Camila Moura de Lima

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Pelotas (2016). Atualmente é Mestranda do programa de pós graduação em Veterinária UFPel. É especialista na área de Pet Terapia e colaborador do ClinPet grupo de pesquisa, ensino e extensão e Pet Terapia. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em clínica médica de pequenos animais, comportamento de cães e gatos e Intervenções Assistidas por Animais.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Mestrado acadêmico em Veterinária

2019 - Atual

Universidade Federal de Pelotas
Orientador:Marcia de Oliveira Nobre.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Especialização em Pet Terapia: atividade, terapia e educação assistida por animais.

2017 - 2019

Universidade Federal de Pelotas
Título: Intervenções Assistidas por Animais: Benefícios e efeitos aos seres humanos e cães terapeutas
Orientador: Márcia de Oliveira Nobre
Bolsista do(a): Ministério da Educação, MEC, Brasil.

Graduação em Medicina Veterinária

2011 - 2016

Universidade Federal de Pelotas

Ensino Médio (2º grau)

2004 - 2006

Instituto Estadual de Educação Assis Brasil

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 -

Nutrição Clínica de cães e gatos. (Carga horária: 60h). , Portal Educação, PA, Brasil.

2019 - 2019

Formação em comportamento de felinos domésticos. (Carga horária: 8h). , Gatos no divã, GATOS, Brasil.

2019 - 2019

Intensivão de Odontologia Veterinária. (Carga horária: 6h). , Virbac do Brasil Indústria e Comércio, VIRBAC, Brasil.

2019 - 2019

Cat Friendly Practice. (Carga horária: 20h). , Equalis, EQUALIS, Brasil.

2018 - 2018

Inglês básico I. (Carga horária: 4h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC/RS, Brasil.

2017 - 2018

Inglês Instrumental. (Carga horária: 80h). , Escola de Inglês IDIOMAS, IDIOMAS, Brasil.

2016 - 2016

Fluidoterapia e Hemodinâmica nas emergências- Online. (Carga horária: 2h). , Equalis, EQUALIS, Brasil.

2016 - 2016

Mini curso de Oncologia. (Carga horária: 4h). , Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais - SC, ANCLIVEPA-SC, Brasil.

2016 - 2016

Adestramento de cães. (Carga horária: 60h). , INSTITUTO NACIONAL DE ENSINO A DISTÂNCIA, INEAD, Brasil.

2016 - 2016

Cuidados Clínicos no Pós-operatório de Cães e Gatos. (Carga horária: 20h). , Instituto Politécnico de Ensino a Distância, iPED, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Leitura de Língua Inglesa. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2015 - 2015

Minicurso de Bioterismo e Experimentação Animal. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2014 - 2014

2ª Edição do Curso Vribac Derma. (Carga horária: 8h). , Virbac do Brasil Indústria e Comércio, VIRBAC, Brasil.

2014 - 2014

1° Minicurso de Atualização em Cardiologia e Nefro. (Carga horária: 9h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2014 - 2014

CINOTÉCNICO. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2012 - 2012

Psicologia Canina. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2011 - 2011

Auxiliar veterinário de pequenos animais. (Carga horária: 100h). , AGROFAZ, AGROFAZ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

BARBOSA, A. ; CORREA, M. N. ; NUNES, A. R. ; LIMA, C. M. ; NEVES, K. R. ; TAVARES, L. A. ; KLEINUBING ; MOLARINHO, K. ; BOANOVA, H. . 1° Ciclo de Palestras em Bovinocultura Leiteira. 2014. (Outro).

LOPES, T. V. ; NOBRE, M. O. ; FONTOURA, E. G. ; ZAMBARDA, T. ; LIMA, C. M. ; SAFONS, M. . Curso Cinotécnico. 2014. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

21 questões que farão você repensar a vacinação de cães e gatos. 2019. (Outra).

Buscando remissão da diabetes mellitus em gatos. 2019. (Outra).

Criando ambientes amigáveis para gatos: uma introdução aos conceitos cat friendly. 2019. (Outra).

Manifestações oculares de doenças sistêmicas em gatos. 2019. (Outra).

Primeiro Simpósio de Medicina Felina. 2019. (Outra).

A importância da socialização e imunização dos filhotes de cães e gatos. 2018. (Outra).

Avaliação da dor aguda em cães. 2018. (Outra).

Avaliação da dor em gatos. 2018. (Outra).

Avanços no diagnóstico de doença renal. O que há de novo?. 2018. (Outra).

Cirurgia por mínima invasão e avanços na nefrologia e urologia. 2018. (Outra).

Como melhorar a qualidade de vida de cães idosos cardiopatas. 2018. (Outra).

Controle da dor aguda pós-operatória em cães. 2018. (Outra).

Dermatite atópica em cães: novos diagnósticos e terapias. 2018. (Outra).

Desafios das hemoparasitoses caninas: do diagnóstico ao tratamento. 2018. (Outra).

Desatando os nós da giardiose: uma simplicidade pra lá de complexa !. 2018. (Outra).

Diagnóstico e tratamento da proteinúria associada a DRC. 2018. (Outra).

Doença renal crônica em gatos- do diagnóstico ao tratamento. 2018. (Outra).

Doença valvar mitral: do diagnóstico ao manejo clínico.. 2018. (Outra).

Encontros técnicos Vetesul-EMERGÊNCIA. 2018. (Encontro).

Envelhecimento em cães e a Síndrome de Disfunção cognitiva. 2018. (Outra).

Hipertensão arterial pulmonar. Quando e como tratar?. 2018. (Outra).

Inibição do SRAA em gatos com DRC: Além da hipertensão e proteinúria. 2018. (Outra).

Lesões cutâneas causadas por leishmaniose: lesão muda a terapia?. 2018. (Outra).

Marcos terapêuticos históricos da ICC. 2018. (Outra).

Meus casos mais desafiadores. 2018. (Outra).

Nódulo Adrenal em idosos é sinônimo de hiperadrenocorticismo?. 2018. (Outra).

Novas opções para o manejo da epilepsia idiopática em cães. 2018. (Outra).

Particularidade da doença renal crônica no paciente idoso. 2018. (Outra).

Sala de Emergência. 2018. (Simpósio).

Urolitíase do Clássico ao moderno, tratamento e prevenção. 2018. (Outra).

Abordagem terapêutica da dermatite atópica canina. 2017. (Outra).

Atualizações em epilepsia canina. 2017. (Outra).

Avaliação hepática. 2017. (Outra).

Considerações sobre Dirofilariose. 2017. (Outra).

Desmitificando as convulsões e terapia antiepilética. 2017. (Outra).

Diagnóstico e terapia das otites (estudos de casos). 2017. (Outra).

III Semana Integrada de Inovação, Ensino, Pesquisa e Extensão. 2017. (Congresso).

Manejo do gato obstruído. 2017. (Outra).

Nova abordagem das dermatopatias parasitárias. 2017. (Outra).

Nutrição e reposição de barreira em cães com dermatite atópica e reação adversa a alimentos. 2017. (Outra).

Obesidade. Complicou! O que fazer?. 2017. (Outra).

