO, E. P. . Presença dos Mitos na Literatura. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MACHADO, E. P. . Teatro e tragédia: alternativas metodológicas. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MACHADO, E. P. . Ciclo de Leituras: Autores Contemporâneos - Gota d'água: uma tragédia brasileira. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Estudos de Paisagem nas Literaturas de Língua Portuguesa, Descrição: Criação: simpósio "Estudos de Paisagem nas Literaturas de Língua Portuguesa", ABRALIC, 2008. Reúne pesquisadores de diferentes instituições brasileiras e colaboradores estrangeiros.Estudo sistemático, na produção literária de língua portuguesa, sobretudo século XX, sobre a figuração e desfigurações de paisagens.O tratamento crítico é interdisciplinar, buscando-se ampliar a discussão sobre a noção de paisagem como operador de sentido na contemporaneidade. Produção do grupo: primeiro livro em 2011, Literatura e Paisagem, EdUFF; n. 2 da Revista Abril Nepa UFF, sobre Paisagem e Espaço nas Lits. de Língua Portuguesa; segundo livro em 2012, Literatura e Paisagem em debate (edição on line Editora Makunaima, UERJ) e terceiro livro lançado em 2014 - Estudos de Paisagem Brasil-França-Portugal, editora Oficina Raquel. Site do grupo http://www.gtestudosdepaisagem.uff.br/. Em 2016, projeto de base de dados literários aprovado pela Fund. C. Gulbenkian, apoio financeiro a partir de 2017. UFF e RGPL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (11) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Ida Maria Santos Ferreira Alves - Coordenador.

  • 2011 - 2011

    A influência da língua portuguesa no mercado de trabalho: análise dos processos seletivos a vagas de emprego, Descrição: Nos processos seletivos a vagas de emprego, além de dominar um segundo idioma, é fundamental que o candidato tenha conhecimentos amplos de sua língua materna. Hoje, sabemos que agências realizam vários instrumentos de avaliação a fim de verificar o potencial daquele que disputa uma vaga. Entre esses instrumentos, está a análise de conhecimentos linguísticos. Sendo assim, tem-se por objetivo verificar a influência da Língua Portuguesa na seleção de candidatos pelas agências de recursos humanos. Inicialmente, será realizada uma pesquisa de campo em agências de emprego situadas em duas cidades da região metropolitana de Porto Alegre: Gravataí e Cachoeirinha.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Coordenador / Pedro Schell de Lima - Integrante., Número de orientações: 1

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador.Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

  • 2003 - 2005

    Manifestações do trágico em Medéia e Gota d'água: da ruína pessoal à tragédia cósmica, Descrição: Nesse estudo, comparamos os elementos e manifestações do trágico na tragédia Medéia, de Eurípides, e no texto Gota d'água de Chico Buarque e Paulo Pontes. Para a análise da tragédia grega, recuperamos, em primeiro lugar, os mitos anteriores à Medéia - os elos que a precedem - configurados no mito dos Argonautas e no mito do Velocino de Ouro. Destes, Eurípides extrai os elementos para a culminância da relação trágica entre Medéia e Jáson. Em Gota d'água, os autores contemporâneos resgatam a essência da tragédia, mas modificada e adaptada para um contexto sócio-político-cultural moderno. Os aspectos do trágico que em ambas as histórias se desenvolvem são aprofundados à medida que progredimos na análise. Para isso, servem de referencial teórico (naturalmente) a Poética de Aristóteles; também, os estudos de Albin Lesky e de H.D.F.Kitto. No cosmos grego, a tragédia efetivava-se quando a ação de um herói desestabilizava esse cosmos, seus atos repercutindo negativamente em todo o universo grego. A tragédia, compreendida como "imitação de uma ação de caráter elevado, suscitando o terror e a piedade" (Aristóteles), buscava, por efeito, provocar a purificação dessas emoções - pois os efeitos da tragédia repercutiam coletivamente. No texto trágico atual (Gota d´água) as conseqüências dos atos trágicos não repercutem coletivamente (a ruína é pessoal, não mais cósmico-universal). Diferenças e semelhanças, aproximações e distanciamentos são o que pesquisamos por meio da comparação entre os dois textos em estudo. ARISTÓTELES. Arte retórica e arte poética. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1978. FÉLIX, Loiva Otero; GOETTEMS, Míriam Barcellos (Orgs). Cultura grega clássica. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1989. KITTO, H.D.F. Tragédia grega. Estudo literário. v. 1 e 2. Coimbra: Arménio Amado, 1990. LESKY, Albin. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1990. ZILBERMAN, Regina. Conferência: "Medéia: o mito e suas justificações". Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Eduardo Pereira Machado - Integrante / Marione Rheinheimer - Coordenador., Financiador(es): Universidade Luterena do Brasil Campus Gravataí - Cooperação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Paraninfo - Letras 2018/1, Universidade LaSalle.

2017

Paraninfo - Letras 2017/1, Universidade LaSalle.

2016

Paraninfo - Letras 2016/1, Centro Universitário La Salle - Unilasalle.

2015

Paraninfo - Letras 2015/1, Centro Universitário La Salle - Unilasalle.

2015

Professor homenageado - Letras 2015/2, Centro Universitário La Salle - Unilasalle.