Oficina Intervenções mediada por cães - Estratégia de cuidado a crianças em vulnerabilidade social.Oficina Intervenções mediada por cães - Estratégia de cuidado a crianças em vulnerabilidade social. 2017. (Oficina).

Palestra sobre a raça Old English Sheepdog. 2017. (Outra).

Palestra sobre a raça Shih-Tzu. 2017. (Outra).

Principais cardiopatias adquiridas de cães e gatos. 2017. (Outra).

Simpósio de Medicina Felina. 2017. (Outra).

Síndrome Cardiorrenal. 2017. (Outra).

Verdades ou mitos sobre o uso de opióides na prática clínica. 2017. (Outra).

WebInário classificação clínica da ICC. 2017. (Outra).

Webinário com o tema diarreia crônica. 2017. (Outra).

Webinário com o tema doença renal crônica. 2017. (Outra).

1°Semana de Oncologia Veterinária do SOVET. 2016. (Outra).

2°Congresso Sul Brasileiro da Anclivepa e 1° Encontro do Mercosul de clínicos Veterinários de Pequenos Animais. 2016. (Congresso).

Encontros Técnicos Vetesul - 3 Edição: Anestesiologia. 2016. (Outra).

Workshop neonatologia em pequenos animais. 2016. (Outra).

31° Semana acadêmica de Medicina Veterinária. 2015. (Outra).

Conhecimento básico sobre exposições de cães do sistema CBKC/FCI: Palestras e treinamento. 2015. (Outra).

I Ciclo de Palestras - Construindo Carreiras de Sucesso. 2015. (Outra).

1° Ciclo de Atualizações de animais de companhia. 2014. (Outra).

1° Ciclo de Palestras em Bovinocultura Leiteira. 2014. (Outra).

41°Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. 2014. (Congresso).

Ação contra o câncer de mama canino.Ação contra o câncer de mama canino evento público. 2014. (Encontro).

Congresso de Extensão e cultura memoria é muitos tempos. 2014. (Congresso).

XXIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. 2014. (Congresso).

II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias. 2013. (Congresso).

XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. 2013. (Congresso).

XXIX SEMANA ACADÊMICA DA MEDICINA VETERINÁRIA. 2011. (Outra).

I Fórum das Indústrias de Bebidas. 2009. (Outra).

2° JORNADA CULTURAL DE PELOTAS. 2004. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

LIMA, C. M.; PEREIRA, S. B.. Avaliador da III Mostra Acadêmica promovido durante o VII Simpósio de Biotecnologia: Integração entre graduação e pós-graduação. 2019. Universidade Federal de Pelotas.

LIMA, C. M.; CRUZ, M. B.; SILVA, L. M. C.. Debatedor(a) de trabalhos no V Congresso de Extensão e Cultura UFPel. 2018. Universidade Federal de Pelotas.

LIMA, C. M.; ROMANO, A. R.. Avaliou o IV Congresso de Extensão e Cultura. 2017. Universidade Federal de Pelotas.

LIMA, C. M.; ROMANO, A. R.; CADERMARTORI, M. G.. Debatedor(a) de trabalhos na área Saúde no IV Congresso de Extensão e Cultura,. 2017. Universidade Federal de Pelotas.

LIMA, C. M.; BRITO, C.; SILVA, L. M. C.. Debatedor(a) de trabalhos no III Congresso de Ensino de Graduação. 2017. Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Alceu Gonçalves dos Santos Junior

SANTOS JUNIOR, A. G.; FEHLBERG, M. F.; PINTO, D. M.. Veterinária preventiva. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Viviane Ribeiro Pereira

NOBRE, M.; GRECCO, F.;PEREIRA, V. R.; RONDELLI, M. C. H.. INTERVENÇÕES ASSISTIDAS POR ANIMAIS REALIZADAS EM CRIANÇAS E JOVENS COM ALTERAÇÕES DE COMPORTAMENTO/E OU DÉFICT INTELECTUAL tual. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Residência Multiprofissional em Área de profissional de Saúde-) - Universidade Federal de Pelotas.

Diego Moscarelli Pinto

PINTO, D. M.; FEHLBERG, M. F.; SANTOS, A. G.. Estagio curricular Supervisionado: Clínica de pequenos animais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Marlete Brum Cleff

Pinto, D.P.; Felberg, M.;CLEFF,M.B.. Banca de Defesa Estágio Curricular Supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Mariana Santos Martins

Co-orientação em estágio extracurricular; 2018; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Camila Moura de Lima;

Emanuele Prado

Co-orientação em estágio extracurricular; 2018; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Camila Moura de Lima;

Anne Karoline da Silveira Flores

Co-orientação em estágio extracurricular; 2018; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Camila Moura de Lima;

Liandra Tolfo Dotta

Co-orientação em estágio extracurricular; 2017; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Camila Moura de Lima;

Anne Karoline da Silveira Flores

Co-orientação em estágio extracurricular; 2017; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Camila Moura de Lima;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Márcia de Oliveira Nobre

Intervenções Assistidas por Animais: Benefícios e efeitos aos seres humanos e cães terapeutas; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Residência) - Universidade Federal de Pelotas, Ministério da Educação e Cultura; Orientador: Márcia de Oliveira Nobre;

Sabrina de Oliveira Capella

Avaliações da cicatrização de feridas abertas tratadas com Bixa orellana L; ; 2013; Orientação de outra natureza; (Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Sabrina de Oliveira Capella;

Marlete Brum Cleff

Estágio Curricular Supervisionado; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Marlete Brum Cleff

Bolsista de Projeto de Ensino; 2015; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • LIMA, C. M. ; KRUG, F. D. ; BENDER, D. D. ; RODRIGUES, M. R. M. ; MECHEREFFE, B. M. ; VIEIRA, A. C. G. ; CAPELLA, S. O. ; NOBRE, M. O. . INTERVENÇÕES ASSISTIDAS POR ANIMAIS REALIZADAS EM AMBIENTE HOSPITALAR NA PROMOÇÃO DO CUIDADO COM A VIDA. EXPRESSA EXTENSÃO , v. 23, p. 89-95, 2018.

  • LIMA, C. M. ; NUNES, D. M. ; KRUG, F. D. ; NOBRE, M. O. . Educação Assistida por Animais: Estratégia promissora no âmbito escolar. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E SAÚDE , v. 8, p. 54-57, 2018.

  • SILVA, E. C. ; NOBRE, M. O. ; FLORES, A. K. S. ; GALLEGO, T. M. ; KRUG, F. D. ; CRUZ, M. B. ; CAPELLA, S. ; LIMA, C. M. . Uma nova perspectiva na promoção da saúde animal e humana. REVISTA ELECTRÓNICA DE VETERINARIA , v. 19, p. 1-5, 2018.

  • PEREIRA, S. B. ; LIMA, C. M. ; FONTOURA, E. G. ; SEIXAS NETO, A.C.P ; NOBRE, M. O. ; FELIX, A. O. C. ; FELIX, S. R. . Influência da Inclusão de isolado local na sensibilidade do ensaio de soro aglutinação microscópica para leptospirose: um estudo em cães. REVISTA INTERDISCIPLINAR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO , v. 3, p. 208-215, 2015.

  • FLORES, A. K. S. ; SILVA, E. P. ; LIMA, C. M. ; SAPIN, C. F. ; NOBRE, M. O. . Intervenções Assistidas por Animais e seus benefícios em Instituições de Pelotas/RS. In: V congresso de Extensão e cultura UFPel, 2018, PELOTAS. Intervenções Assistidas por Animais e seus benefícios em Instituições de Pelotas/RS, 2018.

  • MARTINS, M. S. ; LIMA, C. M. ; SAPIN, C. F. ; KRUG, F. D. ; FLORES, A. K. S. ; NOBRE, M. O. . Treinamento de animais co-terapeutas: O papel do condutor. In: IV congresso de Ensino de graduação UFPel, 2018, PELOTAS. Treinamento de animais co-terapeutas: O papel do condutor, 2018.

  • SILVA, E. P. ; LIMA, C. M. ; SAPIN, C. F. ; SCHMALFUSS, M. M. ; MARTINS, M. S. ; NOBRE, M. O. . A importância do conhecimento em comportamento canino para o bem-estar dos cães co-terapeutas. In: IV Congresso de Ensino de Graduação UFPel, 2018, PELOTAS. A importância do conhecimento em comportamento canino para o bem-estar dos cães co-terapeutas, 2018.

  • DAMASIO, E. L. ; SILVA, T. R. ; LIMA, C. M. ; AIRES, M. C. ; CORREA, R. C. ; NOBRE, M. O. . Relato da interação entre crianças autistas e a terapia realizada por animais. In: V Congresso de Extensão e cultura UFPel, 2018, PELOTAS. Relato da interação entre crianças autistas e a terapia realizada por animais, 2018.

  • SAPIN, C. F. ; LIMA, C. M. ; SILVA, E. P. ; SCHMALFUSS, M. M. ; NOBRE, M. O. . Pet Terapia: A terapia do afeto. In: Pet Terapia: A terapia do afeto, 2018, Santana do Livramento. Pet Terapia: A terapia do afeto, 2018.

  • SILVA, E. C. ; FLORES, A. K. S. ; LIMA, C. M. ; KRUG, F. D. ; CAPELLA, S. ; NOBRE, M. O. . Avaliação do Grau de Doença Periodontal em Cães Através de seus Efeitos Macroscópicos. In: XXVI Congresso de Iniciação Científica UFPEL, 2017, Pelotas. Avaliação do Grau de Doença Periodontal em Cães Através de seus Efeitos Macroscópicos, 2017.

  • DOTTA, L. T. ; CORREA, K. S. ; FARIAS, L. M. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DOS RECURSOS LÚDICOS DO PROJETO ?PET TERAPIA'. In: IV Congresso de extensão e cultura UFPEL 2017, 2017, Pelotas. AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DOS RECURSOS LÚDICOS DO PROJETO ?PET TERAPIA", 2017.

  • FREGULIA, B. L. A. ; DOTTA, L. T. ; LIMA, C. M. ; CHAGAS, B. C. ; SILVA, T. M. ; NOBRE, M. O. . Os benefícios das Intervenções Assistidas por Animais realizadas pelo pet terapia. In: IV Congresso de extensão e cultura UFPEL 2017, 2017, PELOTAS. Os benefícios das Intervenções Assistidas por Animais realizadas pelo pet terapia, 2017.

  • FLORES, A. K. S. ; BRAGA, P. T. P. ; LIMA, C. M. ; NUNES, D. M. ; NOBRE, M. O. . EDUCAÇÃO ASSISTIDA POR ANIMAIS: CONTRIBUINDO NA INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DIFICULDADE INTELECTUAL.. In: IV Congresso de extensão e cultura UFPEL 2017, 2017, PELOTAS. EDUCAÇÃO ASSISTIDA POR ANIMAIS: CONTRIBUINDO NA INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DIFICULDADE INTELECTUAL., 2017.

  • FEIJO, V. M. ; STORNIOLO, C. O. ; LIMA, C. M. ; BRITO, R. S. A. ; FRIPP, J. C. ; NOBRE, M. O. . RELATO DE INTERVENÇÃO ASSISTIDA POR ANIMAIS EM PACIENTES COM DOENÇAS CRÔNICAS.. In: IV Congresso de extensão e cultura UFPEL 2017, 2017, PELOTAS. RELATO DE INTERVENÇÃO ASSISTIDA POR ANIMAIS EM PACIENTES COM DOENÇAS CRÔNICAS., 2017.

  • FLORES, A. K. S. ; SILVA, E. C. ; CASTANHO, M. S. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; NOBRE, M. O. . PROJETO PET TERAPIA: UMA NOVA PERSPECTIVA NO MEIO ACADÊMICO.. In: III Congresso de Ensino de Graduação UFPEL 2017, 2017, PELOTAS. PROJETO PET TERAPIA: UMA NOVA PERSPECTIVA NO MEIO ACADÊMICO., 2017.

  • FREGULIA, B. L. A. ; SILVA, E. C. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; COSTA, A. L. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR EM CÃES COTERAPEUTAS. In: XXVI Congresso de Iniciação Científica UFPEL 2017, 2017, PELOTAS. AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR EM CÃES COTERAPEUTAS, 2017.

  • LIMA, C. M. ; KRUG, F. D. ; DOTTA, L. T. ; NUNES, D. M. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR EM CO-TERAPEUTAS DURANTE UMA SESSÃO DE EAA.. In: XIX Encontro de Pós-Graduação UFPEL 2017, 2017, PELOTAS. AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR EM CO-TERAPEUTAS DURANTE UMA SESSÃO DE EAA., 2017.

  • MOLARINHO, K. ; BASSI, J. ; TAVARES, L. A. ; KLEINUBING ; LIMA, C. M. ; BARBOSA, A. . Perdas na produção leiteira por estresse térmico em uma propriedade no sul do Rio Grande do Sul ( Relato de caso). In: III WORKSHOP EM BOVINOS - I MOSTRA CIENTÍFICA DE BUIATRIA - URUGUAIANA, 2015, URUGUAIANA. Perdas na produção leiteira por estresse térmico em uma propriedade no sul do Rio Grande do Sul ( Relato de caso), 2015.

  • TAVARES, L. A. ; LIMA, C. M. ; KLEINUBING ; BASSI, J. ; MOLARINHO, K. ; BARBOSA, A. . Perdas na produção leiteira por afecções podais em uma propriedade no sul do Rio Grande do Sul (relato de caso). In: III WORKSHOP EM BOVINOS - I MOSTRA CIENTÍFICA DE BUIATRIA - URUGUAIANA, 2015, URUGUAIANA. Perdas na produção leiteira por afecções podais em uma propriedade no sul do Rio Grande do Sul (relato de caso), 2015.

  • LIMA, C. M. ; LAGES, P. D. F. ; KRUG, F. D. ; PEREIRA, S. B. ; NOBRE, M. O. . Tumor Venéreo Transmissível e o Tratamento com Sulfato de Vincristina. In: XXIV CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, 2015, PELOTAS. Tumor Venéreo Transmissível e o Tratamento com Sulfato de Vincristina, 2015.