2011

Professor homenageado da turma 231 (3º Série - Ensino Médio), Colégio Marista Assunção.

2006

Paraninfo da turma 304 (3º Série - Ensino Médio), Colégio Estadual Barbosa Rodrigues.

2006

Professor homenageado da turma 303 (3º Série - Ensino Médio), Colégio Estadual Barbosa Rodrigues.

2005

Paraninfo da turma 81 (8ª série - Ensino Fundamental), Colégio Estadual Barbosa Rodrigues.

2005

Paraninfo da turma 305 (3ª série - Ensino Médio), Escola Estadual de Ensino Médio Adelaide Pinto de Lima Linck.

2004

Paraninfo da turma 81 (8ª Série - Ensino Fundamental), Colégio Estadual Barbosa Rodrigues.

2004

Professor homenageado da turma 82 (8ª Série - Ensino Fundamental), Colégio Estadual Barbosa Rodrigues.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade La Salle. , Av. Victor Barreto, 2288, Centro, 92010000 - Canoas, RS - Brasil, Telefone: (51) 000000, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - Atual

    Universidade La Salle - Canoas

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

    Atividades

    • 02/2012

      Ensino, Letras, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado II, III e IV, Leitura, Produção e Revisão de textos, Literatura Brasileira I, Literatura Universal, Literaturas de Língua Portuguesa, Prática Pedagógica - Leitura e Produção textual II e III, Trabalho de Conclusão de Curso I

    • 06/2012 - 08/2012

      Ensino, Educação Inf. e Anos Iniciais do Ens.Fundamental, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Literatura Infantil

  • 2013 - Atual

    Fundação La Salle

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Elaborador de questões para concurso

    Outras informações:
    Elaboração de questões de língua portuguesa para concursos públicos (nível fundamental, médio, técnico e superior)

  • 2018 - Atual

    Colégio Leonardo Da Vinci - Alfa

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Professor de Língua Portuguesa - Oitavos anos

  • 2017 - Atual

    Colégio Leonardo da Vinci - Beta

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor - Ensino Fundamental e Médio, Carga horária: 18

  • 2016 - 2017

    Colégio Leonardo da Vinci - Beta

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Ensino Fundamental, Carga horária: 8

    Outras informações:
    Professor de Língua Portuguesa - Nonos anos.

    Atividades

    • 02/2017

      Direção e administração, Coordenação, .,Cargo ou função, Coordenador de Área - Língua Portuguesa.

    • 02/2017

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa - Primeiras séries do Ensino Médio

    • 02/2016

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa - Nonos anos do Ensino Fundamental

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

  • 2011 - 2014

    Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12

    Atividades

    • 02/2011 - 12/2014

      Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa

    • 03/2012 - 12/2012

      Serviços técnicos especializados , Graduação, .,Serviço realizado, Revisor.

    • 03/2011 - 06/2011

      Ensino, Nivelamento em Língua Portuguesa, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Nivelamento em Língua Portuguesa

  • 2010 - 2013

    Colégio Marista Ipanema

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor do Ensino Médio, Carga horária: 16

    Atividades

    • 08/2010 - 08/2013

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa, Redação

  • 2009 - 2012

    Colégio Marista Assunção

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor do Ensino Médio, Carga horária: 15

    Atividades

    • 06/2009 - 12/2012

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa

  • 2009 - 2009

    Centro Universitário Ritter dos Reis, UniRITTER

    Vínculo: Estágio de docência, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Estágio de docência na disciplina "Literatura e Identidade nacional" , sob orientação da Prof. Dr. Regina da Costa da Silveira - totalizando 48h (atividade facultativa do Curso de Mestrado em Letras)

    Atividades

    • 04/2009 - 05/2009

      Ensino, Licenciatura em Letras, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura e Identidade nacional

  • 2010 - 2010

    Colegio Estadual Barbosa Rodrigues

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 27

  • 2004 - 2008

    Colegio Estadual Barbosa Rodrigues

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

    Atividades

    • 05/2010 - 08/2010

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa

    • 05/2010 - 08/2010

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa

    • 05/2010 - 08/2010

      Ensino, Técnico em Administração, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Português Técnico I, Português Técnico II

    • 09/2006 - 07/2008

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Escolar, .,Cargo ou função, Presidente.

    • 06/2004 - 07/2008

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Ética, Língua Portuguesa, Literatura Infanto-Juvenil

    • 06/2004 - 07/2008

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa, Literatura

  • 2004 - 2005

    Escola Estadual de Ensino Médio Adelaide Pinto de Lima Link

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20

    Atividades

    • 06/2004 - 12/2005

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa, Literatura

  • 2003 - 2003

    Escola Estadual de Ensino Médio Morada do Vale I

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor voluntário

    Atividades

    • 03/2003 - 12/2003

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa

    • 03/2003 - 12/2003

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa, Literatura

  • 2008 - 2009

    Instituto Irmão Ernesto Dewes - SOS Rialesa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 24

    Atividades

    • 03/2009 - 11/2009

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Técnicas de Redação e Linguística Aplicada

    • 10/2008 - 11/2009

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira

  • 2003 - 2005

    Universidade Luterana do Brasil

    Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador Graduação e Pós-Graduação