  • LIMA, C. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; GIESTA, L. B. ; LIMA, C. ; CLEFF, M. B. . UTILIZAÇÃO DA HOMEOPATIA NO TRATAMENTO DE ANIMAIS DE COMPANHIA NO AMBULATÓRIO VETERINÁRIO. In: CONGRESSO DE EXTENSÃO E CULTURA, 2015, PELOTAS. UTILIZAÇÃO DA HOMEOPATIA NO TRATAMENTO DE ANIMAIS DE COMPANHIA NO AMBULATÓRIO VETERINÁRIO, 2015.

  • LIMA, C. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; KUNRATH, S. E. ; ANANA, D. C. ; CLEFF, M. B. . USO DE HOMEOPATIA NA ARTRITE REUMATÓIDE CANINA. In: CONGRESSO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 2015, PELOTAS. USO DA HOMEOPATIA NA ARTRITE REUMATÓIDE CANINA, 2015.

  • MATOS, C. S. ; LIMA, C. M. ; BOTELHO, L. S. ; LIMA, C. S. ; CLEFF, M. B. . Importância do Médico Veterinário em Comunidades Carentes e Casuística de Atendimentos do Período de Onze meses. In: Congresso de Extensão e cultura, 2015, Pelotas. Importância do Médico Veterinário em Comunidades Carentes e Casuística de Atendimentos do Período de Onze meses, 2015.

  • PEREIRA, S. B. ; LIMA, C. M. ; SEIXAS NETO, A. C. P. ; NOBRE, M. O. ; FELIX, S. R. ; FELIX, A. O. C. . Soroprevalência de Leptospirose canina em um bairro do município de Pelotas, Rio Grande do Sul. In: XXIV CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, 2015, Pelotas. Soroprevalência de Leptospirose canina em um bairro do município de Pelotas, Rio Grande do Sul, 2015.

  • LIMA, C. M. ; BENEDETTI, F. G. ; BRITO, M. F. W. ; HIJANO, A. ; MICHELON, L. ; LOPES, T. V. ; FERNANDES, C. ; NOBRE, M. O. . ANALISE POR FLUTUAÇÃO DA PRESENÇA DE OVOS DE PARASITAS EM DIFERENTES PORÇÕES DE FEZES CANINAS. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado. ANALISE POR FLUTUAÇÃO DA PRESENÇA DE OVOS DE PARASITAS EM DIFERENTES PORÇÕES DE FEZES CANINAS, 2014.

  • MENDES, C. B. M. ; VEDANA, C. ; LIMA, C. M. ; ANCIUTI, A. ; FELIX, A. O. C. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE DE PON 1 EM CÃES COM TUMORES MAMÁRIOS. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE DE PON 1 EM CÃES COM TUMORES MAMÁRIOS, 2014.

  • LIMA, C. M. ; TELES, A. J. ; NUNES, A. R. ; SAUERESSIG, J. S. ; SAMPAIO, D. P. ; MEIRELES, M. C. A. . RELATO DE CASO ? ESPOROTRICOSE CANINA. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2014, Pelotas. RELATO DE CASO ? ESPOROTRICOSE CANINA, 2014.

  • PEREIRA, S. B. ; CAPELLA, S. ; MARTINS, M. P. ; LIMA, C. M. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES MÉTODOS PARA MENSURAÇÃO DA PROFUNDIDADE DE FERIDAS ABERTAS EM MODELOS EXPERIMENTAIS. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2014, Pelotas. COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES MÉTODOS PARA MENSURAÇÃO DA PROFUNDIDADE DE FERIDAS ABERTAS EM MODELOS EXPERIMENTAIS, 2014.

  • LIMA, C. M. ; PEREIRA, S. B. ; SOARES, G. F. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . PAPEL DO GRUPO CLINPET ? GRUPO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EM CLÍNICA DE PEQUENOS ANIMAIS DA FACULDADE DE VETERINÁRIA/UFPEL. In: Congresso de Extensão e cultura memória e muitos tempos, 2014, Pelotas. PAPEL DO GRUPO CLINPET ? GRUPO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EM CLÍNICA DE PEQUENOS ANIMAIS DA FACULDADE DE VETERINÁRIA/UFPEL, 2014.

  • PEREIRA, S. B. ; LIMA, C. M. ; MENDES, C. B. M. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . AÇÃO DO GRUPO CLINPET NO CONTROLE E PREVENÇÃO DE ENFERMIDADES E ZOONOSES DA ESPÉCIE FELINA. In: Congresso de Extensão e cultura memória e muitos tempos, 2014, Pelotas. AÇÃO DO GRUPO CLINPET NO CONTROLE E PREVENÇÃO DE ENFERMIDADES E ZOONOSES DA ESPÉCIE FELINA, 2014.

  • WAICHEL, G. S. ; VASCONCELLOS, D. A. ; LIMA, C. M. ; CAPELLA, S. ; NOBRE, M. O. . BENEFÍCIOS DA TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS PARA IDOSOS DA CIDADE DE PELOTAS. In: Congresso de Extensão e cultura memória e muitos tempos, 2014, Pelotas. BENEFÍCIOS DA TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS PARA IDOSOS DA CIDADE DE PELOTAS, 2014.

  • COSTA, A. L. ; MENDES, C. B. M. ; LIMA, C. M. ; FONTOURA, E. G. ; COSTA, C. O. ; NOBRE, M. O. . Avaliação de Parâmetros Indicadores de Estresse em Cães Realizadores de Terapia Assistida por Animais (TAA). In: XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, 2013, Pelotas. Avaliação de Parâmetros Indicadores de Estresse em Cães Realizadores de Terapia Assistida por Animais (TAA), 2013.

  • LIMA, C. M. ; FLORES, A. K. S. ; KRUG, F. D. ; SAPIN, C. F. ; NOBRE, M. O. . Intervenções Assistidas por Animais: Avaliação do bem-estar do coterapeuta. In: 17 MOSTRA DA PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA-MPU, 2018, Rio Grande. Intervenções Assistidas por Animais: Avaliação do bem-estar do coterapeuta, 2018.

  • SAPIN, C. F. ; DAMASIO, E. L. ; BURCHARDT, T. H. ; ZEHETEMEYER, M. ; LIMA, C. M. ; NOBRE, M. O. . Influência motivacional da fisioterapia assistida por animais em pacientes idosos. In: 17 Mostra da produção Universitária MPU, 2018, Rio Grande. Influência motivacional da fisioterapia assistida por animais em pacientes idosos, 2018.

  • LIMA, C. M. ; BURCHARDT, T. H. ; MARTINS, M. S. ; KRUG, F. D. ; CHAGAS, B. C. ; NOBRE, M. O. . Intervenções Assistidas por Animais: promoção do bem-estar aos assistidos. In: 17°Mostra da produção universitária MPU Furg, 2018, Rio Grande. Intervenções Assistidas por Animais: promoção do bem-estar aos assistidos, 2018.

  • FLORES, A. K. S. ; SILVA, E. C. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; NOBRE, M. O. . Pet Terapia: Reuniões Técnicas de equipe multidisciplinar e sua importância na formação acadêmica. In: 17 MOSTRA DA PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA MPU, 2018, Rio Grande. Pet Terapia: Reuniões Técnicas de equipe multidisciplinar e sua importância na formação acadêmica, 2018.

  • SAPIN, C. F. ; LIMA, C. M. ; PEREIRA, V. R. ; NOGUEIRA, M. T. ; MARTINS, M. S. ; SILVA, E. P. ; FLORES, A. K. S. ; SCHMALFUSS, M. M. ; NOBRE, M. O. . Benefícios das Intervenções Assistidas por Animais. In: Mural G-Biotec, 2018, PELOTAS. Benefícios das Intervenções Assistidas por Animais, 2018.

  • FLORES, A. K. S. ; SILVA, E. C. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; SALAME, J. P. ; NOBRE, M. O. . Testes de Reatividade: Auxiliando na identificação do estado cognitivo de cães idosos.. In: 16° Mostra da produção universitária, 2017, Rio Grande. Testes de Reatividade: Auxiliando na identificação do estado cognitivo de cães idosos., 2017.

  • WILLRICH, B. R. ; LIMA, C. M. ; KRUG, F. D. ; NOBRE, M. O. . Pet terapia: O benefício das intervenções assistidas por animais. In: 16°Mostra da produção Universitária, 2017, Rio Grande. Pet terapia: O benefício das intervenções assistidas por animais, 2017.

  • CAPELLA, G. A. ; PERERA, S. C. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; BOTELHO, L. S. ; LIMA, C. M. ; CLEFF, M. B. . Endoparasitos em cães domiciliados e não domiciliados na cidade de Pelotas-RS. In: XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE PARASITOLOGIA E XXIII CONGRESSO LATINOAMERICANO DE PARASITOLOGIA, 2015, SALVADOR. Endoparasitos em cães domiciliados e não domiciliados na cidade de Pelotas-RS, 2015.

  • PEREIRA, S. B. ; CAPELLA, S. ; MARTINS, M. P. ; LIMA, C. M. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DA RETRAÇÃO CICATRICIAL DE FERIDA ABERTA TRATADA COM EXTRATO DE URUCUM (BIXA ORELLANA). In: 13ª Mostra de Produção Universitária, 2014, Rio Grande. AVALIAÇÃO DA RETRAÇÃO CICATRICIAL DE FERIDA ABERTA TRATADA COM EXTRATO DE URUCUM (BIXA ORELLANA), 2014.

  • PEREIRA, S. B. ; CAPELLA, S. ; MARTINS, M. P. ; LIMA, C. M. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . FERIDAS ABERTAS TRATADAS A BASE DE BIXA ORELLANA. In: 23° Congresso de Iniciação Científica, 13° Mostra de Pós-Graduação e 6° Congresso de Extensão. Salão universitário, 2014, Pelotas. FERIDAS ABERTAS TRATADAS A BASE DE BIXA ORELLANA, 2014.

  • CASCADAN, A. ; TILLMANN, M. T. ; POLICARPO, F. ; NOBRE, M. O. ; KLEINUBING ; LIMA, C. M. ; MUNHOZ, C. . EVOLUÇÃO DE PACIENTE SUBMETIDO À TERAPIA ASSISTIDA POR CÃES. In: XI MOSTRA DA PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA, 2012, Rio Grande. EVOLUÇÃO DE PACIENTE SUBMETIDO À TERAPIA ASSISTIDA POR CÃES, 2012.

  • LIMA, C. M. ; FLORES, A. K. S. ; KRUG, F. D. ; SAPIN, C. F. ; NOBRE, M. O. . Intervenções Assistidas por Animais: Avaliação do bem-estar do coterapeuta. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; BURCHARDT, T. H. ; MARTINS, M. S. ; KRUG, F. D. ; CHAGAS, B. C. ; NOBRE, M. O. . Intervenções Assistidas por Animais: promoção do bem-estar aos assistidos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; KRUG, F. D. ; DOTTA, L. T. ; NUNES, D. M. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR EM CO-TERAPEUTAS DURANTE UMA SESSÃO DE EAA.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; LAGES, P. D. F. ; KRUG, F. D. ; PEREIRA, S. B. ; NOBRE, M. O. . Tumor Venéreo Transmissível e o Tratamento com Sulfato de Vincristina. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; GIESTA, L. B. ; LIMA, C. ; CLEFF, M. B. . UTILIZAÇÃO DA HOMEOPATIA NO TRATAMENTO DE ANIMAIS DE COMPANHIA NO AMBULATÓRIO VETERINÁRIO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; AZAMBUJA, R. H. M. ; KUNRATH, S. E. ; ANANA, D. C. ; CLEFF, M. B. . USO DE HOMEOPATIA NA ARTRITE REUMATÓIDE CANINA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; BENEDETTI, F. G. ; BRITO, M. F. W. ; HIJANO, A. ; MICHELON, L. ; LOPES, T. V. ; FERNANDES, C. ; NOBRE, M. O. . ANÁLISE POR FLUTUAÇÃO DA PRESENÇA DE OVOS DE PARASITAS EM DIFERENTES PORÇÕES DE FEZES CANINAS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MENDES, C. B. M. ; VEDANA, C. ; LIMA, C. M. ; ANCIUTI, A. ; FELIX, A. O. C. ; NOBRE, M. O. . Avaliação da atividade de PON 1 em cães com tumores mamários. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; TELES, A. J. ; NUNES, A. R. ; SAUERESSIG, J. S. ; SAMPAIO, D. P. ; MEIRELES, M. C. A. . RELATO DE CASO ? ESPOROTRICOSE CANINA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LIMA, C. M. ; PEREIRA, S. B. ; SOARES, G. F. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . PAPEL DO GRUPO CLINPET ? GRUPO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EM CLÍNICA DE PEQUENOS ANIMAIS DA FACULDADE DE VETERINÁRIA/UFPEL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

NOBRE, M. O. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; COSTA, A. L. ; PEREIRA, V. R. . Entrevista a TV cidade 'Animais que ajudam na recuperação da saúde de pessoas'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LIMA, C. M. ; SAPIN, C. F. ; DAMASIO, E. L. ; SILVA, E. P. . A importância dos cuidados nutricionais para cães. 2018; Tema: Nutrição de cães. (Rede social).

PEREIRA, V. R. ; KRUG, F. D. ; LIMA, C. M. ; CAPELLA, S. O. ; VIEIRA, A. C. G. ; NOBRE, M. O. . Intervenções Mediadas por animais por cães- Estratégia de cuidado à crianças em vulnerabilidade social. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Avaliações de formulações associadas à imunomodulação no tratamento de esporotricose, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 25/08/2019., Descrição: Na rotina clínica de animais de companhia é alta a casuística de esporotricose. Esta é uma grave zoonose, principalmente no Brasil, e com a casuística crescente, acometendo felinos, humanos e cães, sendo que em felinos domésticos a doença é mais agressiva, com lesões disseminadas e comprometimento do estado geral dos animais, levando muitos deles ao óbito. Atualmente, a esporotricose humana está estreitamente ligada à transmissão através do felino acometido. Para o tratamento de felinos com esta enfermidade se tem observado a resposta ao itraconazol isolado ou associado ao iodeto de potássio e ainda alguns felinos não obtém boa resposta frente ao tratamento. Dessa forma, a proposta deste estudo será determinar a ação de formulações tópicas LCFT2001 e LCFT2002, e da Timomodulina no tratamento de esporotricose experimental em modelo murino e em felinos. Salienta-se que os produtos aqui propostos contendo ativos vegetais já foram amplamente estudados para o tratamento de feridas abertas através de testes laboratoriais, testes em modelos experimentais e também nas espécies alvo (cães e gatos) e estão com depósito em registro de patente. Estas formulações possibilitam maior formação e organização das fibras colágenas em menor tempo de tratamento no processo cicatricial, acelerando a fase de maturação da lesão e tornando a cicatriz mais resistente e elástica. Proporciona uma melhor circulação no local lesionado permitindo a limpeza do local e o desenvolvimento de intensa rede de fibrina resultando numa barreira protetora local, principalmente para lesões cutâneas extensas com risco de contaminação. O uso de imunomodulador deve-se em função do felino doméstico não possuir de forma clara a resposta imunológica adequada frente à esporotricose, sendo a única espécie que frequentemente apresenta uma evolução para um quadro mais grave da doença com apresentação de esporotricose sistêmica. E com isto sendo um risco para ocorrência da transmissão zoonótica para humanos, por suas características de vida livre e hábitos, também pela proximidade cada vez maior entre felinos domésticos e humanos, podendo transmitir a micose por inoculação direta ou pelo contato sem que seja identificado visualmente a quebra da barreira cutânea. Para o desenvolvimento deste projeto, serão estudados os efeitos dos tratamentos na esporotricose induzida em modelo murino e esporotricose naturalmente adquirida em felinos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / FERNANDA DAGMAR KRUG - Integrante / Bruno Cabral Chagas - Integrante / Risciela Salardi Alves de Brito - Integrante / Edgar Cleiton da Silva - Integrante / martha bravo cruz - Integrante.

  • 2019 - Atual

    INTERVENÇÕES ASSISTIDAS POR ANIMAIS REALIZADAS EM CRIANÇAS E JOVENS COM ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO E/OU DÉFICIT INTELECTUAL, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 27/02/2019., Descrição: As Intervenções Assistidas por Animais caracterizam-se por utilizar os cães como mediadores de um processo terapêutico de diversas doenças humanas. Estudos relatam os benefícios, que esse tipo prática pode proporcionar aos seres humanos, dentre eles, a diminuição da ansiedade, melhora no estabelecimento de vínculos afetivos, sensação de bem-estar, entre outros. Com isso, o objetivo deste estudo é avaliar a ação das intervenções assistidas por animais, com cães co- terapeutas, realizadas em crianças e jovens com alteração de comportamento e/ou déficit intelectual e também avaliar o bem-estar dos co-terapeutas. Há um controle rígido de saúde e higiene dos cães para eles participarem das IAAs, também são capacitados e treinados, rotineiramente, para a realização das atividades propostas nas instituições. As visitas ocorrerão, semanalmente, em instituições parceiras do projeto. Será avaliado o bem-estar dos cães através do comportamento e parâmetros fisiológicos e também será avaliado o bem-estar dos alunos/jovens através de aplicação de um questionário aos pais/tutores. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / FERNANDA DAGMAR KRUG - Integrante / Anne karoline da Silveira Flores - Integrante / Tatiane Morgana da Silva - Integrante / Dione Moreira Nunes - Integrante / Viviane Ribeiro Pereira - Integrante / ANA CLÁUDIA GARCIA VIEIRA - Integrante / carolina da fonseca sapin - Integrante / emanuele Prado Silva - Integrante / Mariana Santos Martins - Integrante / maria teresa nogueira - Integrante / luiz filipe dame schuh - Integrante / maria aurora dropa cesar - Integrante / aline viegas sartori - Integrante / kelen ferreira - Integrante / ana paula oliveira rosses - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Estudo retrospectivo sobre mensuração glicêmica em cães e gatos, Descrição: Determinar a frequência de glicemias de pacientes caninos e felinos solicitadas e realizadas no Laboratório de Patologia Clínica Veterinária do Hospital de Clínicas Veterinárias no período de maio de 2014 a maio de 2019. Determinar os motivos ou suspeitas que justifiquem a solicitação da mensuração da glicemia de cada paciente no dado período. Relacionar as glicemias registradas no período do levantamento com os prognósticos das enfermidades diagnosticadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / Edgar Cleiton da Silva - Integrante / mariana cristina hoeppner rondelli - Coordenador / ANA RAQUEL MANO MEINERZ - Integrante / camila conte - Integrante / caroline xavier grala - Integrante / gabriela sanzo - Integrante / LUCIANA AQUINI FERNANDES GIL - Integrante / LUIS EDUARDO BARCELLOS KRAUSE - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Potencial terapêutico de fitoterápicos no tratamento da otite externa, Descrição: A utilização de medicamentos que tenham em sua formulação extratos vegetais, vem de encontro ao interesse do mercado, na busca de produtos naturais e que demonstrem eficácia nos tratamentos de enfermidades. Na rotina clínica de animais de companhia é alta a casuística de otite externa. A otite externa é caracterizada por ser a inflamação do epitélio do conduto auditivo externo, sendo uma afecção de caráter agudo ou crônico e frequentemente recidivante. Para o tratamento existe uma grande demanda de produtos que sejam mais efetivos e seguros e de fácil administração, estimulando assim o desenvolvimento deste projeto de pesquisa com o intuito de utilizar formulações fitoterápicas e extratos vegetais para o tratamento da otite externa. Para tanto serão adquiridos as plantas de empresas produtoras, com certificação das sementes e serão produzidos os extratos e posteriormente será realizada a análise para identificação dos constituintes químicos. A partir da obtenção dos extratos serão produzidas as fórmulas comerciais como solução otológica de extratos previamente estudados e obtidos os extratos vegetais de plantas que estão sendo iniciadas nos estudos. Na sequência serão avaliadas a atividade bactericida e anti-inflamatória dos produtos, seguido da avaliação do efeito do produto otológico no tratamento da otite externa induzida, em animais experimentais, desenvolvendo o ensaio de tolerância local, o ensaio de toxicidade de longa duração e o estudo clínico na espécie alvo e ainda estudo da repelência frente a moscas e carrapatos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Aurélio Luciano Costa - Integrante / Jéssica Paola Salame - Integrante / MARIANA TEIXEIRA TILLMANN - Integrante / Márcio Fernando Weber Brito - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / FERNANDA DAGMAR KRUG - Integrante / PATRICIA DA SILVA NASCENTE - Integrante / FABIO CLASEN CHAVES - Integrante / ROGERIO ANTONIO FREITAG - Integrante / RENATA COSTA SCHRAMM - Integrante / SILVIA REGINA LEAL LADEIRA - Integrante / Ivandra Ignês de Santi - Integrante / Diego Moscarelli Pinto - Integrante / Eduardo Negri Mueller - Integrante / Renato Vianna - Integrante / Bruno Cabral Chagas - Integrante / Carla da Silva Canielles - Integrante / Daniele Vitor Barboza - Integrante / Eduarda Santos Biherhals - Integrante / Graziele Silveira da Costa - Integrante / Lianna Carvalho - Integrante / Mariane Sievers Olieski - Integrante / Martha Zielke - Integrante / Risciela Salardi Alves de Brito - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Thalanty Mayara Gallego - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Eficácia de extratos vegetais sobre parasitos de animais de companhia, Descrição: As doenças causadas por helmintos e protozoários são responsáveis pelo aumento da morbidade e da mortalidade, principalmente em cães e gatos debilitados. O papel dos animais de estimação como disseminadores de parasitos com potencial zoonótico deve ser considerado, principalmente em populações com condições sanitárias precárias. Além disso, o contato cada vez mais próximo dos animais com os humanos e a possibilidade de animais assintomáticos eliminarem formas contaminantes de parasitos é um problema de saúde público. Assim, pesquisas tem sido desenvolvidas em busca de plantas bioativas para o controle das parasitoses, sendo que as plantas da família Lamiaceae tem sido alvo de estudos nessa área. Assim, pretende-se determinar a ocorrência de parasitoses em animais de companhia e avaliar a atividade in vitro de extratos vegetais sobre a inibição de ovos destes parasitos. As plantas selecionadas da família Lamiaceae serão utilizadas para a preparação de extratos (aquoso e hidroalcoólico) e óleos essenciais de acordo com a Farmacopéia Brasileira IV (1998). As amostras de fezes e urina serão coletadas de animais atendidos no HCV-UFPel, Ambulatório Ceval e no Canil Municipal de Pelotas. As fezes e urinas coletadas, serão armazenadas em frascos estéreis e mantidas refrigeradas até a análise. Será preenchido questionário no momento da coleta das amostras dos pacientes. As amostras de fezes serão processadas pelas técnicas de FAUST et al. (1938) e de Ziehl-Neelsen modificada por Kinyoun (RIGO; FRANCO, 2002), enquanto as amostras de urina serão processadas pela técnica de centrífugo-sedimentação (THRALL et al., 2007). Para a recuperação dos ovos de D. renale, será feita a centrifugação da água destilada em que os parasitos fêmeas adultos estiverem armazenados. Também será realizada a histerectomia com o objetivo de coletar os ovos diretamente dos parasitos. Os extratos vegetais de plantas serão preparados e analisados no Setor de química orgânica da UFPel. Após preparação, os extratos serão testados em diferentes concentrações, além de um controle positivo com antihelmíntico e de um controle negativo com água destilada. Ao final do trabalho espera-se determinar as concentrações inibitórias dos extratos e óleos essenciais em diferentes parasitas de cães e gatos. Totalizando 107 horas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (17) / Especialização: (7) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / Katiellen Ribeiro das Neves - Integrante / ROSARIA HELENA MACHADO AZAMBUJA - Integrante / LUANA BORTOLINI GIESTA - Integrante / MARLETE BRUM CLEFF - Coordenador / DÉBORA DE CAMPOS AÑAÑA - Integrante / Camila Santos Matos - Integrante / Laura Silveira Botelho - Integrante / Charles Silva de Lima - Integrante / ANA RAQUEL MANO MEINRZ - Integrante / CARMEN LUCIA GARCEZ RIBEIRO - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / CAROLINE BOHNEN DE MATOS - Integrante / CERES CRISTINA TEMPEL NAKASU - Integrante / CRISTINE CIOATO DA SILVA - Integrante / GABRIELA DE ALMEIDA CAPELLA - Integrante / JOAO PEDRO ALVES DO NASCIMENTO - Integrante / KARINA AFFELDT GUTERRES - Integrante / SOLIANE CARRA PERERA - Integrante / GEFERSON FISCHER - Integrante / ROGERIO ANTONIO FREITAG - Integrante / Fabricio de Vargas Arigony Braga - Integrante / Gertrud Muller Antunes - Integrante / Guilherme Albuquerque de Oliveira Cavalcanti - Integrante / Josaine Cristina da Silva - Integrante / Maria Elisabeth Aires Berne - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Lenara Lamas Stelmake - Integrante / Maria Antonieta Machado Pereira da Silva - Integrante / Vanessa Milech - Integrante / Felipe Rosa Cunha - Integrante / Wesley Douglas da Silva Terto - Integrante / Diego Almeida Moncks - Integrante / Flor Wienke Tavares - Integrante / Laura Morais Nascimento Silva - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / Micaele Quintana de Moura - Integrante / Bruna Müller Rosenthal - Integrante / Luana Harz Durante - Integrante / Pâmela Caye - Integrante / Leonardo Mortagua de castro - Integrante / Jessica Hellen Bastos Lavadouro - Integrante / Carolina Silveira Mascarenhas - Integrante / Vittoria Bassi das Neves - Integrante / Claudia Gonçalves Braz - Integrante / Carolina Bohn - Integrante / Ivandra Ignês de Santi - Integrante / Eduarda Alexia Nunes Louzada Dias - Integrante / Tairan Ourique Motta - Integrante / Renata Nobre da Fonseca - Integrante / Natália Berne Pinto - Integrante / Nielle Versteg - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Testes com modelos alternativos na avaliação de toxicidade de extratos vegetais, Descrição: Estudos preliminares realizados pelo grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Produtos Naturais na Clínica Médica Veterinária (FITOPEET) já demonstraram efetividade de extratos vegetais e óleos essenciais in vitro frente a parasitas, fungos, bactérias e vírus, todos de importância veterinária. Entretanto, apesar dos estudos e dos avanços científicos obtidos na área, várias espécies ainda não possuem avaliação toxicológica. Mediante isso, o projeto tem como objetivo realizar testes de citotoxicidade em cultivo de células MDBK e VERO e atividade hemolítica in vitro de sangue através de uma amostra de sangue de 10 ml coletada de um único animal atendido no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Pelotas que passar por coleta para check up ou exame prévio para cirurgia eletiva cujo proprietário aceitar participar do projeto, e teste de toxicidade em ovos embrionados de codorna (Coturnix coturnix japonica) doados por granja produtora, utilizando extratos vegetais de Eugenia uniflora (pitangueira), Polygonum hydropiperoides (erva-de-bicho), Bauhinia forficata (pata-de-vaca) e Schinus terebinthinfolius (aroreira mansa), e dos óleos essenciais e extratos hidroalcoólicos das plantas das famílias Fabaceae e Lamiaceae, entre elas, Origanum vulgare (orégano), Origanum majorana (manjerona) e Rosmarinus officinalis (alecrim). Espera-se que os extratos vegetais e os óleos essenciais não possuam ou apresentem baixa toxicidade, determinando assim a viabilidade da continuação dos estudos e possível alternativas terapêuticas, após estudos complementares. Totalizando 210 horas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / ROSARIA HELENA MACHADO AZAMBUJA - Integrante / MARLETE BRUM CLEFF - Coordenador / Camila Santos Matos - Integrante / Laura Silveira Botelho - Integrante / CAROLINE BOHNEN DE MATOS - Integrante / CRISTINE CIOATO DA SILVA - Integrante / FABIANE DE HOLLEBEN CAMOZZATO FADRIQUE - Integrante / GABRIELA DE ALMEIDA CAPELLA - Integrante / KARINA AFFELDT GUTERRES - Integrante / SOLIANE CARRA PERERA - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / GEFERSON FISCHER - Integrante / RENATA OSÓRIO DE FARIA - Integrante / ROGERIO ANTONIO FREITAG - Integrante / SILVIA DE OLIVEIRA HUBNER - Integrante / PAULO RICARDO CENTENO RODRIGUES - Integrante / SILVIA REGINA LEAL LADEIRA - Integrante / ANGELITA DOS REIS GOMES - Integrante / TONY PICOLI - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / GILBERTO DAVILA VARGAS - Integrante / ELIZA SIMONE VIEGAS SALLIS - Integrante / MARCELO DE LIMA - Integrante / CLOE SCHIAVON PICH - Integrante / RAULENE RODRIGUES LOBO - Integrante / DANIELA LEHMEN - Integrante / FERNANDA PORCIÚNCULA DE SOUZA - Integrante / ALICE TEIXEIRA MEIRELLES LEITE - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Determinação da atividade antimicrobiana, antineoplásica e toxicidade de extratos vegetais, Descrição: As plantas ganham espaço no tratamentos em humanos e nos animais, devido a almejar-se produtos mais naturais, sem resíduos químicos, além da busca por menores custos no tratamento e a busca por princípios bioativos contra microrganismos patogênicos resistentes, assim como novas opções terapêuticas na terapia do câncer. A seleção microrganismos resistentes vem se destacando como um problema em saúde pública, onde a velocidade de disseminação de resistência é maior que produção de novos fármacos. Em relação a quimioterapia do câncer, são relatados efeitos colaterais durante administração, além dos fármacos não possuirem toxicidade seletiva ao tumor, atingindo as células do paciente, causando danos a tecidos e funções orgânicas. Dessa forma, é necessário a busca de novas opções de terapêuticas, com características aprimoradas. Estima-se que 60% dos pacientes oncológicos, utilizam alguma terapia alternativa ao longo da doença. Porém, nesta realidade surgem preocupações a cerca do uso popular e tradicional sem avaliação toxicológica dos recursos vegetais. Outro aspecto importante é a identificação da composição química destes extratos, já que as atividades antimicrobianas, antinflamatórias, antioxidante, etc, estão associadas a presença de determinadas substâncias. Com relação a plantas medicinais encontradas em Pelotas, RS, destaca-se algumas de uso empírico pela população local como a Eugenia uniflora Polygonum hydropiperoides e Schinus terebinthinfolius, sendo que já existem relatos sobre a atividade antimicrobiana de muitas destas plantas, assim como a planta Bauhinia forficata. A família Lamiaceae vem se destacando, devido as espécies serem ricas em substâncias antioxidantes e por apresentarem baixa toxicidade ao organismo. Muitas espécies dessa família estão sendo amplamente testadas quanto à sua atividade antimicrobiana e vêm apresentando resultados promissores. Os extratos e óleos essenciais obtidos de plantas da família Lamiaceae, já demonstraram ação antiproliferativa frente a diversas linhagens de células tumorais humanas e animais de melanoma, insulinoma, câncer de mama, câncer de colo uterino e fibrossarcoma. A partir disso, a determinação do potencial antimicrobiano, antitumoral e tóxico dos extratos vegetais destas famílias, torna-se de grande importância, tendo em vista a aplicabilidade dos resultados, assim como determinação da toxicidade, que é um dos principais fatores limitantes para que um extrato possa ser indicado como medicinal. Totalizando 116 horas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Especialização: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Camila Moura de Lima - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Integrante / Mário Carlos Araújo Meireles - Integrante / Thomas Normanton Guim - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / ROSARIA HELENA MACHADO AZAMBUJA - Integrante / LUANA BORTOLINI GIESTA - Integrante / MARLETE BRUM CLEFF - Coordenador / Camila Santos Matos - Integrante / Laura Silveira Botelho - Integrante / ANA RAQUEL MANO MEINRZ - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / PATRICIA DA SILVA NASCENTE - Integrante / CAROLINE BOHNEN DE MATOS - Integrante / CRISTINE CIOATO DA SILVA - Integrante / FABIANE DE HOLLEBEN CAMOZZATO FADRIQUE - Integrante / GABRIELA DE ALMEIDA CAPELLA - Integrante / GUILHERME FERREIRA ROBALDO - Integrante / KARINA AFFELDT GUTERRES - Integrante / SOLIANE CARRA PERERA - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / FABIO CLASEN CHAVES - Integrante / GEFERSON FISCHER - Integrante / RENATA OSÓRIO DE FARIA - Integrante / ROGERIO ANTONIO FREITAG - Integrante / SILVIA DE OLIVEIRA HUBNER - Integrante / PAULO RICARDO CENTENO RODRIGUES - Integrante / RENATA COSTA SCHRAMM - Integrante / SILVIA REGINA LEAL LADEIRA - Integrante / ANGELITA DOS REIS GOMES - Integrante / CAROLINA KILIAN - Integrante / Emanoele Figueiredo Serra - Integrante / JESSICA FERNANDA HOFFMANN - Integrante / TONY PICOLI - Integrante / Claudia Giordani - Integrante / ANTONIO SERGIO VARELA JUNIOR - Integrante / GILBERTO DAVILA VARGAS - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Trabalho destaque na área de Caninos - ANALISE POR FLUTUAÇÃO DA PRESENÇA DE OVOS DE PARASITAS EM DIFERENTES PORÇÕES DE FEZES CANINAS, 41°CONBRAVET.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - 2015

    Centro De Saúde Animal - Amigos Para Sempre

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Totalizando 480 horas.

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestranda, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Mestrado acadêmico em Veterinária com ênfase em clínica médica de pequenos animais.

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Preceptora, Enquadramento Funcional: Preceptora

    Outras informações:
    Preceptora na Área de Pet Terapia: "ATIVIDADE, TERAPIA E EDUCAÇÃO ASSISTIDA POR ANIMAIS - Programa de Residência Multiprofissional em Área de profissional de Saúde- Medicina Veterinária.

  • 2017 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador, Carga horária: 2

    Outras informações:
    ClinPet- Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais

  • 2017 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Residente Multiprofissional, Enquadramento Funcional: Residente, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Pet Terapia: Animais como auxiliares na reabilitação de pessoas com necessidades especiais

  • 2013 - 2016

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador

    Outras informações:
    "Clinpet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em clínica de pequenos animais totalizando 416 horas

  • 2015 - 2015

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista PBA do projeto Terapias não convencionais: Complemento necessário à formação acadêmica integral, totalizando 480 horas

  • 2014 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista de extensão do Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em clínica de pequenos animais Clinpet, com carga horária de 20 horas semanais, totalizando 640 horas.

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista de extensão do Projeto Zooterapia: Cães como auxiliares na reabilitação de pessoas com necessidades especiais, com carga horária de 20 horas semanais, totalizando 800 horas.

  • 2012 - 2013

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador HCV, Enquadramento Funcional: colaborador

    Outras informações:
    Totalizando 132 horas.

  • 2011 - 2012

    Clínica Veterinária Vida Animal

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    totalizando 185 horas

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: estagiário curricular, Enquadramento Funcional: estagiário curricular, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Totalizando 452 horas.